Blog do Romilson Cuiabá, 20 de Junho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

O fim do STF e a democracia

Por 17/04/2019, 09h:58 - Atualizado: 17/04/2019, 10h:07

andr� barriento

André Luiz Barriento

O Supremo Tribunal Federal, nossa Corte maior no Judiciário brasileiro está na mira das discussões acaloradas sobre sua importância e isonomia. Figura ainda como um dos principais assuntos nas redes sociais, pois além de liderar as discussões no Twitter, tem provocado ódio no "homem médio" que chega a pedir a extinção da Suprema Corte por meio de intervenção militar.

Depois que o brasileiro, no lugar do futebol, tomou a política como paixão, os membros dos Poderes tem sido tratados da mesma forma do que nossos antigos craques da bola. O Fla Flu sociológico surreal está presente, desde gabinetes a grupos da família no Whatsapp, corroendo a sensatez e tornando-se um perigoso instrumento nas mãos de pessoas dissimuladas.

Para quem está acostumado a analisar cenários políticos e sociais isso já era esperado. Depois que o brasileiro, no lugar do futebol, tomou a política como paixão, os membros dos Poderes tem sido tratados da mesma forma do que nossos antigos craques da bola. O Fla Flu sociológico surreal está presente, desde gabinetes a grupos da família no Whatsapp, corroendo a sensatez e tornando-se um perigoso instrumento nas mãos de pessoas dissimuladas.

O reflexo dessa realidade irreversível e turbinada pelos smartphones é a categorização compulsória das pessoas em decorrência de (aparentes) preferências ideológicas. Por exemplo, se você demonstra gostar da forma de governar ou das ideias do Presidente Jair Bolsonaro é considerado de direita, caso contrário é classificado como socialista. Acreditem, a Globo virou comunista para alguns.

O absurdo não para por aí. O maniqueísmo infanto-imbecil obriga a todos que elejam um inimigo e esse nunca pode ser um integrante do time ou, horror dos horrores, o próprio comportamento. Isso fica bem claro quando, depois da queda do PT (merecida na minha opinião), ficou difícil encontrar outro vilão para a história. O mal já foi representado pela imprensa, pela Globo, Folha, pelos jornalistas, pelos esquerdistas... Agora o inimigo é o Supremo.

A atitude do Ministro Alexandre de Moraes, de impedir a imprensa de cumprir sua missão, é no mínimo, lastimável. O Judiciário tem o poder-dever de dizer o direito e caso a reportagem trouxesse inverdades, os responsáveis deveriam ser punidos. Ponto. Entretanto, o corporativismo exacerbado contra a liberdade de expressão se posicionou como uma afronta à nossa frágil e incipiente democracia. Censura não pode ser admitida de nenhum lado, seja dos uniformes ou das togas.

O problema é que esse nefasto episódio contribuiu para que o STF saísse, na visão popular, do espectro do bem para o lado do mal, dos tempos de Joaquim Barbosa para o de Dias Toffoli. Esse é o grande perigo.

O problema é que o STF saiu, na visão popular, do espectro do bem para o lado do mal

Enfraquecer o Judiciário deveria causar arrepios em qualquer cidadão brasileiro. O desequilíbrio de poderes gera oportunismo ao fascismo. O poder é uno e indivisível, vem do povo e é colocado em prática pelo Executivo, Legislativo e Judiciário. O sistema de freios e contrapesos tem o papel de impedir o governo déspota.

O STF deve ser melhorado, aperfeiçoado e os ministros serem escolhidos pela qualidade técnica. Para o bem da nossa nação, o Supremo não pode ser extinto como querem alguns radicais mal-intencionados, pois com ele iria embora boa parte do poder do próprio povo.

André Luiz Barriento é jornalista, mestre em estudos de cultura contemporânea e graduando em Direito. E-mail: andreluizbarriento@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JOSE MARQUES BRAGA | Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 10h54
    5
    0

    MUITO BOM ESTE ARTIGO. VALE A PENA REPODUZI-LO.

ANIVERSÁRIO E BODAS

Festa pra mil, emoção e reverência

Por 20/06/2019, 05h:34 - Atualizado: 02h atrás

cidinho festa 680

 

O empresário, ex-prefeito por três vezes de Nova Marilândia e ex-senador Cidinho Santos deixou emocionados os mil convidados da concorrida festa do seu cinquentenário aniversário e da Bodas de Prata com Marli Becker, nesta quarta, em Cuiabá.

Postar um novo comentário

FESTIVAL CACERENSE

Shows do FIPE custarão à prefeitura R$ 985 mil; Léo Santana, R$ 310 mil

Por 19/06/2019, 15h:00 - Atualizado: 19/06/2019, 16h:56

leo santana 680

O cantor Léo Santana se apresenta por cerca de duas horas no Festival no dia 11 de julho e vai faturar R$ 310 mil

Os shows artísticos do 38º Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPE) vão custar aos cofres da Prefeitura de Cáceres R$ 985 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Simone Soares | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 22h58
    0
    0

    TEM QUE FAZER IGUAL O FESTIVAL DE INVERNO DA CHAPADA, PRIVATIZAR TUDO! AI O DINHEIRO PÚBLICO FICA PARA SAÚDE, ASFALTO, ESCOLA, ILUMINAÇÃO

  • Amanda | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 22h56
    0
    0

    Esse Junior Trindade é um segundo Claudio Henrique, não vai pra lugar algum!

  • Amanda | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 22h51
    0
    0

    Esse Junior Trindade é um segundo Claudio Henrique, não vai pra lugar algum!

