ARTIGOS

Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 07h:28 | Atualizado: 17/09/2019, 07h:34

Bianca Nápoles

Sorrir sem medo de ser feliz

Bianca N�poles artigo

Certamente você já ouviu falar em prótese dentária. Mas será que você sabe que o uso de próteses para suprir a falta de dentes é uma solução antiga na história da humanidade? É isso mesmo, há relatos de que povos Fenícios, Etruscos , Romanos e Maias já produziam e usavam este acessório. A perda dentes sempre foi motivo de desconforto por questões estéticas, mas principalmente por problemas de mastigação e até da fala dos indivíduos.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que 50% da população brasileira adulta tem 20 ou menos dentes funcionais, quando o normal do ser humano é ter 32 dentes (8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares e 12 molares (incluindo 4 dentes do siso). Entre os idosos o problema é ainda maior: grade parte das pessoas acima dos 60 anos tem apenas 70% dos dentes. A boa notícia é que as próteses dentárias se tornaram mais acessíveis, confortáveis e funcionais ao longo do tempo.

A perda dentes sempre foi motivo de desconforto por questões estéticas, mas principalmente por problemas de mastigação e até da fala dos indivíduos

Conhecida popularmente como dentadura, a prótese total removível pode ser usada em pacientes que perderam todos os dentes. Ela reproduz a anatomia das arcadas superior (maxilar) e inferior (mandíbula) e usa dentes de resina bem resistentes. O acessório reproduz a cor, o formato e o tamanho dos dentes naturais, como também a cor da gengiva.

Para as pessoas que possuem número razoável de dentes, existe a opção da prótese parcial removível. Neste caso, o dentista precisa avaliar a saúde desses dentes já que eles servirão de apoio para a estrutura metálica confeccionada a partir de ligas de cobalto e cromo.

Existe ainda a prótese parcial fixa, popularmente conhecida como “ponte” ou “coroa”. Ela é indicada para pessoas que perderam poucos dentes e que apresentam pelo menos duas unidades que possam ser utilizadas como suporte. São feitas em metal com porcelana.

A prótese flexível é uma alternativa às próteses parciais removíveis. É produzida em resina flexível e não usa grampos como nas próteses tradicionais. É utilizada de forma provisória em casos de reabilitação ou para manter preservados os espaços entre os dentes naturais.

Opção mais moderna, eficiente e que resulta numa aparência mais próxima da dentição natural é o implante dentário. Ele é feito em duas fases: primeiro a cirurgia, quando os implantes de titânio, na forma de parafusos, são fixados no osso do paciente. Depois, vem a chamada etapa protética, onde uma prótese fixa é parafusada ou cimentada sobre os implantes. Ou ainda, uma prótese removível é encaixada sobre retentores parafusados aos implantes.

O intervalo da primeira para a segunda etapa do tratamento vai de três a quatro meses. Neste período, o paciente precisa tomar alguns cuidados com a higiene oral e a dieta para que não ocorram complicações. O tempo é necessário para a perfeita união do parafuso de titânio com a estrutura óssea do paciente e a consequente cicatrização cirúrgica.

A tecnologia avançou e hoje oferece implantes curtos, estreitos e biomateriais; técnicas pouco invasivas e de rápida recuperação do paciente

Qualquer pessoa pode fazer o procedimento, mesmo aquelas com deficiência óssea no local do implante ou que esteja em tratamento permanente contra a diabetes, HIV, osteoporose ou hipertensão arterial. Nestes casos, medidas de controle dos processos de coagulação e cicatrização devem ser tomadas pelo cirurgião dentista.

A tecnologia avançou e hoje oferece implantes curtos, estreitos e biomateriais; técnicas pouco invasivas e de rápida recuperação do paciente. É importante ressaltar que pessoas com ausência óssea na mandíbula ou no maxilar também podem fazer implantes. Nesse caso, primeiramente o paciente é submetido a enxerto ósseo para depois receber o implante.

Posso garantir que os implantes dentários resultam no aumento da autoestima e da qualidade de vida das pessoas que voltam ou passam a mastigar de forma eficiente e a sorrir sem qualquer constrangimento. É a técnica mais moderna que existe e a que apresenta os melhores resultados estéticos e funcionais.

Bianca Nápoles é cirurgiã dentista bucomaxilofacial e implantodontista. CRO/MT 6950. Instagram: Instagram @nbodonto

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Única suplente com salário no Senado

clerie fabiana curtinha 400   Dos seis suplentes de senadores por Mato Grosso, uma recebe salário pelo Senado. Trata-se de Clérie Fabiana Mendes (foto), segunda-suplente de Selma Arruda. Mas o seu subsídio não é pelo cargo assegurado com a eleição da chapa, mas sim por ter sido nomeada em posto...

Prefeita e R$ 10 mi em obras em Sinop

rosana sinop 400 curtinha   A prefeita de primeiro mandato de Sinop Rosana Martinelli (foto) está fechando o terceiro e penúltimo ano de mandato com uma grande demanda de obras estruturantes. Após licitar, assinou contrato de R$ 10,2 milhões com a construtora e incorporadora Berna, que vai executar o projeto integrado de...

Justiça impede "espetáculo eleitoreiro"

helena 400 curtinha desembargadora   O Judiciário fez justiça ao mandar suspender a eleitoreira CPI contra o prefeito Emanuel. Numa fase já de pré-campanha, em que todos os 25 vereadores cuiabanos e mais uma centena de outros de fora se movimentam pensando na disputa eleitoral e ávidos para criar palanque, nada...

Parlamentar anda cabreiro até na AL

sebastiao rezende 400 curtinha   Sebastião Rezende (foto), que exerce o 5º mandato, anda cabreiro e assustado, até mesmo na hora de circular pelos corredores da Assembleia. E não pode avistar um jornalista que sai correndo. Na terça, após a sessão ordinária, o deputado acelerou os passos quando...

10 anos "adormecida" sobre Energisa

gisela 400 curtinha   Depois de mais de 10 anos atuando no Procon, a advogada e primeira-suplente de deputada federal Gisela Simona (Pros) agora que se acordou para a gravidade sobre a prestação de serviços da Energisa, campeã de reclamações junto ao próprio Procon. Passou todos esses anos sem mover...

Demitida por ter apoiado Bolsonaro

josenai 400 curtinha   A aprovação em seletivo não foi suficiente para que o contrato da professora Josenai Terra (foto), que se estenderia até dezembro deste ano, fosse cumprido pela Unemat Campus Tangará da Serra. A professora lecionava desde 2017, mas em setembro de 2018 foi a única contratada para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.