Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RUMO ÀS URNAS

Dilma pede empenho aos aliados para reverter desvantagem em MT

Presidenciáveis Dilma e Serra   Com todas as pesquisas de opinião convergindo para o estreitamento da diferença nas intenções de voto, os candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) partiram para identificação dos Estados onde podem reverter desvantagem registrada em primeiro turno. No caso de Mato Grosso, Dilma pediu empenho do ex-governador e senador eleito Blairo Maggi (PR), do governador reeleito Silval Barbosa (PMDB) e de várias lideranças de partidos da base. Escalou o diretor-geral do Dnit, Luiz Pagot, para tomar a frente da coordenação da campanha.

   A investida de Dilma no eleitorado mato-grossense, com a força das máquinas federal e estadual, não é por acaso. Acontece que foi no Estado onde seu padrinho político e presidente Lula detém uma das mais altas popularidades que a candidata, paradoxalmente, perdeu para o tucano Serra. Ela teve 659.771 votos, 42,94% dos válidos, enquanto Serra conquistou 678.614 (44,16%). Trata-se de um Estado onde o eleitor de um modo geral se mantém na linha conservadora. Muitas regiões em Mato Grosso vivem sob constantes conflitos agrários e a vinculação do petismo com, por exemplo, o MST, acaba por levar parte do empresariado, pecuaristas e vozes de outros segmentos a rejeitar a candidata do PT.

   Dilma decidiu levar ma campanha mais agressiva. Ela elevou o tom e afirma que o debate sobre o aborto foi provocado por setores atrasados da oposição e acusa o tucanato de entregar o patrimônio público para investidores privados. São estratégias para recuperar a parte dos votos da esquerda partidária que foi para Marina Silva no primeiro turno.

    A presidenciável orientou os coordenadores da campanha a insinuar golpismo, algo similar aos episódios de 1964 para preparar as ofensivas contra o governo estabelecido, e a classificar uma eventual vitória tucana de ilegítima, "porque seria com base na mentira, da calúnia e da difamação. Ademais, ainda culpa a imprensa pelo clima de golpismo político.

   Os 15 dias finais da campanha prometem muitos confrontos e denúncias. A teoria da conspiração, que já surgira no primeiro turno quando começava a onda de que Dilma ganharia com mais de 50%, ressurgiu com a queda da diferença entre os dois candidatos, indicando que a dianteira da candidata oficial pode estar dentro do empate técnico.

    A propaganda petista está arriscando muito nas acusações. Sustenta que o então governador Serra mandou a polícia invadir a Universidade de São Paulo (USP) durante uma greve de professores, quando, em verdade, foi a reitora da USP quem pediu na Justiça a reintegração de posse. Insiste na tese de que o ex-presidente da Agência Nacional do Petróleo David Zilberstein quer privatizar o pré-sal. Há acusação ainda de que Serra privatizou a Companhia Siderúrgica Nacional, quando a empresa foi privatizada no governo Itamar Franco, onde Serra não exerceu função.

    Dilma tenta, por outro lado, se livrar do impasse em que está desde que o tema descriminação do aborto surgiu na campanha. O assunto tomou conta do debate político. Após relutar, ela divulgou uma carta em que se diz “contra o aborto”, mas não nega diretamente que seja contra a “descriminação do aborto”. Sugere que o Congresso decida sobre esse e outros temas polêmicos. A petista tenta encerrar uma discussão que tem prejudicado muito seu desempenho nas pesquisas.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Maneporrete | Domingo, 17 de Outubro de 2010, 07h35
    0
    0

    Só uma pequena lembrancinha;a Sra. Mônica Serra,encontra-se na Chile,foi levar uma imagem de Nsra. Aparecida aos mineiros resgatados. Como é singela a Dona,não. Tudo isso depois de vazar que ela e o Serra,teriam matado o próprio filho em 1992(abôrto). Lembram do filme,MATEI MEUS FILHOS E FUI AO CINEMA? Qualquer coincidência NÃO é mera semelhança.

  • ELIAS | Domingo, 17 de Outubro de 2010, 02h06
    0
    0

    EPORTAGEM DO TERRA..SITE MONICA SERRA FEZ ABORTO QUANDO MORAVA NO CHILE COM O MARIDO JOSE SERRA...E ESSE TIPO DE GENTE MEDIOCRE E HIPOCRITA QUE VCS KEREM..EU NÃO VOTO DILMA 13...A MELHOR OPÇAO..

