Blog do Romilson Cuiabá, 01 de Dezembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Jayme cobra compromisso de Wilson

20/01/2010, 08h:30 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

 Fernando Ordakowski
 


Jayme Campos mantém projeto ao governo e espera ter apoio do tucanato se vir a superar Wilson nas pesquisas

  O senador Jayme Campos se empolgou com o projeto ao governo estadual e, em reunião com seus principais assessores, avisou que se aparecer ao menos com 0,1% na dianteira nas pesquisas de intenção de voto sobre o seu aliado Wilson Santos (PSDB) vai exigir que seu nome seja definido como candidato do grupo ao Paiaguás. Lembra que ambos firmaram um acordo para, a partir de pesquisas a serem feitas entre março e abril, o nome que aparecer na liderança vir a ser escolhido, com o compromisso de quem ficar em desvantagem estar presente no palanque, de modo a consolidar a aliança DEM-PSDB-PTB. Hoje a vantagem seria de Wilson mas, por conta do desgaste político sobre os ombros do tucano, o democrata começou a reagir nas pesquisas.

   Por mais que os grupos de Jayme, ex-prefeito de Várzea Grande, e Wilson, ex-deputado estadual e ex-federal, tentem passar borracha no passado marcado por embates políticos duros, as trocas de acusações entre ambos são constamente lembradas, o que provocam temor de haver desgaste. Nos anos 1990, Wilson era deputado estadual e fazia oposição a Jayme, que foi governador de 91 a 94. Agora, a oito meses das eleições gerais, os dois grupos já discutiram até a possibilidade de se distanciarem para, somente num eventual segundo turno, se unirem. Entendem que essa separação traria menos desgaste e forçaria, pela primeira vez, uma eleição para governador em dois turnos em Mato Grosso. Estão temerosos com rejeição nas urnas, como aconteceu em 1998, quando Júlio Campos e Carlos Bezerra, até então inimigos políticos, levaram o velho PFL (hoje DEM) e o PMDB a uma aliança majoritária que acabou derrotada.

   Além de Wilson e Jayme, são pré-candidatos à sucessão de Blairo Maggi o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e o empresário Mauro Mendes (PSB). Corre por fora o juiz federal Julier Sebastião da Silva. O prefeito cuiabano decidiu fazer pesquisas internas, independente do DEM, para monitoramento de sua pré-candidatura, de modo a saber a evolução dos percentuais de intenção de voto. Jayme tem feito o mesmo. Constantemente ambos se reúnem, discutem estratégias e afinam o discurso contra o governo Maggi. No fundo, cada um demonstra possuir carta na manga. Enquanto não chegam as convenções partidárias de junho, partidos e seus líderes prosseguem mergulhados nas articulações de bastidores.

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Daniel Miranda | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 19h46
    0
    0

    Com coisa que nao ha corrupcao no governo BM. a diferenca é que ele na deixa ser filmado.

  • NETO CAMPOS | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 15h32
    0
    0

    Caros comentaristas, a solução dos problemas de Cuiabá está em o Prefeito Nomear o Sr. Paulo Cesar como Secretário, porque ô sujeito que sabe de tudo, dizer que as obras em Pernambuco estão paradas e outros lugares,este sujeito deve estar é recebendo da Prefeitura para ficar criticando os comentários dos leitores contra o Prefeito Wilson Santos também conhecido como"Pinóquio". Ou talvez ele seja o único que sabe de tudo!!!!! Vaio procurar sua turma rapaz.

  • CARLOS ALBERTO | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 08h57
    0
    0

    CONTINUO APOSTANDO,,,,SILVAL BARBOSA...NEM PARA COVEIRO DE CEMITÉRIO,,O HOMINHO RUIM DE VOTO...SAI FORA COM ESSE CARA QUE QUER DIVIDIR O MEU AMADO MT.....QUERO TE VER NO BARAO DE MELGAÇO A FORA....

SENADO

Candidatos com gastos acima do limite correm pra fazer adequações

Por 01/12/2020, 19h:24 - Atualizado: 2min atrás

carlos favaro 680

Alguns candidatos à eleição suplementar ao Senado correram desesperados para o TRE-MT, solicitando retificação dos valores de receitas e despesas, que ultrapassaram o limite permitido de R$ 3 milhões.

