Blog do Romilson Cuiabá, 19 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ARTICULAÇÃO

19 dos 24 deputados vão tentar a reeleição

As articulações, vantagens e desvantagens de cada parlamentar

Por 12/01/2014, 19h:00 - Atualizado: 13/01/2014, 09h:18

Mario Friedlander

mauro_savi_analise.jpg

Mauro Savi: força da Mesa

Dezenove dos 24 deputados vão à reeleição. Só ficam de fora José Riva (PSD), Alexandre Cesar (PT), Ezequiel da Fonseca (PP), que concorre à Câmara Federal, Luiz Marinho (PTB) e João Malheiros (PR). Destes, Riva e Marinho lançarão alguém da família. 

Na batalha paralela de quem está dentro não quer sair e de quem está de fora quer entrar, este Blog apurou algumas particularidades e estratégicas de cada parlamentar que busca novo mandato. São informações que consideram as demandas e concorrências por regiões que tanto podem ajudar a potencializar quanto minguar seus projetos políticos. Entra em jogo a estrutura financeira, peso fundamental numa campanha.

Deputados na luta pela reeleição e suas regiões

 

Baixada Cuiabana: Walter Rabello, Guilherme Maluf e Emanuel Pinheiro

Walter Rabello (PSD) – Apresentador do programa policial de maior audiência no Estado, o Cadeia Neles!, da TV Record Canal 10, com forte apelo popular, Rabello tem o nome bastante massificado em todo Estado. A maioria do seu eleitorado é das classes C e D. Tem chances reais de conquistar o terceiro mandato.

Guilherme Maluf (PSDB) – Está numa legenda desestruturada, vai ter concorrentes internos bastante conhecidos, como o ex-prefeito Wilson Santos. Maluf teve desempenho fraco como candidato a prefeito e seu mandato na Assembleia tem sido marcado por muitas licenças. Tem potencial financeiro, mas encontra dificuldades de “explodir” em votação.

Emanuel Pinheiro (PR) – Articulado politicamente e bom de oratória, conseguiu fechar apoios de prefeitos e vereadores, principalmente na Grande Cuiabá, importantes cabos eleitorais numa eleição estadual. Se tornou porta-voz de alguns setores e, na Assembleia, ganhou posição de destaque, seja com enfrentamento a problemáticas internas, seja em relação a projetos considerados polêmicos.

Sul: Jota Barreto, Sebastião Rezende, Teté Bezerra, Ondanir Bortolini (Nininho) e Zeca Viana

Jota Barreto (PR) – Demonstra estar bem eleitoralmente em Rondonópolis, aproveitando-se do campo aberto com as saídas da Assembleia de Percival Muniz e de Zé do Pátio. Conta com respaldo de prefeitos, como Maia Neto, de Alto Araguaia, onde costuma ser bem votado. É ligado ao esporte e representa, ao menos na teoria, servidores da secretaria de Fazenda, de cuja quadro faz parte como fiscal.

Sebastião Rezende  (PR) - É carregado por fiéis da Assembleia de Deus, com eleitores espalhados por todos municípios. A cúpula da Igreja o apoia, tanto que permite ao parlamentar manter gabinete dentro do Grande Templo, em Cuiabá.

Teté Bezerra (PMDB) – É privilegiada dentro da legenda peemedebista, cujo presidente estadual é o marido, deputado federal Carlos Bezerra. Conta com respaldo da máquina e com dezenas de indicados nas secretarias de Turismo e Ciência e Tecnologia, todos voltados para sua campanha à reeleição. Prefeitos e vereadores do partido costumam ser “convocados” pelo cacique Bezerra a apoiá-la.

Nininho (PR) – Ex-prefeito de Itiquira, fixou base em Rondonópolis. Com negócios em outras regiões, como no Nortão, ele é empreiteiro e tem contratos milionários com o governo estadual. Possui grande estrutura financeira, substancial para candidato “pesado” se manter no cargo.

Zeca Viana (PDT) – Tem base em Primavera do Leste, abrangendo a região Sul. O irmão Getúlio não saiu com bom conceito de prefeito, o que não possibilita ao irmão-deputado aproveitar “recall” da administração anterior. Preside o PDT-MT e, como não é de “muita conversa” e sem habilidade política, mais arruma confusão do que aglutina. Enfrenta um concorrente forte no município na corrida à Assembleia: apresentador de tv e apoiado pelo prefeito Érico Piana, Luizinho Magalhães (PSD).

