Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Abril DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Contraponto

Defensores temem corte de verba indenizatória e já articulam greve

13/01/2010, 08h:00 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Djlama Mendes    O reajuste salarial que deveria trazer comemoração aos 126 defensores e procuradores da Defensoria Pública, tidos como "advogados dos pobres", se tornou problema e vem causando conflitos internos. O salário de procurador saltou de R$ 12,6 mil para R$ 18,6 mil. A verba indenizatória que varia de R$ 2 mil a R$ 6 mil foi incorporada no subsídio, sobre o qual incide uma série de descontos, o que contraria a categoria. Defensor de entrância especial passou de R$ 11,3 mil para R$ 16,7 mil. Embora a remuneração seja elevada para o padrão salarial brasileiro, defensores e procuradores estão na bronca com o defendor público-geral Djalma Sabo Mendes porque a entrada em vigor, a partir deste mês, de uma lei complementar vai resultar em redução de salário. 

   Eles reclamam que o aumento negociado por Djalma junto ao governador Blairo Maggi seria uma manobra para reduzir o benefício, já que sobre o valor entram descontos em folha, como de Imposto de Renda e de INSS. As discussões sobre a possibilidade do fim da verba indenizatória divide opiniões na Defensoria Pública. O procurador Clodoaldo Aparecido Gonçalves de Queiroz, presidente do Sindicato dos Defensores Públicos, afirma que ao menos por enquanto não há confirmação sobre a extinsão ou redução da verba. "Nesse caso, o aumento não compensaria", diz. Ele garante ainda que não houve incorporação do benefício no salário da categoria, mas adianta que, caso isso realmente aconteça, o sindicato irá procurar meios de reverter a situação. "O sindicato é totalmente contra a possibilidade que haja diminuição da remuneração. Se for necessário, vamos tomar medidas para isso não aconteça", diz Clodoaldo. Ainda de acordo com ele, a definição sobre o pagamento do benefício é feita sempre no início do ano. "Ainda não sabemos quando será, mas deve ser antes do fim do mês. Daí saberemos como vai ficar a situação dos servidores", diz.

   André Luiz Prieto, presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado, assegura que a verba indenizatória não é paga para todos os defensores e procuradores e enfatiza que a categoria foi contemplada com aumento. "Nossa meta é alcançarmos o teto do Supremo Tribunal Federal, com salários de R$ 22 mil. Esse ano, demos mais um passo para conseguirmos isso. O salário aumentou para R$ 18,6 mil. Em outros Estados, como Rio de Janeiro, por exemplo, os procuradores já recebem o teto", enfatiza Prieto.

   Já Djalma Mendes garante que o benefício é pago de acordo com a possibilidade orçamentária da Defensoria. "Me causa estranheza essa informação de possibilidade de greve, porque o que houve foi aumento salarial e não fim de verba indenizatória", diz o defensor-geral. O orçamento da Defensoria Pública para este ano é R$ 48 milhões.


Interpretação da lei quanto à questão salarial de defensores e procuradores causa polêmica

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Laura de Almeida | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 23h50
    0
    0

    Djalma abre o olho com os "irmãos"...

  • FLAVIA | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 19h25
    0
    0

    gente agora fica fácil colocar a culpa dessa baixaria toda na turma da administração passada, quem entende um pouquinho só de administração pública percebe claramente que isso é "FOGO AMIGO", fique atento Dr Djalma, enquanto vc se preocupa em trabalhar tem gente correndo por outro lado tentando denegriir seu trabalho. FIQUE DE OLHO!!!

  • Boris Casoy_Patrono dos Garis | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h05
    1
    0

    Boris Casoy_Patrono dos Garis, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

RUMO A 2022

Direita se reúne e já tem nomes articulados para Governo e Senado

Por 20/04/2021, 20h:38 - Atualizado: 06h atrás

deputados direita reuniao

A um ano e seis meses das eleições gerais, a direita já se articula por candidaturas proporcionais e majoritárias em Mato Grosso.

Postar um novo comentário

RUMO A 2022

Quem são os nomes do Araguaia na pré-disputa para deputado federal

Por 20/04/2021, 18h:48 - Atualizado: 08h atrás

antonio bosaipo 680

O Grande Araguaia, com seus 35 municípios, apresenta uma "inflação" de pré-candidatos para 2022 não só a deputado estadual, mas também para federal.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Carina | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 20h34
    8
    7

    Bosaipo na cabeça

  • Olavo Behling | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 19h57
    8
    8

    Chegou a hora de colocarmos sangue novo na Câmara dos Deputados em Brasília. Em 2022 Antonio Bosaipo é o nome preferido.

