Blog do Romilson Cuiabá, 25 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Avaliação

Com menos de 2 anos de gestão, prefeitos já acumulam desgaste

    Fernando Ordakowski

Marcelo Ribeiro (Barão de Melgaço), Túlio Fontes (Cáceres), Zé do Pátio (Rondonópolis) e Getúlio Viana (Primavera)

    Eles assumiram mandato de prefeito de cidades-pólos em janeiro do ano passado e já acumulam tanto desgaste junto à população que hoje, se houvesse nova eleição, não teriam mais respaldo para recondução ao cargo. Em Rondonópolis, Zé do Pátio (PMDB), que emergiu das urnas de 2008 com as forças populares, tanto que derrotou o então prefeito Adilton Sachetti, enfrenta até conflitos com servidores, justamente o setor que foi decisivo para sua vitória contra o poderio das máquinas estadual e federal.

    Ex-deputado estadual, Pátio faz uma administração isolada e centralizadora. Não tem apoio do Palácio Paiaguás, embora o governador Silval Barbosa, candidato à reeleição, seja do seu partido, o PMDB. Nenhum dos secretários se desponta. Carimbados como pífios, eles argumentam não ter autonomia para conduzir suas pastas, já que "quase tudo" depende passar por discussão com o prefeito. A maioria dos vereadores está no bloco da oposição. O prefeito acha que está fazendo uma revolução administrativa e elenca feitos, mas sua popularidade continua caindo. Tem dois anos e seis meses de mandato pela frente.

   Em Cáceres, Túlio Fontes (DEM), que assumiu a gestão com a cassação por compra de votos do prefeito reeleito Ricardo Henry (PP), também convive com uma oposição dura. Seu governo é considerado capenga. O democrata mantem em funcionamento os serviços essenciais e, com ações limitadas, não consegue atrair, por exemplo, grandes investimentos.

   A situação não é diferente em Barão de Melgaço, com o prefeito Marcelo Ribeiro (PP), que foi cassado mas conseguiu reverter a situação em meio aos embates jurídicos. Além do desgaste de conviver com denúncias de escândalos envolvendo o seu nome e o da esposa, a deputada estadual Chica Nunes, investigada por rombo milionário no período em que presidiu a Câmara Municipal de Cuiabá, Marcelo é criticado por travar investimentos federais no município. O projeto de uma escola técnica só não foi concretizado porque o prefeito se recusa a ceder uma área para construção da unidade.

   Administradores que estão no segundo mandato enfrentam também alto índice de rejeição popular, principalmente por causa de confrontos políticos. Um deles é Getúlio Viana (PR), de Primavera do Leste. Ele não está nem aí para a Câmara Municipal. Chegou a ser afastado do cargo, sob acusação de ter viajado ao exterior por conta própria sem autorização do Legislativo, mas recorreu à Justiça e se mantem no posto.

   Os prefeitos estão no começo da administração, que deve se estender até dezembro de 2012. Muitos se transformaram numa decepção, por falta de habilidade política, experiência e seriedade para com a coisa pública. Estão conscientes de que se continuarem assim não devem nem concorrer à reeleição.

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • timoneiro | Segunda-Feira, 12 de Julho de 2010, 17h45
    0
    0

    agora e so eleger o wilson pinoquio para a coisa ficar ainda mais pior do que esta.

  • luiz | Segunda-Feira, 12 de Julho de 2010, 17h37
    0
    0

    Cáceres é complicado! Como cacerence conheço bem essa cidade! tudo está uma bagunça, ninguem arruma nada, e sempre arrumam um pra botar a culpa! A prova que aqui não existe compromisso político é que a mais de 20 anos não elegemos um deputado, varios bairros da cidade não têm agua e ainda ficam fazendo campanha para votarmos nos candidatos daqui! No dia que aparecerem nomes realmente fortes no pleito não será necessario toda essa ladainha!

  • Beto Vilela | Segunda-Feira, 12 de Julho de 2010, 16h59
    0
    0

    Olha, tem um tal de "José Carlos Rodrigues" que deve morar em Poxoreu ou ser uma "aspone"!! Falar que nossa cidade esta uma maravilha,que isso meu amigo,deve ta de gozação com a gente!Seu prefeito Zé Sem Pátio não tem apoio do governador,dos deputados,dos vereadores e nem da presidente do PMDB de Rondonópolis, tanto é que ele já brigou com o governador, com os vereadores do próprio partido com todo o secretariado(que não servem pra nada). As obras que estão sendo tocadas, são obras do PAC ou que foram começadas pelo ex prefeito.Não é dor de cotovelo,é a realidade, pergunte para os funcionários públicos o que foi prometida à eles durante a campanha? Cade o 3º Turno da Saúde, Passe Livre para TODOS os estudantes,diminuição IPTU,ÁGUA,ESGOTO??? Por favor, refaça seu comentário ou venha conhecer nossa RondoBuraconópolis!!

