Blog do Romilson Cuiabá, 01 de Outubro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Senado

Impaciente, Taques faz estudos de projetos e promete polêmicas

    A um mês da posse como senador, José Pedro Taques (PDT), já diplomado, tem se mostrado impaciente. Está debruçado em estudos sobre legislação com vistas a apresentar projetos e participou de algumas reuniões em Brasília com parlamentares eleitos que têm a mesma postura e defendem bandeiras similares.

    Ele quer trabalhar temas que estão na pauta há vários anos, como reforma política, com prioridade à reforma eleitoral, e discutir questões polêmicas, como o voto distrital e o financiamento público de campanha. É preciso antes de avançar sobre qualquer propositura fazer levantamento para saber se tal proposta já não esteja em tramitação no Congresso Nacional. O ex-procurador da República se mostra ansioso para fomentar logo o debate.

   Defende que as leis existentes precisam se tornar mais efetivas. Numa linha próxima da que adotou enquanto membro do Ministério Público Federal, o novo senador pretende questionar, fiscalizar e investigar temas de interesse público. Se propõe a levantar sistematicamente debates sobre assuntos variados da administração pública. Avisa que vai "colocar a colher de pau em muito angu que existe por aí”.

   Mesmo o PDT sendo aliado do governo da presidente Dilma Rousseff, Pedro Taques tem se mostrado em cima do muro quando perguntado se será aliado ou oposição. Prefere dizer que sua obrigação será “trabalhar pelo desenvolvimento de Mato Grosso independente de quem exerça o Poder”.

   Taques se elegeu com 708.440 votos. A outra vaga foi garantida pelo ex-governador Blairo Maggi (PR). Ambos se juntam, a partir de 1º de fevereiro, com o democrata Jayme Campos, cujo mandato se estende até 2014.


O senador diplomado José Pedro Taques (PDT) estuda propostas e se mostra ancioso para assumir logo o cargo

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Pedro | Quinta-Feira, 06 de Janeiro de 2011, 14h25
    0
    0

    Acho que quando o "ansioso" é com "C" assim, deve ser porque a ansiedade é muito grande!

  • Flavio Peixoto | Quarta-Feira, 05 de Janeiro de 2011, 00h20
    0
    0

    Ei Pedro taques, você como sempre foge de dar explicações, pois acostumou somente em acusar, não é mesmo? Como fica o caso da ata dos seus suplentes? E o caso Cooperlucas que você e seu parceiro Julier perderam o prazo. Este foi o maior golpe prejuizo do BB no Centro Oeste. Vc vai para o baixo clero ou terá que aprontar das suas.

  • armando | Terça-Feira, 04 de Janeiro de 2011, 21h15
    0
    0

    Antes de mais nada é necessário este Pedro Taques se defender do maior crime eleitoral da história de Mato Grosso, o da ata falsificada. enquanto ele não resolver esta questão não deverá falar em moralidade e ética, sob pena de até nós que votamos nele ficarmos sem como defendê-lo!!

ENGENHARIA E AGRONOMIA

Sob clima tenso, Crea-MT elege presidente nesta 5ª

Por 30/09/2020, 21h:51 - Atualizado: 05h atrás

joao valente 680

Sob clima tenso, marcado por embates na Justiça, ameaças e acusações mútuas, quatro candidatos disputam nesta quinta, 1º de outubro, a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT).

Postar um novo comentário

CORRIDA AO SENADO

Agro rachado em 3 candidaturas; os Maggi e Mauro reforçam Fávaro

Por 30/09/2020, 16h:51 - Atualizado: 30/09/2020, 16h:53

Leopoldo Silva

carlos favaro 680

Os primos Blairo e Eraí Maggi se juntaram ao governador Mauro Mendes para reforçar a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro, do PSD.

Postar um novo comentário

BASE NA CÂMARA

Bolsonaro recompõe quadro de vice-líderes e mantém Medeiros

Por 30/09/2020, 10h:53 - Atualizado: 30/09/2020, 10h:55

bolsonaro vice-lideres 680

O presidente Jair Bolsonaro e os novos vice-líderes do Governo na Câmara Federal, entre eles José Medeiros

O presidente Bolsonaro deu mostras de que continua tendo o deputado mato-grossense José Medeiros, candidato a senador pelo Podemos, na cota de aliados fiéis e de confiança.

Postar um novo comentário

LERO-LERO

Copiando bordão do irmão na campanha à vereadora

Por 30/09/2020, 10h:04 - Atualizado: 30/09/2020, 10h:06

giseli almeida 680

A apresentadora de TV Giseli Almeida usa em sua campanha à vereadora por Cuiabá o mesmo bordão explorado por vários anos pelo irmão Sérgio Ricardo, na época em que também concorreu à Câmara Municipal e a prefeito.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos aleluia santos | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 21h49
    0
    1

    Carlos aleluia santos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • CABEÇÃO | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 14h02
    2
    2

    O QUE INOJA NA POLÍTICA SÃO INDIVÍDUOS COMO ESSE SERGIO RICAÇO, QUANDO FOI DEPUTADO FAZIA UM MONTE DE AÇÕES EM BENEFÍCIO DOS POBRES, ATÉ CASA ELE DAVA, DEPOIS DE ALCANÇOU SEUS OBJETIVOS FINANCEIROS NUNCA MAS FEZ NADA,RAÇA INFAME

VÁRZEA GRANDE

Para Jayme, é normal chegar água nas torneiras a cada 2 dias

Por 29/09/2020, 20h:51 - Atualizado: 29/09/2020, 20h:55

Geraldo Magela

jayme campos 680

O senador Jayme Campos, prefeito de fato, mas não de direito, tem passado apurado em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • mario | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 09h16
    6
    2

    normal com os problemas que esta ai no dae de vg né,ga,biarras, instalaçoes clandestinas etc... pq voces campos tiveram decadas no poder e não consertaram esse negocio da agua, não vem com desculpas djaime e nem djulinho, vcs foram incompetentes, hoje vg poderia estar livre desse problemas, mas vcs só olhao para vcs mesmos.

  • eve | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 09h09
    7
    1

    Quem mandou eleger esses tipos de politicos que so pensão em poder. Aprende Varzea Grande, foi eleito pelo povo .

  • antonio da silva | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 08h38
    9
    1

    Agora é a hora de tirar esses campos do poder.

EM CUIABÁ

Partido que negociava com 2 a prefeito se torna mula sem cabeça

Por 29/09/2020, 15h:06 - Atualizado: 29/09/2020, 15h:10

adilson levante 680

O PSB, que estava namorando os dois principais candidatos a prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro e Roberto França, não avançou para casamento com nenhum deles. E virou mula sem cabeça.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Piada pronta | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 22h13
    0
    0

    Quem falou isso sob coordenação de Levante??? Kkkkk ele é ao mais um na chapa. Ali quem preside e decide se chama MAX RUSSI e a executiva.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2608