Blog do Romilson Cuiabá, 14 de Agosto DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Não há lado de fora

Por 20/11/2018, 00h:00 - Atualizado: 19/11/2018, 14h:25

Olga_200_fora

Olga Lustosa

Respeitar os outros é um valor melhor compreendido por aqueles que respeitam e valorizam a si mesmos, seus estudos, o pensamento, a crença, a visão de mundo e a constituição familiar. Não é retrógrado aquele acolhe com carinho as ideias concebidas em ambientes que não frequenta.

Podemos falar de tudo: do céu, da terra, de coisas remotas e opostas, transmitindo respeito e compreensão, porque a tolerância é a virtude da moderna democracia pluralista. A tolerância, não é um valor decadente, tampouco um valor subversivo.

Hoje, mais do que nunca, interagimos com pessoas de diferentes etnias, religiões e culturas. Os espaços públicos estão cada vez mais diversificados, refletindo as comunidades que fazem parte do nosso patrimônio cultural. As diferenças vêm de pessoas de todo o mundo e enriquecem nossa cultura, trazem novas ideias e revigoram nossas relações.

As diferenças vêm de pessoas de todo o mundo e enriquecem nossa cultura, trazem novas ideias e revigoram nossas relações

Internamente somos também uma rica mistura de tradições culturais de todos  os cantos do país. Não há, portanto, ponto de partida para descobrir semelhanças, para se conectar e construir relacionamentos plenamente realizados à luz da distinção e do respeito às opções particulares quanto a fé, cultura, política e tudo o mais que constitui o nosso complexo e desacomodado ser.

Diagnosticar uma doença não é o mesmo que curá-la. Estamos conscientes da confusão que as diferenças ideológicas, culturais e religiosas causam nas nossas mentes, porém, não podemos nos sentir hesitantes ao expressar insatisfação diante de certos posicionamentos carregados de cizânia,  mas não podemos negar ao outro o direito de manifestar-se igualmente livre da tutela intelectual, que tem calado diálogos que poderiam enriquecer as discussões sobre esse mundo e os mais de 7,59 bilhões de seres únicos que aqui vivem.

Tolerar e acolher o fato de que vivemos em uma sociedade ricamente diversa e que este fato é imutável por desejo ou decreto, seria talvez o primeiro passo para enxergar a tolerância como um valor indissociável à vida moderna e importante no mundo interdependente no qual vivemos, onde não há mais lado de fora, tampouco, a opção de isolar-se.

Em tempos de rispidez, da política de ressentimentos, a adaptabilidade à mudanças exige continuada tolerância e compromisso de habilmente manter aberta a porta do diálogo, principalmente para não permitir a legitimização da intolerância.

Olga Borges Lustosa é socióloga, cerimonialista pública e escreve exclusivamente neste Blog toda terça-feira - olgaborgeslustosa@gmail.com e www.olgalustosa.com

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Sob orientação do prefeito, petebista sai de Pivetta e vai apoiar Fávaro

Por 13/08/2020, 20h:01 - Atualizado: 13/08/2020, 20h:06

misael galv�o 680

Em reunião na segunda (10), os vereadores petebistas de Cuiabá, Misael Galvão e Adevair Cabral, fecharam apoio à pré-candidatura de Carlos Fávaro (PSD) ao Senado.

Postar um novo comentário

Justiça Eleitoral

Advogado tenta participar de sessão de dentro de carro e leva bronca

Por 13/08/2020, 15h:13 - Atualizado: 13/08/2020, 16h:51

Reprodução

sessao que julgou Neri

Um advogado levou uma bronca do presidente do TRE-MT Gilberto Giraldelli nesta quinta (13).

Postar um novo comentário

RUMO AO ALENCASTRO

DEM faz sondagem para definir vice

Por 13/08/2020, 14h:26 - Atualizado: 13/08/2020, 14h:27

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

gisela simona 680

Com a pré-candidatura de Fábio Garcia à Prefeitura de Cuiabá praticamente confirmada, os democratas já começam a pensar em um nome para vice.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Marcelo Berga | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 17h51
    0
    0

    Melhor ser vice pq ficar sem nada.

  • Hélio Francisco da Luz | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 15h34
    2
    1

    É evidente que ela ñ vai aceitar

  • Servidor | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 14h46
    4
    1

    Se a colega Gisela Simona se juntar com este grupo dos massacradores de servidores públicos ela não terá voto de servidores e familiares. Eu não acredito que ela se juntará a este pessoal que só persegue e massacra servidores,.

ESTRATÉGIA

DEM libera filiados, que se dividem em 3 para Senado

Por 13/08/2020, 09h:55 - Atualizado: 13/08/2020, 09h:56

nilson leitao 680

O DEM do governador Mauro Mendes e dos irmãos Campos terá, curiosamente, três candidatos ao Senado: Carlos Fávaro (PSD), Otaviano Pivetta (PDT) e Nilson Leitão (PSDB).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • junior | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 10h31
    1
    7

    kkk vao juntar 3 mais o rei das confusoes das babaquices jose medeiros ainda vai dar elizeu nacimento esse defende o povo de verdade

  • Hilton | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 10h19
    5
    9

    Podem espernear para senador é José Medeiros o resto é tudo o mesmo, interesses próprios e vaidades

DISTANCIAMENTO

A resistência de Bolsonaro sobre os Maggi

Por 12/08/2020, 17h:19 - Atualizado: 12/08/2020, 17h:19

Marcos Corrêa

bolsonaro 680

Um grupo de parlamentares, entre eles o senador Carlos Fávaro (PSD) e o federal Neri Geller (PP), estão fazendo uma força-tarefa para aproximar os primos Blairo e Eraí Maggi do presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Neto | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 17h08
    3
    0

    Votamos em Bolsonaro justamente para ele não se misturar com gente desse tipo.

  • Realista | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 12h31
    3
    1

    Nesse caso vale citar o velho ditado: "Dois bicudos não se beijam" Tudo a ver. Rsrsrs

  • Neiva Maria de Andrade | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 09h54
    12
    4

    O bom mesmo é se aproximar do Roberto Jeffeson, Waldemar da Costa Neto e Temer né o capetão? De quem produz e gera emprego não interessa!

CHAPA AO SENADO

PP deixa Fávaro acuado

Por 12/08/2020, 07h:39 - Atualizado: 12/08/2020, 07h:39

margareth buzetti 680

O PP está temeroso em perder a primeira-suplência da chapa de Carlos Fávaro com a possível entrada de Júlio Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Realista | Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020, 12h34
    0
    0

    Está difícil essa parada. Só tem gente por demais manjada na disputa desse pleito.

  • José Sotter | Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020, 22h54
    1
    3

    Ninguém tira Fávaro do Senado. Qualquer um pode ganhar as eleições, mas, não fica com o mandato. Essa cadeira é dele, mesmo perdendo. E tenho dito.

  • Edivaldo Augusto | Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020, 17h58
    0
    0

    Edivaldo Augusto , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2584