  • Erick | Domingo, 17 de Outubro de 2010, 01h44
    0
    0

    Eliney, vc é um tapado, hipócrita, sem rumo e sem nenhuma moral. Essas coisinhas que colocaram na tua cabeça é como chifre: só vai perceber quando é tarde demais. Essa afirmação sua nunca foi proferida por Dillma, mas sim, por esses pau mandados do Serra que vc defende. Vade retro, satanás e todos os pau mandados de Serra!!! Corja de pilantras!!!

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 07h atrás

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

DERROCADA

Desacreditado e isolado, PT disputa em 4 pólos apenas com chapa pura

Por 27/09/2020, 13h:48 - Atualizado: 27/09/2020, 13h:51

julier 680

Nocauteado pela chegada da direita ao poder, o PT ficou tão fragilizado e desacreditado que, nos 10 maiores municípios de MT, só lançou candidato a prefeito em quatro (Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres). E, mesmo assim, com chapa pura.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Pedro Laurin | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 22h36
    0
    4

    Espera pra ver. O PT é quem defende trabalhadores.

  • Beto | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h44
    3
    0

    pt NUNCA MAIS.

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h55
    1
    3

    O PT pegará os votos anti-Bolsonaro. Tem tudo para crescer nesta eleição.

DISPUTA ELEITORAL

Nada a perder, só a ganhar

Por 27/09/2020, 08h:53 - Atualizado: 27/09/2020, 08h:55

emanuelzinho 680

Mesmo entrando na disputa de última hora, o jovem deputado federal Emanuelzinho (PTB), de 25 anos, ainda conseguiu fechar aliança com seis partidos na corrida à Prefeitura de Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h54
    1
    0

    Essa familiocracia com laços no Ministério Público e no Poder Judiciário é uma vergonha. É a velha política que ainda reina em Mato Grosso. Esse rapaz só virou deputado por causa da máquina da prefeitura de Cuiabá. Agora quer pegar o orçamento da segunda maior cidade do Estado? O que é isso? Monarquia? Empresa política? O povo de Várzea Grande não pode aceitar esse absurdo.

  • Ubirajara | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 13h20
    0
    0

    Ubirajara , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • O ATALAIA | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 12h48
    0
    0

    O ATALAIA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EM LUCAS DO RIO VERDE

De última hora, Binotti troca vice da chapa

Por 26/09/2020, 18h:47 - Atualizado: 26/09/2020, 18h:49

luiz binotti 680

Em meio à crise interna, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), trocou, de última hora, nome para vice de sua chapa à reeleição.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ricardo | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 08h37
    0
    4

    Binotti está junto somente com picaretas: ele próprio, Neri Geller, Fávaro, e turma do bolinha.. usam o povo na cara dura.. a hora de vocês está chegando bando de velhacos

ELEIÇÃO AO SENADO

Pivetta abandona Euclides e sinaliza para apoio a Leitão

Por 26/09/2020, 10h:30 - Atualizado: 26/09/2020, 10h:32

nilson leit�o 680

O vice-governador Otaviano Pivetta dá sinais de que apoiará Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e não mais Euclides Ribeiro (Avante). O curioso é que foi o próprio Pivetta quem apresentou Euclides ao presidente regional do PDT, Allan Kardec, na expectativa de ambos construírem aliança para o pleito de 15 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Eduardo | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 17h55
    8
    2

    O Nilson Leitão, só conseguiu o apoio do DEM de Jaime Campos, após ter a confirmação de que o PIVETA iria desistir da candidatura ao SENADO, pois o DEM estava disposto a apoia-lo contra o Favaro. Nilson já está tendo o apoio politico e financeiro de todo Grupo do Piveta em Lucas,Mutum e região do Médio Norte, e o bestalhão do Euclides jamais terá o apoio dos Pededista-Autenticos, que não aceitam negociatas como a praticada pelo safado do Alan Kardes, que desmoraliza a memória de Leonel de Moura Brizolla.

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Elias | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 18h01
    0
    0

    Elias , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Luiza de Jaciara | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h21
    0
    0

    Luiza de Jaciara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    16
    7

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606