Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Operação

Maia convoca PMs para coordenar concurso sem dispensa do plantão

 Fernando Ordakowski 


Secretário-chefe da Casa Militar Alexander Maia opta por PMs para coordenação das equipes que aplicarão provas

   O governo do Estado está tomando tanta precaução para evitar repetir o fiasco na primeira tentativa, em novembro, de realizar o maior concurso público do país, que o coordenador do Comitê de Acompanhamento, secretário-chefe da Casa Militar, coronel Alexandre Torres Maia, resolveu convocar policiais militares e do Corpo de Bombeiros para coordenar equipes que vão aplicar as provas nas 161 instituições de ensino. O problema é que esses militares não foram dispensados do expediente de trabalho e, com isso, não têm tempo para se dedicar à nova incumbência. Eles vão receber R$ 400 a cada dia da prova. A primeira etapa do concurso acontece no próximo dia 31, quando 75.131 pessoas concorrem aos dois mil cargos de nível fundamental. As outras provas estão previstas para 21 de fevereiro e 31 de março. Ao todo, são 271 mil inscritos para 10.086 vagas no serviço público.

   O comandante-geral da PM, Campos Filho, enviou ofício na última semana aos comandantes regionais em que informa a necessidade de convocação dos policiais. A partir de então, começou uma verdadeira corrida contra o tempo. Cada policial militar, agora também na função de coordenador, é obrigado a apresentar a lista com todos os fiscais até esta semana. Na relação, constam desde faxineiro a profissionais que ficarão dentro das salas de aula.

   Há escolas de maior porte, por exemplo, em que há necessidade de 50 fiscais. Cada um receberá R$ 120 por dia de trabalho. Apesar do dinheiro extra, os policiais militares estão apreensivos. Temem imprevistos na aplicação das provas. A responsabilidade é grande e eles não foram dispensados das atribuições diárias. Mesmo assim, devem organizar tudo e entregar a lista de fiscais nesta semana.

   Parte da corporação não topou a incumbência num primeiro momento sob alegação de excesso de serviço nos próprios comandos regionais. Os que confirmaram o interesse em trabalhar no concurso ficaram amedrontados depois que passaram por uma palestra em que foram informados sobre a responsabilidade que estavam assumindo. Na presença dos comandantes, os subordinados cochicham entre si, mas dificilmente têm coragem e autonomia suficientes para anunciar a desistência. “Pessoal, isso e muito sério, quem não tem espírito de liderança, quem não tem tempo, quem não quer trabalhar com isso, já fala agora!”, disse um dos comandantes. Acuados, nenhum dos militares ousou desistir. Em verdade, se sentem obrigados a participar.

   A súbita convocação dos policiais militares a duas semanas das provas deve-se ao fato da maioria dos funcionários da rede estadual de Educação estar em recesso. Neste período, apenas diretores e secretários das escolas são encontrados. Ao todo, são 162 instituições de ensino, distribuídas em 17 cidades-pólos. Desse montante, 68 estabelecimentos estão localizados na capital e 29 em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • sebastiao | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 22h46
    0
    0

    é muito peitudo esse maia,isso q da blairo da carta branca pra ele e nowack,coloco campos filho pra baixo do ralo de fossa,se ele faz isso com a pm,coitado do corpo de bombeiros,é vai sobra pro praça,azm.....,só lamento.

  • Malu | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 21h32
    0
    0

    Mais uma vez o escudo do governador,a pm, é utilizada pela tática dos "espertos" genro "nocaki" e manda-chuva "maias", com apoio do cmt geral ficticio com sua tatica segura comando, vao usar os pm's alvos fáceis de ministerios publicos e sociedade em geral, para serem bois de piranha, caso fracassem culpa dos pm's que trabalharam, caso tenham exito, os louros da vitoria irao para os fantoches, ou melhor "fiéis" escudeiros...Francamente, quem sabe vc Romilson, que nao é da corporação e nao pode ser punido possa nos defender ou ao menos manifestar algo.Como tem acontecido, que DEUS nos ajude em mais essa batalha, que alem de "enxugar" gelo, temos que coordenar ou tampar o sol com a peneira.

