Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Palácio Paiaguás

Problemáticas na segurança e saúde puxam para baixo governo Maggi

    
Diógenes Curado, da Justiça e Segurança Pública, e Augustinho Moro, da Saúde, enfrentam dificuldades de gestão

  Com sete anos de mandato e a dois meses de deixar a cadeira de governador, Blairo Maggi conseguiu avançar em alguns setores, como na infraestrutura e na habitação popular, mas se mostrou capenga em outros, como na saúde e segurança pública. Por mais que destine fatia orçamentária, priorize qualificação e estrutura, esses dois segmentos representam sempre calcanhar-de-Aquiles para a administração pública. A sensação é que a onda de violência aumentou. Na saúde, a reclamação aponta para situação de caos.

    Precaridade nas unidades de saúde, falta de hospitais regionais, filas de pacientes que esperam por cirurgias há vários meses, aliado a epidemia de dengue, representam problemáticas que puxam o governo para baixo. Seus secretários se mostram impotentes ou, muitos vezes, inoperantes. Empurram com a barriga alternativas que poderiam melhorar esses setores. Sob Augustinho Moro, a saúde teve em seus cofres em 2009 um orçamento de R$ 706,3 milhões. Para este ano estão previstos R$ 750 milhões.

   Há reclamações, denúncias e manifestação sobre dificuldades de acesso dos usuários das ações e serviços de saúde. Em 2008, a Ouvidoria-Geral registrou 15 denúncias e 381 reclamações por causa de falta de consultas de especialidades, principalmente de ortopedia. A alegação é que faltam especialidades no SUS. Estoques de medicamentos não atendem a demanda, o que levam pacientes a recorrerem à Justiça. Faltam nos quadros da saúde profissionais como sapateiro, hansenólogo, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional. O quadro de servidores não é suficiente. Essa situação se agrava ainda mais porque 897 estavam cedidos para os municípios. A folha de pagamento custa R$ 35 milhões. Nos hospitais regionais, há tripla jornada de trabalho de alguns de seus servidores.

     A Segurança conta com um orçamento anual de R$ 618,9 milhões. Registra 5.842 militares. Destes, 74 estão cedidos a outros órgãos. Centenas atuam em funções burocráticas. Já existe autorização para elevar o quadro para 11,4 mil, mas as nomeações por meio de concurso público vêm sendo postergadas. O subsídio dos policiais varia de R$ 1,6 mil, no caso dos 3,4 mil soldados, a R$ 11 mil, pagos aos 18 coronéis. Toda a pasta emprega 286 em cargos comissionados. No sistema prisional são 1,5 mil servidores, entre técnicos, agentes, assistentes e auxiliares.. Destes, 417 são contratados. Quanto à frota, consta-se falta de planejamento. Diversos veículos não constam ou não possuem registro na base de dados do Detran. E, assim, seguem cheio de problemas setores essenciais da administração pública, enquanto a população sofre o reflexo negativo dessa engrenagem que vive travada.

Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • JUDITE | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 08h17
    0
    0

    QUERO PARABENIZAR A RD NEWS POR TER A CORAGEM DE FALAR A VERDADE, AQUI PRA NOS FALTA SEGURANÇA, SAUDE, MAS SÓ NÃO FALTA FISCALIZAÇÃO DA SEFAZ EM NOSSOS PEQUENOS COMERCIANTES QUE ESTÃO SE SENTINDO ACHATADOS POR ESSE TAL EDER MORAES.

  • Ze Cuiabano | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 06h09
    0
    0

    O problema da Saude e Segurança em MT vem se arrastando ha varios anos e nao se pode creditar isso ao Blairo Maggi e, nenhum governo vai resolver isso num só governo; o problema da segurança publica nao se resume em aumentar policiamento, vagas em cadeias.

  • FLAVIO PINHO | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 04h19
    0
    0

    SEM COMENTÁRIOS, A DUPLA ITAMAR E TÁ PIOR NO ALGE DA GESTÃO, MAS SUCESSO GARANTIDO, SERIA COM O DE VITTO, AÍ SIM ESTARIA O TRIO PARADA DURA, CAMPEÃO EM INSUCESSO !!! ÊÊTA, É NÒIS DE TCHAPA E CRUX, TCHÊ !!!

