Blog do Romilson Cuiabá, 08 de Março DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Palácio Paiaguás

Incerteza marca corrida ao governo; pleito por ter 2 turnos pela 1ª vez

13/02/2010, 08h:47 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

 Fernando Ordakowski 

Governador Blairo Maggi renuncia ao mandato no próximo mês e deixa cenário incerto sobre quem será o sucessor

   As dificuldades dos pré-candidatos majoritários em definir antes das convenções grupos e alianças, aliada a incerteza sobre quem será o próximo governador, são provas de que Mato Grosso está carente de líderes políticos. Há quatro nomes no páreo para a sucessão de Blairo Maggi: Wilson Santos (PSDB), Silval Barbosa (PMDB), Jayme Campos (DEM) e Mauro Mendes (PSB). Nenhum deles até agora caiu nas graças do eleitor, ao ponto de disparar nas pesquisas de intenção de voto e "liquidar" a eleição antes da hora, como se diz no meio político. Essa insegurança sobre quem ocupará a cadeira de Maggi deixa os chamados adesivistas sem rumo. Antes, eles tinham ideia de quem teria maior chance de êxito nas urnas e, com um ano de antecedência, já "colava" naquele pré-candidato, já se preparando para usufruir das benesses do poder.

   Wilson Santos, determinado a renunciar ao mandato de prefeito de Cuiabá até 3 de abril, figura em primeiro lugar na corrida ao Palácio Paiaguás, mas a diferença sobre os demais não supera a 20 pontos percentuais, considerando o resultado das últimas pesquisas internas e também aquelas publicadas pela imprensa. Esses dados, embora um tanto cedo para o cenário que se desenha rumo a uma eleição que acontece daqui a oito meses, são sinais fortes de que, pela primeira vez, os eleitores mato-grossenses devem eleger governador em dois turnos. Júlio Campos, Carlos Bezerra, Jayme Campos, Dante de Oliveira e Blairo Maggi, por exemplo, conquistaram o Paiaguás no primeiro turno e, desde o início da pré-campanha, a maioria dos eleitores já apresentava sinais claros sobre essa tendência.

    O empresário Mauro Mendes entrou no páreo e muitos entendem que o seu perfil mais técnico pode consolidá-lo como fato novo no processo eleitoral. Por outro lado, surge com o poder da máquina o vice-governador Silval Barbosa, que assume o Paiaguás no próximo mês. O peemedebista terá Maggi como cabo eleitoral e parceiro numa composição majoritária, já que o governador concorrerá ao Senado. O ex-governador e senador Jayme Campos e outro que se mostra empolgado com a pré-candidatura, apesar de manter pré-acordo com Wilson para um dos dois recuar em apoio ao outro.

    As negociações políticas estão tão travadas que os majoritários não conseguem avançar nas alianças. Todos conversam com todos. Alguns buscam intervenção da cúpula nacional para forçar partidos e seus líderes regionais a mudarem de rumo. Petistas, por exemplo, estão fechados com Silval, mas há correntes internas se movimentando nacionalmente para levar a legenda para o palanque de Mendes. O mesmo ocorre com o PPS, que incentiva a pré-candidatura de Mendes, mas existe tendência de se juntar ao tucanato em adesão ao nome de Wilson Santos. 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Zé Cuiabano | Domingo, 14 de Fevereiro de 2010, 00h27
    0
    0

    Putz...vai entender o povo; O rei da soja, fez um governo repleto de realizaçoes; nunca mato grosso teve um governante para criar bases sustentaveis para o crescimento, como o Blairro; Quem mais se aproximou dele foi o Julio Campos em ternos de realizaçoes; É disso que precisamos - realizaçoes e nao de politocos demagogos.

  • Rafael Amoedo | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 23h46
    0
    0

    Chacal, precisamos sim, meu caro. Para evitar a eleição de Antero, Goellner e Taques ao Senado, que farao oposiçao à Dilma. E estaremos bem representados, afinal a Serys sera Suplente do Abicalil. E o Mauro Savi do Maggi.

  • chacal | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 12h48
    0
    0

    caro rafael amoedo, ja que blairo e abicalil vao ser nomeados ministros, entao nao precisamos votar neles pro senado.

