Blog do Romilson Cuiabá, 19 de Abril DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Jayme cobra compromisso de Wilson

20/01/2010, 08h:30 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

 Fernando Ordakowski
 


Jayme Campos mantém projeto ao governo e espera ter apoio do tucanato se vir a superar Wilson nas pesquisas

  O senador Jayme Campos se empolgou com o projeto ao governo estadual e, em reunião com seus principais assessores, avisou que se aparecer ao menos com 0,1% na dianteira nas pesquisas de intenção de voto sobre o seu aliado Wilson Santos (PSDB) vai exigir que seu nome seja definido como candidato do grupo ao Paiaguás. Lembra que ambos firmaram um acordo para, a partir de pesquisas a serem feitas entre março e abril, o nome que aparecer na liderança vir a ser escolhido, com o compromisso de quem ficar em desvantagem estar presente no palanque, de modo a consolidar a aliança DEM-PSDB-PTB. Hoje a vantagem seria de Wilson mas, por conta do desgaste político sobre os ombros do tucano, o democrata começou a reagir nas pesquisas.

   Por mais que os grupos de Jayme, ex-prefeito de Várzea Grande, e Wilson, ex-deputado estadual e ex-federal, tentem passar borracha no passado marcado por embates políticos duros, as trocas de acusações entre ambos são constamente lembradas, o que provocam temor de haver desgaste. Nos anos 1990, Wilson era deputado estadual e fazia oposição a Jayme, que foi governador de 91 a 94. Agora, a oito meses das eleições gerais, os dois grupos já discutiram até a possibilidade de se distanciarem para, somente num eventual segundo turno, se unirem. Entendem que essa separação traria menos desgaste e forçaria, pela primeira vez, uma eleição para governador em dois turnos em Mato Grosso. Estão temerosos com rejeição nas urnas, como aconteceu em 1998, quando Júlio Campos e Carlos Bezerra, até então inimigos políticos, levaram o velho PFL (hoje DEM) e o PMDB a uma aliança majoritária que acabou derrotada.

   Além de Wilson e Jayme, são pré-candidatos à sucessão de Blairo Maggi o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e o empresário Mauro Mendes (PSB). Corre por fora o juiz federal Julier Sebastião da Silva. O prefeito cuiabano decidiu fazer pesquisas internas, independente do DEM, para monitoramento de sua pré-candidatura, de modo a saber a evolução dos percentuais de intenção de voto. Jayme tem feito o mesmo. Constantemente ambos se reúnem, discutem estratégias e afinam o discurso contra o governo Maggi. No fundo, cada um demonstra possuir carta na manga. Enquanto não chegam as convenções partidárias de junho, partidos e seus líderes prosseguem mergulhados nas articulações de bastidores.

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Daniel Miranda | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 19h46
    0
    0

    Com coisa que nao ha corrupcao no governo BM. a diferenca é que ele na deixa ser filmado.

  • NETO CAMPOS | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 15h32
    0
    0

    Caros comentaristas, a solução dos problemas de Cuiabá está em o Prefeito Nomear o Sr. Paulo Cesar como Secretário, porque ô sujeito que sabe de tudo, dizer que as obras em Pernambuco estão paradas e outros lugares,este sujeito deve estar é recebendo da Prefeitura para ficar criticando os comentários dos leitores contra o Prefeito Wilson Santos também conhecido como"Pinóquio". Ou talvez ele seja o único que sabe de tudo!!!!! Vaio procurar sua turma rapaz.

  • CARLOS ALBERTO | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 08h57
    0
    0

    CONTINUO APOSTANDO,,,,SILVAL BARBOSA...NEM PARA COVEIRO DE CEMITÉRIO,,O HOMINHO RUIM DE VOTO...SAI FORA COM ESSE CARA QUE QUER DIVIDIR O MEU AMADO MT.....QUERO TE VER NO BARAO DE MELGAÇO A FORA....

REPASSES FEDERAIS

Bolsonaro cita verbas "robustas" para MT; senador pede informações

Por 18/04/2021, 14h:39 - Atualizado: 18/04/2021, 14h:39

jair bolsonaro 680

O Governo Bolsonaro, que ainda não abriu o orçamento deste ano, tem feito propaganda de números robustos de repasses em 2020 para Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Elson Oliveira | Domingo, 18 de Abril de 2021, 22h24
    0
    0

    Falou tudo, Citizenchip!

  • Citizenship | Domingo, 18 de Abril de 2021, 15h17
    16
    2

    1. O quadro indica repasses para o Governo Estadual e para os governos municipais. 2. O quadro inclui na conta os repasses às pessoas: Bolsa Família, BPC e o auxílio emergencial que pagava R$ 600,00 durante o ano passado. 3. O quadro considera suspensão da cobrança de dívidas como repasses. Houve postergação de pagamento, mas não abatimento do saldo devedor. RESUMO: Produzir informações desse tipo dissemina confusão e estimula conflitos políticos onde não há nenhum motivo para que exista. Informação deve ser verdadeira, mas também divulgada com responsabilidade e coerente, com a descrição devida da natureza das coisas.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Cáceres gasta quase R$ 500 mil na compra de 5.460 cestas básicas

Por 18/04/2021, 07h:58 - Atualizado: 18/04/2021, 08h:03

fabiola campos caceres 680

A prefeitura de Cáceres, sob Eliene Liberato, vai comprar 5.460 cestas básicas para distribuir gratuitamente a famílias em vulnerabilidade socioeconômica neste período de pandemia.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Sandra Furlan | Domingo, 18 de Abril de 2021, 19h40
    2
    0

    Qual é a estratégia do ser,ou melhor ,qual foi a estratégia no início da pandemia,acorda povo.

