Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ALIANÇA

Acuado, Abicalil leva PT para braços de Silval já no encontro de domingo

Sob pressão, PT deve oficializar apoio a Silval no encontro de domingo

 Fernando Ordakowski

Após sufocar até matar o projeto de reeleição da senadora Serys, Carlos Abicalil discute nomes para sua suplência

  Pressionado pelo Palácio Paiaguás para descer logo do muro, já que integra o governo com ocupação de cargo no primeiro escalão, o PT, sob o deputado e pré-candidato a senador Carlos Abicalil, vai anunciar, no encontro de domingo (23), aliança pela reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB). Outras decisões, porém, devem ser empurradas para a Executiva estadual, o que postergaria as escolhas de candidaturas de suplentes ao Senado e dos proporcionais para as convenções de junho.

   Depois de "matar sufocado" o projeto de reeleição da senadora Serys Marly, a quem derrotou nas prévias, Abicalil passou a ser cobrado por Silval para decidir logo pelo apoio oficial. O Paiaguás não considera coerente e justo o PT fazer parte da administração, com Rosa Neide no comando da Educação, maior pasta da estrutura da máquina e, mesmo assim, ainda alimentar dúvidas sobre quem aderir oficialmente, se o peemedebista ou se o empresário Mauro Mendes, em pré-campanha à sucessão estadual pelo PSB.

   Para sacramentar a aliança, Abicalil se articula pela aprovação da proposta de apoio a Silval no Encontro de Definição de Candidaturas, que acontece domingo, na Fiemtec, em Cuiabá, das 10h30 às 14h. O grupo de Serys promete fazer barulho. Vai bater duro para o PT fechar com Mendes. Apesar disso, a corrente Unidade na Luta, conduzida por Abicalil, representa a maioria e deve mesmo sacramentar a adesão a Silval, principalmente depois que as pesquisas Mark, Ibope e Vox Populi mostraram o governador na liderança em alguns cenários.

     Petistas estavam esperando que, no encontro, fossem definidos os dois nomes que farão parte da chapa majoritária de Abicalil. As conversas de bastidores, no entanto, sinalizam para adiamento. O partido deve delegar para a Executiva estadual plenos poderes de decisão, o que empurraria a escolha para entre 10 e 30 de junho, período em que as legendas precisam escolher seus candidatos e coligações.

    Suplentes

    A ex-vereadora cuiabana Enelinda Scala é Lucimara Brunetto, esposa do deputado estadual Ademir Brunetto, se inscreveram para suplência, assim como o ex-secretário de Educação de Barra do Bugres João Alves e o sinopense Milton Alves. A tendência é que um desses nomes seja escolhido. O mais cotado hoje é João Alves. Ele é bem articulado, militante histórico e sereno e possui boa relação interna. A outra vaga na chapa de Abicalil deve ser oferecida ao PC do B. Em verdade, Abicalil, que já disputou e perdeu o governo estadual em 1998 e está no segundo mandato de federal, quer seguir a lógica do ex-governador Blairo Maggi, pré-candidato ao Senado pelo PR e que deve fazer campanha casada com o petista. Se Maggi partir para escolha pessoal ou definir por suplentes da mesma legenda, Abicalil pretende fazer igual.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • DILSON MAGNO | Sexta-Feira, 21 de Maio de 2010, 02h05
    0
    0

    ABICALIL CUMPRE UM RITUAL PARTIDÁRIO, COM SERENIDADE E NA OBSERVÂNCIA DO ESTATUTO DO PARTIDO. JÁ SERYS TÁ TODA DESCONTROLADA, NO SENADO(CHORONA)E COM APOIO DE GENTE COMO JAIME CAMPOS E SARNEY E NO ESTADO QUERENDO FAZER BARULHO DE DESESPERADA.CHEGA SENADORA! CONTRA FATOS NÃO HÁ ARGUMENTOS...PERDER TAMBÉM FAZ PARDE, OU A SENHORA QUER SE TORNAR SENADORA VITALÍCIA???

  • ANTONIO CARLOS | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 22h22
    0
    0

    GRAÇAS AO COMPANHEIRO ABICALIL ALOPRADO O ANTERO SERÁ O SENADOR MAIS VOTADO NESSA ELEIÇÃO E AINDA VAI AJUDAR NOSSO GOVERNADOR QUE MATO GROSSO PRECISA ELEGER WILSON SANTOS 45

  • Boa Sorte | Quinta-Feira, 20 de Maio de 2010, 21h52
    0
    0

    Por que o RDNEWS bate tanto no Abicalil? Muito estranho essa caça ao deputado, como se ele não pudesse, também, fazer as articulações politicas, algo que faz parte do processo democratico dentro do PT.Seria interessante divulgar quais são os projetos do deputado na câmara federal, principalmente na área da educação.

