Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

BRASÍLIA

Bancada de MT se divide quanto ao valor do novo salário mínimo

Por 15/02/2011, 13h:56 - Atualizado: 15/02/2011, 14h:21

Carlos Bezerra, deputado federal    Os oito deputados federais e três senadores de Mato Grosso estão divididos quanto a proposta do valor do novo salário mínimo de R$ 545,00. A mensagem do governo chega ao Congresso Nacional nesta quarta (16), acompanhada de um projeto de lei que institui a política salarial para até 2015.

   O assunto entra como prioridade nas discussões. Mas nem todos parlamentares mato-grossenses que são da base aliada estão fechados. A maioria ainda não havia decidido ou informou que seguiria a orientação de seus partidos.

      Dos parlamentares contatados pelo RDNews, somente Homero Pereira e Wellington Fagundes, ambos do PR, e o petista Ságuas Moraes, assim como o senador Blairo Maggi, se posicionaram ao lado do governo. Os senadores Pedro Taques (PDT) e Jayme Campos (DEM) e o deputado Júlio Campos (DEM) fecham com a proposta de R$ 560,00, defendida pelos seus partidos. Os demais ainda aguardam a decisão partidária, o que não ocorreu.

     A divisão da bancada mato-grossense reflete, por sua vez, os antagonismos dentro do próprio Congresso. De um lado boa parte da base aliada está com o governo. Na outra ponta estão governistas e opositores. Estes últimos, por sua vez, também estão divididos. Uma parte quer o salário mínimo de R$ 560,00 e, a outra, de R$ 580,00 e há ainda uma terceira, o PSDB, que propõe R$ 600,00. Além do PDT e do DEM, setores do PT, liderados pelo senador Paulo Paim (RS), também defendem os R$ 560. E os tucanos insistem no valor defendido por seu candidato a presidente da República.

    “Está no DNA do PDT a defesa dos trabalhadores. Portanto, nós vamos buscar o melhor para os trabalhadores. Eu penso que R$ 15 reais a mais não vão impactar muito, especialmente na Previdência, que é a maior preocupação do governo. Por isso a proposta de R$ 560,00 é boa”, afirmou Taques. Jayme também considera o valor “ideal”. “Há estudos que mostram que não vai haver muito impacto. Até porque a arrecadação da Previdência está crescendo. E há mecanismos de antecipação de percentuais de 2012, pois a economia do país está crescendo. Portanto, podemos encontrar um valor melhor que o governo está propondo”, afirmou o democrata.

     PMDB dividido

     O PMDB está dividido em vários blocos e propostas. As lideranças tanto do Senado quanto da Câmara, inclusive os dirigentes das duas Casas, estão fechados com o governo. Mas há setores que preferem discutir mais, entre eles o deputado Carlos Bezerra, que informou ao RDNews que prefere esperar para tratar do assunto com outros dirigentes partidários. Para ele, a proposta do governo não é boa. O deputado Valtenir Pereira (PSB) também argumentou que prefere aguardar a decisão partidária. Os progressistas Roberto Dorner e Neri Geller têm o mesmo posicionamento. “O que a nossa bancada decidir é o que acatarei”, afirmou ao portal o deputado Dorner.

     Além das reuniões partidárias, os parlamentares governistas aguardam reunião com a equipe econômica, agendada para esta terça à tarde, no plenário da Câmara. Os ministros Guido Mantega, da Fazenda; Miriam Belchior, do Planejamento; Carlos Lupi, do Trabalho e Emprego; e Garibaldi Alves Filho, da Previdência Social, vão levar pessoalmente a proposta do governo para debatê-la com os parlamentares.

Postar um novo comentário

EM CUIABÁ

Marketing de Emanuel aposta em reeleição logo no 1º turno

Por 29/09/2020, 08h:25 - Atualizado: 04h atrás

emanuel pinheiro 680

O marketing da campanha de Emanuel Pinheiro, sob Carlos Rayel, estuda intensificar as ações estratégicas, apostando numa reeleição logo no primeiro turno, mesmo numa disputa com oito candidaturas.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • FRANK SABIÁ | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 11h32
    0
    0

    todas as pesquisas Colocam o Atual Prefeito em Vantagem. Tem feito um bom trabalho , sim, tem feito...porém sempre haverá o Contraditório. EU iria de 12, Agora vou de 50 (Gilberto Cachorrão Neles !) - por enquanto é o que há !