8 de Março

Ainda em menor número, mulheres se sobressaem pela competência

Por 08/03/2021, 08h:59 - Atualizado: 13min atrás

Rodinei Crescêncio

Parlamentares mulheres blog

Neste  08 de Março, Dia Internacional da Mulher, é importante lembrar  que a representatividade feminina das casas legislativas  de Mato Grosso, embora bastante qualificada, está distante de refletir o espaço que as mulheres ocupam na sociedade.  

Postar um novo comentário

Assembleia

Desprendimento por cargo pode levar Janaina à 1ª Secretaria da AL

Por 08/03/2021, 08h:15 - Atualizado: 03h atrás

janaina riva 680

A deputada  Janaina Riva (MDB), em um gesto de  “desprendimento”, aceitou trocar o cargo de 1ª vice-presidente da AL pela 2ª Secretaria quando a Mesa Diretora precisou ser recomposta atendendo por decisão do STF. A momentânea desvantagem na hierarquia de comando do Legislativo, a qualquer momento, pode alçá-la ao posto de 1º secretária e ordenadora de despesas da Casa que tem um orçamento de 562 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • fabinn | Segunda-Feira, 08 de Março de 2021, 10h31
    4
    0

    Santo Deus amado, nos proteja desse tipo, em nome de Jesus. Já não chega a Covid, devastando vidas...

  • JOAO | Segunda-Feira, 08 de Março de 2021, 09h49
    3
    0

    MEUS DEUS, APRENDEU COM O PAI

Internet

Após doação ao Inter, empresário de MT se torna "celebridade" do Twitter

Por 07/03/2021, 06h:45 - Atualizado: 07/03/2021, 06h:53

Reprodução

Elusmar Blog 680

O empresário de MT Elusmar Maggi Scheffer  acionista do   Grupo Bom Futuro e  da  Scheffer Agrobusiness, um dos maiores conglomerados da agropecuária do mundo, que ficou conhecido pela doação de R$ 1 milhão ao Internacional, já está virando celebridade da internet. Perfis fakes  em seu nome, que comentam acontecimentos do futebol de forma bem humorada, enaltecendo seu time do coração e "corneteando" adversários, começaram a surgir no Twitter.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • BERENICE OLIVEIRA DE ASSIS | Domingo, 07 de Março de 2021, 17h09
    3
    3

    Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração. Mateus 6:19-21 Bom Futuro fica perto da Igreja Aviva Center - Residencial Despraiado.. Igreja de cura e libertação de almas... igreja de joelhos no chão e boca no pó para resgatar e restaurar famílias destruídas pelas mazelas do mundo. Essa mesma igreja está em início de construção do próprio templo. Faça lá essa mesma quantia em doação para Deus.. Garanto que o empresário lElusmar Maggi Scheffer terá um galardão nos céus e mais famílias e vidas serão salvas para Jesus.

  • Dra KELLEN CPA 2 | Domingo, 07 de Março de 2021, 11h10
    7
    3

    Centenas de milhares de mortes coronavirus. Milhões sem emprego. Passando fome e esse barão do agronegócio debocha da miséria dando 1 milhão pro Inter. Sinto nojo.

SENADO

Selma ainda não foi acionada para pagar pela eleição suplementar

Por 06/03/2021, 06h:29 - Atualizado: 06/03/2021, 06h:35

selma arruda 680

Ainda em dezembro, a  Advocacia-Geral da União (AGU) divulgou que vai cobrar da ex-senadora Selma Arruda (Podemos), cassada por abuso do poder econômico e caixa 2 na campanha eleitoral de 2018,  os custos da eleição suplementar feita pelo TRE. O pleito foi realizado no ano passado  e alçou Carlos Fávaro (PSD) à vaga deixada pela  juíza aposentada.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Neto | Domingo, 07 de Março de 2021, 10h30
    0
    3

    Cobrar como se ela não tem como pagar?

  • Eleitor | Sábado, 06 de Março de 2021, 21h18
    5
    0

    Cadê o MP para investigar isso?! O TRE de Mato Grosso teve despesas específicas para a eleição de senado, diferente das despesas das eleições municipais. Além disso teve a propaganda eleitoral, que na verdade é paga por meio de compensação de impostos. Vamos cobrar a candidata que cometeu ilícitos na campanha, fazendo com que a população tivesse que ir de novo escolher outro candidato. E quanto esses outros candidatos não gastaram novamente. Essa Selma fez coisa muito errada.

