Blog do Romilson Cuiabá, 31 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Chefe do MPE combate efeitos da Ararath

Por 04/06/2014, 00h:01 - Atualizado: 04/06/2014, 00h:10

Fernando Ordakowski

paulo prado

Procurador-Geral de Justiça do Estado, Paulo Prado, combate críticas sobre supostas irregularidades

Paulo Prado, chefe do Ministério Público Estado, está mordido. Não gosta nem de ouvir falar na operação Ararath que, em sua quinta etapa conduzida pela Polícia Federal, percorreu os passos de membros de todos os Poderes Constituídos e órgãos vinculados. “Explodiu” em 20 de maio, com prisões, busca e apreensão de documentos e convocação de empresários e agentes públicos para prestar esclarecimentos sobre indícios de envolvimento em crimes contra administração pública, negociatas e lavagem de dinheiro. Eis que é apreendida uma planilha com registros de pagamentos a 47 promotores e procuradores de Justiça. A tabela estava na casa do ex-secretário de Fazenda, da Casa Civil e da Agecopa (hoje Secopa), Éder Moraes, preso em Brasília sob suspeita de operar esquema de lavagem de dinheiro. Associado a cada promotor há quantias a pagar cujos montantes variam de R$ 9,3 mil a R$ 447 mil. O nome de Prado aparece vinculado a R$ 387 mil. Também o do promotor Marcos Regenold (R$ 54,6 mil), que foi afastado do posto após ser alvo de buscas. O MPE, conhecido como fiscal da lei, sustenta que não há irregularidades. Argumenta que a lista se refere a pagamentos legais feitos a servidores que tinham direitos trabalhistas. Preocupado com o estrago que a operação fez à imagem do MPE, Prado, ao mesmo tempo que parte para cima, prefere que o assunto caia logo no esquecimento.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Mario | Quarta-Feira, 04 de Junho de 2014, 22h21
    1
    0

    É legal e as pessoas que receberam a verbas trabalhistas são todas honestas, dentre elas procuradores do estado, delegados de polícia e outras categorias. É uma prática exclusiva de Mato Grosso. Porém, o único perdedor foi o Estado. Por quê? O comerciante tinha uma dívida de R$ 1milhao de reais de impostos com o Estado. Ele adquiria uma de crédito por R$ 200 mil reais, cujo valor cheio da carta de crédito era de R$1 milhão. Ou seja, o comerciante se livra da dívida e, o Estado, por outro lado, recebia apenas R$200 mil reais, portando, deixava de receber R$ 800 mil reais. Valor esse que poderia ser destinado, por exemplo, a reforma de uma escola, ou ainda, a um posto de saúde. Simples assim.

  • marcelo | Quarta-Feira, 04 de Junho de 2014, 22h20
    0
    0

    A lista de pessoas inocente parece aquela de professor fazendo chamada em sala de aula não tem fim esse povo ia quebrar o Estado mais fazer oque todo mundo tem o seu preço .

  • marcelo | Quarta-Feira, 04 de Junho de 2014, 22h20
    0
    0

    marcelo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

IMPASSE

Entre reeleição e disputa ao Governo

Por 31/05/2020, 15h:40 - Atualizado: 02h atrás

emanuel pinheiro 680

A sete meses de concluir o mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (MDB) vive um impasse político, de olho no presente e pensando no futuro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Crítico | Domingo, 31 de Maio de 2020, 16h44
    1
    0

    Misericórdia, se na prefeitura fez atrocidades e improbidades imagina como GOVERNADOR!

  • Neto. | Domingo, 31 de Maio de 2020, 16h05
    0
    0

    Isso só pode ser uma piada de mal gosto . Rsrs. Eu queria ter o senso de humor deste prefeito ou de quem escreveu essa matéria.kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

FORA DA LISTA

Senador leva reclamação a ministro por constrangimento sofrido em MT

Por 30/05/2020, 21h:33 - Atualizado: 30/05/2020, 21h:40

carlos favaro 680

Inconformado por ter sido ignorado na solenidade da última quinta, em Rondonópolis, com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), o senador Carlos Fávaro levou o caso para Brasília.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Professora | Domingo, 31 de Maio de 2020, 17h16
    2
    0

    Qua fo ganharuma eleição pode reclamar!