VAIDADES

Disputa de ego entre 2 entidades faz ministra cancelar agenda em Cuiabá

Por 24/09/2020, 16h:25 - Atualizado: 24/09/2020, 16h:29

antonio galvan normando corral

Antonio Galvan, da Associação dos Produtores de Soja, e Normando Corral, que dirige a Federação da Agricultura

Uma disputa pelo protagonista do que seria a construção de uma agenda para a ministra Tereza Cristina (Agricultura) em Cuiabá, envolvendo a Famato e Aprosoja, as duas maiores entidades do agronegócio, acabou jogando por água abaixo a tal programação.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Sem terra de Poconé | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 21h20
    1
    0

    02 pessoas que usam às instituições em benefício próprio. Normando Corral toca a FAMATO dando mordomia e beneficies a seus “amigos”, já Galvan é tido como louco é extremamente vaidoso.... O agro tá muito mal representado nesse momento...

MORTE OU VIDA POLÍTICA

A incógnita Pedro Taques

Por 24/09/2020, 11h:49 - Atualizado: 24/09/2020, 11h:54

pedro taques 680

A resposta das urnas a ser dada a Pedro Taques em 15 de novembro, como um dos 11 candidatos a senador, representará a sua morte política ou então o consagrará como aquele que conseguiu dar a volta por cima.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • luizitosales@gmail.com | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 14h18
    13
    5

    Sou servidor público e tive o desprazer de participar de uma reunião com esse indivíduo quando ela estava (ainda bem) governador. Impressionante a arrogância, prepotência e falta de humildade. Se depender do meu voto, vai continuar no ostracismo político.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    11
    12

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h42
    7
    10

    Eu voto nele, um dos destaques no Congresso nacional entre 2010 a 2014. Não foi um governador eficiente, mas a eleição aqui é para Senador, cargo que ele já ocupou com tanto brilhantismo que o alçou a Governador. Perfis diferentes, não dá para confundir as atribuições de um e de outro. Ele é político do Legislativo, não executivo, igual Welington Fagundes.

EM CUIABÁ

PSB deixa Emanuel e espera sim do Paiaguás para fechar com França

Por 24/09/2020, 09h:54 - Atualizado: 24/09/2020, 09h:57

adilson levante 680

O PSB pulou do palanque à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, deixou a chapa de 38 candidatos a vereador numa saia-justa e está esperando sinalização do Palácio Paiaguás para ver se fecha mesmo aliança com Roberto França (Patriota).

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Candidata | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    Nota mentirosa. PSB está firme com Emanuel. Nunca se uniria a Mauro Mendes

  • Psdbista | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 20h59
    0
    0

    MAIOR MENTIRA DO PLANETA. RUSSI SABE QUE O DEM SAÍRA MAIS PERDIDO QUE CACHORRO QUE CAIU DE MUDANÇA E NÃO IA ESTRAGAR A CHAPA DO PSB. DIVULGUEM A VERDADE

  • Ojusticeiro | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 15h15
    5
    0

    Na política vale tudo..... olha Máxi dando pitada na política cuiabana QUA. QUA QUA ele vai e nos eleitores não mais QUA

VISITA

Ministra em agenda do agro em Cuiabá

Por 23/09/2020, 22h:46 - Atualizado: 23/09/2020, 22h:50

tereza cristina 680

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) visita Cuiabá na próxima segunda (28).

Postar um novo comentário

SOJICULTORES

Aprosoja vai renovar diretoria e, por enquanto, um se lança à presidência

Por 23/09/2020, 20h:01 - Atualizado: 23/09/2020, 20h:07

fernando cadore 680

Com cerca de 7 mil associados, a Aprosoja-MT, entidade que representa a categoria de sojicultores que detém o maior peso da economia estadual, escolherá seu novo presidente e outros 11 da diretoria em 9 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Juscileide Kliemaschewsk Rondon | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 19h27
    0
    0

    Bando de canalhas! Se serviram da EMBRAPA, empresa brasileira pública para começar o plantio da soja no estado e agora jogam pedra nos serviços públicos!

  • Caio Oliveira | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 21h06
    6
    0

    Aproenoja...

  • Jose | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h55
    6
    1

    A aprosoja ao invés de se preocupar com as queimadas fica fazendo propaganda pra reforma administrativa

PLANTAÇÃO E COLHEITA

A estratégia de Mauro para 2021

Por 23/09/2020, 15h:25 - Atualizado: 23/09/2020, 15h:30

mauro mendes 680

Independente da busca ou não da reeleição, Mauro Mendes está convicto de que, a partir do próximo ano, irá elevar a popularidade, inclusive em setores, como do funcionalismo público e do agronegócio, que torceram o nariz e fizeram protesto contra o governo por causa das reformas implementadas.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • ROGERIO SENA DA SILVA | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 13h25
    2
    0

    Tá achando que o servidor público é bobó chera chera. Perdemos poder de compra sem RGA e agora diminuiu nosso salário com aumento da alicota previdenciária. Muitos estão com dificuldades pra comprar remédios e entrando em empréstimos. Não esqueceremos terá o mesmo fim de Pedro

  • Charles Dias | Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 11h53
    7
    1

    Nunca mais terá o meu voto, enganou os servidores público, não taxou o agronegócio e ainda taxou os Pensionista e Aposentados 14% na alíquota previdenciária. A corda sempre arrebenta para o lado mais fraco. Se o Roberto França eleger para Prefeito vai acontecer a mesma coisa, apoiado por Mauro MENTE!!! ABRE O OLHO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL!!!

  • Marlan | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 20h15
    4
    9

    ...QUE OS ANJOS DIGAM AMEM...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2605