Blog do Romilson Cuiabá, 20 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

PAC

TCU rejeita Consórcio Cuiabano; projetos do PAC devem entrar no rol de obras inacabadas

 Fernando Ordakowski 


Aparecido Alves, do PAC, que continua empacado em Cuiabá e a tendência é entrar na lista de obras inacabadas

    O Tribunal de Contas da União não aceita que o Consórcio Cuiabano, formado pela Três Irmãos, Concremax, Gemini, Lúmen e Encomind, retome às obras do PAC em Cuiabá e Várzea Grande, apesar das empreiteiras terem recorrido à Justiça e reconquistado esse direito. Se persistir, o TCU já avisou que vai considerá-las irregulares. Diante desse pepino e de mais um imbróglio técnico e jurídico, a tendência é que os projetos que deveriam resultar em mais de R$ 400 milhões de investimentos em saneamento e pavimentação asfáltica nos dois maiores municípios mato-grossenses entrem para o rol de obras inacabadas.

   O secretário extraordinário do PAC em Cuiabá, Aparecido Alves, insiste na tese de que as obras vão ser viabilizadas por meio de novos processos licitatórios, depois da reviravolta em torno dos projetos. O problema é que já se vão dois anos nessa "ladainha". Diante de denúncias da Polícia Federal e de reforço do Ministério Público sobre fraudes nas licitações, de modo a direcionar vencedores do certame, a Justiça Federal decretou 11 prisões de servidores, advogados e políticos, bloqueou bens das empresas e travou os recursos federais. Depois, a própria Justiça arquivou as ações da Operação Pacenas porque as escutas telefônicas, principal instrumento de prova das fraudes, foram consideradas nulas.

    As obras que nestes últimos dois anos não tinham sido executadas nem 10% empacaram de vez. Por causa de sua interrupção, moradores de alguns bairros que receberiam investimentos do PAC convivem hoje com ruas esburacadas e com valas que nem foram tampadas. A Prefeitura de Cuiabá prepara recurso para impedir que o Consórcio Cuiabano reassuma os projetos. Em 15 de dezembro, o juiz Márcio Guedes suspendeu o decreto do prefeito Wilson Santos (PSDB) nesse sentido e anulou as novas licitações do PAC. O Consórcio Cuiabano recorreu e obteve liminar para voltar a executá-las. A Procuradoria-Geral do Município vai recorrer da decisão. O que resultaria em investimentos inéditos em saneamento em Cuiabá e Várzea Grande se transformou em pesadelo para os gestores e em frustração e revolta aos moradores.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • mirsho | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010, 13h21
    2
    2

    Esse PAC serviu pelo menos para uma coisa: DENOTAR A INCOMPETENCIA DO SR WILSON SANTOS.

  • augusto | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010, 00h28
    3
    0

    Se cuiabá perder o PAC,acho melhor o pinoquio sumir de cuiabá de mala e cuia,pq o povo vai querer linxar.

  • timoneiro | Domingo, 10 de Janeiro de 2010, 20h41
    2
    2

    QUER VE COMO O WILSON PINOQUIO,LOGO VAI ARRUMAR UM CULPADO,POR MAIS ESSA IMCOPETENCIA,OU VAI DIZER QUE E CULPA DO JULIER,OU DO GOVERNADOR BLAIRRO MAGGI,AI EU PERGUNTO QUEM E QUE CONTRATOU O APARECIDO ALVES?COM A PALAVRA O CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL DE CUIABA,NO CASO SR PINOQUIO.

JOGO PESADO

Júlio, "vidente"; Jayme, "chantagista"

julio jayme campos 680

Irmãos Júlio, que já foi senador e quer disputar de novo, e Jayme Campos, ocupando cadeira no Senado pela 2ª vez

O folclórico e populista Júlio Campos, animado com sua pré-candidatura ao Senado, comandou uma roda de conversa durante almoço com cerca de 20 pessoas na mesa no último sábado, no restaurante Di Parma, em Cuiabá.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Cidadania aguarda consulta do TRE para lançar Taques ao Senado

Por 19/02/2020, 13h:41 - Atualizado: 19/02/2020, 13h:42

pedro taques 680

Pedro Taques não está morto politicamente. Ressurge como opção de candidatura ao Senado, na suplementar de abril, e não pelo PSDB, mas sim pelo Cidadania, que é comandado no Estado pelo seu ex-secretário de Educação, advogado Marco Marrafon.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Reginaldo Pinheiro | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 19h45
    1
    2

    Realmente, Taques fez um governo problemático, quem dera se ele tivesse sido no governo o que fora no senado, aliás no senado ele gozava de uma respeitabilidade em âmbito nacional.

  • Amaral de souza | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 19h22
    3
    1

    Taques e Leitao vão para o caldeirão. Ridiculos.

  • Davi | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 16h20
    10
    3

    Esse cuspiu no prato que comeu. Todos os servidores o apoiaram ao senado e depois ao governo com a intenção de retirar figuras envolvidas em escândalos de corrupção e quando foi eleito governador elegeu os servidores como alvo de perseguição.

Efeito-carnaval

Deputados terão 13 dias seguidos de folga

Por 19/02/2020, 10h:57 - Atualizado: 19/02/2020, 11h:19

eduardo botelho 680

Os deputados limpam a pauta hoje (19) e só voltam a participar das sessões ordinárias em março.

Postar um novo comentário

Chá revelação

Deputada será mãe de um menino e faz homenagem ao pai - vídeo

Por 19/02/2020, 10h:08 - Atualizado: 19/02/2020, 14h:28

jana_charevelacao680

A deputada Janaína Riva, única mulher da Assembleia, está grávida de um menino. A descoberta aconteceu em chá revelação realizado em sua casa, na Capital. O nome do bebê será Diógenes, assim como o pai Diógenes Fagundes, filho do senador Wellington Fagundes.

Postar um novo comentário

viralizou na web

Em Barra o vale tudo para levar gente para motel

Por 19/02/2020, 08h:56 - Atualizado: 19/02/2020, 11h:54

Reprodução

motel_barra_publicidade

Imagens de uma campanha publicitária do Império Motel, em Barra do Garças, viralizaram nas redes sociais. Isso porque elas dão dupla interpretação e mexem com a imaginação dos clientes.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Henrique | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 17h38
    0
    0

    Vocês não viram então os anúncios do Millenium Motel de Sinop. Tem cada um mais engraçado que o outro. kkk

COMANDO LEGISLATIVO

Deputados aprovam hoje PEC que permite antecipar eleição da Mesa

Por 19/02/2020, 07h:20 - Atualizado: 19/02/2020, 07h:34

Fablício Rodrigues

assembleia fachada 680

Os deputados votam hoje e vão aprovar, por maioria absoluta (ao menos 19), a PEC que permite antecipar a eleição da Mesa Diretora. Esta será a última sessão ordinária antes do Carnaval.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JOAO IRES | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 08h18
    2
    0

    e pensar que falavam do Riva , né botelho? ta se tornando pior , lembre se pra onde esse poder todo o levou .

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2494