  • ROBSON JOSÉ | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 18h54
    1
    0

    Aqui quem quer asfalto em sua rua, o prefeito diz que tem que pagar do próprio bolso, pois a prefeitura não tem dinheiro. Quem vier em Cáceres vai ver o quanto a cidade está abandonada, segundo a prefeitura o município não tem dinheiro para infraesturta. Mas dinheiro para fazer festa tem.

  • Aldo | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 15h36
    1
    0

    Aí falta dinheiro para educação, saúde, etc... Crise, onde está essa crise que tanta gente fala.

AMM gasta quase R$ 200 mil com empresas para eventos e cursos

Por 19/06/2019, 12h:01 - Atualizado: 19/06/2019, 12h:23

neurilan fraga 680

 

A contratação pela AMM da Tortorelli Consultoria tem chamado atenção de prefeitos associados. O presidente de terceiro mandato da entidade municipalista Neurilan Fraga assinou contrato de R$ 173,3 mil para a empresa organizar eventos e promover cursos de interesse da AMM.

Postar um novo comentário

COMUNICAÇÃO

Pérsio "ressuscita" O Estado de MT

Por 19/06/2019, 10h:17 - Atualizado: 19/06/2019, 10h:20

persio briante

Pérsio Briante, Tiago, Gean André, Michele e o colunista Hebert Matos mostram a 1ª edição do jornal impresso

Em mais um passo desafiador para os novos tempos, marcados pela velocidade acelerada das mídias eletrônica e sociais, o empresário Pérsio Briante resolve refundar o jornal O Estado de Mato Grosso. O empresso diário, em cores e com 16 páginas, começou a circular ontem. A solenidade que marcou inauguração do moderno parque gráfico, em Cuiabá, foi bastante concorrida.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • André | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 10h51
    1
    0

    Que moral tem esse Governo para bloquear recursos nossos? Um Governo que não cumpre lei tem altoridade para que? É a justiça? Está sendo justa ou defendendo o seu? Lamentável deprimente a Situação em que vemos justiça e Executivo....

  • Pedro Parente | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 10h40
    0
    3

    Que venha ao menos um Jornal de direita no MT. Pois já estamos cassado de jornais esquerdista.

EFEITO-GREVE

Sob ordem judicial, governador já bloqueia 30% de repasse do Sintep

Por 18/06/2019, 21h:05 - Atualizado: 19/06/2019, 11h:26

Tchélo Figueiredo

mauro mendes governador 680

 

Cumprindo determinação judicial, o governador Mauro Mendes já mandou a secretaria de Fazenda bloquear 30% do repasse mensal do Sintep, algo em torno de R$ 200 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Alice | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 14h38
    6
    8

    C pontos cortados e mesmo assim em greve é sinal q o salário não faz falta p os professores. Continuem em greve o Sintep vai pagar as contas de vcs😂😂😂😂😂😂

  • Cristiano | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 13h36
    0
    0

    Cristiano , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • SEM ESCOLA | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 11h42
    11
    10

    têm pessoas do governo que fica 24 horas nos sites, para curtir reportagem que favorecem o governo, vamos pra cima Sintep essa briga e nossa, se não for agora nunca mais. ggggRRREEEVVVVEEEE

  • SEM ESCOLA | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 11h39
    13
    10

    têm pessoas do governo que fica 24 horas nos sites, para curtir reportagem que favorecem o governo, vamos pra cima Sintep essa briga e nossa, se não for agora nunca mais. ggggRRREEEVVVVEEEE

  • Ana Lucia Andruchak | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 11h11
    18
    9

    Governador que se elege dizendo que vai pagar RGA e defender direitos do funcionalismo público e depois de eleito, atrasa salários, não paga direitos e usa de repressão e atos ilegais, pode ter certeza que seu nome ficará manchado na história política de Mato Grosso, como uma pessoa sem caráter!!!

  • SEM ESCOLA | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 11h04
    16
    11

    sintep não acabe com a greve enquando o pedido do sindicato não for atendido, para os poderes nem precisaram fazer greve o aumento foi automatico, vamos pra cima nem que a greve dure 3 meses, ai sim vai entrar para a história do estado.

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h51
    4
    0

    Hpr, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h35
    14
    16

    Esse dinheiro é dinheiro do servidor, descontado da folha do servidor. Se o dinheiro não for repassado ao sindicato, o governo está fazendo é apropriação ilegal do dinheiro do servidor.

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h31
    15
    12

    O sindicato não recebe do governo, recebe de nós servidores. Nós autorizamos o desconto do nosso salário a ser repassado ao sindicato.

  • Maria | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 06h37
    19
    20

    Indecente este senhor! Ilegal e imoral a atitude desesperada do senhor Mauro Mendes. O Sintep é uma entidade sindical. Seus recursos financeiros lhe são conferidos por seus filiados e filiadas por livre vontade. O Estado deve arcar com o dever de fornecer educação aos seus cidadãos e cidadãs com recursos determinados pela lei. Se ele não consegue cumprir leis e pensa que o Estado é simplesmente uma das suas empresas, deve renunciar. Vá administrar as suas empresas, senhor Mauro Mendes! O Estado é outro organismo, bem diferente do que a sua pouca inteligência consegue absorver! Tire as mãos dos recursos do Sintep que não lhe pertencem e nem ao Estado!

INAUGURAÇAO DA UFR

Bolsonaro deve visitar Rondonópolis

Por 18/06/2019, 20h:25 - Atualizado: 18/06/2019, 20h:30

Marcos Correa

jair bolsonaro 680

Presidente Jair Bolsonaro, em reunião nesta 3ª com líderes do Governo e do Podemos, entre eles José Medeiros

Depois de Barra do Garças, no Araguaia, Rondonópolis, cidade pólo da região Sul, deve ser a segunda cidade mato-grossense a receber a visita do presidente Jair Bolsonaro.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2378