ARTIGOS

Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 07h:28 | Atualizado: 17/09/2019, 07h:34

Bianca Nápoles

Sorrir sem medo de ser feliz

Bianca N�poles artigo

Certamente você já ouviu falar em prótese dentária. Mas será que você sabe que o uso de próteses para suprir a falta de dentes é uma solução antiga na história da humanidade? É isso mesmo, há relatos de que povos Fenícios, Etruscos , Romanos e Maias já produziam e usavam este acessório. A perda dentes sempre foi motivo de desconforto por questões estéticas, mas principalmente por problemas de mastigação e até da fala dos indivíduos.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que 50% da população brasileira adulta tem 20 ou menos dentes funcionais, quando o normal do ser humano é ter 32 dentes (8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares e 12 molares (incluindo 4 dentes do siso). Entre os idosos o problema é ainda maior: grade parte das pessoas acima dos 60 anos tem apenas 70% dos dentes. A boa notícia é que as próteses dentárias se tornaram mais acessíveis, confortáveis e funcionais ao longo do tempo.

A perda dentes sempre foi motivo de desconforto por questões estéticas, mas principalmente por problemas de mastigação e até da fala dos indivíduos

Conhecida popularmente como dentadura, a prótese total removível pode ser usada em pacientes que perderam todos os dentes. Ela reproduz a anatomia das arcadas superior (maxilar) e inferior (mandíbula) e usa dentes de resina bem resistentes. O acessório reproduz a cor, o formato e o tamanho dos dentes naturais, como também a cor da gengiva.

Para as pessoas que possuem número razoável de dentes, existe a opção da prótese parcial removível. Neste caso, o dentista precisa avaliar a saúde desses dentes já que eles servirão de apoio para a estrutura metálica confeccionada a partir de ligas de cobalto e cromo.

Existe ainda a prótese parcial fixa, popularmente conhecida como “ponte” ou “coroa”. Ela é indicada para pessoas que perderam poucos dentes e que apresentam pelo menos duas unidades que possam ser utilizadas como suporte. São feitas em metal com porcelana.

A prótese flexível é uma alternativa às próteses parciais removíveis. É produzida em resina flexível e não usa grampos como nas próteses tradicionais. É utilizada de forma provisória em casos de reabilitação ou para manter preservados os espaços entre os dentes naturais.

Opção mais moderna, eficiente e que resulta numa aparência mais próxima da dentição natural é o implante dentário. Ele é feito em duas fases: primeiro a cirurgia, quando os implantes de titânio, na forma de parafusos, são fixados no osso do paciente. Depois, vem a chamada etapa protética, onde uma prótese fixa é parafusada ou cimentada sobre os implantes. Ou ainda, uma prótese removível é encaixada sobre retentores parafusados aos implantes.

O intervalo da primeira para a segunda etapa do tratamento vai de três a quatro meses. Neste período, o paciente precisa tomar alguns cuidados com a higiene oral e a dieta para que não ocorram complicações. O tempo é necessário para a perfeita união do parafuso de titânio com a estrutura óssea do paciente e a consequente cicatrização cirúrgica.

A tecnologia avançou e hoje oferece implantes curtos, estreitos e biomateriais; técnicas pouco invasivas e de rápida recuperação do paciente

Qualquer pessoa pode fazer o procedimento, mesmo aquelas com deficiência óssea no local do implante ou que esteja em tratamento permanente contra a diabetes, HIV, osteoporose ou hipertensão arterial. Nestes casos, medidas de controle dos processos de coagulação e cicatrização devem ser tomadas pelo cirurgião dentista.

A tecnologia avançou e hoje oferece implantes curtos, estreitos e biomateriais; técnicas pouco invasivas e de rápida recuperação do paciente. É importante ressaltar que pessoas com ausência óssea na mandíbula ou no maxilar também podem fazer implantes. Nesse caso, primeiramente o paciente é submetido a enxerto ósseo para depois receber o implante.

Posso garantir que os implantes dentários resultam no aumento da autoestima e da qualidade de vida das pessoas que voltam ou passam a mastigar de forma eficiente e a sorrir sem qualquer constrangimento. É a técnica mais moderna que existe e a que apresenta os melhores resultados estéticos e funcionais.

Bianca Nápoles é cirurgiã dentista bucomaxilofacial e implantodontista. CRO/MT 6950. Instagram: Instagram @nbodonto

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

Prefeitos têm de trocar apadrinhados

kleber varzea grande 400 curtinha   Com a decisão do TJ-MT de considerar inconstitucional controlador-geral das prefeituras fora dos quadros efetivos de auditor municipal, muitos prefeitos terão de exonerar seus indicados políticos, vindo a escolher profissionais de carreira, assim como já se tornou prática na...

Controlador-geral agora só de carreira

angelo 400 curtinha   Uma decisão desta quinta do TJ, que julgou procedente, inclusive por unanimidade, uma ADIN proposta pela Associação dos Auditores e Controladores Internos do Estado (Audicom), presidida por Angelo Oliveira (foto), acaba, na prática, com os chamados controladores-gerais dos municípios...

Elogio à compra econômica do Estado

janaina riva 400 curtinha   Embora lançando críticas pontuais de vez em quando, a deputada Janaina Riva (foto) tem feito constantes defesa do Governo Mauro e elogiado ações da administração, especialmente na saúde pública. Sobre a decisão do governo de comprar 120 respiradores da China,...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.