  • Eleitor consciente | Sábado, 06 de Março de 2021, 19h06
    3
    6

    Deixem de ignorância a eleição suplementar que seria em 26 de abril, não houve, a eleição aconteceu junto as eleições municipais, portanto o custo ficou por conta das eleições municipais 2020, assim vão cobrar como?

Covid-19

Deputados preparam vakinha para pagar internação no Incor em SP

Por 05/03/2021, 13h:00 - Atualizado: 05/03/2021, 13h:10

valdir barranco 680

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) segue sedado e intubado em uma UTI no Incor  de São Paulo, sob cuidados do cardiologista Roberto Kalil, tratando complicações da Covid-19 há quase 15 dias. Embora o assunto seja delicado, já se comenta nos bastidores que a conta da internação será salgada e além das possibilidades financeiras do petista.   

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • João Moessa de Lima | Sábado, 06 de Março de 2021, 19h32
    3
    0

    Quando estava em tratamento em um hospital de Cuiabá havia na enfermaria ao lado da minha um senhor que veio de Brasilia para fazer cirurgia em Cuiabá por recomendação do médico, o médico indicou um cirurgião desse hospital como sendo uma boa alternativa. Veio fez a cirurgia correu tudo bem voltou para Brasília feliz da vida.

  • Mendonça | Sábado, 06 de Março de 2021, 14h36
    9
    3

    QUANDO AQUELA MÉDICA QUE FOI MORDIDA DE COBRA, FALOU QUE SE FICASSE EM CUIABÁ TERIA MORRIDO, TODOS CAÍRAM DE PAU EM CIMA DELA, E AGORA TODOS OS POLÍTICOS QUE TEM UMA GRIPE, VÃO PARA SÃO PAULO E NINGUEM FALA NADA.

  • deovaldo | Sábado, 06 de Março de 2021, 10h49
    8
    3

    Porque isso agora , a nossa rede de Saúde não é ótima como dizem, saude em mato grosso é ótima,,,,,,volta e tenha atendimento aqui....nos póupe e ainda colocaram servidores comissionados a doarem querem ver ......palhaassada

Articulação

Blairo e Fávaro incentivam projeto de Neri Geller ao Senado em 2022

Por 05/03/2021, 08h:00 - Atualizado: 05/03/2021, 08h:08

Reprodução

Senado Neri 680

O projeto do deputado federal Neri Geller (PP)  ao Senado  em 2022, que muitos consideram como “balão de ensaio”, parece que vai vingar. Nomes de peso no cenário político já aderiram e incentivam o progressista a trabalhar pela viabilização da virtual candidatura.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • José Aparecido | Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 16h35
    9
    1

    Ele vai ter uma disputa durissima, contra o atual Senador Wellington Fagundes, atual PL e brevemente MDB, que conta com o apoio da sua nora Deputado Janaina Riva, do Grupo do DEM liderados pelos irmãos Jaime e Julio Campos,do Grupo do PSDB de Nilson Leitão, pelos Prefeitos de Cuiabá Emanuel Pinheiro, V.Grande Kalil Baracat,e de Rondonopolis o José Carlos do Pateo, e pelos Universitários, em especial pelo Mato-grossenses ,já o Gaúcho Nery Geller, vai ter apoio da turma do Agronegocios e da turma da Botina. É uma briga de cachorros grandes e de raças...kkkkkk

  • Caio junior | Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 12h26
    2
    6

    Só gente da melhor calidad 🤣🤣

  • Fernando Silveira | Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 11h44
    13
    4

    Neri Geller é de Lucas do Rio Verde, e lá ele não ganha nem para síndico de condomínio. Em Lucas e região ele está mais queimado do que pó de brasa. Tem que ter muito óleo de peroba, viu! Se ele se candidatar e receber votos, com certeza será de outras regiões de Mato Grosso, porque de onde ele é, o povo conhece muito bem o oportunismo barato desse indivíduo.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2678