Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

EDUCAÇÃO

Reitoria articula, mas não consegue ter orçamento maior para a Unemat

Reitoria articula, mas não consegue orçamento maior para Unemat

  Fernando Ordakowski

Adriano Silva recorreu ao governador e aos deputados para ter orçamento inicial da Unemat, mas não conseguiu

   De um orçamento previsto inicialmente de R$ 169,8 milhões para o exercício de 2011, a Universidade do Estado (Unemat), sob o reitor Adriano Silva, deve ficar com R$ 150 milhões. Essa perda da fatia orçamentária se deve às adequações no Orçamento-Geral do Estado que estão sendo feitas pelo Executivo e também porque o presidente e o relator da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária da Assembleia, respectivamente, deputados José Domingos (DEM) e Jota Barreto (PR), não demonstraram despreendimento e poder de convencimento junto ao governador Silval Barbosa (PMDB) para manter o mesmo bolo orçamentário à instituição.

   Adriano, que assumiu a Reitoria em outubro deste ano, tentou comover o governador, com quem esteve reunido para debater o orçamento. Esteve também com os deputados. Ele pretende implantar novos projetos e realizar dois novos concursos públicos com vistas a aumentar o efetivo da universidade. Por enquanto, só garantiu mesmo os cerca de R$ 150 milhões, 20% a mais sobre o orçamento neste ano, de R$ 125 milhões.

   De acordo com o presidente da Comissão, democrata José Domingos, Adriano foi um dos gestores que mais procurou o Legislativo na tentativa de abocanhar uma fatia maior do orçamento porque a Lei de Orçamento Anual, que tramita na Casa, prevê recursos da ordem de R$ 11,2 bilhões para o Estado, 27% a mais do deste ano.  O incremento, contudo, deve atender as demandas de estruturação do Estado para a realização da Copa de 2014, contemplando principalmente ações de infraestrutura distribuídas em várias pastas, como na própria Sinfra, Agecopa, Turismo e Esportes. Além disso, Domingos e o relator Barreto, em conversa com o governador, destacaram como prioritária também a pasta de Desenvolvimento Rural. O curioso é que o próprio Domingos é cotado para assumir essa secretaria.

   Ao atender o pedido dos parlamentares, Silval não teve a mesma flexibilidade em relação à Unemat. “O governo determinou à comissão que fossem destinados R$ 150 milhões à universidade”, destacou o presidente da Comissão. Diante disso, a possibilidade de atender o pedido do reitor não chegou a ser cogitada nem na elaboração das emendas das lideranças partidárias. “Essa quantia já está de bom tamanho”, diz Barreto.

   “Temos que cobrar mais transparência na gestão da Unemat”, completou o deputado, que também integra a CPI que apura a atuação da instituição na tentativa de realização do concurso público promovido pelo Governo em 2009. Segundo ele, à medida que a universidade for mostrando melhor como aplica seus recursos, poderá ter o orçamento elevado, caso seja possível, nos próximos anos, mas de imediato, um incremento de R$ 25 milhões deverá ser suficiente para dar início a um projeto de reestruturação.

   O orçamento da Unemat em 2010 foi de R$ 125 milhões. O problema é que R$ 123 milhões são consumidos com a folha de pessoal e R$ 30 milhões com custeio. Nesse caso, não sobra recursos para investimentos. Com 11 campi que congregam 44 cursos regulares e mais 14 núcleos pedagógicos para atender a demanda de ensino à distância, por exemplo, a Unemat registra aproximadamente 15 mil alunos, 1.034 professores e 517 servidores técnicos-administrativos. Sua sede é em Cáceres, onde há 12 cursos regulares com 3,5 mil acadêmicos.

    Adriano Silva tomou posse há menos de dois meses, sucedendo Taisir Karim, que teve uma gestão tumultuada. O vice-reitor é Dionei José da Silva. À frente da Unemat estão ainda 6 pró-reitores e 11 diretores regionais.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Anisio louzada | Quarta-Feira, 08 de Dezembro de 2010, 22h34
    0
    0

    Cara Maria José, pra se administrar não é necessário apenas perseverança e otimismo. Precisa também de competência,honestidade, transparência, humildade e acima de tudo capacidade de articulação. Poder para fazer as pessoas acreditarem em vocês. Ao que parece o governo não acreditou que a unemat necessite de um orçamento maior. Ah antes que me esqueça: Romilson a charge ficou perfeita para o atual Reitor, que anda todo engomado pelas ruas de Cáceres. A temperatura aqui gira pelos 40 graus diariamente, mas o calor não tira o brilho dos ternos italianos usados pelo Mago.