  • GILSON MENDES | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h58
    0
    0

    Já está na hora da imprensa ficar em cima do muro, sabem que as botinas da turma furou. E agora estão descalços.

  • Servidores do Sistema Prisional de Mato | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h55
    0
    0

    Parabéns pela matéria publica! É fácil aprimorar essa matéria, onde o próprio Governo do Estado tem os dados de estatística da criminalidade de todos os anos para mostrar a sociedade, lógico, que o Governo esconde os dados, omite. Mas se olharmos antes do Governo Blairo Maggi, e compararmos, vamos ver que o Governo Maggi investiu completamente errado na Segurança Pública. Considerando o número populacional em 2001, para as estatística da criminalidade, (assaltos, roubos, seqüestros, assassinatos, latrocínios, fugas de presos em cadeias públicas, ocorrências sobre trafico de drogas, porte de arma ilegal, estupros, estelionatos, corrupção nos setores públicos) para o Governo Maggi desde 2002, vamos ver que todos os investimentos, que devem ultrapassar a ordem de mais de 4 Bilhões de reais, feito pelo Governo Blairo Maggi, não obteve o resultado positivo, dando a sociedade de Mato Grosso, um caos no sistema de segurança, onde a bandidagem comanda dentros das cadeias e fora nas ruas. Vivemos nova era, onde o mau prevalece devido a má aplicação dos recursos públicos, pois não existe projetos no setor de segurança no Estado de Mato Grosso. A Saúde também sofre no mesmo ritmo que a segurança pública, infelizmente, vivemos com a falta administrativa, falta de gestão, falta de projetos que atinjam a finalidade do recurso aplicado. A Segurança e a Saúde, deveria sofrer intervenção, o Ministério Público Estadual deveria acionar o Estado e consumar com Termo de Ajuste e Conduta, enquadrando as prioridades dos investimentos na Saúde e Segurança. Pois o Governo Blairro Maggi não prioriza uma administração correta nesse setor. O Sistema Prisional, tem um déficit de mais de 10 mil vagas, a Policia Judiciaria tem mais de 20 mil mandados para serem cumpridos e não cumpre por não ter onde colocar, a Policia Militar trabalha como escravo e maquina, não desenvolvendo o trabalho a contento, não existe uma Policia de Sistema de Inteligência no Estado, o IML trabalha em déficit de funcionários, os salários são os mais baixos perante outros Estados que valorizam as categorias.

  • Maria Herminiana Gonçalves | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h08
    0
    0

    Parabéns ao Sr. Romilson que produziu uma matéria que atinge todos os cidadãos de Mato Grosso, numa legitima publicação de realidade de dois Sistema Público do Estado que deixam muito a desejar ou mesmo, é inexistente quando o cidadão procura por Segurança Pública no momento do perigo da criminalidade crescente a cada dia, até por que não tendo combate contra a criminalidade por parte do Setor Público, os criminosos tomam conta das ruas e até mesmo, invadem nossas casas. O Governo Blairo Maggi é cumplice do aumento da criminalidade devido sua omissão em investimentos corretos no combate a criminalidade. Já falando da Saúde Pública, vejo que o Governo do Estado é inteiramente incompetente, pois não consegue administrar nem os Hospitais Regionais, a demanda que cresce a cada, nem realizar as prevenções e combater as epidemias que se instala no Estado de Mato Grosso. O Governo Blairo Maggi, abandonou a saúde pública! Os investimentos que fez, que foram montantes em dinheiro significativo, não teve os resultados que a população de Mato Grosso precisava. Por favor Romilson, creio que o teu site ajuda demais os politicos de Mato Grosso a fazer as leituras em que os assuntos são importantes para a população, com isso, peço que matérias como Saúde e Segurança Pública deve ter mais publicação, para assim, alguem perceber realmente a necessidade da população, já que os governantes abandonaram ou nem criaram programas e projetos de investimentos na Saúde e na Segurança Pública de Mato Grosso para os 20 anos. Vejo retrocesso na saúde e na segurança, já teve melhor! Muito melhor!