Nortão: Baiano Filho, Mauro Savi, Romoaldo Júnior, Ademir Brunetto, Dilmar Dal Bosco, Zé Domingos, Luciane Bezerra e Pedro Satélite

Baiano Filho (PMDB) – Se tornou forte eleitoralmente porque ampliou base no Araguaia, já que em Sinop, cidade pólo da região Norte e onde reside, rompeu com o prefeito Juarez Costa, que apoia Silvano Amaral para deputado. Quando secretário de Esportes do Estado, criou células em vários municípios e agora tem essas estruturas à disposição para campanha.

Mauro Savi (PR) – Como primeiro-secretário (ordenador de despesas), conta com a força da Mesa Diretora da Assembleia, o que potencializa o seu projeto político. Em Sorriso, tem apoio retribuído do prefeito Dilceu Rossato. Costuma investir pesado na campanha.

Romoaldo Júnior (PMDB) – Tende a obter votação expressiva em Alta Floresta, onde foi prefeito, reside e possui negócios. O prefeito Assiel Bezerra o apóia. Se tornou uma das principais lideranças porque outras que eram adversários sucumbiram, como os ex-prefeitos Vicente da Riva e Maria Isaura. Conta ainda com a força do cargo de presidente da Assembleia.

Ademir Brunetto (PT) – Empresário, ampliou estrutura na região Norte contrapondo o colega parlamentar Romoaldo e como voz da oposição ao governo Silval. Quer atrair eleitores anti-governo do PMDB, que enfrenta desgaste.

Dilmar Dal Bosco (DEM) – “Herda” na política estrutura familiar, iniciada pelo irmão, ex-deputado Dilceu. Explora eleitoralmente o trabalho de assistência na área da saúde. Faz parte da bancada que o Riva quer reeleger.

Zé Domingos (PSD) – É liderança em Sorriso, mas não tão forte como antes, pois perdeu a força da máquina municipal com a derrota do aliado Chicão Bedin para Dilceu Rossato. Integra o grupo apoiado por Riva, que sai da Assembleia, mas quer eleger ao menos 3 deputados.

Luciane Bezerra (PSB) – Se tornou deputada porque o marido, ex-prefeito de Juara, Oscar Bezerra, foi barrado pela Lei da Ficha Limpa. Tenta ser Pedro Taques “de saia”, numa linha de combate a corrupção, mas o histórico de ambos difere. Tem à disposição boa estrutura financeira numa região com poucos votos e muitos candidatos fortes.

Pedro Satélite (PSD) – Deputado residente em Guarantã do Norte que perdeu espaço político nas duas últimas eleições estaduais, quando ficou na suplência. Já pertenceu a quase todos grupos políticos e com passagem por muitos partidos. Tem atuação pífia. Costuma montar grande estrutura logística na campanha. Terá dificuldade de se reeleger.

Médio-Norte – Wagner Ramos

Wagner Ramos (PR) - É hoje o único deputado da região. É forte em Tangará da Serra e tenta fechar pacto para ser o principalmente concorrente pelo Médio-Norte. Nessa linha, pode assegurar novo mandato.

Oeste: Antonio Azambuja e Airton Português

Antonio Azambuja (PP) – Em 2012, ganhou visibilidade como secretário de Estado de Esporte, mas teve atuação fraca, assim como na Assembleia. Até mesmo em Pontes e Lacerda, onde foi vereador, terá concorrente direto nas eleições: o vereador reeleito como mais votado Wancley de Carvalho (PV). 

Airton Português (PSD) – Ex-prefeito de Araputanga, "escora” em Riva e no agora deputado federal Roberto Dorner, com quem pretende fazer “dobradinha” eleitoral e pegar “carona” na grande estrutura de campanha que está sendo montada por Dorner. Também é considerado “fraco”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Emidio de Souza | Segunda-Feira, 13 de Janeiro de 2014, 09h00
    3
    3

    Todos os anos apenas 10 partidos consegue eleger Deputados em MT, mas Isso vai Mudar o Partido Social Liberal PSL vai fazer articulações,para eleger um Deputado em MT que vai ser um parlamentar que vai Revolucionar MT.

  • misael | Domingo, 12 de Janeiro de 2014, 20h51
    2
    1

    antonio azambuja tem eleição garantida, sai de pontes e lacerda com mais de 7 mil votos, no minimo 7 vereadors na cidade apoia ele, ex prefeitos, atual prefeito, tem grande estrutura, o restante dos votos pega fora da cidade

GOVERNO DE MT

Após reformas, outra pauta-bomba

Por 18/01/2020, 18h:06 - Atualizado: 18/01/2020, 18h:14

Tchelo Figueiredo

mauro mendes 680

Vem mais uma pauta-bomba aí.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h45
    3
    0

    Aí tem coisa. Quem vai vender peixe no estado? Quem está por trás do governador?

