Blog do Romilson Cuiabá, 05 de Agosto DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Sem militância e jogando com primo Blairo

Por 27/03/2014, 08h:05 - Atualizado: 27/03/2014, 08h:25

Fernando Ordakowski

erai maggi

Eraí Maggi segue na política sem bandeira, sem militância e sem preocupação social e voltado aos negócios; em todo eleição, avalia candidatura, mas desiste

Ele já foi governador ou pensou que seria, assim como senador e até ministro. No fundo, não avança além da fama de financiador de campanhas eleitorais. O empresário Eraí Maggi, do Grupo Bom Futuro, era ligado ao PSDB na época em que Dante de Oliveira foi governador e depois concorreu, sem êxito nas urnas, à primeira-suplência ao Senado do próprio Dante, em 2002. Foi para o PDT, acreditando que seria senador, mas desistiu. Pulou para o PP, acreditando que seria governador, mas também recuou. Agora, quer ser vice conduzindo articulações sem consultar nem mesmo os colegas do PP e em meio a posições contraditórias. Deseja apoiar Pedro Taques (PDT) ao governador, sabendo se tratar de um nome de oposição e, ao mesmo tempo, quer ser um dos porta-vozes do agronegócio em defesa da reeleição da presidente Dilma (PT). Eraí não tem bandeira política e nem militância, não demonstra a mínima preocupação social, despreza a cadeia do agronegócio, embora se apresente como representante do setor. No fundo, faz o jogo do primo Blairo Maggi, que ainda pode surgir no cenário para concorrer ao governo.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • emidio de souza líder comunitario | Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 16h53
    0
    0

    o seguimento comunitário deveria se unido e Eleger Representante o Líder comunitário Emidio de souza,e remanescente de quilombola, o empresário Eraí Maggi, do Grupo tem sim bandeira política e militância.sera que o agro negocio não precisa de politica quem que libera Bilhões R$, Ele e um representante do setor. No fundo, faz o jogo do primo Blairo Maggi,que e milionário,que pode me ajudar ser vitorioso como deputado Estadual de MT.

  • marcia | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 22h03
    1
    0

    Por isso que voto no Muvuca 31

  • valter do forno | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 11h03
    3
    0

    esse cara não tá com cada....só pensa nele...só quer saber de ganhar mais dinheiro..nunca vi ele falar de ajudar o proximo, as pessoas, só fala em dim dim....sai fora....quem deve representar o agronegocio é o carlos favaro

GESTÃO NEURILAN

TCE vê irregularidades e mantém suspenso um "acordão" da AMM

Por 04/08/2020, 18h:33 - Atualizado: 06h atrás

Thiago Bergamasco

domingos neto tce 680

Neurilan Fraga, dirigente da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses, recorreu ao TCE, na esperança de derrubar a decisão que mandou suspender um acordo milionário com a oscip Instituto Assistencial de Desenvolvimento (IAD).

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Amaral antunes | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 19h59
    3
    1

    Ladroes devem ser fuzilados.

  • Os Varzeagrandenses | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 19h30
    4
    1

    Conselheiro Domingos Neto merece nossos aplausos, é preciso justiça, e como o TCE é um órgão fiscalizador, parabéns pela decisão

  • Servidora Aposentada | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 19h19
    4
    1

    Senti firmeza no TCE em especial ao Conselheiro Domingos Neto pela posição em relação a este contrato milionário da AMM

DISPUTA ENTRE PARTIDOS

E segue a briga pelo comando da Fapemat

Por 04/08/2020, 12h:31 - Atualizado: 04/08/2020, 12h:44

mauricio munhoz 680

O comando da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado (Fapemat) vem sendo disputado pelo DEM, PSD e MDB.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Observadora | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 21h48
    1
    1

    Esses indicados de pesquisa entendem o quê? Sabem pelo menos o que é um currículo Lattes? Possuem um curso de doutorado? Importante deixar claro que um cargo desse exige competência técnica, senhor governador!

  • Nicolau | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 15h50
    5
    1

    Munhoz não era assessor do Riva? Agora é adjunto do Mauro Mendes na Sinfra? Interrssanre! Tudo farinha do mesmo saco.

  • João Luiz de Figueiredo | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 15h43
    4
    2

    Esse tal de Maurício é um puxa saco profissional. O que falta nele é competência e sobre muito papo.

NOS BASTIDORES

Júlio se articula com 2 pra ser primeiro-suplente ao Senado

Por 04/08/2020, 10h:03 - Atualizado: 04/08/2020, 10h:03

julio campos 680

Júlio Campos quer ser a "noiva" da vez.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Da SILVA | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 19h54
    1
    0

    Sem duvida alguma Júlio Campos o melhor nome para nós representar no parlamento nacional, estou com Júlio, o resto nao me representa.

  • Da SILVA | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 19h53
    0
    0

    Sem duvida alguma Júlio Campos o melhor nome para nós representar no parlamento nacional, estou com Júlio, o resto nao me representa.

  • Ronaldo Garcia | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 17h43
    2
    2

    Infelizmente o DEM mais uma vez erra, ao sabotar a candidatura vitoriosa de Julio José de Campos, ao Senado Federal. Pisou na bola o Governador Mauro e sua gente em apoiar o Faváro, ao inves do Julio, esse cidadão só defende o Grupo Maggi e nao o povo de Mato Grosso. Agora irei votar no Nilson Leitão por causa do Julinho.

SEM CRISE

Mesmo com pandemia, 7 cartórios de Cuiabá faturam R$ 7 mi em julho

Por 03/08/2020, 18h:56 - Atualizado: 03/08/2020, 18h:59

Romilson Dourado

cartorio 7 oficio 680

Não há pandemia capaz de interromper os bons faturamentos dos cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. As sete principais serventias de Cuiabá, que estavam atendendo sob agendamento, fecharam julho com R$ 7,5 milhões no caixa.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Filpo | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 01h05
    3
    0

    Cartório é o maior pequi para enriquecer, nenhuma empresa dá tanto lucro. É o Brasil concentrando renda e fazendo péssima distribuição de lucro em nome da burocracia.

RUPTURA SEM VOLTA

A tentativa frustrada de Júlio de unir Emanuel e Mauro

Por 03/08/2020, 14h:30 - Atualizado: 03/08/2020, 14h:29

emanuel pinheiro julio campos 680

Prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (MDB) e Júlio Campos (DEM), que foi prefeito, deputado, governador e senador

Acumulando experiência de mais de 40 anos de vida pública, Julio Campos enfrenta uma situação paradoxal.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Firmo Oliveira filho | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 19h03
    0
    0

    Chega de arranjos, está na hora de políticos vendidos sumirem do cenário e dar vêz a pessoas responsáveis.

  • FERNANDO MENDES DA SILVA | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 12h18
    3
    0

    O GOVERNADOR TÁ CORRETO NÃO QUERER FICAR ATRELADO A VELHA POLITICA DO MT, QUE SÓ NOS TROUXE TRISTEZA E NOS DEIXOU MALEZAS....OLHA SÓ SAÚDE...

  • Cassiano | Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020, 01h01
    5
    4

    MM demostra falta de tato político e muita auto-suficiência pessoal, esquece que é governador e precisa do Prefeito da capital e da maior cidade do Estado para fazer um bom governo. E o pior, num momento difícil para a população como nunca se viu antes.

RECURSOS FEDERAIS

Juína perde R$ 805 mil do MS por não habilitar unidades

Por 03/08/2020, 10h:30 - Atualizado: 03/08/2020, 10h:32

altir peruzzo 680

Administrada hoje pelo petista Altir Peruzzo, Juína, no noroeste mato-grossense, na divisa com Rondônia, deixará de receber neste ano R$ 805,3 mil do Ministério da Saúde por não cumprir os requisitos de habilitação das unidades de Suporte Avançado (USA) e de Suporte Básico (USB) do Samu.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2580