Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

MEIO AMBIENTE

Após 7 operações da PF, secretário Maia promete fechar cerco na Sema

Alexander Maia, secretário de Meio Ambiente do Estado   O coronel PM Alexander Maia, que comanda a secretaria estadual de Meio Ambiente, tem pela frente um grande desafio: separar o joio do trigo e recuperar a imagem da Sema, já combalida com sete operações da Polícia Federal por causa de denúncias de irregularidades em processos de licenciamento ambiental. Apesar de ter nomes diferentes, todas as ações da PF tiveram como alvo esse tipo de prática que, em geral, tiveram apoio de alguns servidores cooptados na base da propina para fraudar o complexo do sistema. A última investida da PF se deu na sexta (21), com a operação Jurupari, uma bomba relógio que caiu no colo de Maia. Ele saiu da Casa Militar no final de março para assumir o Meio Ambiente, em substituição a Luís Daldegan, que está preso. Agora, o coronel tem a missão de identificar e punir os servidores envolvidos no suposto esquema.

   Numa reunião interna, logo após dizer à imprensa que todos os servidores serão investigados administrativamente, Maia enfatizou que será duro na apuração das denúncias. Por outro lado, tranquilizou aqueles que estavam se sentindo acuados e tensos por causa das constantes operações policiais na secretaria, ao dizer que vai separar o "joio do trigo". Nos últimos cinco anos, a Sema foi alvo de investigação em sete operações: Curupira I, Curupira II, Mapinguari, Arco de Fogo, Termes e Caipora e, agora, a Jurupari. Em todas essas investigações, diversos servidores, políticos, madeireiros e ocupantes de cargos comissionados foram presos. Quando o assunto "esfria", eis que surge nova ação policial contra crimes ambientais num Estado que figura entre os campeões de desmate ilegal.

    Maia quer mudar a imagem da Sema para salvar do desgaste o governador Silval Barbosa, que busca a reeleição. Recebeu respaldo do Paiaguás para agir e evitar tantos danos ambientais. Em 2005, a PF realizou a operação Curupira I. Na época foi desarticulada uma das maiores organizações criminosas do país, que praticavam crimes ambientais há pelo menos 14 anos. Foram presos madeireiros, despachantes especializados na extração e transporte ilegal de madeira, servidores do Ibama e da extinta Fema (hoje Sema). Eles teriam causado prejuízos de R$ 890 milhões. No mesmo ano, "estoura" a Curupira II. Dois anos depois, em 2007, a PF combate extração ilegal de madeira no Parque Indígena do Xingu, com a operação Mapinguari.

     Em 2008 o alvo dos agentes federais foram pessoas que realizavam extração clandestina de madeira na Amazônia Legal. A operação foi batizada de Arco de Fogo. No mesmo ano ocorreu a Termes , com prisão de servidores da Sema e do Ibama, que facilitavam as fraudes ao sistema e crimes ambientais. Ainda em 2008, a PF desarticulou uma quadrilha que promovia a extração ilegal de madeira no Vale do Guaporé, durante a operação Caipora. Já a Jurupari desta sexta prendeu advogados, engenheiros florestais, madeireiros, empresários e servidores do Executivo estadual que fraudavam principalmente o sistema de liberação de créditos para a extração de madeira e emissão de Licença Ambiental Única (LAU).

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • vivaldo marcorio | Terça-Feira, 25 de Maio de 2010, 06h51
    0
    0

    Sr Maia sema vai ter tecnico pra fazer vistoria em todos projetos , na praticas as coisas é diferente . quem vai na mata fazer projeto ou vistoria sabe disso

  • manoel luis | Terça-Feira, 25 de Maio de 2010, 06h26
    0
    0

    é estranho o papel do ministério público estadual, que é quem deveria estar fiscalizando as ações da sema. aplausos ao ministério público federal e a justiça federal, que devem continuar atentos para outros setores da sema, e principalmente os indicados de "confiança" do ex-secretário daldegan.