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    7
    1

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

REFORÇO ELEITORAL

A esperança de França em 2 apoios graúdos

Por 25/09/2020, 14h:28 - Atualizado: 25/09/2020, 14h:30

roberto franca 680

Pela primeira vez, Roberto França (Patriota) entra numa disputa eleitoral ao Executivo num cenário nem tanto favorável, como nos pleitos em que se elegeu prefeito de Cuiabá, em 1996 e 2000.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ocuiabano | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 16h34
    18
    3

    INFELIZMENTE COM. MAURO MENDES.....MAL. ACOMPANADO.....NÃO TEM O NOSSO VOTO.

  • Adaildo | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 15h46
    8
    2

    A culpa do Bolsonaro não apoiar o Roberto França é da Tenente Coronel Fernanda, que rebelou e não aceitou o que o presidente Bolsonaro pediu que fizesse, isso vai custar muito caro para o Patriota e principalmente para o Roberto França! Isso só mostrou que pessoas com interesses próprios, não pensou em Cuiabá e muito menos no partido, ganância pelo poder!

CORRIDO À PREFEITURA

Pela 2ª vez, governador e vice em palanques diferentes em Lucas

Por 25/09/2020, 10h:52 - Atualizado: 25/09/2020, 10h:54

mauro mendes otaviano pivetta 680

Governador Mauro Mendes, que apoia Binotti em Lucas do Rio Verde, enquanto Otaviano Pivetta lança Miguel Vaz

Pela segunda vez, vice e governador estão em palanques diferentes nas eleições em Lucas do Rio Verde. E repetindo alguns dos personagens.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • João da Costa Monteiro | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 19h20
    1
    0

    Esses dois ai (Mauro Mendes e Otáviano Piveta), continuam se desentendendo em decisões politicas, tanto para Prefeito de Lucas ,quanto pata eleição ao Senado, pois o Mauro apoia o Favaro, e o Piveta apoia o Nilson Leitão. E o paú vai quebrar agora em 2020, e na proxima em 2022, aguardem.....

  • joao | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 14h34
    2
    0

    Roberto não a lugar algum.

  • maicon douglas | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 14h09
    3
    1

    eu não voto nem no canadidato do mauro mente e nem no candidato do pivetti por justamente por causa dos dois to fora desses dois

VAIDADES

Disputa de ego entre 2 entidades faz ministra cancelar agenda em Cuiabá

Por 24/09/2020, 16h:25 - Atualizado: 24/09/2020, 16h:29

antonio galvan normando corral

Antonio Galvan, da Associação dos Produtores de Soja, e Normando Corral, que dirige a Federação da Agricultura

Uma disputa pelo protagonista do que seria a construção de uma agenda para a ministra Tereza Cristina (Agricultura) em Cuiabá, envolvendo a Famato e Aprosoja, as duas maiores entidades do agronegócio, acabou jogando por água abaixo a tal programação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Israel Borges | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 07h00
    10
    3

    Antonio Galvan foi ele quem arrumou um pessoal para ficar vaindo gov mauro em sinop ... ele e disreipeitoso eos agricultores de mt nao mereçe ter um cara desse representando o nosso agro fora galvan

  • Sem terra de Poconé | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 21h20
    17
    1

    02 pessoas que usam às instituições em benefício próprio. Normando Corral toca a FAMATO dando mordomia e beneficies a seus “amigos”, já Galvan é tido como louco é extremamente vaidoso.... O agro tá muito mal representado nesse momento...

MORTE OU VIDA POLÍTICA

A incógnita Pedro Taques

Por 24/09/2020, 11h:49 - Atualizado: 24/09/2020, 11h:54

pedro taques 680

A resposta das urnas a ser dada a Pedro Taques em 15 de novembro, como um dos 11 candidatos a senador, representará a sua morte política ou então o consagrará como aquele que conseguiu dar a volta por cima.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • luizitosales@gmail.com | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 14h18
    26
    10

    Sou servidor público e tive o desprazer de participar de uma reunião com esse indivíduo quando ela estava (ainda bem) governador. Impressionante a arrogância, prepotência e falta de humildade. Se depender do meu voto, vai continuar no ostracismo político.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    20
    24

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    14
    18

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

EM CUIABÁ

PSB deixa Emanuel e espera sim do Paiaguás para fechar com França

Por 24/09/2020, 09h:54 - Atualizado: 24/09/2020, 09h:57

adilson levante 680

O PSB pulou do palanque à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, deixou a chapa de 38 candidatos a vereador numa saia-justa e está esperando sinalização do Palácio Paiaguás para ver se fecha mesmo aliança com Roberto França (Patriota).

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Candidata | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    Nota mentirosa. PSB está firme com Emanuel. Nunca se uniria a Mauro Mendes

  • Psdbista | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    MAIOR MENTIRA DO PLANETA. RUSSI SABE QUE O DEM SAÍRA MAIS PERDIDO QUE CACHORRO QUE CAIU DE MUDANÇA E NÃO IA ESTRAGAR A CHAPA DO PSB. DIVULGUEM A VERDADE

  • Ojusticeiro | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 15h15
    5
    0

    Na política vale tudo..... olha Máxi dando pitada na política cuiabana QUA. QUA QUA ele vai e nos eleitores não mais QUA

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606