ARTIGOS

Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 13h:25 | Atualizado: 03/06/2020, 13h:30

João Valente

Meio ambiente e o Crea-MT

Jo�o Valente Crea_artigo

Neste período do ano, mais precisamente o dia 05 de junho, é especialmente dedicado ao tema meio ambiente. Embora esta palavra seja corriqueira e visite os nossos ouvidos frequentemente, nos acostumamos a relacioná-la com os lugares não antropizados e, portanto, boa parte das vezes por estarmos concentrados em zonas urbanas pode parecer que meio ambiente não tem muito a ver conosco.

Já ouvi muito a frase “precisamos proteger o meio ambiente”. E é interessante observar as imagens de reforço que frequentemente são utilizadas para ilustrar este tema que retratam um paraíso onde se apresenta um lugar com muito verde, com água limpa, cachoeira e animais “livres” se deslocando de um lugar para outro.

Outra imagem retrata o inferno e, ao contrário da primeira, é apresentado como um lugar antropizado, com vegetação devastada, queimadas, solo exposto e erodido, água turva e rios assoreados, animais selvagens mortos ou enjaulados.

Em meu entendimento, estas duas imagens frequentemente utilizadas, associadas ou dissociadas, reforçam o entendimento equivocado como estes: Eu estou aqui e o meio ambiente está lá; se eu fizer parte o meio ambiente entrará em colapso; o natural neste planeta significa vegetais e outros animais distintos do ser humano. E o ser humano, então, é de onde? Deixo aqui algo para você refletir.

As ações públicas em larga escala de proteção ao meio ambiente não conseguiram ainda ultrapassar as “soluções” criadas no passado para separar uns e outros de nós e que ainda são replicadas, atualmente, a exemplo de um “apartheid”, muro de Berlim, a cerca entre a fronteira dos Estados Unidos e o México, entre outros.

Estamos segregando porções do espaço geográfico com nomes e regras distintas, uns reservados exclusivamente aos vegetais e aos ditos “animais selvagens”, nos quais, seguindo as regras, é permitida maior, menor ou nenhuma convivência entre os ditos seres naturais e o ser humano.

As iniciativas individuais mais divulgadas de contribuição, seja por iniciativa pessoal de devolver ao meio ambiente parte do que retiramos, ou por imposição legal compelidos por autoridades públicas a reparar um “dano ambiental”, é o apoio financeiro às ONGs que se dedicam às tartarugas, às baleias, às girafas, ao pantanal, e recentemente em especial à Amazônia.

Convido a todos, especialmente os que fazem parte do sistema Confea/Crea/Mútua a somar forças

João Valente

Apesar de muito relevante e necessário, é apenas uma maquiagem que esconde   realidade e a deixa com a aparência mais agradável nesta ou naquela época e lugar. Vivemos um excelente período para observar o que está por baixo desta maquiagem, encarar a realidade e refletir, planejar e executar ações que melhorem o ambiente que habitamos, que frequentamos e que influenciamos.

Convido a todos, especialmente os que fazem parte do sistema Confea/Crea/Mútua a somar forças. Vamos juntos propor ações efetivas para serem executadas por você e pelo Crea-MT, sejam locais ou mais abrangentes, mas que uma vez executadas contribuam para tornar o ambiente onde habitamos, trabalhamos ou onde frequentamos mais adequado para a diversidade de seres que nele habitam ou dele se utilizam incluídos, é claro, os seres humanos.

Além disso, Mato Grosso é um estado com economia pujante e um grande desafio: conciliar a agenda de produção com a conservação ambiental. Sem dúvida, cada um dos nossos profissionais da Agronomia, Engenharias e das Geociências vivencia esta meta no trabalho cotidiano; e o fruto do nosso trabalho vai muito além das nossas fronteiras, reverberam em toda população brasileira e mesmo no mundo!

João Valente, engenheiro agrônomo, professor Dr. aposentado da UFMT, presidente licenciado do CREA

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Jefferson Silva | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 22h50
    1
    0

    Parabéns Valente. Lutando por um Crea forte, atuante, e honesto.

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

Ex-secretária Martha Maia com Covid

martha maia 400   A ex-secretária de Saúde e de Promoção Social de Alto Araguaia, Martha Maia (foto), anunciou nesta terça à noite que foi diagnosticada com Covid-19. Apesar disso, não está tendo sintomas da doença e já segue as recomendações padrões de ficar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.