  • marcos | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 09h55
    2
    9

    o episodio do video não foi resolvida nem finalizada, eu penso que se a justiça não der um absolvido ou condenado, eu não votarei em emanoel pinheiro.pois é um video comprometedor.

  • TANOSAL | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 09h52
    5
    8

    Para esse cara ganhar a sociedade cuiabana tem que ser muito... %#@!

FAMILIOCRACIA

7 deputados têm esposas, irmãos e tio candidatos - saiba quem

Por 28/09/2020, 19h:05 - Atualizado: 28/09/2020, 19h:09

max andreia 680

Dos 24 deputados estaduais, sete contam com algum familiar na disputa eleitoral de 15 de novembro, seja a prefeito, vice e/ou a vereador.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Claudinei Aguiar | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 06h31
    7
    0

    Lamentável principalmente em Juara, segundo informações Priminho foi assessor do DR.Leonardo e até que a população saiba nada veio de emendas pra região. O homem só esperou vencer o período ficha suja pra voltar de novo.

  • Jucinéia da umbanda | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 23h32
    7
    0

    Fora aqueles que tão parados e que tão tentando empurrar parentes lá, como o Sérgio Ricardo colocando parentes dele lá, só pq apresentam programa de TV. Mas nós eleitores estamos de olho e só votaremos em quem realmente pode contribuir pra cidade.

EM CUIABÁ

8 ex-vereadores querem voltar

luiz pocao 680

Oito ex-vereadores pela Capital se inscreveram para o teste das urnas, na esperança de reconquistar mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • jose ari de lima | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 10h13
    0
    0

    Vejo com tristeza o q esta acontecendo em MT, esses politico tranqueiras querendo voltar, outra coisa feia aqui em sinop, o cara ganha voto de todo mundo da redondeza pra ser representante na câmara federal e deixa o cargo pra tentar ser prefeito de novo da pra entender?

  • marta | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h04
    0
    0

    marta, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INVESTIGAÇÃO

Pela 2ª vez, Câmara de Cuiabá vota amanhã relatório da CPI do Paletó

Por 28/09/2020, 10h:01 - Atualizado: 28/09/2020, 10h:09

convocacao cpi 680

A Câmara de Cuiabá realiza amanhã, às 9h, uma sessão extraordinária por videoconferência para votar, de novo, o relatório da CPI do Paletó. A convocação já foi feita pelo presidente Misael Galvão - veja documento acima.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eloi Wanderley da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 10h35
    14
    2

    Se for arquivado novamente será uma desonra a classe política municipal de Cuiabá. Contra imagens não há argumentos, vamos ficar de olho na corja que pedirá arquivamento da CPI do paletó.

CASANDO A IMAGEM

A segunda "senadora de Bolsonaro"

Por 28/09/2020, 09h:38 - Atualizado: 28/09/2020, 09h:40

fernanda adesivo 680

Em 2018, Selma Arruda fez campanha como "senadora de Bolsonaro". Todo material publicitário trazia imagem dela colada à do presidente.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Lourinil Nunes | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 05h36
    1
    1

    Em resposta a alguns comentários de pessoas que duvida da coronel ser a escolhida do Presidente, assista o vídeo do dia 30 de setembro lançamento da campanha, é veja e abra os ouvidos, o presidente fala abertamente. Quem realmente apoia o presidente deve ajudar a Coronel, o presidente precisa de aliados.

  • Dra Alice Albuquerque | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h01
    6
    9

    Patético. Uma mulher sendo capacho de um incapaz.

  • Antonio Miguel da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 13h04
    6
    5

    Só uma pergunta, ela está mentindo ou o povo tem que aceitar realmente que ela é de fato a candidata escolhido pelo presidente

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 27/09/2020, 18h:51

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Carlos | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 17h01
    3
    0

    ...e para sempre!!!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2607