  • Joice dos Santos | Quarta-Feira, 08 de Dezembro de 2010, 19h56
    0
    0

    Silval, como eleitora sua me sinto constrangida nas ruas de Sinop, onde pedimos votos incansavelmente para o senhor. Não é digno de vossa parte tirar uma secretaria e deixar nosso município sem representatividade no governo estadual. Que volte o Baiano Filho então pra secretaria que elke tanto suou a camisa para alavancar o esporte de Mato Grosso. Não nos deixe triste e decepcionados governador. Assino a minha opinião e se quiser pode me visitar para entender o que falo. Joice dos Santos Rua das Paineiras, nº. 3422 Sinop/MT

  • Edmilsom Porfírio | Quarta-Feira, 08 de Dezembro de 2010, 14h03
    0
    0

    Gostei de Silval quando ele fala em acompanhar melhor os gastos da Universidade. Votei 40, mas essa valeu. Esse Reitor exigiu e dançou. Foi só o primeiro golpe. Espera que onde passa um boi passa uma boiada. Eu já sabia....

VÁRZEA GRANDE

Para Jayme, é normal chegar água nas torneiras a cada 2 dias

Por 29/09/2020, 20h:51 - Atualizado: 01h atrás

Geraldo Magela

jayme campos 680

O senador Jayme Campos, prefeito de fato, mas não de direito, tem passado apurado em Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Kleber | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 21h29
    0
    0

    Aqui no Costa Verde não tem força pra subir na caixa, pode ser de 5 mil litros, vai ficar sem água, isso não é de agora, já são vários anos.

EM CUIABÁ

Partido que negociava com 2 a prefeito se torna mula sem cabeça

Por 29/09/2020, 15h:06 - Atualizado: 07h atrás

adilson levante 680

O PSB, que estava namorando os dois principais candidatos a prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro e Roberto França, não avançou para casamento com nenhum deles. E virou mula sem cabeça.

Postar um novo comentário

EM CUIABÁ

Marketing de Emanuel aposta em reeleição logo no 1º turno

Por 29/09/2020, 08h:25 - Atualizado: 29/09/2020, 08h:27

emanuel pinheiro 680

O marketing da campanha de Emanuel Pinheiro, sob Carlos Rayel, estuda intensificar as ações estratégicas, apostando numa reeleição logo no primeiro turno, mesmo numa disputa com oito candidaturas.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Pexoto | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 20h57
    0
    0

    O maior cabo eleitoral de Emanuel Pinheiro é o governador kkkkk. Por isso vai ganhar no 1° turno.

  • FRANK SABIÁ | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 11h32
    3
    10

    todas as pesquisas Colocam o Atual Prefeito em Vantagem. Tem feito um bom trabalho , sim, tem feito...porém sempre haverá o Contraditório. EU iria de 12, Agora vou de 50 (Gilberto Cachorrão Neles !) - por enquanto é o que há !

  • marcos | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 09h55
    10
    15

    o episodio do video não foi resolvida nem finalizada, eu penso que se a justiça não der um absolvido ou condenado, eu não votarei em emanoel pinheiro.pois é um video comprometedor.

FAMILIOCRACIA

7 deputados têm esposas, irmãos e tio candidatos - saiba quem

Por 28/09/2020, 19h:05 - Atualizado: 28/09/2020, 19h:09

max andreia 680

Dos 24 deputados estaduais, sete contam com algum familiar na disputa eleitoral de 15 de novembro, seja a prefeito, vice e/ou a vereador.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Claudinei Aguiar | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 06h31
    7
    0

    Lamentável principalmente em Juara, segundo informações Priminho foi assessor do DR.Leonardo e até que a população saiba nada veio de emendas pra região. O homem só esperou vencer o período ficha suja pra voltar de novo.

  • Jucinéia da umbanda | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 23h32
    7
    0

    Fora aqueles que tão parados e que tão tentando empurrar parentes lá, como o Sérgio Ricardo colocando parentes dele lá, só pq apresentam programa de TV. Mas nós eleitores estamos de olho e só votaremos em quem realmente pode contribuir pra cidade.

EM CUIABÁ

8 ex-vereadores querem voltar

luiz pocao 680

Oito ex-vereadores pela Capital se inscreveram para o teste das urnas, na esperança de reconquistar mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • jose ari de lima | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 10h13
    0
    0

    Vejo com tristeza o q esta acontecendo em MT, esses politico tranqueiras querendo voltar, outra coisa feia aqui em sinop, o cara ganha voto de todo mundo da redondeza pra ser representante na câmara federal e deixa o cargo pra tentar ser prefeito de novo da pra entender?

  • marta | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h04
    0
    0

    marta, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INVESTIGAÇÃO

Pela 2ª vez, Câmara de Cuiabá vota amanhã relatório da CPI do Paletó

Por 28/09/2020, 10h:01 - Atualizado: 28/09/2020, 10h:09

convocacao cpi 680

A Câmara de Cuiabá realiza amanhã, às 9h, uma sessão extraordinária por videoconferência para votar, de novo, o relatório da CPI do Paletó. A convocação já foi feita pelo presidente Misael Galvão - veja documento acima.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eloi Wanderley da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 10h35
    16
    2

    Se for arquivado novamente será uma desonra a classe política municipal de Cuiabá. Contra imagens não há argumentos, vamos ficar de olho na corja que pedirá arquivamento da CPI do paletó.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2608