  • Junior | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 18h24
    0
    0

    Muita petulancia isso!!! Sobrou para a PM! Blairo prevendo um novo fiasco, ja elegeu o bode expiatório, a Gloriosa PM(nao aquela de Maia, campos Filho, nowacki, etc), mas a PM do Sd Dito, Cb mané que trabalham com risco da própria vida para manter o status de pseudo militares inoperantes e bajuladores, que nunca sairam a rua e desconhecem a realidade... MAS este ano tem eleição meu povo!!! O TROCO ta chegando... Quem ri por ultimo ri melhor...

  • Paulo Mattos | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 13h37
    0
    0

    Depois dizem que a gente só sabe criticar. Mas o deslumbrante e deslumbrado Comandante em Chefe da Casa Militar, com todos os seus poderes outorgados pelo Governador Blairo Maggi, e do alto de seu infinito e incontestável poder de comando, convocou os Policiais militares que não estão sob o seu comando para prestarem os seus serviços no Concurso Público Militarizado que será realizado em nossa Capital. Sem nem mesmo pedir permissão ao suposto Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Campos Filho que, se subalternizando, atendeu prontamente à determinação do impoluto Comandante em Chefe da Casa Militar. Só gostaria de saber: quem realmente é o Comandante da Polícia Militar, o Chefe da Casa Militar ou o senhor Comandante Geral ?

  • Thays | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 12h46
    0
    0

    Porque não convocar os militares da reserva para trabalharem no concurso, coitados dos militares da ativa, o tempo da escravidão ja acabou, vamos acordar senhor Governador.

  • marisa | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 10h42
    0
    0

    Ou não tem praça trabalhando nisso não é só oficial.Vcs acham que eles não gostaram de ganhar 400 no dia.KKKKKKKKKKKKK.

  • Orlandir CAvalcante | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 10h22
    0
    0

    Nada contra.... quer dizr que seriedade é quando militares assume processo de aplicação de Provas? NA verdade os militares estão sendo convocados é porque niguem quer ser fiscal depois do calote que o governo deu nos que trabalharam.... conheço colegas da educação que não querem nem ouvir falar em trabalhar......

  • IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 09h51
    0
    0

    PARABENS PELA MATERIA ROMILSON, MAIS VAMOS TECER ALGUNS COMENTÁRIOS AQUI, LA VAI: NOSSA A UNEMAT RECEBEU 15 MILHOES PARA REALIZAÇÃO DO CONCURSO.NAO CONSEGUIU, SEQUER DEVOLVERAM A GRANA...AGORA O BOTINUDO USA A POLICIA QUE SEQUER DÁ CONTA DE ATENDER AS OCORRENCIAS POLICIAIS (EXEMPLO: NO DIA EM QUE VC SOFREU UMA TENTATIVA DE ASSALTO) A PM DEIXOU A DESEJAR, PARA COORDENAR O CONCURSO,

  • Junior | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 09h28
    0
    0

    Poderemos ter o seguinte: soldado PM numa sala de prova no Presidente Médice e também de plantão - Atenção senhores!!! Aqui está o envelope contendo as provas, verifiquem que "o mesmo" está lacrado ...; RÁDIO DO CIOSP - atenção unidades na nas proximidades da Av Mato Grosso, assalto em andamento, três individuos armados invadiram a farmácia na esquina da Av MT com Rua Manoel Leopoldino... O resto é por conta da imaginação de cada um! Por que será que o militarismo tem sempre uma forte queda pela falta de bom senso?

  • Junior | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 09h18
    0
    0

    É a idiossincrasia militar e estatal: primeiro não afastaram o rato do queijo (UNEMAT DA PROVA); agora querem que soldados estejam em dois lugares ao mesmo tempo. Será que a preparação dos militares será feita em Hogwarts? Harry Potter que se cuide!!! Esse negócio vai dar errado de novo!!!

