Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Dançar ou relaxar? Qual rasqueado você prefere?

Por 26/03/2019, 07h:20 - Atualizado: 26/03/2019, 10h:22

 
henrique maluf colunista espa�o fixo

Henrique Maluf

O rasqueado Cuiabano carrega as glórias de ser o representante da cultura mato-grossense, leva sua alegria, suas coloridas chitas, seu balanço contagiante, seus poemas de ode à nossa terra pra diversos cantos. Um verdadeiro difusor da Cuiabania.

Mas cá entre nós, será que lá em Alta Floresta, Sinop, Rondonópolis ou qualquer outra cidade que não seja da baixada cuiabana, há esse sentimento de representatividade regional que o rasqueado nos causa aqui na Capital?

Obviamente que não né, nosso Estado é grandioso, tanto territorialmente, quanto culturalmente. Sulistas, paulistas, nordestinos, pessoas de toda parte do Brasil e do mundo por essas terras firmaram suas vidas.

Mas cá entre nós, será que lá em Alta Floresta, Sinop, Rondonópolis ou qualquer outra cidade que não seja da baixada cuiabana, há esse sentimento de representatividade regional que o rasqueado nos causa aqui na Capital?

Mas sabia que existe outro tipo de rasqueado em Mato Grosso? É o rasqueado de Fronteira, esse que é entonado de uma forma bem diferente. Vamos entender as diferenças entre eles.

O gênero foi criado entre os anos 1930 e 1940, quando músicos do interior paulista, como Mário Zan, Raul Torres e Nhô Pai se aventuraram em expedições na fronteira com o Paraguai. O objetivo deles era buscar na música tradicional paraguaia uma nova roupagem para a música sertaneja que imperava no Brasil.

E acharam, pois as polcas paraguaias, guarânias e chamamés, entraram com muita força em nosso país, versões em português de canções como Noches del Paraguai, Recuerdos de Ypacaraí e Índia fizeram o maior sucesso, e logo compuseram os primeiros rasqueados brasileiros, a famosa Chalana, Siriema, Três Lagoas, Cidades de Mato Grosso.

Na sua difusão, o rasqueado navegou pelo ainda não dividido Mato Grosso, o Rio Paraguai foi sua principal via, e, em suas margens, os pantaneiros que ouviam essa novidade, então começam a tocar nas sanfonas e violões um rasqueado mais compassado, com melodias lentas e geralmente em tons menores, isso devido ao caráter harmônico desses instrumentos. Corumbá, Coxim, Cáceres e Diamantino foram as cidades onde mais se desenvolveu o rasqueado de fronteira.

Na sua difusão, o rasqueado navegou pelo ainda não dividido Mato Grosso

Com o fim da Guerra do Paraguai, os presos de guerra que estavam em Cuiabá começam a se misturar com a população local, trazendo a influência da música platina que ao se encontrar com o Cururu resulta numa levada mais rápida, com melodias curtas e velozes. No início era apenas instrumental, executado com instrumentos de sopro, pois diferente do pantanal, Cuiabá respirava ares cosmopolita, com vários músicos que chegaram por aqui na corrido do ouro.

Alguns autores dizem que o rasqueado nada mais é que a forma brasileira de tocar os ritmos platinos/paraguaios, e é realmente inegável as semelhanças, assim como são grandes as diferenças entre o rasqueado Cuiabano e o rasqueado de Fronteira.

Se despertou sua curiosidade, dá um pulo no YouTube e pesquise rasqueado de fronteira, ouça um ou dois, e depois ouça o cuiabano, um da vontade de dançar e o outro de relaxar. O que você prefere? Eu, os dois!

Henrique Maluf é músico, produtor cultural e pesquisador em Cuiabá. Escreve nesta coluna com exclusividade às terças-feiras. E-mail: herojama@gmail.com

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Guapo | Terça-Feira, 26 de Março de 2019, 09h37
    4
    0

    Valeu! Meu grande amigo e colega, tá mandando bem é isso mesmo, vou te mandar um outro trabalho que vai complementar essa sua pesquisa, abraços!

LÁ E CÁ

A esperteza de Galvan em 2 partidos

Por 26/02/2020, 20h:30 - Atualizado: 01h atrás

antonio galvan 680

Mesmo inexperiente, Antonio Galvan, presidente da Aprosoja, tentou jogar como matreiro político. E se deu mal. Foi atropelado assim que entrou em campo e teve de sair do time do PDT.

