Blog do Romilson Cuiabá, 01 de Dezembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Palácio Paiaguás

Problemáticas na segurança e saúde puxam para baixo governo Maggi

22/01/2010, 08h:32 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

    
Diógenes Curado, da Justiça e Segurança Pública, e Augustinho Moro, da Saúde, enfrentam dificuldades de gestão

  Com sete anos de mandato e a dois meses de deixar a cadeira de governador, Blairo Maggi conseguiu avançar em alguns setores, como na infraestrutura e na habitação popular, mas se mostrou capenga em outros, como na saúde e segurança pública. Por mais que destine fatia orçamentária, priorize qualificação e estrutura, esses dois segmentos representam sempre calcanhar-de-Aquiles para a administração pública. A sensação é que a onda de violência aumentou. Na saúde, a reclamação aponta para situação de caos.

    Precaridade nas unidades de saúde, falta de hospitais regionais, filas de pacientes que esperam por cirurgias há vários meses, aliado a epidemia de dengue, representam problemáticas que puxam o governo para baixo. Seus secretários se mostram impotentes ou, muitos vezes, inoperantes. Empurram com a barriga alternativas que poderiam melhorar esses setores. Sob Augustinho Moro, a saúde teve em seus cofres em 2009 um orçamento de R$ 706,3 milhões. Para este ano estão previstos R$ 750 milhões.

   Há reclamações, denúncias e manifestação sobre dificuldades de acesso dos usuários das ações e serviços de saúde. Em 2008, a Ouvidoria-Geral registrou 15 denúncias e 381 reclamações por causa de falta de consultas de especialidades, principalmente de ortopedia. A alegação é que faltam especialidades no SUS. Estoques de medicamentos não atendem a demanda, o que levam pacientes a recorrerem à Justiça. Faltam nos quadros da saúde profissionais como sapateiro, hansenólogo, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional. O quadro de servidores não é suficiente. Essa situação se agrava ainda mais porque 897 estavam cedidos para os municípios. A folha de pagamento custa R$ 35 milhões. Nos hospitais regionais, há tripla jornada de trabalho de alguns de seus servidores.

     A Segurança conta com um orçamento anual de R$ 618,9 milhões. Registra 5.842 militares. Destes, 74 estão cedidos a outros órgãos. Centenas atuam em funções burocráticas. Já existe autorização para elevar o quadro para 11,4 mil, mas as nomeações por meio de concurso público vêm sendo postergadas. O subsídio dos policiais varia de R$ 1,6 mil, no caso dos 3,4 mil soldados, a R$ 11 mil, pagos aos 18 coronéis. Toda a pasta emprega 286 em cargos comissionados. No sistema prisional são 1,5 mil servidores, entre técnicos, agentes, assistentes e auxiliares.. Destes, 417 são contratados. Quanto à frota, consta-se falta de planejamento. Diversos veículos não constam ou não possuem registro na base de dados do Detran. E, assim, seguem cheio de problemas setores essenciais da administração pública, enquanto a população sofre o reflexo negativo dessa engrenagem que vive travada.

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • JUDITE | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 08h17
    0
    0

    QUERO PARABENIZAR A RD NEWS POR TER A CORAGEM DE FALAR A VERDADE, AQUI PRA NOS FALTA SEGURANÇA, SAUDE, MAS SÓ NÃO FALTA FISCALIZAÇÃO DA SEFAZ EM NOSSOS PEQUENOS COMERCIANTES QUE ESTÃO SE SENTINDO ACHATADOS POR ESSE TAL EDER MORAES.

  • Ze Cuiabano | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 06h09
    0
    0

    O problema da Saude e Segurança em MT vem se arrastando ha varios anos e nao se pode creditar isso ao Blairo Maggi e, nenhum governo vai resolver isso num só governo; o problema da segurança publica nao se resume em aumentar policiamento, vagas em cadeias.

  • FLAVIO PINHO | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 04h19
    0
    0

    SEM COMENTÁRIOS, A DUPLA ITAMAR E TÁ PIOR NO ALGE DA GESTÃO, MAS SUCESSO GARANTIDO, SERIA COM O DE VITTO, AÍ SIM ESTARIA O TRIO PARADA DURA, CAMPEÃO EM INSUCESSO !!! ÊÊTA, É NÒIS DE TCHAPA E CRUX, TCHÊ !!!