RUMO À REELEIÇÃO

Com 13 siglas e podendo atrair o PSL

Por 20/10/2019, 20h:41 - Atualizado: 20/10/2019, 21h:50

emanuel pinheiro deputados 680

Emanuel com os deputados Sílvio Fávero (PSL), Paulo (PP), Avalone (PSDB), Janaína (MDB) e seu esposo Diógenes

A um ano das eleições, o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro já conta com apoio pré-estabelecido ao projeto de reeleição de nada menos que 13 partidos. E tende a aglutinar outros, inclusive o PSL do presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maria F. Albuquerque | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h16
    0
    0

    Desse jeito vai ganhar no primeiro turno. Até agora não apareceu adversário à altura para derrotar Emanuel. Juntando todos os pré-candidatos da oposição não dá um.

  • Claudiomario | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h31
    2
    2

    Neste quase três anos de mandato, o prefeito tem conseguido vencer as demandas, e tem buscado recursos pra continuar viabilizando esforços respeitando todas as possíveis diferenças politicas e partidárias que possam existir, , tudo dentro da normalidade!!

  • Pedro luis | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h59
    8
    6

    Se o eleitor Cuiabano votar no Emanuel, mesmo depois de vídeo do paletó, estará demonstrado que o eleitor não se importa com corrupção, e quem tem atitudes duvidosas é aplaudido. Estará demonstrando também que corrupção não é problema, que não se importa. Estará provado ao mundo que é um exemplo de eleitor, que vota sem se importar com a índole do candidato.

SOB INVESTIGAÇÃO

Promotor denunciado segue do Núcleo de Patrimônio e Probidade

Por 20/10/2019, 10h:44 - Atualizado: 20/10/2019, 13h:37

marco aurelio 680

Denunciado criminalmente pelo MPE por quebra de segredo de Justiça, após investigações do Naco, o promotor Marco Aurélio, ex-coordenador do Gaeco, não deve ser afastado do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

Postar um novo comentário

RUMO AO ALENCASTRO

Sem espaço no PDT, Julier sinaliza retorno ao PT para disputar Cuiabá

Por 19/10/2019, 10h:32 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:39

julier ludio pt 680

Petistas, entre eles o deputado Lúdio Cabral e presidente municipal Bob Almeida, após reunião com Julier, nesta 6ª

De um lado, um partido sem opção de candidatura a prefeito de Cuiabá. De outro, um ex-candidato sufocado e sem espaço na legenda onde está filiado desde dezembro de 2015.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h32
    3
    2

    Sai de um pequeno partido no Estado para um partido inexistente com o peso de ter patrocinado o maior esquema de desvios da história.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h05
    7
    0

    Dr Julier o senhor pode não gostar do meu comentário, mas vou falar, abra mão de candidatura a prefeitura, pois pessoas maldosas lhe tirou da magistratura, e comece do começo, candidate a vereador, com certeza o senhor será eleito, daí pra frente só depende de você. Vai por mim.

SEM RESPALDO

Barbudo agora terá de sobreviver politicamente longe de Bolsonaro

Por 18/10/2019, 18h:24 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:55

nelson barbudo 680

Embora esteja no início do mandato, Nelson Barbudo, o mais votado em 2018 junto ao eleitorado mato-grossense à Câmara Federal, enfrenta agora um grande desafio, o de sobreviver politicamente desgarrado de Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Paulo | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h20
    8
    0

    Esse senhor Barbudo é um falastrão. Com o apoio do presidente já não servia pra muita coisa, sem o apoio é que não serve mesmo pra nada. Como pode dar as costas pro presidente que o elegeu? Se não fosse o Bolsonaro esse homem tirava 200 votos e olhe lá.

  • jose carlos | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 08h44
    3
    1

    Aconselho este deputado a continuar ouvindo seu assessor Dal...B.... que assim ele vai longe , alto taquari

  • Frank Sabiá | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 14h50
    16
    0

    Como que MT elege um Urtigão desses ? Todos foram na Onda do Bolsonarismo, agora o maior beneficiado cospe no prato que comeu.

  • Angelo | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 10h02
    5
    11

    O presidente fraude anti-Brasil nunca abandonará barbudo ... ele sempre terá lugar cativo no lado esquerdo ... no lado esquerdo da bolsa escrotal do psicopata ... ele de um lado e Medeiros de outro...

  • Salas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 08h52
    12
    1

    Deputadinho “marca fraca”, sempre foi ridículo e se acha, agora vai pra vala.

