Blog do Romilson Cuiabá, 10 de Agosto DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Contraponto

Defensores temem corte de verba indenizatória e já articulam greve

Djlama Mendes    O reajuste salarial que deveria trazer comemoração aos 126 defensores e procuradores da Defensoria Pública, tidos como "advogados dos pobres", se tornou problema e vem causando conflitos internos. O salário de procurador saltou de R$ 12,6 mil para R$ 18,6 mil. A verba indenizatória que varia de R$ 2 mil a R$ 6 mil foi incorporada no subsídio, sobre o qual incide uma série de descontos, o que contraria a categoria. Defensor de entrância especial passou de R$ 11,3 mil para R$ 16,7 mil. Embora a remuneração seja elevada para o padrão salarial brasileiro, defensores e procuradores estão na bronca com o defendor público-geral Djalma Sabo Mendes porque a entrada em vigor, a partir deste mês, de uma lei complementar vai resultar em redução de salário. 

   Eles reclamam que o aumento negociado por Djalma junto ao governador Blairo Maggi seria uma manobra para reduzir o benefício, já que sobre o valor entram descontos em folha, como de Imposto de Renda e de INSS. As discussões sobre a possibilidade do fim da verba indenizatória divide opiniões na Defensoria Pública. O procurador Clodoaldo Aparecido Gonçalves de Queiroz, presidente do Sindicato dos Defensores Públicos, afirma que ao menos por enquanto não há confirmação sobre a extinsão ou redução da verba. "Nesse caso, o aumento não compensaria", diz. Ele garante ainda que não houve incorporação do benefício no salário da categoria, mas adianta que, caso isso realmente aconteça, o sindicato irá procurar meios de reverter a situação. "O sindicato é totalmente contra a possibilidade que haja diminuição da remuneração. Se for necessário, vamos tomar medidas para isso não aconteça", diz Clodoaldo. Ainda de acordo com ele, a definição sobre o pagamento do benefício é feita sempre no início do ano. "Ainda não sabemos quando será, mas deve ser antes do fim do mês. Daí saberemos como vai ficar a situação dos servidores", diz.

   André Luiz Prieto, presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado, assegura que a verba indenizatória não é paga para todos os defensores e procuradores e enfatiza que a categoria foi contemplada com aumento. "Nossa meta é alcançarmos o teto do Supremo Tribunal Federal, com salários de R$ 22 mil. Esse ano, demos mais um passo para conseguirmos isso. O salário aumentou para R$ 18,6 mil. Em outros Estados, como Rio de Janeiro, por exemplo, os procuradores já recebem o teto", enfatiza Prieto.

   Já Djalma Mendes garante que o benefício é pago de acordo com a possibilidade orçamentária da Defensoria. "Me causa estranheza essa informação de possibilidade de greve, porque o que houve foi aumento salarial e não fim de verba indenizatória", diz o defensor-geral. O orçamento da Defensoria Pública para este ano é R$ 48 milhões.


Interpretação da lei quanto à questão salarial de defensores e procuradores causa polêmica

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Laura de Almeida | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 23h50
    0
    0

    Djalma abre o olho com os "irmãos"...

  • FLAVIA | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 19h25
    0
    0

    gente agora fica fácil colocar a culpa dessa baixaria toda na turma da administração passada, quem entende um pouquinho só de administração pública percebe claramente que isso é "FOGO AMIGO", fique atento Dr Djalma, enquanto vc se preocupa em trabalhar tem gente correndo por outro lado tentando denegriir seu trabalho. FIQUE DE OLHO!!!

  • Boris Casoy_Patrono dos Garis | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h05
    1
    0

    Boris Casoy_Patrono dos Garis, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

SUPLEMENTAR AO SENADO

Fávaro tenta reconquistar apoio dos Campos

Por 10/08/2020, 13h:12 - Atualizado: 02h atrás

Alair Ribeiro

carlos favaro 680

Na tentativa de reverter o apoio da família Campos à candidatura de Nilson Leitão (PSDB) ao Senado, Carlos Fávaro (PSD) se reúne hoje com Júlio Campos (DEM).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ze da roça | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 14h29
    2
    0

    PODE ATÉ CONSEGUIR RECONQUISTAR O APOIO DOS CAMPOS MAIS É IMPORTANTE RESSALTAR QUE FAVARO VAI PERDER AS ELEIÇÕES

CRISE SEM FIM

Conflitando aliados, bolsonarista desconstrói a própria candidatura

Por 10/08/2020, 08h:35 - Atualizado: 04h atrás

rubia fernanda 680

A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata do Patriota ao Senado, ao invés de agregar, só está piorando sua situação dentro e fora dos grupos bolsonaristas.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Laura Fonseca | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 15h30
    0
    0

    Podem inventar o que quiserem pois devem estar com medo de perder a minha candidata tem postura e uma mulher de bem estamos cansados de mentiras

  • Alexandro | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 13h58
    0
    2

    Reportagem tendenciosa com comentários tendenciosos.

