ARTIGOS

Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020, 08h:42 | Atualizado: 07/08/2020, 08h:50

Carla Rachel

Paternidade socioafetiva

Carla Rachel Fonseca

Carla Rachel Fonseca

Dia dos pais se aproximando, muita publicidade para esta data comemorativa que remete sempre a sentimentos e presentes, logo vem à mente o papel tão importante que um pai exerce na vida de um filho, e pouco importa se esse pai é biológico ou afetivo.

Quando há um vínculo sanguíneo entre pai e filho ocorre a paternidade biológica. E quando não decorrem da origem genética, mas sim, de laços de amor, carinho, uma relação abalizada em afeto e voluntariedade, ocorre à paternidade socioafetiva tornando-se indiferente a ligação entre sangue e afeto, tendo em vista estarem constitucionalmente em igualdade jurídica.

Paternidade socioafetiva é o reconhecimento jurídico da paternidade com base no afeto, sem que haja vínculo de sangue ou de adoção entre as partes, que se inicia a partir de um convívio social com o nascimento do afeto, essa modalidade de filiação surge dentro de um conceito mais moderno e atual de família. Somente na atualidade é que a família socioafetiva paternal obteve um alcance social e jurídico, pois é inevitável a sua inserção na sociedade presente. 

Até 2002 era reconhecido somente o parentesco consanguíneo ou por adoção. Foi o Código Civil vigente desde o ano de 2013 que trouxe a inovação ao prever em seu art. 1.593 que “o parentesco é natural ou civil, conforme resulte de consanguinidade ou outra origem”.

Paternidade socioafetiva é o reconhecimento jurídico da paternidade com base no afeto

Carla Rachel Fonseca

O pai afetivo é aquele que age de forma efetiva com a figura do pai, é aquele em que a criança vê como o pai dela, vê nele a figura de confiança, e principalmente de afeto, ou seja, a paternidade afetiva é uma relação construída pelo cotidiano com a criança de forma cultural e psicológica. 

A constância da relação entre pais e filhos caracteriza uma paternidade que existe não pelo simples fato biológico ou por força de presunção legal, mas em decorrência de uma convivência afetiva.

O parentesco socioafetivo tem os mesmos efeitos do vínculo consanguíneo e da adoção, durante a vida: direito de guarda, direito de visitas, dever de educação e dever de sustento ou obrigação alimentar, direitos sucessórios e direitos hereditários.

Quando houver confronto entre a paternidade biológica e a afetiva deverá prevalecer aquela que melhor atender o princípio jurídico da dignidade da pessoa humana, nos termos do inciso III, do artigo 1º, da Carta Magna, bem como o princípio jurídico do interesse primordial da criança e do adolescente, estampado no artigo 227 da Constituição Federal, e ano artigo 3º, do ECA.

Para o reconhecimento da paternidade socioafetiva é necessário o preenchimento de determinados requisitos. E a Corregedoria do CNJ editou o Provimento sob nº 83 anunciando mudanças que somente as pessoas (filhos) acima de 12 anos poderão se valer do registro da filiação socioafetiva pela via extrajudicial, restando aos menores desta idade apenas a via judicial.

Pai não é apenas aquele que transmite a carga genética, é também aquele que exerce tal função no cotidiano, os laços afetivos são vínculos mais fortes e profundos fazendo alguém ser um verdadeiro genitor, não podendo tal sentimento ser determinado pela consanguinidade.

Carla Rachel Fonseca da Silva é advogada, especialista em Direito Processual Civil pela Escola Superior do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, com atuação nas áreas de direito de família, trabalhista, ambiental e Cível. Email: dra.carlarachel@gmail.com – Instagram: @carlarachelf – Facebook: Carla Rachel

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.