  • Lucas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 05h15
    20
    0

    Esse Barbudo que nem sei de onde surgiu. E blm colocar a barba o bigode o chapeu a botina de molho. Quis fazer gracinha. Virou traira tambem. Agora vai ter que rebolar p se manter

  • alexandre | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 20h21
    16
    1

    quem era o PSL , antes do Bolsonaro ? vai voltar para o ostracismo...

  • GILMAR DE PAULA | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 15h59
    26
    0

    O Barbudo , se continuar nesse "lero lero", aventando possível candidatura a prefeito de Cuiabá e participando de conluios com os camundongos famintos do PSL terá, no futuro, uma difícil campanha para vereador em Alto Taquari, com chances reais de fragorosa derrota.

  • Benedita da Silva | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 13h39
    18
    1

    Muito cacique pra pouco índio, e agora Barbudo ficou, não só com as barbas de molho, como num mato sem cachorro. E não fez um ano de mandato, a lojinha do PSL pegando fogo.

  • Joacir Gimene de Lima | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 12h57
    12
    6

    Depressão à vista.....Falta o Mouro. 🤔🤔

TRANSIÇÃO

MTI vai à extinção e a tecnologia do governo ficará sob empresa privada

Por 18/10/2019, 13h:03 - Atualizado: 18/10/2019, 18h:34

mti 680

O governador Mauro Mendes vai mesmo extinguir a Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - antigo Cepromat). O processo anda a passos largos.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • jose renato | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h46
    1
    0

    Não serve para nada essa MTI.

  • Luiz Junior | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 17h47
    15
    1

    A MTI presta tem uma excelente infraestrutura de rede com equipe de primeira linha para manutenção da rede e uma excelente equipe de desenvolvimento. Possui uma excelente equipe para fazer o diferencial pena que passou por gestões que sucateou a empresa.

  • Silva Marcondes | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 17h04
    7
    24

    Melhor coisa, sou servidor do estado a muitos anos e nunca vi essa empresa prestar um bom serviço, cobrando sempre absurdo, salários altíssimos, todos reclamam. Não generalizando, tem alguns ótimos profissionais, mas infelizmente os bons levam a fama dos ruins. Parabéns Governador!!!

  • Homem da verdade | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 16h50
    24
    0

    O governador achou uma forma de legitimamente captar/pagar fundos de campanha. A ábaco vai pagar um salário absurdo para manter o que existe hoje funcionando e o Estado que vai pagar.... achando ainda que está fazendo coisa boa.

  • Almyr souza vieira | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 16h36
    17
    1

    Em epoca de interesses, o estado deixou de ser um servidor social de seu povo, agora´a saída e privatizar para obter lucro de quem e para quem? na politica tudo é possivel, quando ha interesse oportuno...!

  • Alberto | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h19
    7
    39

    Demorou. Maior parte dos serviços da MTI já são contratados da iniciativa privada, acabando o governo pagando mais caro. Então demita esse pessoal e a iniciativa privada contrata, e ainda agrada o parça da Ábaco.

  • Mr. Santos | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h16
    36
    6

    MTI nunca cruzou os braços para o estado.

  • GOIANO | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h11
    1
    2

    GOIANO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joao grandao | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h06
    1
    2

    joao grandao, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h00
    40
    3

    Phust.. de novo com esta conversa...deixa a mti em paz gov.

PRÁTICAS CRIMINOSAS

Denunciado pelo MPE, promotor já é processado por desembargador

Por 17/10/2019, 20h:02 - Atualizado: 17/10/2019, 20h:08

marcos machado 680

O próprio Ministério Público Estadual concluiu, em investigação conduzida pelo NACO, que o ex-chefe do Gaeco, promotor Marco Aurélio de Castro, expôs, de forma criminosa, o desembargador Marcos Machado, que integrou os quadros do MPE por mais de 20 anos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Crítico | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h24
    5
    3

    FALAR A VERDADE É CRIME OU INVERSAO DE VALORES!

  • Crítico | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h24
    2
    3

    FALAR A VERDADE É CRIME OU INVERSAO DE VALORES!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2437