  • carmelo@hotmail.com.br | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 21h32
    0
    0

    carmelo@hotmail.com.br, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • MOSSUETO | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 20h58
    0
    0

    E o começo do fim do projeto do ex-governador ser senador, se Blairo quiser ser senador, tem que terminar o seu governo, pois foi eleito para isso. Os seus proprios escudeiro ja começam a torpedear o seu projeto, agora vem tudo a tona,Transporte com seus atoleiros, a Saude e a segurança como a propria materia esta mostrando, ja,ja a educação mostra a sua face obscura, sem contar o concurso que vem ai,nunca se sabe se a curuca vai se repetir, com a descrença que esta ai? Sei não.

  • ESPÍRITO SANTO ROSA | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 20h25
    0
    0

    NELSON BONFIM SE VC TEM 26 ANOS DE SERVIÇO TA NA HORA DE IR PARA CASA, PROVAVELMENTE VC DEVE SER TEN CEL PM, GANHA MUITO PARA O POUCO QUE FAZ...VAI PRA CASA...QUE A PM É INGRATA NÃO LEMBRARÁ DE VC... E ISSO É NORMAL DESTA INSTITUIÇÃO...VAI CUIRDAR DA SUA FAMÍLIA...POIS COM CERTEZA VC SERÁ ENGOLIDO...

  • roberto gil | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 20h00
    0
    0

    Congratulo com o leitor nilso bonfim,QUE TOCOU EM PONTO NEVRAULGICOdo desistimulo dos policiais e sua generalidade.O preceito politico jogou por terra HIERARQUIA,COMPETENCIA,CONHECIMENTO,LIDERANÇA. Mais vale um incopetente apadrinhado á um bem preparado profisional. Assistimos esturpefado,secretario de estado falando em localizar mosquito da dengue em vôo de HELICOPTERO,e outros que nao conhecem o perfil dos seus subordinados. De que adianta ser um OFICIAL ou DELEGADO .preparado se o criterio para a escolha de gestores de pasta se encontra na contramao dos valores reais e verdadeiro,e sim nos valores obscuros e inconfesaveis. Nao constatei na CPI da saude ter o deputado identificado que embora o paciente regulado via SUS nao ter vaga ,os regulados via gabinete de Deputados tem entrada imediata.Comprovaçao maior esta que nos gabinetes tem os essesores de assunto da saude especializados em furar fila e conseguir referenciamento. FICARIA TREMENDAMENTE FELIZ QUE ALGUEM ME DISSE QUE ESTOU EQUIVOCADO.

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 02h atrás

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 06h atrás

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    4
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

RUMO À REELEIÇÃO

Com 13 siglas e podendo atrair o PSL

Por 20/10/2019, 20h:41 - Atualizado: 20/10/2019, 21h:50

emanuel pinheiro deputados 680

Emanuel com os deputados Sílvio Fávero (PSL), Paulo (PP), Avalone (PSDB), Janaína (MDB) e seu esposo Diógenes

A um ano das eleições, o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro já conta com apoio pré-estabelecido ao projeto de reeleição de nada menos que 13 partidos. E tende a aglutinar outros, inclusive o PSL do presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Pedro José Cruz | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 16h45
    0
    0

    Pedro José Cruz , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria F. Albuquerque | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h16
    5
    5

    Desse jeito vai ganhar no primeiro turno. Até agora não apareceu adversário à altura para derrotar Emanuel. Juntando todos os pré-candidatos da oposição não dá um.

  • Claudiomario | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h31
    8
    7

    Neste quase três anos de mandato, o prefeito tem conseguido vencer as demandas, e tem buscado recursos pra continuar viabilizando esforços respeitando todas as possíveis diferenças politicas e partidárias que possam existir, , tudo dentro da normalidade!!

  • Pedro luis | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h59
    17
    9

    Se o eleitor Cuiabano votar no Emanuel, mesmo depois de vídeo do paletó, estará demonstrado que o eleitor não se importa com corrupção, e quem tem atitudes duvidosas é aplaudido. Estará demonstrando também que corrupção não é problema, que não se importa. Estará provado ao mundo que é um exemplo de eleitor, que vota sem se importar com a índole do candidato.

