Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Assembleia Legislativa

24 deputados são empossados


24 novos deputados são empossados nesta terça, após serem eleitos em outubro de  2010
Foto: Widson Maradona 

   Após cerca de um mês e meio de recesso, os deputado estaduais, eleitos e reeleitos, dão início às atividades parlamentares nesta terça, 1º de fevereiro. A cerimônia de posse, que começou por volta das 9h, promete uma manhã movimentada no primeiro dia de atividades na Assembleia. Ao todo, serão três sessões, que além de empossar os parlamentares, definirá a Mesa Diretora que conduzirá a Casa nos próximos dois anos e já recebe pedidos de afastamento e convocação de novos nomes para integrar o Legislativo.

   Com chapa única, a eleição da Mesa, com início previsto para às 10h30, marca o retorno do deputado José Geraldo Riva (PP), cassado no ano passado e reeleito para seu quinto mandato, à presidência da Assembleia. A grupo foi composto por nomes que já estavam atuando na Casa, como Sérgio Ricardo (PR), 1º secretário; Mauro Savi (PR) e Airton Português (PR), na segunda e quarta secretaria respectivamente; Romoaldo Júnior (PMDB), que retorna à Casa após um período sem mandato será o 1º vice-presidente; e os estreantes, Luiz Marinho (PTB), como 2º vice-presidente e Dilmar Dal Bosco (DEM), 3º secretário.

   Os pedidos de afastamento também não devem ser surpresa. Diplomados em 16 de dezembro, os deputados João Malheiros (PR), Antonio Azambuja (PP) e Teté Bezerra (PMDB) foram nomeados secretários de Estado e assumiram, em 1º de janeiro, as pastas de Cultura, Esportes e Turismo, respectivamente. Eles tiveram de ser exonerados dos cargos no Executivo para ser empossados nesta terça, mas logo após a eleição da Mesa, devem apresentar seus pedidos de afastamento para a retornar às secretarias.

   Para a convocação dos suplentes, a Mesa eleita convoca uma sessão extraordinária já às 11h30. Neste ato serão empossados os republicanos Odanir Bortolini, o Nininho, e Emanuel Pinheiro e Luis Magalhães (PP). A expectativa de surpresa para o início dessa legislatura fica por conta do deputado reeleito José Domingos Fraga (DEM), convidado pelo governador Silval Barbosa (PMDB) para assumir a secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf).

   O democrata se reuniu com Silval na tarde desta segunda (31) e caso aceite o convite, seu pedido de afastamento do cargo poderá entrar na pauta desta sessão. Em seu lugar, assumiria Gilmar Fabris (DEM), que, enquadrado na Lei da Ficha Limpa, concorreu sub-judice, mas conseguiu descongelar seus votos antes da diplomação.

Às 8h54Romoaldo retorna à AL depois de 10 anos

   O deputado Romoaldo Junior (PMDB) se mostrou satisfeito com seu retorno à Assembleia depois de dez anos. Ele já atuou na Casa por três mandatos consecutivos e agora, em sua volta, já assume o cargo de 1º vice-presidente da Mesa Diretora. Sua principal meta, no entanto, é fazer uma boa representação da região Norte. “Disputamos o cargo a convite do governador Silval Barbosa (PMDB) e graças à população do Nortão fomos reconduzidos e espero honrar esses votos”, destacou.

   De acordo com ele, muitos municípios da região ainda têm o Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) abaixo do desejável e para enfrentar esse problema, pretende investir em projetos que visem a implementação de um novo desenvolvimento econômico no Nortão, que segundo ele, tem sido prejudicado pelas questões ambientais.


Às 9h12 Tem início cerimônia de posse


Autoridades, como o governador Silval Barbosa, chegam à Assembleia para cerimônia de possse
Foto: Fablício Rodrigues

   Com apenas 12 minutos de atraso, teve início a solenidade de posse dos deputados eleitos para a 17º legislatura. A cerimônia começou com a leitura dos nomes dos parlamentares diplomados para assumir o cargo nesta terça. Com o mandato cassado no ano passado e a maior votação nas eleições, Riva foi o único parlamentar aplaudido durante a convocação que precedeu a leitura do artigo 6º do Regimento Interno da Assembleia.

