Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Palácio Paiaguás

Por cargos, "notáveis" do PMDB já têm lista para apresentar a Silval

Ex-deputado Nico Baracat   Há 20 anos sem conquistar a principal cadeira do Palácio Paiaguás e com sede de poder, peemedebistas liderados pelo cacique Carlos Bezerra já definiram ate uma lista de "notáveis" e filiados históricos para apresentar a Silval Barbosa, que assume a cadeira de governador a partir de 31 de março, com a renúncia de Blairo Maggi (PR). Por mais que o vice-governador tenha mandado recado, no sentido de assegurar que não aceita interferência do seu partido e de nenhuma outra legenda, as pressões por cargos aumentam. Como Silval ponderou, por outro lado, que é natural que o seu partido venha ocupar alguma secretaria, os filiados se animaram por espaço na máquina e se articulam nos bastidores.

   O ex-deputado estadual e ex-vice-prefeito de Várzea Grande, Nico Baracat, é um dos que, nos bastidores e alheios à vontade de Silval, têm "mapeado" algumas das 24 secretarias. Ele não admite, mas seu próprio nome surge na lista como opção para a secretaria de Infraestrutura, mesmo com a decisão conjunta de Maggi e Silval de manter no cargo Vilceu Marchetti. Também são lembrados Luiz Antonio Possas de Carvalho, antigo advogado de Bezerra, inclusive para comandar a pasta da Fazenda. Trata-se de outra secretaria que Silval não pretende fazer mudança no primeiro escalão. Quer continuar com Eder de Moraes, que entrou até para a equipe de coordenadores de sua pré-campanha à sucessão estadual.

   Outro peemedebista que vive expectativa de integrar o staff de Silval é Aldo Romani, ex-secretário de Indústria e Comércio da gestão Bezerra, que foi governador de 87 a 90. Figura na lista como possível secretário de Administração. Recém-formado em Direito, Carlos Miranda, lotado no gabinete de Bezerra, se mostra afoito porque seu nome foi cogitado para conduzir a Casa Civil. O ex-superintendente do Incra-MT, advogado Elarmim Miranda, seria secretário de Justiça e Segurança Pública. Há outros nomes de peemedebistas como espécie de "cartas na manga" a serem apresentados ao futuro governador, como do também advogado Clóvis Cardoso, outro que já conduziu o Incra no Estado.

    A tendência é que Silval, que passou a ser cortejado por causa da perspectiva de poder, continue resistindo às pressões. Outros partidos tidos como aliados também começam a cobrar fatura. O peemedebista precisa estar com as atenções voltadas ao mesmo tempo para a composição do primeiro escalão, em meio a líderes afoitos por cargos, para a administração estadual em si e, ainda, para o projeto de reeleição.

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • Junior | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 00h13
    0
    0

    Junior, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • anamariasousamelo | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 08h41
    0
    0

    Bezerra, se encherga deixa Sival em paz.

  • Ze Cuiabano | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 06h41
    0
    0

    Bezerra...cai fora...Mato Grosso nao te quer mais...desconfia...vai trabalhar...chega de mamar nas tetas do povo...chega me dar um calafrio quando penso que esse sujeito pode voltar a comandar MT...seu governo foi um desastre...um governo de perseguiçao...Sinval, mantenha a atual equipe de Secretariado.

Articulação

Leitão busca convencer adversários a recuar da disputa para senador

Por 21/02/2020, 16h:25 - Atualizado: 02h atrás

Gilberto Leite

Leit�o-680-blog

O ex-deputado federal Nilson Leitão, que se articula para disputar a eleição suplementar ao Senado com aval das cúpulas Estadual e Nacional do PSDB,  está atuando nos bastidores para convencer outros candidatos a recuar. Com domicílio eleitoral em Sinop, o tucano argumenta que a Baixada Cuiabana e a região Sul já estão representadas  com  Jayme Campos (DEM)  e Wellington Fagundes (PL) e por isso, o Nortão precisa ocupar um das três cadeiras de senador por Mato Grosso.

Postar um novo comentário

NEGOCIATAS NA AL

Silval comemora delação de Riva

Por 21/02/2020, 07h:50 - Atualizado: 21/02/2020, 07h:53

silval barbosa 680

Silval Barbosa está comemorando a homologação do acordo de delação do ex-companheiro de militância dentro e fora da Assembleia Legislativa, José Riva.

Postar um novo comentário

DELAÇÃO

O acordo dos sonhos de Riva

Por 20/02/2020, 19h:13 - Atualizado: 21/02/2020, 07h:13

jose riva 680

José Riva está sorrindo para as paredes.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • marcia | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 19h47
    13
    0

    não vai ficar 1 dia na cadeia?

  • Cidadaomt | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 19h39
    11
    1

    Marcos Machado nao seria suspeito ó TJMT? Não teria que ter uma decisao do pleno????

ESTRATÉGIA

A jogada de Galli para levar Barbudo ao Senado e virar deputado de novo

Por 20/02/2020, 15h:32 - Atualizado: 20/02/2020, 15h:35

victorio galli nelson barbudo 680

Victorio Galli e Nelson Barbudo se reaproximam, após meses de divergências, instigados pela eleição ao Senado

Depois do Cidadania, agora é o Patriota quem vai bater a porta do TRE-MT para pedir alteração no prazo de filiação com vistas à eleição suplementar ao Senado marcada para 26 de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • REGINALDO PINHEIRO | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 15h08
    0
    1

    Barbudo faz bem em ficar na câmara, só por ele não torrar a montanha de dinheiro nosso, a que tem direito todo deputado e senador eleito. É um grande exemplo como um dos parlamentares que menos gasta para nos representar.

  • Airtão | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 21h16
    3
    0

    Barbudo não pode mudar de partido que perde o mandato de federal. Isso é só para aparecer na foto e blablabla.

  • Marcio Eça | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 18h23
    4
    2

    Nem Deus é de deixar isso acontecer.

CONTRA CANDIDATURA

O trauma de 2018 da família Nigro

Por 20/02/2020, 11h:32 - Atualizado: 20/02/2020, 11h:50

luis carlos nigro 680

A família Nigro que, entre os negócios empresariais, toca uma rede de hotéis, incluindo o Fazenda Mato Grosso, é radicalmente contra Luiz Carlos Nigro (PSDB) concorrer a prefeito de Cuiabá ou repetir 2018 como suplente de Nilson Leitão ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • NEI | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 12h51
    9
    1

    NIGRO NÃO SAIA FICA NA TUA SOU TEU AMIGO OS VEREADORES DO PSDB JÁ FECHARÃO COM EMANUEL

CENÁRIO CURIOSO

Criador e 3 criaturas ensaiam briga por cadeira de senador

Por 20/02/2020, 07h:40 - Atualizado: 19/02/2020, 23h:16

Mayko Toscano

pedro taques 680

Uma eventual candidatura de Pedro Taques ao Senado, em abril, pelo Cidadania, colaboraria para construção de um cenário bastante curioso. Juntariam o criador e ao menos três criaturas brigando por uma cadeira no Congresso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • nilton luis ferreira da silva | Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 08h38
    2
    0

    credo

  • FREITAS | Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 13h56
    2
    8

    E TOMARA QUE LEITÃO VOLTE A SER CANDIDATO...NORTÃO E O ESTADO DE MT PRECISA DE GENTE COMPROMETIDA COM NOSSO ESTADO E REGIÃO

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2495