Postar um novo comentário

EMENDA PARLAMENTAR

MPE vai apurar porque Peladão recebeu verba e não foi realizado

Por 26/02/2020, 18h:44 - Atualizado: 02h atrás

planilha peladao

Planilha com detalhe das supostas despesas do Pedalão 2019; evento teve verba liberada, mas só ficou no papel 

Vem bomba aí contra Allan Kardec (PDT) e Wilson Santos (PSDB).

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Barbudo na pressão pelo Senado

Por 26/02/2020, 14h:56 - Atualizado: 06h atrás

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

nelson barbudo 680

Nelson Barbudo continua pressionando para ser o candidato do PSL ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • alto taquari | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 15h57
    6
    0

    tem que avisar esse peludo, felpudo, fidido que ele é produto com data de validade, ele ganhou pra deputo federal porque pegou beirão tanto com a selma e bolsonaro, falar como jayme campos fala toda via o presidente boisonharo, ele tem tratar de pagar a divida dele com celso bala lá da região dele, quebra milho.

  • Tamires Lima Silva | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 15h32
    4
    0

    perdeu para a vaga para o Aécio, rapaz sem mandato, anonimo, que tá colocando o PSL no esvaziamento, virou politicagem o PSL, partido do fundão de quase meio bilhão de reais. SEM MORAL! CADE O DINHEIRO PARA EDUCAÇÃO, VÃO DEVOLVER?

RUMO AO ALENCASTRO

Fabio desanimado pra ir a prefeito

Por 26/02/2020, 10h:33 - Atualizado: 26/02/2020, 10h:52

fabio garcia 680

Fábio Garcia não está muito entusiasmado para disputar a Prefeitura de Cuiabá, mesmo sendo o nome de preferência do governador Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

RECEPTIVIDADE

Prefeito testa e vê boa popularidade

Por 25/02/2020, 22h:33 - Atualizado: 25/02/2020, 22h:53

emanuel 680

Iniciando o quarto e último ano de mandato, o prefeito Emanuel Pinheiro resolveu testar a popularidade no meio dos foliões em Chapada dos Guimarães, que foi tomada neste Carnaval por milhares de cuiabanos.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • raulf | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 19h27
    0
    1

    kkkkkkkkkkkk conta outra prefeito.... vai pagar a pereculosidade dos vigilantes, vai cumprir a lei Organica do municipio, vai cumprir a implantação do plano de carreira dos agentes de saude/endemias.....

  • Bianca Rocha | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 18h36
    1
    1

    Já ganhou prefeito 👏👏👏👏👏

  • Sérgio Ricardo | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 16h55
    1
    1

    Espero que seja só seu mesmo. O prefeito do PALETÓ não será eleito nem para síndico de condomínio em Cuiabá. O difícil é perceber que os vereadores de Cuiabá nada fizeram contra as ações - gravadas - do prefeito escondendo dinheiro no paletó.

RUMO AO ALENCASTRO

Senadora cassada vai apoiar agente da PF para prefeito de Cuiabá

Por 25/02/2020, 22h:01 - Atualizado: 05h atrás

selma rafael galvan 680

Rafael Ranalli, agora no PRTB, com senadora cassada Selma Arruda e presidente da Aprosoja Antonio Galvan, hoje

Mesmo cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico e ainda ocupando a cadeira no Senado, Selma Arruda (Podemos) segue de pé e disposta a marcar posição nas eleições municipais, nem que seja como cabo eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Sérgio Sampaio | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 17h04
    6
    0

    Ranalli é a melhor opção dentre todos esses políticos de carreira e, que vimos, que não adiantar nada continuarmos com eles. Temos que mudar o jeito de fazer política, nosso não aguenta mais tanto escárnio politiqueiro em nosso país. Não dá mais para continuarmos, como está!!!!! Excelente solução!!! Votei uma vez e votarei de novo.

  • Florinda | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 12h52
    7
    12

    Ranalli no apoio certo, pra frente que atrás vem mta gente.

  • Benedito costa | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020, 10h06
    18
    13

    Senadora cassada: parece que a senhora não entende de politica, entendia de magistratura. A senhora está perdida no tiroteio. Quem é esse agente? Só bandido deve conhecer ele. Pensa em outro nome de peso, este é só pra preencher vaga.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2498