Blog do Romilson Cuiabá, 18 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Uma proposta para melhorar os serviços da Polícia Civil

Por 15/04/2019, 09h:02 - Atualizado: 15/04/2019, 09h:10

Edleusa Mesquita

Edleusa Mequita

Há muito tempo tem se falado sobre o baixo efetivo da Polícia Civil em Mato Grosso e suas implicações, principalmente quanto à sensação de insegurança por parte da população e sobre a demora na abertura e conclusão de inquéritos. A Polícia Judiciária Civil (PJC) está em 78% do Estado e para dar cumprimento ao seu papel investigativo conta com apenas 2.090 investigadores e 687 escrivães. O número é pequeno diante da quantidade de ocorrências registradas todos os dias e a sociedade clama por maior agilidade nas investigações e pela conclusão dos inquéritos.

O número (de investigadores) é pequeno diante da quantidade de ocorrências registradas todos os dias e a sociedade clama por maior agilidade nas investigações e pela conclusão dos inquéritos

Precisamos, urgentemente, de concurso público para profissionais da atividade-meio e guarda patrimonial, mas, sobretudo, precisamos otimizar o trabalho nas delegacias. Para tanto, há cerca de um ano, o Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (Sinpol-MT), entregou à diretoria da PJC uma proposta para unificação dos cargos de investigador e escrivão, dessa fusão surgiria o novo cargo: o Oficial de Polícia Judiciária (OPJ). Nosso objetivo é fazer com que o mesmo policial que atende as ocorrências possa investigar o caso face à abertura do inquérito dando celeridade, maior materialidade e desafogando cartórios e delegacias. 

A Lei 407/2010 mostra que as atividades do cargo de escrivão e investigador de Polícia Civil são semelhantes em vários aspectos e reúnem os mesmos requisitos de investidura, estrutura de carreira, nível salarial e iguais atribuições de polícia investigativa e repressiva. Portanto, podemos sim unificar as duas categorias sem prejuízos ao trabalho ou ao Plano de Cargos, Carreiras e Salário (PCCS), inclusive garantindo aos aposentados os mesmos direitos garantidos aos policiais da ativa na nova função.

Existe um projeto piloto de unificação dos cargos no Ceará, mais precisamente na cidade de Aracati, apresentado pelo presidente Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará, Francisco Lucas, que vem mostrando resultados eficientes.

O novo cargo apresenta outras vantagens, entre elas o retorno mais rápido das viaturas da PM às suas áreas de atuação, já que os registros de ocorrência e o tempo de resposta aos flagrantes serão otimizados com a diminuição da burocracia administrativa. Também, o ganho no gerenciamento de crises por parte dos delegados em casos da ausência de um ou mais policias ao serviço. Se houver a necessidade de um OPJ faltar ao serviço, o delegado poderá indicar outro profissional da mesma categoria e com as mesmas habilidades para substituí-lo imediatamente. Hoje, na falta de um escrivão ou investigador o profissional só pode ser substituído por outro da mesma função trazendo prejuízos ao trabalho.

Com a implantação do projeto OPJ a atividade cartorária também ganhará celeridade. Hoje, os cartórios estão lotados de inquéritos por causa do crescente número de ocorrências e do contingenciamento de investigadores; situação que será resolvida já que todos os policiais estarão capacitados para investigar e concluir os processos. Caberá a cada delegado, ou ainda a nova categoria, definir o policial responsável por cada investigação. Num primeiro momento, pode-se criar uma força-tarefa capaz de concluir os inquéritos antigos e enviar todo o material já apreendido ao Fórum, dando à sociedade a certeza de uma PJC mais célere em suas atividades.

Precisamos, urgentemente, de concurso público para profissionais da atividade-meio e guarda patrimonial, mas, sobretudo, precisamos otimizar o trabalho nas delegacias

Quanto aos plantões e ao expediente, ainda precisamos (escrivães e investigadores) definir como vai funcionar. A proposta de unificação dos cargos entregue à diretoria da PJC é sugestiva e pode ser alterada a qualquer momento. Acho justo que esta definição seja feita em conjunto por todos os policias após a criação e oficialização do novo cargo. Quanto ao expediente, acredito que continuará como hoje: esquipes de serviço e plantão definidas por escala.

Por fim, quero ressaltar que o projeto OPJ tem também como proposta a integração dos policiais civis desviados de função ou afogados na burocracia, readequando os cargos técnicos-administrativos e de segurança. Estes servidores de nível médio farão a parte de ofícios e guardas dentre outras funções, ajudando a desafogar a atividade-meio para que os demais policiais possam atuar na atividade-fim. Ou seja, na investigação.