  • Victor | Domingo, 18 de Abril de 2021, 18h12
    4
    1

    Se não fosse a PM e o Rotary com suas ações sociais a população estaria passando fome.

  • Sônia Campos | Domingo, 18 de Abril de 2021, 12h21
    5
    2

    Cáceres recebeu 34 milhões para a Covid-19! Mais quebrar a economia! Provocaram desemprego! Quebrou a cidade! Agora vem com cesta básica????

MODAL DE TRANSPORTE

A luta ignorada de Vuolo pra ressuscitar VLT

Por 17/04/2021, 14h:07 - Atualizado: 17/04/2021, 14h:09

vicente vuolo 680

Mesmo com a decisão oficial do governador Mauro Mendes de enterrar de vez a ideia de retomar as obras do VLT e, sim, de implantar o BRT na Região Metropolitana, o servidor do Senado, Vicente Vuolo, segue na luta incansável, desgastante e isolada de ressuscitar o tal metrô de superfície.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Hernan Escudero | Domingo, 18 de Abril de 2021, 20h59
    1
    0

    Discordo q esteja sendo ignorado!, pois muitos de nos cuiabanos e varzeagrandenses! Estamos tda aguardando o posicionamento do MpF e a da Justica federal

  • João Vicente Latorraca | Domingo, 18 de Abril de 2021, 16h16
    1
    1

    A decisão do governador não teve e nunca terá respaldo técnico. Se tivesse, a viabilidade do VLT estaria estampada. Ele sabe disso. Isso é fortemente sustentado pelo fato dele correr do debate. Assume uma postura autoritária para tentar provar a eficácia de suas decisões. Não é difícil imaginar os motivos para ele querer o BRT. Tirem suas conclusões. Parabéns Vicente, sua luta não será em vão. Força 💪

  • Augusto de Oliveira Santos | Domingo, 18 de Abril de 2021, 07h55
    4
    6

    A Concesao ao Olacir de Moraes, travestida de desenvolvimento para o estado, foi um presente de ouro para os operadores: financiada com dinheiro publico e criando uma reserva de mercado para apenas UMA empresa poder operar nos trilhos públicos, criamos um sistema que esfola o setor produtivo de MT e nao quer concorrência. O VLT seria mais disso: dinheiro público pra enriquecer um privilegiado operador privado.

VENDA DE QUOTAS

Hotel turístico em Poconé vai a leilão

Por 17/04/2021, 08h:32 - Atualizado: 17/04/2021, 13h:21

transpantaneira 680

O Banco Rural de Investimentos S/A, que teve a sua liquidação extrajudicial encerrada pelo Banco Central em janeiro deste ano, fará leilão público extrajudicial do Hotel Fazenda Rio Pixaim, localizado no KM 62 da rodovia Transpantaneira, na zona rural de Poconé.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Nomark | Sábado, 17 de Abril de 2021, 22h42
    0
    0

    Nomark, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INCONSTITUCIONALIDADE

Vetado projeto aprovado pela AL sobre proibição de corte de energia

Por 16/04/2021, 18h:41 - Atualizado: 16/04/2021, 18h:45

al assembleia fachada 680

Vista do prédio da Assembleia Legislativa, cujos deputados aprovaram, em vão, o projeto de proibir corte de energia

O barulho de alguns deputados, ao massificar divulgação de que aprovaram projeto para proibir corte de energia elétrica durante a pandemia, só serviu mesmo para atender, por alguns instantes, a seus interesses políticos.

Postar um novo comentário

DUPLO COMANDO

Os Mauro do Palácio Paiaguás

Por 15/04/2021, 21h:12 - Atualizado: 15/04/2021, 21h:12

mauro carvalho mauro mendes 680

Mauro Mendes tem repetido, nas conversas de bastidores, que o Estado passou a ser governado por dois Mauro, ele próprio e o amigo de longa data, o também empresário Mauro Carvalho, secretário-chefe da Casa Civil.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • JUSTO VERISSÍMO | Sábado, 17 de Abril de 2021, 11h07
    0
    0

    JUSTO VERISSÍMO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Alaercio Dinho | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021, 17h19
    6
    0

    Basta digitar no Google o nome do secretário da casa Civil e verás quem ele é Simples assim ! Valha-nos SENHOR !

  • ALEXANDRE | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021, 15h59
    5
    4

    è por aí mesmo. O primeiro ministro. Mas estão trabalhando por Mato Grosso, do jeito deles, mas estão.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2695