SENADO

Candidatos com gastos acima do limite correm pra fazer adequações

Por 01/12/2020, 19h:24 - Atualizado: 01h atrás

carlos favaro 680

Alguns candidatos à eleição suplementar ao Senado correram desesperados para o TRE-MT, solicitando retificação dos valores de receitas e despesas, que ultrapassaram o limite permitido de R$ 3 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Kleber Gonçalves | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 20h05
    2
    0

    Vai ter que cassar esse senador tampão por uso de poder econômico foi dessa forma que eles armaro pra senadora Selma Arruda

CARTÓRIOS ACUMULADOS

A "Senhora dos 4 Cartórios" que se destaca no Judiciário

Por 01/12/2020, 17h:29 - Atualizado: 03h atrás

niuara ribeiro 680

Além das desembargadoras Maria Helena Póvoas e Maria Aparecida Ribeiro, que vão comandar o Tribunal de Justiça a partir do próximo ano, como presidente e vice, respectivamente, uma outra mulher vem se destacando no Judiciário em atividade de comando.

Postar um novo comentário

CAMPANHA AO SENADO

Fernanda gasta R$ 6 mi, sendo R$ 371 mil do bolso; Pivetta, R$ 608 mil

Por 01/12/2020, 14h:17 - Atualizado: 06h atrás

rubia fernanda 680

A coronel PM Rúbia Fernanda, massificada na campanha como "senadora do Bolsonaro", gastou oficialmente R$ 6,2 milhões na campanha suplementar de 15 de novembro, da qual saiu em segundo lugar, com 293.362 votos.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • joao marcos | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 19h49
    0
    1

    ENGRAÇADO BOLSONARO PREGA O NÃO USO DE FUNDO PARTIDARIO E OS FILHOS DELE DO REPUBLICANO NO RIO USANDO FUNDÃOOOOOOO AQUI A TENENTE CORONEL GASTOU OFICIALMENTE R$ 6,2 MILHÕES BANDO DE FALSO MORALISTA PELO MENOS O PT ROUBOU MUITO E ROUBA MAIS É DE VERDADE

  • Geraldo | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h28
    0
    1

    Geraldo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • marta | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h11
    7
    1

    essa ai é peao de brasilia, só recebe ordens sem personalidade alguma ate fica feia com isso.

2º TURNO EM CUIABÁ

Equipe de Botelho ajuda na virada histórica de Emanuel

Por 01/12/2020, 10h:45 - Atualizado: 01/12/2020, 10h:49

eduardo botelho 680

A equipe do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM), foi decisiva no reforço à campanha de Emanuel Pinheiro no segundo turno.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • marcos | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 17h09
    2
    0

    esse botelho se acha o ultimo biscoito do pacote, daqui a pouco vai querer ser conselheiro ou governador.

  • PAULO | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 14h50
    9
    0

    Agora todo mundo apoiou. Saiam na rua. Ninguém votou no Abílio. Não sei como conseguiu quase 120.000 votos. Até Mauro Mendes daqui a pouco vai dizer que nunca chamou Emanuel de ladrão. Botelho ainda tem sua base mas Adrien me poupe.

  • RENATA | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 14h44
    9
    1

    Agora, todos que ficaram em cima do muro, dizem ter feito campanha para Emanuel. kkkk

PREOCUPAÇÃO

Com quadro de Covid-19, secretário de Saúde de MT está na UTI

Por 30/11/2020, 23h:49 - Atualizado: 30/11/2020, 23h:54

gilberto figueiredo 680

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, deu entrada nesta segunda à noite no Hospital Femina, na Capital, e foi levado direto para UTI.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Marlete Silva da Cruz | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 12h27
    0
    2

    A união do grupo do Deputado Botelho fez a diferença, o grupo não parou momento nenhum!

  • realista | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 12h05
    4
    0

    Consta que esse senhor teve Covid em julho passado. Será que foi reinfectado? http://www.mt.gov.br/-/14762021-secretario-de-saude-testa-positivo-para-covid-19-e-vai-para-isolamento

  • mel | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 08h57
    9
    1

    engracado é que quando um paciente normal vai a qq unidade de saude, faz exames e apresenta comprometimento de pulmao de 25% ninguem encaminha ele para UTI mas sim para casa. Estranho neh, bom ser amigo do rei!

FORÇA DOS SERVIDORES

De onde partiu o trunfo para a virada histórica de Emanuel

Por 30/11/2020, 18h:51 - Atualizado: 30/11/2020, 18h:56

antonio wagner 680

Foi a partir da articulação do Fórum Sindical, sob as lideranças de Antonio Wagner Oliveira, o doutor Wagner, de Oscarlino Alves e de Edmundo César Leite, que se construiu a virada de Emanuel Pinheiro em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Martinez | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 20h10
    0
    0

    Mauro Mendes que se prepare. Será governador de mandato único. Igual a paulo guedes, faz os servidores públicos de inimigos. Vai experimentar nossa força em 2022.

  • Salomao | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h17
    2
    3

    Cuiaba vai eleger Silval Barbos em 2022! Se paletó pode, por silval nao.

  • João da Silva | Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020, 16h17
    2
    0

    Seja dono da sua boca para não ser escravos das suas palavras,isso que tenho a dizer ao Abílio , o maior pecado a língua !

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2635