Blog do Romilson Cuiabá, 05 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RONDONÓPOLIS

Com repasses atrasados, Percival cogita enxugar máquina pública e cortar pessoal

Por 12/01/2014, 17h:40 - Atualizado: 12/01/2014, 17h:43

Rodinei Crescêncio

04-percival-muniz-foto-ney.jpg

 Prefeito Percival Muniz (PPS) já estuda medidas e cortes para compensar as perdas na arrecadação 

 De acordo com o secretário de Administração, Carlos Vanzeli (PDT), até o momento o governo do Estado  não repassou a parcela do Fundo de Participação do Estado que cabe a Rondonópolis, não informou o valor e nem deu previsão de quando a  verba será remetida ao município.Já em relação ao governo federal, com o Imposto sobre Produtos Importados (IPI) reduzido, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é compostos pelo imposto de renda e pelo IPI, também acabou diminuindo. O prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS), está preocupado com as finanças do município devido aos  cortes e repasses não realizados pelos governos federal e estadual.

Além disso, Rondonópolis,  que tem um dos maiores PIBs de Mato Grosso, acaba não ganhando com a exportação de soja, que é livre de tributos. Para compensar, de acordo com a Lei Kandir, o município deveria ter recebido do governo federal no final do ano passado, cerca de R$ 7 milhões. Entretanto, o  valor não entrou nas contas de Rondonópolis.

Com isso, Vanzeli afirmou que a primeira estratégia será enxugar a máquina pública para otimizar o orçamento neste  ano. “Vamos ter que fazer o que temos que fazer com menos dinheiro. Vamos otimizar os PSFs, por exemplo, para diminuir a verba do Pronto Atendimento Municipal. Também podemos otimizar o Centro de Nefrologia, que nos últimos anos trabalhou com cerca de R$ 5 milhões e em 2013 com R$ 6 milhões. Precisamos economizar aí pelo menos R$ 1 milhão”, disse.

Vanzeli explicou ainda que, se esta primeira meta de enxugar a máquina pública não der certo, o próximo passo será a tentativa de incrementar a receita e só então o corte de pessoal. “Cortar pessoal sem motivo significa que as contratações foram feitas sem necessidade e pode haver também uma queda na prestação de serviços públicos. Por isso, essa é nossa última opção”, reforçou.    

O secretário de Administração ressaltou ainda que não só Rondonópolis, mas todos os municípios são reféns orçamentários dos recursos que vêm dos estados e de Brasília. Na visão de Vanzeli, quando por algum motivo há redução neste sentido, os gastos têm, inevitavelmente, de serem revistos. “A cada R$ 100 que arrecadamos na prefeitura, exatos R$ 63 vão para o governo federal, outros R$ 24 são do governo do Estado e apenas R$ 13 são legalmente do Município. Isto significa que nós dependemos dos repasses e neste sentido estamos sofrendo muito com cortes que foram anunciados no ano passado e os repasses não realizados para este ano”, concluiu.

 

Postar um novo comentário

PROCESSO ELEITORAL

Mesmo sob pandemia, reitor da UFMT já convoca Colégio Eleitoral

Por 04/06/2020, 20h:43 - Atualizado: 05h atrás

evandro ufmt 680

Mesmo com as atividades da UFMT suspensas por causa da pandemia, o reitor Evandro Soares da Silva, que já se movimenta pela recondução ao cargo, convocou reunião do Colégio Eleitoral Especial.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Antonio | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 22h01
    0
    1

    Na verdade há um consenso na UFMT para Evandro ser reeleito. Como ele é candidato único já que toda a oposição retiraram suas candidaturas sabendo que é um momento de união para salvar a UFMT de Weintraub, somente será feita uma Lista Tríplice. A consulta é inviável tanto presencial como online, pela questão de prazos. A prorrogação carece ainda de um parecer jurídico e aval do MEC.

ANTES E DEPOIS

Prefeito de Cáceres agora elogia Adriano; pura falsidade assista

Por 04/06/2020, 15h:46 - Atualizado: 09h atrás

francis maris 680

O prefeito de Cáceres Francis Maris, que desde a campanha de 2016 vinha fazendo ataques e denúncias contra Adriano Silva, gravou um vídeo, classificando o ex-adversário político de "líder", de "filho ilustre de Cáceres", para quem prestou grande serviço, seja junto à comunidade acadêmica, como professor e reitor da Unemat, seja pelos trabalhos prestados na região.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Claudomiro | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 19h00
    5
    0

    Politicamente nunca fui fã dos dois como politico, mas inoportuno e falso e esse comentário do rdnews.

  • O cara | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 17h04
    12
    0

    Adversário político não é inimigo pessoal. Cada comentário.

DESENVOLVIMENTO

Um pool de novas indústrias em Primavera; 7 anunciam fábricas

Por 04/06/2020, 12h:09 - Atualizado: 05h atrás

primavera do leste vista a�rea 680

No ranking de quinta economia do Estado e com quase 100 mil habitantes, Primavera do Leste está recebendo sete novas indústrias, mesmo em meio à pandemia da Covid-19, agravada com crises sanitária e econômica em praticamente todo o mundo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Reginaldo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 22h03
    1
    0

    A posição geográfica, sócio econômica e malha viária já conta muito como grandes atrativo, mas isso não tira o mérito da administração local. Parabéns.

  • Francisco Assis roo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 13h17
    11
    1

    é isso mesmo Léo busca emprego e renda para essa cidade bonita e pugante que vc está tendo a oportunidade de administrar não fica nessa só de fazer praça e coisa e tal igual um prefeito que eu conheço na nossa região

INICIATIVA INÉDITA

Reeducandos em Cuiabá produzem saneantes e álcool em gel

Por 04/06/2020, 10h:42 - Atualizado: 04/06/2020, 10h:49

deiver ifmt producao 680

Cerca de 30 reeducandos em Cuiabá estão fabricando saneantes, substâncias destinadas à higienização e desinfecção, como água sanitária, detergente e desinfetantes, e ainda álcool em gel para distribuição nos presídios.

Postar um novo comentário

REPERCUSSÃO

Governo e AL vão decretar luto oficial; Adriano sonhava ser prefeito

Sem velório, corpo será transladado a Cáceres nesta 5ª e direto para cemitério

Por 03/06/2020, 21h:44 - Atualizado: 03/06/2020, 22h:04

adriano silva 680

O governador Mauro Mendes vai decretar luto oficial de três dias pelo falecimento nesta quarta do ex-reitor da Unemat, professor Adriano Silva, que presidia a Fapemat, fundação vinculada à secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. A Assembleia Legislativa também fará igual.

Postar um novo comentário

PODER SEM PODER

Mesmo sem mandato, Selma quer manter controle de cargos federais

Por 03/06/2020, 19h:13 - Atualizado: 03/06/2020, 19h:19

selma arruda 680

A briga entre o senador tampão Carlos Fávaro (PSD) e a cassada Selma Arruda (Pode) tem um novo round. Nos bastidores, Selma tenta impedir que Fávaro assuma o controle de "seus" cargos federais.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2552