Blog do Romilson Cuiabá, 27 de Novembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

CÂMARA FEDERAL

Bezerra é o mais velho dos federais; todos passaram por outros mandatos

Bezerra é mais velho dos federais; todos já tiveram outros mandatos

19/10/2010, 13h:18 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

   Carlos Bezerra, cacique político do PMDB, é o mais velho da bancada mato-grossense que toma posse na Câmara Federal em fevereiro. Ele tem 68 anos e acumula mais de 30 de vida pública. Exerceu mandatos de deputado estadual, de prefeito de Rondonópolis por três vezes, de governador, de senador e vai assumir a terceira legislatura como federal, sendo duas consecutivas. O segundo mais velho dos 8 eleitos e/ou reeleitos é Júlio Campos (DEM), outro cacique, com 63 anos. Também foi prefeito de Várzea Grande, senador, governador e vai exercer o segundo mandato na Câmara.

    Na outra ponta quanto à idade está o defensor público licenciado do Estado Valtenir Pereira, reeleito para o segundo mandato com 101.907. Ele tem 39 anos. Depois vêm os ex-prefeitos de Sinop Nilson Leitão (PSDB), com 41 anos, e de Juína Ságuas Moraes (PT), com 47.

   O mais votado é o republicano Wellington Fagundes, que garantiu o sexto mandato com 145.460 votos. O reeleito Homero Pereira, também do PR, ficou com a segunda fatia de votos: 112.421. As profissões dos oito são variadas, embora muitos se identificam como políticos. Wellington e Homero, por exemplo, são pecuaristas. Ságuas é médico. Eliene Lima (PP) é professor. Júlio assume ser empresário. Todos da nova bancada já exerceram outros mandatos.

   Eles vão receber salário de R$ 16 mil mensais, fora uma série de privilégios e regalias. Têm a missão de apresentar projetos e outras proposituras e fiscalizar os atos do Executivo. Apesar disso, os deputados se dedicam mais à articulação por emendas, em busca de recursos junto à União.

    Renovação

   A bancada saiu das urnas com uma renovação de 40%, considerando que sete concorreram e cinco se reelegeram e três vão entrar como novatos, sendo eles Júlio, Ságuas e Leitão, embora o primeiro já tenha ocupado o mesmo posto nos anos 1980. Dos atuais deputados, apenas Carlos Abicalil (PT) não buscou a reeleição. Foi ao Senado e perdeu.

   Sete tentaram novo mandato e dois foram reprovados, sendo eles Thelma de Oliveira (PSDB) e Pedro Henry (PP), que está brigando na Justiça para ter direito a ocupar o cargo. Ele teve mais de 80 mil votos, que não foram divulgados pelo TRE porque o registro está indeferido. Se conseguir reverter a situação, Henry volta à Câmara e Ságuas, eleito com 88.654 votos, ficará de fora. Os reeleitos são Wellington, Homero, Eliene, Valtenir e Bezerra.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Anderson | Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2010, 22h07
    0
    0

    ÉÉÉÉÉÉ Política já é profissão a muito tempo....A profissão mais remunerada, que naturalmente lhe tras diversos benefícios, e a única profissão que a justiça "aceita" possuir mais bens do que a mesma é capaz remunerar..O trem ta bagunçado e sem gerencia!

  • Jose da Rocha Filho | Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2010, 14h28
    0
    0

    O Costa, se for para não cometer erros gritantes, então escreva MINEIROS, e não MINEROS, tá? Esse éum dos erros capaz de estourar os tímpanos. Vamos estudar geeeeeente!!!!!!!!!!!!!!!

  • prof. gonçalo de assis poquiviqui | Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2010, 08h11
    0
    0

    Os deputados federais eleitos representam a realidade do mosaico politico de nosso estado e as suas correlações de forças.

ONTEM E HOJE

Coronel que ajudou a eleger Abílio hoje quer distância do ex-aliado

Por 26/11/2020, 19h:16 - Atualizado: 05h atrás

leovaldo sales 680

O coronel PM da reserva Leovaldo Sales, secretário de Ordem Pública de Cuiabá, foi o coordenador e braço fundamental da campanha vitoriosa de Abílio Júnior a vereador, em 2016. Ajudou a arregimentar votos de centenas de fiéis. 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • jose carleto neves neves | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h19
    7
    13

    Claro que o Sales não quer saber do Abilio,se o Abilio ganhar ele vai perder a mamata na prefeitura

  • Adalberto Rodrigues de Souza | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h18
    5
    13

    Claro, seria incoerência se ele apoiar o 19 agora , pois trabalha para o Paletó ...vão levar taca...