  • Davi | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h44
    3
    0

    MM só trabalha para lobistas. Já tem uma empresa amiga para fornecer peixe no Estado a "convite" do MM.

NOVA GESTÃO NO TCE

Maluf define postos de comando

Por 18/01/2020, 11h:25 - Atualizado: 18/01/2020, 11h:51

Thiago Bergamasco

guilherme maluf 680

Empossado há um mês na presidência do TCE-MT, Guilherme Maluf definiu quase todos os mais de 30 cargos de secretários, diretores e outros postos de comando do órgão de controle externo de toda estrutura dos poderes públicos municipais e estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Os Matogrossenses | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 15h38
    3
    0

    O QUE NÓS MATOGROSSENSES QUEREMOS DO ATUAL PRESIDENTE DO TCE GUILHERME MALUF É JUSTIÇA EM RELAÇÃO A CARGA HORÁRIA CONFORME A LEI, EXIGIR O CUMPRIMENTO DE 08 HORAS POR DIA DE TRABALHO DE TODOS OS SERVIDORES DESTE TCE, POIS OS SERVIDORES PÚBLICOS DESTE ÓRGÃO DEVERÃO SER EXEMPLOS PARA O ESTADO DE MT. DESEJAMOS UMA EXCELENTE GESTÃO PARA A MESA DIRETORA DO TRIBUNAL DE CONTAS.

CASAL MENDES

Caras diz que Mauro salvou esposa

Reprodução/Caras

mauro caras 680

Numa reportagem de três páginas, ilustrada com 10 fotografias e destaque de capa do casal Mendes, a revista Caras, que chegou hoje às bancas, diz que o governador Mauro Mendes, em 2014, salvou a vida da esposa Virgínia ao doar um rim a ela, que sofria de uma doença hereditária.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Elvis levino da Silva | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 09h40
    4
    0

    Dê glórias ao bom Deus por ter salvo a sua esposa. Agora, faça um favor pra todos os trabalhadores de Mato Grosso, salve-os das suas taxações e impostos fora da realidade.

  • ronaldo araujo | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 18h59
    12
    3

    A unica coisa que não entendi foi pq ele levou para São Paulo, ele foi prefeito de Cuiabá, deixou a saúde perfeita com upas, e dois pronto socorro.... Se nem ele acredita no trabalho dele como gestor imagina eu.

  • Vanessa | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h35
    8
    1

    Quase perdeu uma das mãos, agora um rim. É melhor ficar atento governador parece que tem alguém lá em cima insatisfeito com suas diabruras.

  • Lauro Cesar | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h45
    18
    2

    Eu aposto 1000 contra 1 que MM ainda tem os dois rins! me engana que eu gosto.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Pré-candidatos ao Senado entram em disputa por apoio de Bolsonaro

Por 17/01/2020, 10h:32 - Atualizado: 17/01/2020, 10h:38

Marcos Corrêa

jair bolsonaro 680

Pré-candidatos ao Senado, na inédita eleição suplementar marcada para 26 de abril, estão buscando, de alguma forma, apoio do presidente Bolsonaro. E quem o obtiver ganhará um forte cabo eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Júlio | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h43
    5
    4

    Sou morador do Altos da Serra, voto Elizeu. O resto só vem aqui pedir voto, como esse Max que depois da eleição nunca mais vi. Esses Campos estão ricos enquanto VG está à mingua.

  • Maria | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h41
    2
    0

    Maria, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Dormeval | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 17h32
    2
    4

    Eduardo Bolsomim foi só o Júlio Campos dizer que seria candidato que os processos de homicídio contra ele começaram a andar na Justiça. Será porque? Sobre os candidatos, fico entre Medeiros e Elizeu Nascimento.

  • Vilson Peres | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 16h31
    8
    6

    ESCREVE AI O SENADOR DO BOLSONARO E MEU É ZE MEDEIROS E VAI SER DE GOLEADA NESTE julio campos .

