Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Contraponto

Defensores temem corte de verba indenizatória e já articulam greve

Djlama Mendes    O reajuste salarial que deveria trazer comemoração aos 126 defensores e procuradores da Defensoria Pública, tidos como "advogados dos pobres", se tornou problema e vem causando conflitos internos. O salário de procurador saltou de R$ 12,6 mil para R$ 18,6 mil. A verba indenizatória que varia de R$ 2 mil a R$ 6 mil foi incorporada no subsídio, sobre o qual incide uma série de descontos, o que contraria a categoria. Defensor de entrância especial passou de R$ 11,3 mil para R$ 16,7 mil. Embora a remuneração seja elevada para o padrão salarial brasileiro, defensores e procuradores estão na bronca com o defendor público-geral Djalma Sabo Mendes porque a entrada em vigor, a partir deste mês, de uma lei complementar vai resultar em redução de salário. 

   Eles reclamam que o aumento negociado por Djalma junto ao governador Blairo Maggi seria uma manobra para reduzir o benefício, já que sobre o valor entram descontos em folha, como de Imposto de Renda e de INSS. As discussões sobre a possibilidade do fim da verba indenizatória divide opiniões na Defensoria Pública. O procurador Clodoaldo Aparecido Gonçalves de Queiroz, presidente do Sindicato dos Defensores Públicos, afirma que ao menos por enquanto não há confirmação sobre a extinsão ou redução da verba. "Nesse caso, o aumento não compensaria", diz. Ele garante ainda que não houve incorporação do benefício no salário da categoria, mas adianta que, caso isso realmente aconteça, o sindicato irá procurar meios de reverter a situação. "O sindicato é totalmente contra a possibilidade que haja diminuição da remuneração. Se for necessário, vamos tomar medidas para isso não aconteça", diz Clodoaldo. Ainda de acordo com ele, a definição sobre o pagamento do benefício é feita sempre no início do ano. "Ainda não sabemos quando será, mas deve ser antes do fim do mês. Daí saberemos como vai ficar a situação dos servidores", diz.

   André Luiz Prieto, presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado, assegura que a verba indenizatória não é paga para todos os defensores e procuradores e enfatiza que a categoria foi contemplada com aumento. "Nossa meta é alcançarmos o teto do Supremo Tribunal Federal, com salários de R$ 22 mil. Esse ano, demos mais um passo para conseguirmos isso. O salário aumentou para R$ 18,6 mil. Em outros Estados, como Rio de Janeiro, por exemplo, os procuradores já recebem o teto", enfatiza Prieto.

   Já Djalma Mendes garante que o benefício é pago de acordo com a possibilidade orçamentária da Defensoria. "Me causa estranheza essa informação de possibilidade de greve, porque o que houve foi aumento salarial e não fim de verba indenizatória", diz o defensor-geral. O orçamento da Defensoria Pública para este ano é R$ 48 milhões.


Interpretação da lei quanto à questão salarial de defensores e procuradores causa polêmica

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Laura de Almeida | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 23h50
    0
    0

    Djalma abre o olho com os "irmãos"...

  • FLAVIA | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 19h25
    0
    0

    gente agora fica fácil colocar a culpa dessa baixaria toda na turma da administração passada, quem entende um pouquinho só de administração pública percebe claramente que isso é "FOGO AMIGO", fique atento Dr Djalma, enquanto vc se preocupa em trabalhar tem gente correndo por outro lado tentando denegriir seu trabalho. FIQUE DE OLHO!!!

  • Boris Casoy_Patrono dos Garis | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h05
    1
    0

    Boris Casoy_Patrono dos Garis, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

REFORÇO JURÍDICO

Eraí Maggi bate duro para Fávaro virar senador antes da suplementar

Por 28/02/2020, 12h:14 - Atualizado: 34min atrás

erai maggi 680

Eraí Maggi, o rei da soja, segue firme na retaguarda financeira de Carlos Fávaro. Já colocou em ação, sem êxito, três planos na esperança de ver seu afilhado na cadeira de senador.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • R. Rodrigues | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 12h53
    1
    0

    Vai ficar querendo.... essa turma aí só quer facilidade, tem de ganhar nas urnas, chefe!!! Mau assessorado do começo ao fim.