SOB INVESTIGAÇÃO

Promotor denunciado segue do Núcleo de Patrimônio e Probidade

Por 20/10/2019, 10h:44 - Atualizado: 20/10/2019, 13h:37

marco aurelio 680

Denunciado criminalmente pelo MPE por quebra de segredo de Justiça, após investigações do Naco, o promotor Marco Aurélio, ex-coordenador do Gaeco, não deve ser afastado do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

Postar um novo comentário

RUMO AO ALENCASTRO

Sem espaço no PDT, Julier sinaliza retorno ao PT para disputar Cuiabá

Por 19/10/2019, 10h:32 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:39

julier ludio pt 680

Petistas, entre eles o deputado Lúdio Cabral e presidente municipal Bob Almeida, após reunião com Julier, nesta 6ª

De um lado, um partido sem opção de candidatura a prefeito de Cuiabá. De outro, um ex-candidato sufocado e sem espaço na legenda onde está filiado desde dezembro de 2015.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h32
    7
    4

    Sai de um pequeno partido no Estado para um partido inexistente com o peso de ter patrocinado o maior esquema de desvios da história.

  • joaoderondonopolis | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 19h05
    9
    1

    Dr Julier o senhor pode não gostar do meu comentário, mas vou falar, abra mão de candidatura a prefeitura, pois pessoas maldosas lhe tirou da magistratura, e comece do começo, candidate a vereador, com certeza o senhor será eleito, daí pra frente só depende de você. Vai por mim.

SEM RESPALDO

Barbudo agora terá de sobreviver politicamente longe de Bolsonaro

Por 18/10/2019, 18h:24 - Atualizado: 19/10/2019, 10h:55

nelson barbudo 680

Embora esteja no início do mandato, Nelson Barbudo, o mais votado em 2018 junto ao eleitorado mato-grossense à Câmara Federal, enfrenta agora um grande desafio, o de sobreviver politicamente desgarrado de Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Paulo | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h20
    13
    1

    Esse senhor Barbudo é um falastrão. Com o apoio do presidente já não servia pra muita coisa, sem o apoio é que não serve mesmo pra nada. Como pode dar as costas pro presidente que o elegeu? Se não fosse o Bolsonaro esse homem tirava 200 votos e olhe lá.

  • jose carlos | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 08h44
    3
    2

    Aconselho este deputado a continuar ouvindo seu assessor Dal...B.... que assim ele vai longe , alto taquari

  • Frank Sabiá | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 14h50
    19
    1

    Como que MT elege um Urtigão desses ? Todos foram na Onda do Bolsonarismo, agora o maior beneficiado cospe no prato que comeu.

  • Angelo | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 10h02
    6
    13

    O presidente fraude anti-Brasil nunca abandonará barbudo ... ele sempre terá lugar cativo no lado esquerdo ... no lado esquerdo da bolsa escrotal do psicopata ... ele de um lado e Medeiros de outro...

  • Salas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 08h52
    15
    1

    Deputadinho “marca fraca”, sempre foi ridículo e se acha, agora vai pra vala.

  • Lucas | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 05h15
    22
    0

    Esse Barbudo que nem sei de onde surgiu. E blm colocar a barba o bigode o chapeu a botina de molho. Quis fazer gracinha. Virou traira tambem. Agora vai ter que rebolar p se manter

  • alexandre | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 20h21
    18
    1

    quem era o PSL , antes do Bolsonaro ? vai voltar para o ostracismo...

  • GILMAR DE PAULA | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 15h59
    28
    0

    O Barbudo , se continuar nesse "lero lero", aventando possível candidatura a prefeito de Cuiabá e participando de conluios com os camundongos famintos do PSL terá, no futuro, uma difícil campanha para vereador em Alto Taquari, com chances reais de fragorosa derrota.

  • Benedita da Silva | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 13h39
    18
    1

    Muito cacique pra pouco índio, e agora Barbudo ficou, não só com as barbas de molho, como num mato sem cachorro. E não fez um ano de mandato, a lojinha do PSL pegando fogo.

  • Joacir Gimene de Lima | Sábado, 19 de Outubro de 2019, 12h57
    12
    6

    Depressão à vista.....Falta o Mouro. 🤔🤔

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2437