  • Ana Amélia | Domingo, 31 de Maio de 2020, 15h02
    9
    2

    kkkkkkkkkk senador do tapetãooooo tem que ser ignorado mesmo

  • M.Olegário | Domingo, 31 de Maio de 2020, 11h10
    6
    0

    Realmente o Cerimonial do Governo do Estado é uma bosta e faz muitas cagadas em todas as solenidades. O seu chefe Cel. Segiba é um poço de vaidade, já levou um pito em publico do Senador Jaime Campos,por ser displicente. Só sabe puxar saco do MM.

EM SINOP

Pré-candidato passa por cirurgia

Por 30/05/2020, 20h:07 - Atualizado: 30/05/2020, 20h:10

roberto dorner 680

Aos 72 anos, o empresário e pré-candidato a prefeito de Sinop, Roberto Dorner, está hospitalizado. Se recupera de uma cirurgia.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Claudiano Almeida | Sábado, 30 de Maio de 2020, 23h15
    2
    1

    Que DEUS esteja operando com suas 🤚em sua Saúde do Senhor Roberto Doner força e melhoras 🙏👍🤠

EM RONDONÓPOLIS

10 metros de pizza em protesto à Câmara por não abrir investigação

Por 30/05/2020, 19h:01 - Atualizado: 30/05/2020, 21h:44

protesto cei rondonopolis 680

Saiu mesmo a pizza de 10 metros de comprimentos e servida em praça pública em Rondonópolis, neste sábado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Alex | Domingo, 31 de Maio de 2020, 10h07
    0
    0

    Mutas água vai rolar por debaixo dessa ponte. Muitas cabeças vai voar.

EFEITO-PANDEMIA

Prefeitos e as máscaras sem licitar

Por 30/05/2020, 10h:32 - Atualizado: 30/05/2020, 21h:45

francis maris 680

Na correria para adquirir equipamentos e produtos de proteção, em tempos de pandemia, prefeitos partiram para compras com dispensa de licitação. E estão amparados por leis.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Big John | Domingo, 31 de Maio de 2020, 07h44
    0
    0

    Isso é coisa de puxa saco....

  • Adão Gomes | Sábado, 30 de Maio de 2020, 19h25
    2
    0

    O povo morrendo

  • Monica Santos | Sábado, 30 de Maio de 2020, 19h23
    2
    0

    Vergonhoso essas compras sem licitação e nada que melhora a saúde

HOMENAGEM

Turma do Pedal e 64 anos de Blairo

Por 29/05/2020, 19h:48 - Atualizado: 29/05/2020, 19h:54

pedal blairo 680

Mesmo fora da vida pública, Blairo Maggi continua bastante prestigiado, carrega conceito de bom gestor e se tornou referência para muitos políticos de MT.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Marilda | Domingo, 31 de Maio de 2020, 11h06
    0
    0

    O internauta Henrique Dias, fez aos Membros do Ministério Publico Federal e Estadual e aos Senhores Juízes Federais e Estaduais, responsáveis pelo inúmeros processos nos quais o sr.Blairo Maggi esta incluído e até agora nenhum dele o condenou , por que será ? Que homem de sorte ,kkkk

  • Henrique Dias | Sábado, 30 de Maio de 2020, 15h29
    5
    3

    Quando que esse super-corrupto do Blairo Maggi vai ser preso ? Aprontou demais como Governador de MT, continuou aprontando como Senador e Ministro da Agricultura, e até hoje tá solto. Realmene no Brasil, a Justiça só PUNE os pobres,pretos,e desqualificados. Os ricos nunca são punidos, MORO nelle.

  • Neto | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 22h42
    13
    3

    Matéria Lamentável .

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2549