Às 9h24- Último presidente da Casa, Riva convoca autoridades

    Cumprindo o estabelecido no Regimento Interno, Riva, que foi o último presidente da Assembleia, conduziu a cerimônia e convocou os membros da atual diretoria e as autoridades presentes para compor a Mesa. Além dos parlamentares, participam o vice-governador Chico Daltro (PP), o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo (PTB) e o presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Júlio Pinheiro (PTB), além do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Rui Ramos.

Às 09h26 - Dilmar se sente honrado em integrar Mesa Diretora

   Eleito para seu primeiro cargo político, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) disse se sentir honrado em fazer sua estreia na Assembleia já fazendo parte da Mesa Diretora que será eleita nesta manhã como 3º secretário. Em seu mandato, o democrata prometeu atuar em áreas tocantes como Saúde, Segurança e Educação.

Às 9h32 - Deputados entregam diplomas e declaração de bens

    Os deputados que inciam seus mandatos na 17ª legislatura são convocados, neste momento, para fazer a entrega, em ordem alfabética da documentação necessária para a posse. Eles devem apresentar à Mesa Diretora os diplomas recebidos pelo TRE, bem como suas declarações de bens. A convocação foi feita pelo 1º secretário da atual Mesa Diretora, deputado Sérgio Ricardo (PR). Em seguida, os parlamantares realizam o juramento.

Às 9h34 - Galindo prestigia posse e lembra que estaria deixando a Casa

Júlio Pinheiro e Chico Galindo - Foto: Widson Maradona    Eleito como um dos deputados da 16ª legislatura, o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, que deixou a Casa para a concorrer como vice-prefeito na chapa de Wilson Santos (PSDB) nas eleições muncipais, em 2008, lembrou que seria um dos paralamentares que estaria encerrando seu mandato nesta terça. “Estive dois anos com o time que hoje deixa a legislatura”, lembrou.

    Agora, ele espera contar com o apoio dos parlamentares para conduzir as ações que vão estruturar a Capital para receber os jogos da Copa, em 2014. “Tenho certeza que todos os deputados já estão trabalhando com suas emendas no sentido de podermos realizar um excelente Mundial”, destacou.

Às 9h38 - Riva faz a leitura do juramento

   Como presidente da Casa, Riva faz a leitura do juramento de posse. Em seguida, os parlamantares, ainda em ordem alfabética, apenas ratificam as palavras lidas pelo progressista, confirmando o compromisso diante do Legislativo.

Às 9h37 - Câmara vai estar à disposição da Assembleia, diz Pinheiro

   Representante do Legislativo municipal na solenidade, o presidente Júlio Pinheiro (PTB) destacou que a Casa estará à disposição da Assembleia. “Vamos fazer esse esforço para trabalharmos juntos pela Capital”, disse. Para ele, a união é importante, tendo em vista que o município será sede da Copa de 2014 e palco de uma série de intervenções das esferas municipal, estadual e federal. “Preciamos interagir, Câmara e Assembleia, para que os projetos possam fluir com rapidez. Vamos fazer nossa parte e não temos dúvida que esta Casa, a Agecopa e o Governo farão o mesmo”, concluiu.

Às 9h40 - Executivo e Legislativo têm projeto em comum, afirma Roseli

   A primeira-dama e secretária de Estado de Assistência Social, Roseli Barbosa (PMDB) ressaltou que a expectativa com a nova legislatura é positiva, pois tem certeza que a Assembleia e o Executivo trabalham com um projeto em comum que é o desenvolvimento do Estado. “Nosso objetivo é levar condições de melhoria da qualidade de vida para as nossas famílias, por isso tenho certeza que vamos fazer uma grande parceria”, comentou a secretária.

Às 9h43 - Riva declara instalada a 17ª legislatura

    Após o juramento de todos os deputados diplomados, Riva declarou empossados os novos paralmentares e declarou oficialmente instalada a 17ª legislatura na Assembleia. Em seguida, o Sérgio Ricardo fez a leitura do termo de posse.

Às 9h48 - Savi faz a saudação em nome dos empossados

    Após ocupar a presidência da Casa, depois da saída de Riva, que retorna à Assembleia, o deputado reeleito Mauro Savi (PR) foi o escolhido entre os parlamentares da nova legislatura para fazer a saudação em nome do grupo recém-empossado.