  • Moisés | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h04
    7
    13

    Quem é mesmo esse coroné na fila do pão? É claro que ele vai puxa para o PALETÓ !!!

Rumo às urnas

Abílio avalia se vai ao debate da TV Vila Real

Por 26/11/2020, 16h:52 - Atualizado: 07h atrás

abilio_680

Abílio Júnior (Pode) está refletindo se comparece ou não ao debate, nesta sexta (27), na TV Vila Real, do grupo Gazeta de Comunicação.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • jose carleto neves | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h13
    4
    3

    se fosse eu não ia no debate

  • Eleitor atento | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 21h38
    11
    4

    Quero votar para prefeito de Cuiabá e não pra Delegado de Polícia...voto 15.

  • JUSTO VERISSÍMO | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 19h44
    6
    9

    Abílio vai nao, ja esta praticamente eleito, debater o que com derrotado Mané Paletó Dia 29 voto 19, agora se tivéssemos umas impressas imparciais ai poderia ir.

CÂMARA DE CUIABÁ

Dos 10 vereadores reprovados, Toninho foi o menos votado confira

Por 26/11/2020, 10h:57 - Atualizado: 26/11/2020, 11h:00

toninho de souza 680

Dos 10 vereadores da Capital que não conseguiram se reeleger, o menos votado foi Toninho de Souza (PSDB), justamente o campeão de votos das urnas de 2016. Toninho saiu de 5.620 votos conquistados há quatro anos para apenas 885 desta vez.

Postar um novo comentário

JOGO ELEITOREIRO

Jurídico chancela manobras para Neurilan se perpetuar no poder veja

Por 25/11/2020, 21h:05 - Atualizado: 25/11/2020, 21h:15

debora simone neurilan 680

Advogada Débora Simone Rocha Faria, coordenadora jurídica da AMM, e o presidente Neurilan Fraga: manobras

As várias mudanças no estatuto da AMM, aprovadas em 19 de novembro do ano passado e registradas em cartório, foram conduzidas pelo "eterno" presidente Neurilan Fraga e pela advogada Débora Simone Rocha Faria, coordenadora-jurídica da entidade há vários anos.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Gutemberg Abreu | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 14h23
    9
    1

    Quem paga esse cidadão é o dinheiro dos municípios, portanto do povo! chega de manobra, vai trabalhar!

  • Mauricio | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 09h45
    4
    1

    Mauricio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • DE OLHO | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 08h51
    18
    3

    SERVE PRA QUE ESSA AMM ?? ALÉM DE NADA ?

PEÇA ORÇAMENTÁRIA

Duodécimo do MPE já é quase igual ao da Assembleia

Por 25/11/2020, 16h:25 - Atualizado: 25/11/2020, 16h:30

orcamento 2021 680 mt

O Ministério Público Estadual está prestes a alcançar o valor do duodécimo da Assembleia Legislativa.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Catharina Puntel | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 22h20
    0
    0

    falta os poderes seguir o exemplo da assembleia e devolver pra instituições e não ficar ai fomentando burocracia gasta mais preenchendo papel do que de fato executando algo útil ou que de retorno pra sociedade

  • ILDO FACCIO | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 09h51
    6
    1

    Mas o duodécimo do MP deveria ser maior que da Assembléia mesmo, porque na Assembléia são 24 Deputados e um único espaço físico, que é próprio, já o MP são mais de 200 Promotores, e pelo menos 141 Unidades instaladas uma em cada Município (nem todos os municípios tem promotoria por falta de ORÇAMENTO), além de todas as estruturas de servidores, veículos, equipamentos e manutenção, ou seja, onde tem mais gastos efetivamente? CLARO QUE É NO MINISTÉRIO PÚPLICO.

  • alexandre | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 18h56
    13
    1

    O dinheiro que sobra nos poderes,falta no executivo.

MANOBRAS NA AMM

Neurilan altera estatuto de novo; 87 novos prefeitos não poderão votar

Por 25/11/2020, 11h:47 - Atualizado: 25/11/2020, 11h:52

neurilan fraga 680

Em mais uma manobra para se perpetuar no poder, o presidente da AMM, Neurilan Fraga, já no segundo mandato e com mais de R$ 20 mil de salário, levou de novo a diretoria a alterar regras do estatuto para se auto-beneficiar eleitoralmente.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Luciano | Quinta-Feira, 26 de Novembro de 2020, 06h54
    4
    2

    Hugo Chaves da AMM...

  • Lindaura de Souza | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 21h04
    2
    0

    Lindaura de Souza, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joao pequeno | Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020, 17h36
    1
    0

    joao pequeno, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2633