Postar um novo comentário

CARTÓRIOS ACUMULADOS

A "Senhora dos 4 Cartórios" que se destaca no Judiciário

Por 01/12/2020, 17h:29 - Atualizado: 01h atrás

niuara ribeiro 680

Além das desembargadoras Maria Helena Póvoas e Maria Aparecida Ribeiro, que vão comandar o Tribunal de Justiça a partir do próximo ano, como presidente e vice, respectivamente, uma outra mulher vem se destacando no Judiciário em atividade de comando.

Postar um novo comentário

CAMPANHA AO SENADO

Fernanda gasta R$ 6 mi, sendo R$ 371 mil do bolso; Pivetta, R$ 608 mil

Por 01/12/2020, 14h:17 - Atualizado: 05h atrás

rubia fernanda 680

A coronel PM Rúbia Fernanda, massificada na campanha como "senadora do Bolsonaro", gastou oficialmente R$ 6,2 milhões na campanha suplementar de 15 de novembro, da qual saiu em segundo lugar, com 293.362 votos.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Geraldo | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h28
    0
    0

    Geraldo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • marta | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h11
    6
    1

    essa ai é peao de brasilia, só recebe ordens sem personalidade alguma ate fica feia com isso.

  • Luciano | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 15h34
    5
    1

    Que coisa ridícula essas fotos fazendo arminha...

2º TURNO EM CUIABÁ

Equipe de Botelho ajuda na virada histórica de Emanuel

Por 01/12/2020, 10h:45 - Atualizado: 08h atrás

eduardo botelho 680

A equipe do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM), foi decisiva no reforço à campanha de Emanuel Pinheiro no segundo turno.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • marcos | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h09
    2
    0

    esse botelho se acha o ultimo biscoito do pacote, daqui a pouco vai querer ser conselheiro ou governador.

  • PAULO | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 14h50
    9
    0

    Agora todo mundo apoiou. Saiam na rua. Ninguém votou no Abílio. Não sei como conseguiu quase 120.000 votos. Até Mauro Mendes daqui a pouco vai dizer que nunca chamou Emanuel de ladrão. Botelho ainda tem sua base mas Adrien me poupe.

  • RENATA | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 14h44
    9
    1

    Agora, todos que ficaram em cima do muro, dizem ter feito campanha para Emanuel. kkkk

PREOCUPAÇÃO

Com quadro de Covid-19, secretário de Saúde de MT está na UTI

Por 30/11/2020, 23h:49 - Atualizado: 30/11/2020, 23h:54

gilberto figueiredo 680

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, deu entrada nesta segunda à noite no Hospital Femina, na Capital, e foi levado direto para UTI.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Marlete Silva da Cruz | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 12h27
    0
    2

    A união do grupo do Deputado Botelho fez a diferença, o grupo não parou momento nenhum!

  • realista | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 12h05
    4
    0

    Consta que esse senhor teve Covid em julho passado. Será que foi reinfectado? http://www.mt.gov.br/-/14762021-secretario-de-saude-testa-positivo-para-covid-19-e-vai-para-isolamento

  • mel | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 08h57
    9
    1

    engracado é que quando um paciente normal vai a qq unidade de saude, faz exames e apresenta comprometimento de pulmao de 25% ninguem encaminha ele para UTI mas sim para casa. Estranho neh, bom ser amigo do rei!

FORÇA DOS SERVIDORES

De onde partiu o trunfo para a virada histórica de Emanuel

Por 30/11/2020, 18h:51 - Atualizado: 30/11/2020, 18h:56

antonio wagner 680

Foi a partir da articulação do Fórum Sindical, sob as lideranças de Antonio Wagner Oliveira, o doutor Wagner, de Oscarlino Alves e de Edmundo César Leite, que se construiu a virada de Emanuel Pinheiro em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Salomao | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h17
    2
    2

    Cuiaba vai eleger Silval Barbos em 2022! Se paletó pode, por silval nao.

  • João da Silva | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h17
    2
    0

    Seja dono da sua boca para não ser escravos das suas palavras,isso que tenho a dizer ao Abílio , o maior pecado a língua !

  • Aldo | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 13h21
    8
    1

    Em 2022, precisamos unir todas as forças, para que todos os servidores da ativa e aposentados, trabalhar também com os servidores municipais, de todos os para impedir que esse governador continue fazendo maldades com os servidores. Ele quer fazer os servidores pagar toda a conta, quando os grandes responsáveis por essa conta alta é deles mesmos.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2635