   “Começa hoje uma nova caminhada democrática no Estado, onde a esperança se encontra presente”, iniciou. Ele ressaltou que o compromisso assumido deverá ser encarado com seriedade e determinação pelo desenvolvimento do Estado, com olhar especial aos mais necessitados.

Às 10h02 - Vamos manter a harmonia entre os poderes, diz Éder

Eder Moraes   Com a tarefa de executar o papel de interlocutor entre o Executivo e o Legislativo, o secretário-chefe da Casa Civil, Éder Moraes, disse que pretende que a relação entres os Poderes continue da forma como, segundo ele, já vem acontecendo. “Temos um tratamento recíproco, bastante respeitoso e é essa relação harmoniosa que nós vamos continuar cultivando”, destacou.

   De acordo com o secretário, um dos fatores que contribui para essa harmonia é o fato de Silval ter sido deputado e conhecer bem o funcionamento da Assembleia. Além disso, ele destaca como outro ponto positivo nessa relação a nomeação do deputado Benedito Pinto como secretário adjunto de relações políticas.

Às 10h06 - Governador cumprimenta deputados empossados

Silval Barbosa   Ao saudar o deputados empossados, o governador Silval Barbosa lembrou os desafios que o Estado deve enfrentar ao longo dos próximos quatro anos, citando, inclusive, o discurso de deputado Percival Muniz, que destacou a crise nas aldeias indígenas que ganhou repercussão nacional nos último dias. Para ele, são pautas como essas, como as desigualdades regionais, que devem ser superadas em Mato Grosso. “Temos que fazer com que toda essa riqueza produzida nesse Estado que cresce 10% ao ano possa melhorar a qualidade de vida das pessoas”, destacou.

   Para Silval, é diante desses desafios e da realização de um dos maiores eventos do mundo, a Copa, que ele conclama o Legislatico para, em conjunto, achar soluções e caminhos melhores para a população. “Só solucionando esses problemas é que todos os meus mandatos vão ter valhido a pena e poderemos chegar em 2014 comemorando”, ressaltou. 

Às 10h44 - Em discurso, Riva se emociona e chora

   No último discurso da cerimônia de posse, Riva fez um balanço completo da situação e desafios do Estado, destacando cada um dos principais setores, como desenvolvimento rural, para o qual dispensou maior parte de suas palavras, saúde, educação e segurança pública. “Os discursos de posse devem ser maduros e ter o poder de fazer refletir sobre o papel do Governo e dos deputados”, destacou.

   Ao finalizar, lembrou dos grandes feitos durante os quase 20 anos em que atua na Assembleia e também da gestão de Savi, que assumiu a presidência da Casa em julho, depois que teve seu mandato cassado. “No meu quinto mandato como deputado quero citar algumas conquistas como o Fethab, a nova sede do parlamento, a consolidação do Gaeco, implantações salariais nas diversas categorias e até as privatizações, que chegrama a ser impreeendidas, mas já provam que foram um grande ganho para a sociedade”, ressaltou.

   No entanto, depois de palavras firmes, em que cobrou a participação dos colegas e ações do governador, Riva abriu espaço à emoção e chorou quando comentou sobre a sua família. “Eles me entendem e aceitam como ser humano que sou, mesmo diante das minhas imperfeições e erros”. O deputado encerrou seu discurso entregando seu mandato nas mãos de Deus e agradecendo a confiança de seus mais de 93 mil eleitores e dos outros 23 deputados, que sempre demonstraram confiança em seu trabalho.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Marcilio Anjo | Quinta-Feira, 03 de Fevereiro de 2011, 08h37
    0
    0

    Vilson, Jairo, Serys e os filiados que estavam nessa festa que deveriam se filiar ao PSB pois estamos cansados deles no PT, alias, se não forem deveriam ser expulsos do PT

  • Armando Paulo | Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 11h12
    0
    0

    Corrigir - deve ser 10h44 e não - Às 14h44 - Em discurso, Riva se emociona e chora.

