Blog do Romilson Cuiabá, 27 de Fevereiro DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

TRANSPORTE

Deputado tenta impedir licitações

15/04/2010, 09h:15 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

  Fernando Ordakowski

O deputado democrata Dilceu Dal Bosco, que possui relação estreita com a Real Norte, que explora a concessão do transporte intermunicipal no Nortão, lidera movimento contra novas licitações e até propos uma CPI contra a Ager

 O deputado Dilceu Dal Bosco (DEM) é um dos parlamentares mais empenhados em impedir a licitação das linhas do transporte intermunicipal de Mato Grosso. Ele “bate duro” durante às sessões e nos bastidores. Tenta impedir o cancelamento dos contratos vigentes e a realização do novo certame. Como possui estreita relação com a Real Norte, um das empresas que exploram linhas de ônibus na região de Sinop (Nortão), o democrata é acusado de agir com interesse pessoal.

    Alheio às críticas, o deputado se tornou opositor ferrenho da gestão Márcia Vandoni, que está na segunda gestão como presidente da Agência de Regulação de Serviços Delegados do Estado (Ager). Dal Bosco chegou até a ameaçar abrir CPI para investigar a Agência. Disse que contaria com 11 das 24 assinaturas dos colegas parlamentares. Por fim, desistiu. Desde o ano ano passado, quando Márcia Vandoni anunciou que havia finalizado o projeto que permite a licitação das linhas, Dal Bosco, com a ajuda de outros parlamentares, como Sérgio Ricardo (PR), começou investida contra as novas licitações. Fizeram lobby e conseguiram “boicotar” três audiências públicas que debateriam a proposta.

    Tentam evitar o debate porque este seria o último passo antes do lançamento do edital. A proposta de reestruturação de  todo o transporte intermunicipal do Estado. A Ager agendou para o próximo dia 27 uma audiência pública. Na última tentativa, foi cancelada um dia antes. Para justificar a resistência à implementação do novo modelo, Dal Bosco reclama que a Ager não consegue fiscalizar as empresas existentes e que os passageiros estão sendo prejudicados. Argumenta também que não há necessidade de licitar todas as linhas, mas apenas algumas delas e que os empresários que hoje atuam no mercado ficarão no prejuízo vindo a ser excluídos.

    O governador Silval Barbosa (PMDB) se vê num fogo cruzado. Não pode se indispor com o deputado, embora este integre a um partido (DEM) que caminha para a oposição e, por outro lado, se vê obrigado a cumprir o TAC assinado pelo então governador Blairo Maggi, que se comprometeu em licitar todas as linhas do Estado depois que perdeu 10 ações civis públicas na Justiça. Outras nove vão ser julgadas se Silval não regularizar a situação e, como trata-se do mesmo problema a tendência é que o Estado seja condenado nas outras também. As punições das primeiras ações foram suspensas depois que Maggi assinou TAC. O problema é que o prazo para a realização da licitação expirou. O governo corre risco de pagar R$ 270 milhões em multas. Além disso, para cada dia que o TAC não for cumprindo existe haverá multa de R$ 60 mil, que já soma R$ 900 mil.

    Pela proposta da Ager, o Estado será dividido em oito mercados e as linhas poderão ser exploradas por uma empresa ou consórcio vencedor por até 25 anos. A expectativa como o novo sistema haja uma redução de até 20% nas tarifas, além do aumento nas conexões e viagens e o fim das chamadas sobreposições de linhas. Hoje 20 empresas exploram as linhas convencionais (ônibus de linha) e outras 20 atuam com micro-ônibus.

Enquete: Deve ou não haver novas licitações das linhas de ô

Deve ou não haver novas licitações das linhas de ônibus intermunicipais?

Sim ( Votos: = 88.89% )
 
 
Não ( Votos: = 10.26% )
 
 
Tanto faz ( Votos: = 0.85% )
 
 

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Cidão | Sexta-Feira, 23 de Abril de 2010, 00h18
    0
    0

    Cuidado com esse Dirceu Dal'bote...depois não digam que não foram avisados. O interesse dele não é o mesmo da população de MT.

  • elias silva | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2010, 21h13
    0
    0

    e muito facil saber o que aconteceu com nosso dep. sergio ricardo. e so ir na garagen da real norte que voces verao porque eles defenden tanto tal empresa. os tais onibus dele,chamados de gabinete intinerante fican la,sao arrumados por la,deve ser abastecidos e sabe deus o que mais.entao quem eles irao defender? adivinharam??????????????????