  • suzana amaral de freitas | Terça-Feira, 25 de Maio de 2010, 06h00
    0
    0

    existe um outro coloio muito forte existente na sema envolvendo grupos empresariais, politicos, consultores e alguns técnicos. é só pegar alguns projetos e estudos mais complexos e que envolve alta soma financeira, a coisa é escancarada.

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 07h atrás

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

DERROCADA

Desacreditado e isolado, PT disputa em 4 pólos apenas com chapa pura

Por 27/09/2020, 13h:48 - Atualizado: 27/09/2020, 13h:51

julier 680

Nocauteado pela chegada da direita ao poder, o PT ficou tão fragilizado e desacreditado que, nos 10 maiores municípios de MT, só lançou candidato a prefeito em quatro (Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres). E, mesmo assim, com chapa pura.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Pedro Laurin | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 22h36
    0
    5

    Espera pra ver. O PT é quem defende trabalhadores.

  • Beto | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h44
    4
    0

    pt NUNCA MAIS.

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h55
    1
    4

    O PT pegará os votos anti-Bolsonaro. Tem tudo para crescer nesta eleição.

DISPUTA ELEITORAL

Nada a perder, só a ganhar

Por 27/09/2020, 08h:53 - Atualizado: 27/09/2020, 08h:55

emanuelzinho 680

Mesmo entrando na disputa de última hora, o jovem deputado federal Emanuelzinho (PTB), de 25 anos, ainda conseguiu fechar aliança com seis partidos na corrida à Prefeitura de Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h54
    1
    0

    Essa familiocracia com laços no Ministério Público e no Poder Judiciário é uma vergonha. É a velha política que ainda reina em Mato Grosso. Esse rapaz só virou deputado por causa da máquina da prefeitura de Cuiabá. Agora quer pegar o orçamento da segunda maior cidade do Estado? O que é isso? Monarquia? Empresa política? O povo de Várzea Grande não pode aceitar esse absurdo.

  • Ubirajara | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 13h20
    0
    0

    Ubirajara , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • O ATALAIA | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 12h48
    0
    0

    O ATALAIA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EM LUCAS DO RIO VERDE

De última hora, Binotti troca vice da chapa

Por 26/09/2020, 18h:47 - Atualizado: 26/09/2020, 18h:49

luiz binotti 680

Em meio à crise interna, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), trocou, de última hora, nome para vice de sua chapa à reeleição.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ricardo | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 08h37
    0
    4

    Binotti está junto somente com picaretas: ele próprio, Neri Geller, Fávaro, e turma do bolinha.. usam o povo na cara dura.. a hora de vocês está chegando bando de velhacos

ELEIÇÃO AO SENADO

Pivetta abandona Euclides e sinaliza para apoio a Leitão

Por 26/09/2020, 10h:30 - Atualizado: 26/09/2020, 10h:32

nilson leit�o 680

O vice-governador Otaviano Pivetta dá sinais de que apoiará Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e não mais Euclides Ribeiro (Avante). O curioso é que foi o próprio Pivetta quem apresentou Euclides ao presidente regional do PDT, Allan Kardec, na expectativa de ambos construírem aliança para o pleito de 15 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Eduardo | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 17h55
    8
    2

    O Nilson Leitão, só conseguiu o apoio do DEM de Jaime Campos, após ter a confirmação de que o PIVETA iria desistir da candidatura ao SENADO, pois o DEM estava disposto a apoia-lo contra o Favaro. Nilson já está tendo o apoio politico e financeiro de todo Grupo do Piveta em Lucas,Mutum e região do Médio Norte, e o bestalhão do Euclides jamais terá o apoio dos Pededista-Autenticos, que não aceitam negociatas como a praticada pelo safado do Alan Kardes, que desmoraliza a memória de Leonel de Moura Brizolla.

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Elias | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 18h01
    0
    0

    Elias , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Luiza de Jaciara | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h21
    0
    0

    Luiza de Jaciara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    16
    7

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606