Blog do Romilson Cuiabá, 11 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Articulação

Pré-candidato Silval quer secretário com perfil técnico para a Casa Civil

 Fernando Ordakowski

Silval Barbosa, pré-candidato do PMDB, assume o Paiaguás daqui a 2 meses e bate-cabeça para montar o staff

   O peemedebista Silval Barbosa vive um momento delicado e complexo de sua trajetória na vida pública, por mais que some a seu favor o bônus de alguém que se prepara para assumir a cadeira de governador em 31 de março. Com a engrenagem da máquina em movimento, ele precisa substituir quase todos os 22 secretários, presidentes e diretores de empresas e autarquias com a responsabilidade de não interrompê-la e de contemplar partidos aliados. Um dos pesadelos na montagem da equipe do pré-candidato do PMDB à sucessão estadual é a Casa Civil. O seu futuro articulador terá missão mais árdua que os demais.

    Caberá ao secretário-chefe da Casa Civil atuar como espécie de chefe do Executivo adjunto. Como trata-se de um ano eleitoral, quando serão escolhidos em outubro governador, deputados estaduais e federais, dois terços das cadeiras de senadores e presidente da República, o interlocutor do Palácio Paiaguás terá de contrapor os ataques da oposição e divulgar as ações não só do governo do qual faz parte, mas também das referentes aos sete anos e três meses do antecessor Blairo Maggi, pois é uma administração que propaga a continuidade. Silval tem definido alguns nomes para o staff mas, no caso da Casa Civil, vem batendo-cabeça. Não conta com um líder capaz de assumir as negociações políticas, como foi Luiz Antonio Pagot nos cinco primeiros anos do governo Maggi. É ele próprio quem faz esse papel. Ademais, não quer antecipar definição de membros do primeiro escalão para não confrontar Maggi.

    Aos aliados mais próximos, o hoje vice-governador adiantou que procura alguém com perfil mais técnico. Assim, ele próprio cuidará das articulações políticas. Chegou a essa conclusão após avaliar prós e contras. Se optar por um secretário mais político, projetos do âmbito administrativo e que exigem olhar mais técnico podem ficar prejudicados. Como é mais político, o peemedebista procura, então, alguém para substituir Eumar Novacki que tenha atuação mais técnica.

    Ainda patinando nas pesquisas, Silval deve crescer nas intenções de voto a partir de abril, quando estará à frente de um Executivo que emprega quase 100 mil servidores e detém um orçamento anual de quase R$ 9 bilhões. Por outro lado, carrega o desgaste de um governo que comanda o Estado desde janeiro de 2003. Além do ex-prefeito de Matupá e ex-deputado estadual, estão no páreo como pré-candidatos a governador o tucano Wilson Santos, prefeito de segundo mandato de Cuiabá, o empresário Mauro Mendes (PSB), que disputou e perdeu em 2008 o Palácio Alencastro, e o senador e ex-governador Jayme Campos (DEM).

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Bella Tucker | Quinta-Feira, 29 de Maio de 2014, 10h34
    1
    0

    Bella Tucker , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Paulo Teixeira | Sábado, 16 de Janeiro de 2010, 10h02
    1
    0

    Para associar perfil técnico com trânsito político e credibilidade, somado ao excelente relacionamento com o futuro governador, o melhor nome é sem dúvida RORIGUES PALMA.

  • Ivo Silva | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 21h27
    0
    1

    Ivo Silva, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

CARGO VITALÍCIO

Eis um cotado do Executivo pro TCE

Por 11/07/2020, 09h:23 - Atualizado: 58min atrás

rogerio gallo 680

Os rumores de que o secretário de Fazenda de Mato Grosso, Rogério Gallo, teria interesse em assumir uma vaga de conselheiro do TCE têm causado um desconforto na Assembleia Legislativa.

Postar um novo comentário

NOVO PARTIDO

Fracassa a busca por assinaturas em MT pelo Aliança de Bolsonaro

Por 10/07/2020, 12h:58 - Atualizado: 10/07/2020, 13h:03

bolsonaro 680

Apesar de fazer muito barulho e prometer juras de amor eterno a Jair Bolsonaro, os apoiadores do capitão ainda não conseguiram avançar com a colheita de assinaturas para o Aliança, partido que a família Bolsonaro pretende criar.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • joaoderondonopolis | Sábado, 11 de Julho de 2020, 08h43
    4
    1

    Puxa vida, conseguiram ainda muitas assinaturas, isto tudo são reflexos de se aliar aos bandidos, pois na campanha dizia ir contra a bandidagem, porém mudou de ideia, traindo assim os eleitores do país.