  • Nelson Marques | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2010, 19h35
    0
    0

    O povo não pode esquecer deste Deputado. Para não votar nele é claro.

RUMO A 2022

Pátio agora quer ser governador

Por 27/02/2021, 10h:09 - Atualizado: 01h atrás

ze do patio 680

Empolgado com a reeleição em Rondonópolis e por ver seis colegas do seu partido, o Solidariedade, garantir as maiores votações para vereador, o prefeito Zé do Pátio propaga que agora quer concorrer ao governo estadual.

Postar um novo comentário

CARGO VITALÍCIO

O próximo conselheiro do TCE

Por 26/02/2021, 13h:32 - Atualizado: 26/02/2021, 13h:33

eduardo botelho 680

O deputado Eduardo Botelho, ex-presidente da Assembleia, vai mesmo para o TCE. Entrará na primeira vaga que surgir.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Cidadao | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 10h19
    0
    0

    O sr indicado poderia disponibilizar seu curriculo para comprovar que detem os requisitos constitucionais de notorio saber nas areas do TC... Se tiver, será um bom conselheiro, considerando que tem sido um bom deputado.

  • marta | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 09h46
    1
    0

    só jogadinha politica, e o povo que se lasque, pergunto, por que não escolhem o servidor de carreira do estado para uma vaga no tce? por que ele pode não compactuar com os rolos jogadinhas?

  • JUSTO VERISSÍMO | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 07h14
    1
    0

    Isso e uma palhaçada, colocar políticos para julgar contas públicas, isso tem que acabar, nessa casa de corte, so tem cobra criada e espertos, enquanto o povo sofrido trabalhador Matogrossense ralando de domingo a domingo para sustentar essa classe que nao faz nada.

EM PEDRA PRETA

Justiça destitui mais uma tabeliã e lacra cartório

Por 25/02/2021, 14h:34 - Atualizado: 25/02/2021, 14h:38

cartorio primeiro oficio pedra preta 680

Mais uma tabeliã é destituída do cargo em Mato Grosso por diversas irregularidades.  Desta vez, a punição é para a interina Carmem Aparecida Monteiro,  responsável pelo Cartório do 1º Ofício de Notas e Registro de Títulos e Documentos de Pessoas Jurídicas de Pedra Preta.

Postar um novo comentário

NA ASSEMBLEIA

De volta pela 5ª vez nesta legislatura

Por 25/02/2021, 09h:15 - Atualizado: 25/02/2021, 09h:18

romoaldo junior 680

Aos 60 anos, 40 deles de vida pública, Romoaldo Júnior está de volta, pela quinta vez nesta legislatura, à cadeira de deputado. Aliás, nos últimos 24 meses, ele só ficou 20 dias na reserva, mesmo derrotado nas urnas de 2018.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Junior | Sexta-Feira, 26 de Fevereiro de 2021, 11h39
    0
    0

    Em Alto Taquari seria interessante uma varredura dessa!

  • Caio junior | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 23h00
    0
    0

    Em Sinop interveio em 2 e nao abre outras 5....eita TJ

APOIOS EXTERNOS

Queda-de-braço entre deputados na eleição da Ucmmat

Por 24/02/2021, 20h:07 - Atualizado: 24/02/2021, 20h:07

bruno rios ucmmat 680

O processo eleitoral na Ucmmat, que terminou hoje com a vitória à presidência do vereador e advogado Bruno Rios (PSB), por uma diferença de 13 votos, se transformou numa queda-de-braço entre deputados estaduais e federais.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Robson Oliveira | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 11h55
    0
    2

    O maior cabo eleitoral do Edcley foi o Deputado Leonardo. Inexpressivo e traira

  • fabinn | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 11h51
    1
    0

    Perdeu porque fez um péssima gestão

  • Marcelo | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 11h44
    0
    0

    Perdeu com Riva pai e Riva filha juntos, no mesmo pacotão e de quebra deu um tapa na cara de WF, Neri Gueller e Emanuelzinho

PROJEÇÃO POLÍTICA

Investida no novo presidente da AL

Por 24/02/2021, 16h:25 - Atualizado: 24/02/2021, 16h:25

Rdnews/arquivo

max russi 680

Agora presidente da Assembleia, Max Russi (PSB), que se identifica como "deputado social", aos 45 anos, quer chegar a postos mais importantes na vida pública.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Bainho | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 08h43
    2
    1

    Agnello, indicar para uma pessoa estudar é preconceito? Como? Aposto que vc seja de ideologias da esquerda.

  • Heleno | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 19h28
    8
    5

    Primeiro tem estudar, como vai ser governador sem estudo?

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2675