  • Jedae | Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 10h47
    0
    0

    Aquela máxima de que o crime não compensa tem que ser revista. Compensa sim. Só que não pode ser uma lata de sardinha, ou um pacote de leite. Se o caboclo foi negro, pior ainda. riva é o cara. Manda em toda a AL. Nada de braçada no TJ. No executivo, Silval não fala um (a) sem o aval do ôme. rivinha maravilha é na verdade o verdadeiro governador do Estado. Ele loteou o Estado. Ainda estar pra nascer um caboclo que vai peita-lo. Vida longa a rapinagem!

EM CUIABÁ

8 ex-vereadores querem voltar

luiz pocao 680

Oito ex-vereadores pela Capital se inscreveram para o teste das urnas, na esperança de reconquistar mandato.

Postar um novo comentário

INVESTIGAÇÃO

Pela 2ª vez, Câmara de Cuiabá vota amanhã relatório da CPI do Paletó

Por 28/09/2020, 10h:01 - Atualizado: 03h atrás

convocacao cpi 680

A Câmara de Cuiabá realiza amanhã, às 9h, uma sessão extraordinária por videoconferência para votar, de novo, o relatório da CPI do Paletó. A convocação já foi feita pelo presidente Misael Galvão - veja documento acima.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eloi Wanderley da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 10h35
    2
    0

    Se for arquivado novamente será uma desonra a classe política municipal de Cuiabá. Contra imagens não há argumentos, vamos ficar de olho na corja que pedirá arquivamento da CPI do paletó.

CASANDO A IMAGEM

A segunda "senadora de Bolsonaro"

Por 28/09/2020, 09h:38 - Atualizado: 04h atrás

fernanda adesivo 680

Em 2018, Selma Arruda fez campanha como "senadora de Bolsonaro". Todo material publicitário trazia imagem dela colada à do presidente.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dra Alice Albuquerque | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 14h01
    0
    0

    Patético. Uma mulher sendo capacho de um incapaz.

  • Antonio Miguel da Silva | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 13h04
    1
    0

    Só uma pergunta, ela está mentindo ou o povo tem que aceitar realmente que ela é de fato a candidata escolhido pelo presidente

UM VICE DESCARTADO

Queria tudo, ficou sem nada

Por 27/09/2020, 18h:46 - Atualizado: 27/09/2020, 18h:51

niuan ribeiro 680

Alçado vice-prefeito de Cuiabá a partir de 2017, Niuan Ribeiro se sentiu grande. Achou que atingira tamanha envergadura que lhe possibilitaria ocupar todos espaços políticos possíveis que viriam pela frente, seja de prefeito, de senador, seja de dirigente partidário.

Postar um novo comentário

DERROCADA

Desacreditado e isolado, PT disputa em 4 pólos apenas com chapa pura

Por 27/09/2020, 13h:48 - Atualizado: 27/09/2020, 13h:51

julier 680

Nocauteado pela chegada da direita ao poder, o PT ficou tão fragilizado e desacreditado que, nos 10 maiores municípios de MT, só lançou candidato a prefeito em quatro (Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres). E, mesmo assim, com chapa pura.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Janio carlos | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 05h06
    0
    0

    Janio carlos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro Laurin | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 22h36
    7
    24

    Espera pra ver. O PT é quem defende trabalhadores.

  • Beto | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h44
    22
    6

    pt NUNCA MAIS.

DISPUTA ELEITORAL

Nada a perder, só a ganhar

Por 27/09/2020, 08h:53 - Atualizado: 27/09/2020, 08h:55

emanuelzinho 680

Mesmo entrando na disputa de última hora, o jovem deputado federal Emanuelzinho (PTB), de 25 anos, ainda conseguiu fechar aliança com seis partidos na corrida à Prefeitura de Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Felipe Matos | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 19h54
    6
    4

    Essa familiocracia com laços no Ministério Público e no Poder Judiciário é uma vergonha. É a velha política que ainda reina em Mato Grosso. Esse rapaz só virou deputado por causa da máquina da prefeitura de Cuiabá. Agora quer pegar o orçamento da segunda maior cidade do Estado? O que é isso? Monarquia? Empresa política? O povo de Várzea Grande não pode aceitar esse absurdo.

  • Ubirajara | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 13h20
    0
    1

    Ubirajara , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • O ATALAIA | Domingo, 27 de Setembro de 2020, 12h48
    0
    1

    O ATALAIA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2607