  • Eduardo Bolsomim | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 16h24
    1
    10

    Só fofoca, e fake-news, pois na realidade Bolsonaro não vai apoiar ninguem na eleição para o Senado em MT, pois o proprio candidato do DEM é seu amigo e foi seu eleitor o Julio Campos, e tem o apoio do Presidente da Camara Rodrigo Maia,do Presidente do Senado Davi Alcolumbre, dos Senadores Jaime Campos e Wellington Fagundes, e dos Ministros do DEM: Onyx Lourenzoni (Casa Civil),Henrique Mandetta (Saúde),Tereza Cristina(Agricultura)e do seu primo Roberto Campos Neto, Presidente do Banco Central do Brasil. Julio eleito, Bolsonaro terá um Senador firme e competente, por isso esqueça, o Presidente JB é inteligente e não vai entrara numa briga dessa,onde ele só tem a perder.

  • Mike | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h53
    2
    8

    Se o Bolsonaro não apoiar o sargento Elizeu Nascimento vai pegar uma queda de braço com os militares de Mato Grosso, que sempre foram seus cabos eleitorais gratuitos desde o início em favor de oportunistas como esse Pivetta que sempre foi PDT (esquerda) e sempre apoiou o ex-Presidente condenado.

  • Lúcia | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h49
    2
    8

    Vão juntar todos esses caras pra perder pro deputado Elizeu, da mesma forma que todo agro perdeu pra juíza Selma Arruda.

  • Hugo | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h47
    2
    7

    Cadê o deputado Elizeu na matéria? Façam uma pesquisa pra ver, esse cara tem voto por causa da CPI da energisa, cota zero e sua luta contra a Reforma da Previdência no estado.

  • Patrícia | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h44
    2
    8

    Sou servidora pública voto Elizeu Nascimento. Chega do agro.

  • Túlio | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 15h13
    8
    6

    O deputado mais atuante é esse Elizeu, mas o Medeiros também tem bastante voto. Como os dois são amigos do Bolsonaro acho que vão entrar num acordo pra sair um dos dois.

MUNDO SOCIAL

Caras entra na intimidade do casal Mendes; destaca família e superação

Por 16/01/2020, 23h:27 - Atualizado: 16/01/2020, 23h:36

Reprodução/capa/Caras

caras mauro mendes 680

O governador Mauro Mendes é um dos destaques de Caras, revista dedicada ao noticiário de famosos e celebridades e que chega às bancas nesta sexta.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JORGE LUIZ | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 12h21
    0
    0

    JORGE LUIZ, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maykom | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 23h58
    3
    4

    Realmente é uma história de superação atual.

PAUSA PRA DESCANSO

Prefeito da Capital sai de "férias" por uma semana; vice não assume

Por 16/01/2020, 16h:34 - Atualizado: 16/01/2020, 16h:49

elvis emanuel emanuelzinho e marcia pinheiro 680

Prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, a esposa Márcia e filhos Elvis e Emanuelzinho tiram "férias" de uma semana

O prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB) viaja nesta sexta com a família para sete dias de descanso no litoral brasileiro.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • antonio da silva | Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 11h51
    3
    0

    Está de férias com o paletó.

  • Frank Sabiá | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 20h06
    0
    6

    Toda Batalha exige um Guerreiro bem preparado. A Eleição de 2020 será mais pesada do que a de 2012. Uma Semana só é pouco tempo, mas um é que decide o que precisa para Recarregar a Bateria.

  • Ivan Deluqui | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 18h48
    8
    15

    Pode recarregar quantas baterias quiser, mas que vai levar uma surra nas urnas pode esperar, essa pesquisa feita foi pra alegrar o rei deposto e seus bobos da corte.

  • LUIS | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 18h31
    10
    1

    AOS DESAVISADOS UMA DICA. PARA QUE O VICE PREFEITO ASSUMA O CARGO É NECESSÁRIO QUE O AFASTAMENTO SUPERE 15 DIAS, OU QUE O MANDATÁRIO SE AUSENTE DO PAIS. NA HIPÓTESE VENTILADA NÃO HÁ PREVISÃO LEGAL DE ASSUNÇÃO DO VICE. PORTANTO, NÃO HÁ QUALQUER IMPEDIMENTO CRIADO PELO PREFEITO ELEITO. SÓ UMA QUESTÃO DE CUMPRIMENTO DA NORMA QUE DISCIPLINA OS AFASTAMENTOS.

  • octavio augusto regis de oliveira | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h51
    13
    6

    MERECIDO DESCANSO , POIS ESTE ANO VAI SER BEM AGITADO E ELEIÇAO DE SENADOR LOGO EM SEGUIDA PREFEITO , BOM DESCANSO PREFEITO

  • Luciano | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h06
    0
    1

    Luciano, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • junior | Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 16h46
    12
    14

    ele pode proibir o vice em assumir ? é ditador esse paletó

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2477