  • Alyrio Filho | Sábado, 11 de Julho de 2020, 08h26
    1
    4

    Mito 2022, estamos com ele....

  • Cleonice l s vieira | Sábado, 11 de Julho de 2020, 07h42
    1
    3

    Sei não nao 🙄tem algo errado aí 🙄😏Mato grosso é Bolsonaro com ctz

EM CUIABÁ

Relatório da CPI traz esperança a Niuan de se tornar prefeito

Por 10/07/2020, 12h:49 - Atualizado: 10/07/2020, 13h:02

niuan ribeiro 680

O vice-prefeito Niuan Ribeiro (Podemos) encheu-se de esperanças de se tornar prefeito interinamente com a decisão da CPI do Paletó, que hoje aprovou relatório paralelo, propondo afastamento  do prefeito Emanuel Pinheiro por seis meses.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Amaral antunes | Sábado, 11 de Julho de 2020, 07h12
    0
    0

    Amaral antunes, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ricardo | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 23h22
    1
    1

    Gostaria de fazer uma esclarecimento. No mês de fevereiro os governadores e perfeitos não podiam decretar quarentena por duas razões: a primeira, essa atribuição so foi conferida em abril de 2020 por decisão do STF; segundo e mais importante, na PL13.979 de 09 de fevereiro de 2020 de autoria do poder execultivo federal em seu art. 1° e no §1° do art.3°, fica claro e cristalino que no mês do carnaval não podia ser decretado quarentena. Logo fica fácil de afirmar que os governadores e prefeitos NÃO são culpados. Sendo assim, considerando que o presidente nunca, repito NUNCA foi favorável distanciamento social. Então ele é o único culpado.

NOS BASTIDORES

"Amarrações" para Max ir para o TCE

Por 10/07/2020, 10h:44 - Atualizado: 10/07/2020, 12h:32

max russi 680

Há uma forte movimentação nos bastidores que pode resultar na ida do deputado Max Russi para o TCE-MT.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Reginaldo | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h44
    4
    0

    Tai eleitor de MT, os donos do poder ajustam as peças no tabuleiro político onde, seja qual for o resultado, eles ganham, sabe por que? Porque contam com a certeza do nosso voto. Cabe a nós negarmos nossos votos a esses de sempre, o voto que eles mais precisam para concretizarem seus planos. Vamos dar um sonoro não, já nas eleições de novembro e nas eleições de 2022.

  • joao neto | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h33
    0
    0

    Não foi esse que deu um bola fora no botelho no caso AGER????? tOMA GOLLLLL

  • renato | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h15
    4
    0

    se ele soubesse o que tá por vir

CAMARA DE CUIABÁ

Relatório de Toninho à CPI do Paletó é pela absolvição do prefeito

Por 09/07/2020, 17h:57 - Atualizado: 09/07/2020, 18h:03

toninho de souza 680

O relatório de Toninho de Souza (PSDB) à CPI do Paletó, a ser apresentado amanhã na Comissão, é pela absolvição do prefeito Emanuel Pinheiro da acusação de que teria cometido infrações político-administrativas no episódio do vídeo em que aparece recebendo dinheiro, na época em que era deputado.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • JOHN GORDON RAMSAY | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 19h12
    0
    0

    A culpa com certeza deve ter sido do alfaiate que fez o paletó. Toma vergonha vereador vá a um oculista.

  • Luiz Esmael | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h51
    1
    0

    Um circo armado. Há cinco meses para fim do mandato Camara Municipal decide abrir CPI. Cobta outra piada. Vereadores nao merecem nenhum tipo de seriedade. Uma CPI leva quatro meses para ser concluida. E povo tratado como palhaco

  • Rubens | Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 11h47
    0
    4

    Tmj meu vereador Toninho de Souza.

PROCESSO ELEITORAL

Reitor da UFMT caminha livre à reeleição

Por 09/07/2020, 11h:29 - Atualizado: 09/07/2020, 11h:36

evandro 680 ufmt

Com a força do cargo e de uma máquina detentora de R$ 1 bilhão anual de orçamento, o reitor Evandro Aparecido Soares caminha livre para a reeleição na UFMT.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2569