  • Angélica Zafira | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 13h23
    0
    4

    Pode inventar o que quiserem contra a Coronel Fernanda, o eleitor não é mais otario, tem inteligência para analisar por si só e decidir em quem acreditar. Chega de enganação com o povo matogrossense. Este Estado já está muito sucateado com todos os políticos antigos que de eleição em eleição só trocam cargos e não fazem nada para o progresso de MT. Matogrosso apóia a Coronel Fernanda. Esperem até a eleição!! Vão mentindo contra uma pessoa digna, de caráter e sem ficha suja, mas nós a queremos como nossa Senadora. Sangue novo.

EM CÁCERES

Francis se distancia de sua vice, que ganha asas desvinculada do prefeito

Por 09/08/2020, 17h:27 - Atualizado: 09/08/2020, 17h:28

eliene liberato francis 680

O prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), acabou empurrando para a oposição a sua vice Eliene Liberato, pré-candidata à sucessão pelo PSB.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • CB RIBEIRO CACERES | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 11h51
    2
    0

    História pra boi dormir, Cáceres acordou, se liga velha política

  • paulorenato | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 09h16
    1
    4

    Uai, sô...faltou acima o nome do Valdeci do Patriota.....ele sim é o nome mais forte,

  • mcarloss@gmail.com | Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020, 00h06
    3
    0

    Só alguém que não conhece nadinha de politicagem pra acreditar nessa jogadinha fajuta do prefeito Francis e a vice Eliene . Ora, ela passou 8 anos só falando sinsinho pra toda maldade que esse prefeito fez pra funcionários e Cáceres toda sabe disso . Então é pura mentira isso tudo.

EM LUCAS

Chapa vitoriosa é reeditada 16 anos depois pra tentar derrotar Binotti

Por 09/08/2020, 11h:53 - Atualizado: 09/08/2020, 11h:54

osvaldo martinello 680

Marino Franz (Republicanos) vai com tudo pela reconquista da Prefeitura de Lucas do Rio Verde. Dezesseis anos depois, deve repetir a mesma chapa vitoriosa de 2004, tendo como vice o também empresário Osvaldo Martinello (PR), da rede varejista Eletromóveis Martinello.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carol | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 22h48
    0
    1

    Eliene está livre do francis e irá fazer uma gestão impecável, irá governar para melhorar ainda mais a cidade, porém de forma humana, priorizando educação, saúde

  • Amaral antunes | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 15h39
    1
    0

    Virou Cosa Nostra em Lucas

ELEIÇÃO AO SENADO

Sob incentivo do governador, Pivetta se anima; Sachetti segue 1º suplente

Por 08/08/2020, 22h:16 - Atualizado: 08/08/2020, 22h:29

Mayke Toscano

mauro mendes otaviano pivetta 680

Convencido pelo governador Mauro Mendes a se manter no páreo, o vice Otaviano Pivetta (PDT) se reanimou para a disputa ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Almeida | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 21h03
    0
    0

    Não seja INOCENTE Piveta, esse tal de Mauro esta louco para voce desocupar a Vice Governadoria, para não ofusca-lo em 2022 na releição. Quer vc candidato, mais apoia o Carlos Favaro, ele sabe que voce é impetuoso e vaidoso, se derrotado para o Senado voce sai do cargo e volta deprimido para seus negocios e Lucas, ele fica livre para disputar a reeleição, emv por perto. Faça como os CAMPOS mande o MM as merdas, pronto...falei

  • Nicinha | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 23h15
    8
    3

    Adilton Sachett o marido da influencer que envolveu no acidente que matou o menor e tentou fugir do local, justamente no dia dos pais!!! Caso a chapa ganhe e Adilton Sachett assuma Mato Grosso terá a esposa de um senador que envergonhará nosso estado!

RUMO AO ALENCASTRO

9 partidos já fechados pela reeleição e 4 brigam pela vice de Emanuel

Por 08/08/2020, 12h:43 - Atualizado: 08/08/2020, 12h:43

emanuel pinheiro 680

Nove partidos já estão fechados para o apoio à reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. São eles: MDB, PTB, PP, PV, Republicanos, PL, PSB, PSDB e PTC.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Cuiabano de xapa e cruz | Domingo, 09 de Agosto de 2020, 15h28
    0
    2

    Discordo será volta de novo a ser nosso Prefeito o melhor que tivemos todos os bairros tem uma obra só andar não vê quem não quer têm nosso voto sim com certeza.

  • Alex | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 22h10
    11
    4

    Depois do vídeo do paletó. Me arrependo de ter votado no Emanuel.

  • Pedro luis | Sábado, 08 de Agosto de 2020, 18h42
    16
    6

    Esse prefeito vai sofrer a maior derrota política. Aquele vídeo do paletó vai desmoraliza-lo, será humilhado e massacrado pelos adversários. A sociedade vai conhecer que realmente é esse cidadão, e vai coloca-lo no seu devido lugar. Só para lembrar: todos que foram filmados embolsando o dinheiro do Silvio, foram dxpurgados da vida pública. O único que ainda respira é o nosso prefeito.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2582