  • Sérgio Ramos | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 19h35
    1
    3

    Com tantos candidatos o resultado será novamente o Vale do Araguaia sem nenhum representante.

PREGÃO

Em compra gigante, Cáceres inclui 633 ares-condicionados

Por 20/04/2021, 16h:40 - Atualizado: 06h atrás

wilson kishi 680

A Prefeitura de Cáceres fará um pregão gigante, em 4 de maio, para adquirir materiais permanentes, como mobiliário, equipamentos e ares-condicionados, de modo a atender demandas estruturais de 10 secretarias.

Postar um novo comentário

AMPLIANDO BASE

O avanço político de Max

Por 20/04/2021, 10h:34 - Atualizado: 20/04/2021, 10h:36

Rdnews/arquivo

max russi 680

Sem alarde, o deputado Max Russi, que atua em três frentes, está ampliando sua base eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João Batista Vasconcelos Junior | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 19h35
    0
    3

    Este é sem sombra de duvida um politico moderno, competente e inteligente. Parabéns Deputado Max, pelo brilhante trabalho que faz a frente da Assembleia como seu presidente.

  • braytner bremer fialho | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 13h33
    5
    13

    Max um grande líder politico, foi o melhor prefeito de jaciara hoje uma liderança no estado de mato grosso tem nosso respeito , e nossa admiração , pois o deputado luda por todos Mato-Grossenses, em pouco tempo vai ser nosso governador, pode contar comigo deputado.

  • Davi | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 11h42
    15
    8

    Mal se elegeu deputado. Carrega o peso de ter sido base do REJEITADO Taques e agora do REJEITADO Mauro Mendes. Não se surpreendam com o resultado das urnas. Esse é o primo irmão do WS - se não tomar cuidado não alcança os 12 mil votos.

INFIDELIDADE PARTIDÁRIA

Pra se salvar, Cattani cita BO, arrola 6 testemunhas e quer ação extinta

Por 19/04/2021, 18h:48 - Atualizado: 19/04/2021, 18h:51

gilberto cattani 680

Em sua contestação ao pedido de cassação do mandato por infidelidade partidária, o recém-empossado deputado Gilberto Cattani alega que o suplente Emilio Populo, que pleiteia a cadeira, ajuizou ação antes do prazo estabelecido, o que contraria a norma eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Fabinn | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 08h45
    9
    0

    Tosco, porém, esperto quando se trata de dinheiro e poder! Pra quem estava apagado la nos rincões de Nova Mutum, a coisa esta ficando gostosa

  • marlon lopes | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 07h10
    12
    0

    Esse nao tem futuro....vai voltar para o curral

  • Sônia Campos | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 21h52
    8
    1

    Nada haver essa justificativa! Jogou no lixo o entendimento jurídico Eleitoral

RUMO AO SENADO

Só apoio de Bolsonaro não elege Medeiros

Por 19/04/2021, 14h:20 - Atualizado: 19/04/2021, 14h:22

jos� medeiros 680

Num Estado em que a principal engrenagem que puxa a economia é o agronegócio, apenas o apoio político de Bolsonaro não será suficiente para eleger José Medeiros senador nas urnas do próximo ano, mesmo com boa parte do eleitorado considerado conservador e inclinado às ideologias de direita.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • elias | Terça-Feira, 20 de Abril de 2021, 09h49
    7
    0

    morrerão abraçados na praia

  • SEBASTIÃO BENILDO RCOHA | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 20h30
    20
    2

    Não é todo dia que acefalia substitui cerebro pensante e estrutura. fALA BOBAGEM DEMAIS, NÃO TEM PROJETO NEM PROPOSTA PRA SOCIEDADE. BABA OVO NÃO CRIA IMGAGEM PROPRIA.

  • Citizenship | Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 19h48
    8
    1

    A regra de proibição de coligações partidárias em eleições parlamentares produz efeitos interessantes. Deputado federal de um partido pequeno parece vislumbrar um cenário de não reeleição e então discute uma candidatura majoritária, a senador. Será que este é o motivo?

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2696