Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Articulação

Wellington já entra na disputa pela liderança do PR na Câmara Federal

Deputado Wellington Fagundes   Wellington Fagundes, que toma posse na próxima semana no sexto mandato, mergulhou na campanha pela liderança do PR na Câmara dos Deputados, após se reeleger com 145.460 votos. Mesmo longe de Brasília, já que o Legislativo está de recesso, ele se articula. Dispara diariamente vários telefonemas para colegas republicanos, pedindo voto. Embora com três cadeiras a menos, o PR manteve nas urnas do ano passado sua força no Congresso Nacional. Terá 38 deputados. Hoje são 41. Se torna a quinta maior bancada. Perde para o PP (40), DEM (42), PSDB (56), PMDB (80) e para o PT (88).

    O último parlamentar mato-grossense a ocupar posto de líder do partido na Câmara foi Pedro Henry (PP), reeleito em 2010 e que está afastado para poder exercer cargo de secretário de Estado de Saúde. Na época, em 2006, Henry ganhou tamanha notoriedade que chegou a ser convidado pelo então presidente Lula para assumir o Ministério dos Esportes. As negociações só não avançaram porque o deputado mato-grossense sofreu boicote de alguns colegas do PP e também por causa do envolvimento do seu nome na máfia das ambulâncias e no mensalão.

   Agora, Wellington pode ser o segundo do Estado a virar líder. Se obtiver êxito, ganhará projeção nacional. Os principais projetos passam pela análise do líder de bancada, que mais usa a tribuna em nome dos demais colegas de sigla. Ademais, como o PR é da base, terá um canal direto com a presidente Dilma Rousseff (PP).

   Wellington é um exímio articulador político. Teve seu nome envolvimento em escândalos mas, com habilidade, conseguiu sair "ileso" das acusações. Ele é deputado desde 1995. De lá para cá, vem ampliando sua base. Só não levou sorte quando tentou cargo no Executivo. Perdeu para prefeito de Rondonópolis e empurrou também para a derrota o filho João Antonio, derrotado em 2008 como vice-prefeito da chapa de Adilton Sachetti. Do antigo PL, que se fundiu com o Prona e se transformou no PR, Wellington chegou a ensaiar candidatura ao Senado no ano passado mas, na reta final, recuou e buscou a reeleição. Hoje, ele conduz no Estado a legenda republicana, a maior de todas as siglas em número de ocupantes de cargos eletivos.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Fernando | Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2011, 09h43
    0
    0

    Fernando, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Paulo Rogério Barcelos Santiago Lima | Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2011, 09h01
    0
    0

    O Weltonnnnn adora infraestrutura, falou em pasta de infraestrutura tah ele lá junto com as empreiteiras, DNIT, SINFRA e secretarias municipais do estado inteiro...agora como lider da bancada dever voar mais alto, saindo da mera superintendencia do DNIT MT e indo pra outras superintendencias, esse menino sabe fazer dinheiro e progresso...deixa o weltonnnnnnn trabalhar!kkkkk

  • Dorito | Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2011, 08h11
    0
    0

    Falou e disse, estamos com ele que está sempre com a gente. Parabéns, terá sido a melhor escolha...

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 07h atrás

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

DERROCADA

Desacreditado e isolado, PT disputa em 4 pólos apenas com chapa pura

Por 27/09/2020, 13h:48 - Atualizado: 27/09/2020, 13h:51

julier 680

Nocauteado pela chegada da direita ao poder, o PT ficou tão fragilizado e desacreditado que, nos 10 maiores municípios de MT, só lançou candidato a prefeito em quatro (Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres). E, mesmo assim, com chapa pura.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Pedro Laurin | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 22h36
    0
    5

    Espera pra ver. O PT é quem defende trabalhadores.

  • Beto | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h44
    4
    0

    pt NUNCA MAIS.

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h55
    1
    4

    O PT pegará os votos anti-Bolsonaro. Tem tudo para crescer nesta eleição.

