ARTIGOS

Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020, 09h:28 | Atualizado: 19/10/2020, 09h:44

Mario Medeiros Neto

Quem diversifica, lucra

Reprodução

Mario Medeiros Neto

Mario Medeiros Neto

O Pink Money, ou Dinheiro Rosa em tradução literal, é uma realidade. O Censo 2010 do IBGE demonstra que muito mais do que uma fatia considerável do mercado, o público LGBT possui, em média, renda maior do que casais heterossexuais, e grande taxa de fidelização.

Esta parcela do mercado representa, segundo estudo da SPTUris, algo em torno de R$150 milhões/ano no Brasil e gastam cerca de 30% mais do que casais heterossexuais em bens de consumo.

O Mercado há muito identificou a valia desta parcela da comunidade e ações de marketing e publicidade voltadas ao público LGBT são comuns no dia a dia.

Por outro lado, os avanços jurídicos e sociais conquistados pela sociedade dão cada vez mais visibilidade e identidade às pessoas LGBTs, que consequentemente, mais conscientes e seguros, passam a exigir respeito aos seus direitos.

Não basta mais a empresa se declarar gay friendly (empresas amigáveis ao público LGBT, em tradução livre), a comunidade LGBT exige cada vez mais se ver respeitada e representada por estas empresas.

Ademais, estudos comprovam que a criação de políticas inclusivas de diversidade no mercado de trabalho se revela cada vez mais necessária e constante no dia a dia corporativo.

Diversidade significa “qualidade daquilo que é diverso, diferença, dessemelhança, variação, variedade”. Basicamente, é um conjunto com características variadas, seja ele de pessoas, locais ou objetos.

A diversidade em uma cultura organizacional proporciona diversos benefícios. O principal é a riqueza de pontos de vista dentro de um mesmo grupo. Equipes homogêneas são formadas por pessoas com formação e estilos de vida parecidos, o que estreita a capacidade de solução de problemas.

A diversidade em uma cultura organizacional proporciona diversos benefícios. O principal é a riqueza de pontos de vista dentro de um mesmo grupo. Equipes homogêneas são formadas por pessoas com formação e estilos de vida parecidos, o que estreita a capacidade de solução de problemas

Mario Medeiros Neto

Quando uma corporação conta com pessoas de origens, formações e perspectivas diferentes, consegue olhares distintos para uma mesma questão. Tal capacidade é essencial para o desenvolvimento da empresa, afinal, a inovação é uma característica importante para as organizações que buscam o progresso.

Alguns levantamentos apontam que empresas que contam com maior diversidade têm mais chances de apresentar lucros superiores às demais. O estudo “A diversidade como performance”, da consultoria McKinsey & Company, estima que organizações que promovem a diversidade de gênero aumentam em até 15% a lucratividade, e ainda, que uma companhia com exemplos de diversidade e inclusão tem uma equipe de funcionários mais engajados e que apresentam menos conflitos internos.

Não à toa, grandes empresas aqui mesmo no Brasil já passaram a adotar processos de seleção e treinamento de colabores voltados para a diversidade, no intuito de promover cada vez mais um quadro heterogêneo, diverso e democrático de colaboradores.

O MPF, pela Procuradoria dos Direitos do Cidadão, recentemente se posicionou em apoio a iniciativa da Magazine Luiza de realizar um programa de treinamento e aperfeiçoamento profissional de pessoas inseridas em grupo social historicamente excluído, e afirmou ser “louvável e incensurável, portanto, a ação empresarial em questão”.

Assim, o respeito e apoio à diversidade têm se mostrado não só uma bandeira social, mas um verdadeiro instrumento de posicionamento e consolidação das empresas dentro do mercado, gerando vantagens palpáveis e duradoras para as marcas realmente engajadas com o respeito às diferenças e sobretudo à democracia.

Mario Medeiros Neto, advogado, sócio do escritório MMN Advogados Associados.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Aba Regina Siva Medeiros | Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020, 13h50
    0
    0

    Excelente reflexão e uma ótima oportunidade para os empresários. Parabéns pela iniciativa.

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS