Blog do Romilson Cuiabá, 27 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

CONFRONTO

Serys e Abicalil racham o PT e vão à disputa torcendo por queda do outro

Serys e Abicalil racham PT e disputam torcendo pela derrota do outro

 Fernando Ordakowski

Brigados, Serys Marly e Carlos Abicalil invertem papeis; em 2002, ela disputou o Senado e, ele, à Câmara Federal

   Em meio a confrontos nunca vistos, mesmo se tratando de dois líderes e referências do PT no Estado, Serys Marly e Carlos Abicalil resolveram inverter os papeis na campanha eleitoral deste ano. Ela concorre à deputada federal, enquanto ele vai tentar vaga de senador. Em 2002, foi o contrário. Serys entrou no páreo ao Senado e conquistou a segunda vaga, enquanto Abicalil garantiu cadeira na Câmara Federal. Ambos já concorreram, sem êxito, a governador. Abicalil, em 1998 e, Serys, no pleito de 2006.

    Sob argumento de que o deputado e presidente regional da legenda petista promoveu manobras para tirá-la do projeto à reeleição, Serys endureceu o discurso. Avisa que não vai apoiar a candidatura do colega ao Senado. Para piorar, a senadora passou a ignorar a decisão sacramentada na convenção, de fazer parte da coligação Mato Grosso em Primeiro Lugar, composta por 11 partidos (PMDB, PP, PRB, PT, PTN, PSC, PR, PHS, PTC, PRP e PC do B) e que tem o governador Silval Barbosa como candidato à reeleição. Ela está com um pé na aliança governista e, com o outro, apoiado no projeto de Mauro Mendes (PSB) ao Paiaguás e com Pedro Taques (PDT) para senador.

     Por causa das brigas internas, o petismo corre risco de perder mais espaço. Já enfrenta desgaste devido ao envolvimento de várias lideranças em escândalos, como do dossiê antitucanos, do mensalão e do caixa 2. Pela primeira vez nos últimos 16 anos, o partido abriu mão de lançar candidatura própria ao governo do Estado. Como o clima de racha prossegue, mesmo após os embates da convenção, a tendência é de cada grupo tentar salvar seus representantes. Assim, um bloco se une na esperança de eleger Serys deputada federal, enquanto outros mergulham na campanha em defesa de Abicalil ao Senado. No fundo, um torce pelo fracasso do outro. Na contramão da história, ao invés de se unir pelo poder, os petistas se dividem.

Enquete: Na sua opinião, quem é o principal culpado pelo ra

Na sua opinião, quem é o principal culpado pelo racha no PT-MT?

Carlos Abicalil ( Votos: = 66.76% )
 
 
Serys Marly ( Votos: = 26.65% )
 
 
Nenhum deles ( Votos: = 2.75% )
 
 
Sei lá! ( Votos: = 3.85% )
 
 

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • manoel da silva | Sexta-Feira, 16 de Julho de 2010, 20h26
    0
    0

    PORQUE SERÁ ESSA BRIGA? SERÁ SOMENTE PARA SER REPRESENTANTE DO POVO EM BRASÍLIA? ATÉ PARECE QUE O VOTO DO POVO NÃO TEM VALOR. SOMENTE IMBECIS E PUXA SACOS VOTAM NESSE PESSOAL QUE SE ACHAM DONOS DA VERDADE. TEMOS QUE ESTIPAR ESSAS PESSOAS DO ''PODER'' OU MELHOR, TIRÁ-LOS DA TETA DO GOVERNO.

  • Carlos | Sexta-Feira, 16 de Julho de 2010, 20h20
    0
    0

    Sinceramente, de pessoas com Serys Chorona e seus asseclas não se pode esperar outra coisa. Há muito tempo estão sabotando o PT em nosso Estado. Na verdade, essa corja quer acabar com o PT e depois se filiar ao PSDB. Aliás, há muito que Srys está conchavando com Antero,Wilson Santos, Carlão, Edivá, Jaime Campos e Taques.

  • ANTÔNIO SANDES DE ALMEIDA | Sexta-Feira, 16 de Julho de 2010, 17h39
    0
    0

    A serys bem q podia ficar quietinha sem mandato e vir triunfante num próximo embate eleitoral. É só imaginar o que faria hoje uma candidatura de Dante de Oliveira, se vivo, ao senado...Eleito com louvor. Ao imiscuir-se neste pleito, diante destas circustâncias, a candidata Serys nega a sua biografia combativa e se posiciona à reboque de figuras como Carlos Abicalil e Carlos Bezerra, pra ficar apenas nestes exemplos....

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 04h atrás

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

DERROCADA

Desacreditado e isolado, PT disputa em 4 pólos apenas com chapa pura

Por 27/09/2020, 13h:48 - Atualizado: 09h atrás

julier 680

Nocauteado pela chegada da direita ao poder, o PT ficou tão fragilizado e desacreditado que, nos 10 maiores municípios de MT, só lançou candidato a prefeito em quatro (Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres). E, mesmo assim, com chapa pura.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Beto | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h44
    0
    0

    pt NUNCA MAIS.

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h55
    1
    0

    O PT pegará os votos anti-Bolsonaro. Tem tudo para crescer nesta eleição.

  • Ivan Deluqui | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h23
    4
    1

    Homem honrado, sem nenhuma virgula contra ele, antes de colocarem matéria pesquisem, na região do coxipó e muito querido, principalmente no tijucal, na qual d3safio uma obra de relevância do Emanuel , tijucal te espera, mini estádio face

DISPUTA ELEITORAL

Nada a perder, só a ganhar

Por 27/09/2020, 08h:53 - Atualizado: 27/09/2020, 08h:55

emanuelzinho 680

Mesmo entrando na disputa de última hora, o jovem deputado federal Emanuelzinho (PTB), de 25 anos, ainda conseguiu fechar aliança com seis partidos na corrida à Prefeitura de Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h54
    0
    0

    Essa familiocracia com laços no Ministério Público e no Poder Judiciário é uma vergonha. É a velha política que ainda reina em Mato Grosso. Esse rapaz só virou deputado por causa da máquina da prefeitura de Cuiabá. Agora quer pegar o orçamento da segunda maior cidade do Estado? O que é isso? Monarquia? Empresa política? O povo de Várzea Grande não pode aceitar esse absurdo.

  • Ubirajara | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 13h20
    0
    0

    Ubirajara , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • O ATALAIA | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 12h48
    0
    0

    O ATALAIA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EM LUCAS DO RIO VERDE

De última hora, Binotti troca vice da chapa

Por 26/09/2020, 18h:47 - Atualizado: 26/09/2020, 18h:49

luiz binotti 680

Em meio à crise interna, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), trocou, de última hora, nome para vice de sua chapa à reeleição.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ricardo | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 08h37
    0
    4

    Binotti está junto somente com picaretas: ele próprio, Neri Geller, Fávaro, e turma do bolinha.. usam o povo na cara dura.. a hora de vocês está chegando bando de velhacos

ELEIÇÃO AO SENADO

Pivetta abandona Euclides e sinaliza para apoio a Leitão

Por 26/09/2020, 10h:30 - Atualizado: 26/09/2020, 10h:32

nilson leit�o 680

O vice-governador Otaviano Pivetta dá sinais de que apoiará Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e não mais Euclides Ribeiro (Avante). O curioso é que foi o próprio Pivetta quem apresentou Euclides ao presidente regional do PDT, Allan Kardec, na expectativa de ambos construírem aliança para o pleito de 15 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Eduardo | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 17h55
    8
    2

    O Nilson Leitão, só conseguiu o apoio do DEM de Jaime Campos, após ter a confirmação de que o PIVETA iria desistir da candidatura ao SENADO, pois o DEM estava disposto a apoia-lo contra o Favaro. Nilson já está tendo o apoio politico e financeiro de todo Grupo do Piveta em Lucas,Mutum e região do Médio Norte, e o bestalhão do Euclides jamais terá o apoio dos Pededista-Autenticos, que não aceitam negociatas como a praticada pelo safado do Alan Kardes, que desmoraliza a memória de Leonel de Moura Brizolla.

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Elias | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 18h01
    0
    0

    Elias , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Luiza de Jaciara | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h21
    0
    0

    Luiza de Jaciara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    16
    7

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606