CUIABÁ

Prédio dos Campos alugado pela Gestão, que vê valor de mercado

Por 28/02/2020, 10h:12 - Atualizado: 02h atrás

Rodinei Crescêncio/Rdnews

controladoria geral cuiaba 680

Alguns vereadores, mesmo ainda sem embasamento técnico e pesquisa de mercado, analisam denunciar ao MPE a locação da nova sede da Controladoria-Geral de Cuiabá. O prédio, localizado na avenida Mato Grosso, pertence à Michelle, uma das filhas do senador Jayme Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h55
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EFEITO-SENADO

Leitão terá Doria de cabo eleitoral e tenta arrumar emprego pra Taques

Por 27/02/2020, 22h:22 - Atualizado: 06h atrás

joao doria 680

Nilson Leitão acionou alguns líderes nacionais do PSDB para reforçar sua pré-candidatura ao Senado e barrar a intenção de Pedro Taques de cruzar seu caminho.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Denner | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h58
    3
    1

    Consultor da Sabesp, assim como Antero num recente passado.

  • João | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h48
    10
    4

    Tanques é um cara firme e sensato e muito inteligente. Uma homem desses não fica sem emprego, além de bom professor é um excelente advogado. Subiu na vida por méritos e não por politicagem barata

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h28
    6
    10

    Taques é uma pessoa muito má

TEMOR GERAL

Em Alto Taquari, um monitorado e milhares preocupados

Por 27/02/2020, 20h:49 - Atualizado: 27/02/2020, 20h:59

alto taquari 680

Cravada na divisa de MT com Goiás, a pequena Alto Taquari vê parte de seus cerca de 12 mil moradores mudarem a rotina por causa do monitoramento de um de seus filhos, que pode estar com coronavírus.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Julio | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 06h46
    5
    0

    Tmoro em Alto Taquari e conheço o jovem em questão. Ele so procurou a sec. Saude para saber como proceder caso viesse a ter os sintomas, ja que irculou pela italia. Todo este boato comecou apos a postagem irresponsavel de um cidadao local, que se diz jornalista, eque não checou a fonte e os fatos e publicou como verdade as suas suposicoes. Pela nossa cidade vai tudo muito bem obrigado.

SOB INVESTIGAÇÃO

Enquanto PSDB esperava Taques em ato, ele estava depondo no MPE

Por 27/02/2020, 18h:50 - Atualizado: 27/02/2020, 19h:20

pedro taques 680

Pedro Taques tem muitas coisas para se preocupar do que a pré-candidatura ao Senado e seu futuro com ou sem o PSDB.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h26
    6
    1

    É uma pessoa muito má

  • Davi | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h01
    11
    2

    O Pedro Taques de hoje é o Mauro Mendes daqui 2 anos - persona nom grata.

  • joao | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 19h13
    6
    6

    Parabéns PSDB pela decisão.

PETISMO RACHADO

Lúdio busca assinaturas para bater chapa com Barranco ao Senado

Por 27/02/2020, 18h:32 - Atualizado: 03h atrás

ludio cabral 680

Lúdio Cabral espalhou nos últimos dias que não tinha pretensão de concorrer ao Senado, mas destacou assessores e vários correligionários para o trabalho de coleta de assinaturas, com vistas a se inscrever amanhã.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Kleber Amorim | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h03
    5
    1

    Caro Romilson, não sei quem é tua fonte, mas infelizmente mais uma vez ela está equivocada. Lúdio em nenhum momento se colocou à frente para essa disputa. Ao contrário disso, várias tendências/coletivos do interior do Partido, assim como vários setores da sociedade, sindicatos, categorias, é, até mesmo outros líderes e partidos de centro e de esquerda entendem que o nome que reúne as melhores condições, neste momento, para enfrentar essa disputa com a direita conservadora, é o nome do companheiro Ludio. Portanto, não é o deputado que designou ninguém, nós nos achamos no direito, enquanto cidadãos e filiados, de propor o melhor nome para esse embate de características de disputa nacional. "O melhor candidato deve ser escolhido pela sua base, e não o contrário". A partir daí cabe à cúpula do Partido decidir o que realmente quer pra si, para seu futuro e da classe trabalhadora do estado. Grande abraço!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2500