Estamos trabalhando para demonstrar aos escrivãs e investigadores que a criação do OPJ é a melhor saída para darmos celeridade ao trabalho de Polícia Judiciária Civil e equidade aos servidores. Esperamos a adesão de todos, pois uma categoria organizada e unificada certamente será mais forte na busca de novos direitos e na garantia dos já adquiridos.

Edleusa Mesquita é presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (Sinpol-MT). E-mail: presidencia@simpolmt.org.br

Postar um novo comentário

PRÁTICAS CRIMINOSAS

Denunciado pelo MPE, promotor já é processado por desembargador

Por 17/10/2019, 20h:02 - Atualizado: 03h atrás

marcos machado 680

O próprio Ministério Público Estadual concluiu, em investigação conduzida pelo NACO, que o ex-chefe do Gaeco, promotor Marco Aurélio de Castro, expôs, de forma criminosa, o desembargador Marcos Machado, que integrou os quadros do MPE por mais de 20 anos.

Postar um novo comentário

EM POCONÉ

Prefeito e secretário são multados; auditor interno é impedido de atuar

Por 17/10/2019, 19h:13 - Atualizado: 03h atrás

tata amaral 680

Após denúncia do controlador-geral de Poconé, Ademar Vivan Júnior, o TCE detectou uma série de irregularidades na prefeitura e multou o prefeito Tatá Amaral e o seu secretário de Finanças, Acy Nunes de Siqueira.

Postar um novo comentário

PRÉ-SAL E FEX

União vai liberar R$ 2 bi ao Estado

Por 17/10/2019, 13h:05 - Atualizado: 17/10/2019, 13h:08

Tchélo Figueiredo

mauro mendes 680 governador

Após uma série de medidas amargas adotadas nos primeiros meses para tentar ajustar o caixa do Estado, o governador Mauro Mendes reune agora as condições, com ajuda do governo federal, para fechar o primeiro ano de mandato sem déficit.

Postar um novo comentário

Alencastro

Prefeito ganha camisa do Flamengo e sanciona PCCS de servidores - veja

Por 17/10/2019, 09h:55 - Atualizado: 17/10/2019, 10h:05

Davi Valle

Emanuel Pinheiro

Emanuel Pinheiro recebe a camisa do flamengo em reunião. Vereadores Adevair Cabral e Luis Cláudio acompanham

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) deve ter comemorado a vitória de virada do Flamengo sobre o Fortaleza em pleno Castelão, com a camisa 10 do rubro negro que recebeu de presente dos servidores da área administrativa após sancionar a lei complementar  número  474,  que dispõe sobre o Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) desses profissionais. O ato foi realizado, nessa quarta (16), horas antes do jogo vencido por 2 a 1 pelo time do coração do emedebista, que segue na liderança  isolada do Brasileirão.

Postar um novo comentário

DEBANDADA

Sem poder, PSDB perde 3 prefeitos

Por 17/10/2019, 08h:30 - Atualizado: 16/10/2019, 23h:24

ederzio de jesus jangada prefeito 680

Fora do poder e puxado para baixo pelo reflexo das urnas de 2018, com a derrota de seus dois candidatos majoritários, Pedro Taques, que não se reelegeu governador, e Nilson Leitão, que também perdeu para o Senado, o PSDB começa a perder quadros.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Matheus | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 18h58
    0
    0

    Sou morador de Jangada e conheço bem tambem os politicos de Acorizal, realmente o Marçao falou verdade: tanto o nosso Prefeito Garrincha e o Clodoaldo de Acorisal, sempre foram puxa saco da familia CAMPOS e deveriam ja' estar no DEM e nao farao falta alguma ao PSDB. Ja' vai tarde....

  • Nobrega | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 09h57
    1
    0

    O PSDB não cai, despenca. Está tornando um partido de segundo plano.

  • Marcao | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 09h03
    4
    1

    Esses dois Prefeito Ederzio Mendes(Jangada) e Clodoaldo Monteiro (Acorisal) nunca foram ideologicamente do PSDB, pois sao cria, calça e c...dos irmaos JULIO E JAIME CAMPOS , do DEM desde em que nasceram. Seus pais e avos eram eleitores de seo Fiote Campos.

ALTO TAQUARI

Prefeito recorre e reassume cargo

Por 16/10/2019, 23h:26 - Atualizado: 05h atrás

prefeito fabio garbugio alto taquari 680

O desembargador Márcio Vidal concedeu nesta quarta, em parte, o pedido de efeito suspensivo, assegurando retorno ao cargo do prefeito de Alto Taquari, Fábio Mauri Garbúgio (PTB).

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2436