DISPUTA ELEITORAL

Nada a perder, só a ganhar

Por 27/09/2020, 08h:53 - Atualizado: 27/09/2020, 08h:55

emanuelzinho 680

Mesmo entrando na disputa de última hora, o jovem deputado federal Emanuelzinho (PTB), de 25 anos, ainda conseguiu fechar aliança com seis partidos na corrida à Prefeitura de Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h54
    1
    0

    Essa familiocracia com laços no Ministério Público e no Poder Judiciário é uma vergonha. É a velha política que ainda reina em Mato Grosso. Esse rapaz só virou deputado por causa da máquina da prefeitura de Cuiabá. Agora quer pegar o orçamento da segunda maior cidade do Estado? O que é isso? Monarquia? Empresa política? O povo de Várzea Grande não pode aceitar esse absurdo.

  • Ubirajara | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 13h20
    0
    0

    Ubirajara , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • O ATALAIA | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 12h48
    0
    0

    O ATALAIA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EM LUCAS DO RIO VERDE

De última hora, Binotti troca vice da chapa

Por 26/09/2020, 18h:47 - Atualizado: 26/09/2020, 18h:49

luiz binotti 680

Em meio à crise interna, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD), trocou, de última hora, nome para vice de sua chapa à reeleição.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ricardo | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 08h37
    0
    4

    Binotti está junto somente com picaretas: ele próprio, Neri Geller, Fávaro, e turma do bolinha.. usam o povo na cara dura.. a hora de vocês está chegando bando de velhacos

ELEIÇÃO AO SENADO

Pivetta abandona Euclides e sinaliza para apoio a Leitão

Por 26/09/2020, 10h:30 - Atualizado: 26/09/2020, 10h:32

nilson leit�o 680

O vice-governador Otaviano Pivetta dá sinais de que apoiará Nilson Leitão (PSDB) ao Senado e não mais Euclides Ribeiro (Avante). O curioso é que foi o próprio Pivetta quem apresentou Euclides ao presidente regional do PDT, Allan Kardec, na expectativa de ambos construírem aliança para o pleito de 15 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz Eduardo | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 17h55
    8
    2

    O Nilson Leitão, só conseguiu o apoio do DEM de Jaime Campos, após ter a confirmação de que o PIVETA iria desistir da candidatura ao SENADO, pois o DEM estava disposto a apoia-lo contra o Favaro. Nilson já está tendo o apoio politico e financeiro de todo Grupo do Piveta em Lucas,Mutum e região do Médio Norte, e o bestalhão do Euclides jamais terá o apoio dos Pededista-Autenticos, que não aceitam negociatas como a praticada pelo safado do Alan Kardes, que desmoraliza a memória de Leonel de Moura Brizolla.

CHAPA PROPORCIONAL

Ivan desiste e enfraquece DEM, que só deverá eleger um na Capital

Por 25/09/2020, 20h:15 - Atualizado: 25/09/2020, 20h:20

ivan evangelista 680

O pecuarista Ivan Evangelista, que foi vereador por 13 anos e teve mandato cassado em 2010, jogou mesmo a toalha. Após contestar este Blog por ter revelado que ele recuaria da disputa, o ex-vereador acabou "enrolando" a cúpula do DEM até a última hora. E decidiu, enfim, não concorrer às eleições.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Elias | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 18h01
    0
    0

    Elias , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Luiza de Jaciara | Sábado, 26 de Setembro de 2020, 09h21
    0
    0

    Luiza de Jaciara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joaoderondonopolis | Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020, 20h38
    16
    7

    Único caminho certo do DEM/Jayme e Júlio foi apoiar Leitão ao senado, pois será vitorioso. E se o DEM apoiasse Emanuel, com certeza faria de 4 a 5 vereadores. MM está afundando o DEM, até parece que após a eleição irá mudar de partido.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2606