Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

3 anos depois, Silval só preserva 5 dos 24 secretários empossados após a reeleição

Todas pastas passaram por trocas, em meio a saídas definitivas, remanejamentos e "rebaixamento" de cargos de assessores

Por 03/04/2014, 17h:00 - Atualizado: 03/04/2014, 17h:10

Silval Barbosa está a 7 meses de concluir o mandato e, dos integrantes do primeiro escalão empossados em janeiro de 2011, após o peemedebista ser reeleito, só restam cinco na equipe: Rosa Neide (Educação), José Alves (Auditoria-Geral), Pedro Nadaf (Casa Civil), Arnaldo Alves (Planejamento) e Djalma Mendes (Defensoria-Geral). Em todas as pastas ocorreram mudanças.

A petista Rosa Neide, por exemplo, saiu e voltou para o comando da Educação. Pedro Nadaf era da Indústria, Comércio, Minas e Energia e conduz a Casa Civil. Arnaldo Alves foi remanejado do Transporte e Pavimentação Urbana para o Planejamento. José Alves entrou no lugar de José Botelho na Auditoria-Geral. Embora faça parte da estrutura da máquina estatal, a Defensoria-Geral passa por um processo de eleição interna para depois haver nomeação, pelo governador, de quem a comanda. E Djalma está no posto de defensor-geral pela segunda vez.

Dos 24 que entraram como secretários há 3 anos, um foi para a cadeia (Pedro Henry, que era da Saúde e acabou condenado pelo STF no processo do mensalão), um faleceu em acidente automobilístico (Nico Baracat, que conduzia a Cidades) e alguns foram "rebaixados" para cargos de segundo e terceiro escalões.

Em meio a tantas mudanças, Silval acabou formando uma equipe mais técnica. E administra com apoio de 4 partidos que têm integrantes no primeiro escalão: PMDB, PR, PT e PSD. Como não há expectativa de poder do peemedebista, pois não é mais nem candidato, o governo começa a sofrer "esvaziamento", com líderes e pessoas com apegos a cargos se desvinculando, já de olho em postos a ser eventualmente ocupados sob o sucessor de Silval.

secretarios silval abril 2014

O governador Silval Barbosa só preserva no 1º escalão 5 dos que tomaram possem em 2011, assim mesmo após remanejamentos; em 3 anos ocorreram mudanças de comando em todas as secretarias

O PR tem no staff Nadaf (Casa Civil), Cinésio de Oliveira (Transporte e Pavimentação Urbana), Arnaldo Alves (Planejamento) e Ananias Filho (Esporte e Lazer). O PMDB de Silval é representado por Luiz Possas de Carvalho (Direitos Humanos), Alan Zanatta (Indústria, Comércio, Minas e Energia), Jairo Pradela (Desenvolvimento do Turismo), Zé Lacerda (PMDB), Sílvio Correa (Ação do Gabinete) e Rafael Bastos (Ciência e Tecnologia). O PT conduz a Educação com Rosa Neide e o PSD está à frente do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar e Cultura, com, respectivamente, Luiz Carlos Alécio e Janete Riva. O vice-governador e um dos líderes do PSD, Chico Daltro, deixa nesta sexta a pasta das Cidades.

Os demais do primeiro escalão são indicações pessoais do próprio governador ou do quadro técnico: Alexandre Bustamante (Segurança Pública), Ildomar de Macedo (Casa Militar), Marcel de Cursi (Fazenda), José Alves (Auditoria-Geral), Jean Estevan (Trabalho e Assistência Social), Pedro Elias (Administração), Jorge Lafetá (Saúde), Jenz Prochnow (Procuradoria-Geral) e Maurício Guimarães (Secopa). Nesta sexta, estão previstas duas novas mudanças. Com a saída de Daltro, a adjunto Márcia Vandoni deve assumir a Cidades e o jornalista Marcos Lemos, o Marcão, se torna secretário de Comunicação no lugar de Carlos Rayel.

Postar um novo comentário

ADVOCACIA

Cria de Blairo se torna lobista no DF

Por 21/01/2020, 19h:49 - Atualizado: 05h atrás

novacki 680

Aos 46 anos e já aposentado como coronel PM-MT, recebendo proventos de R$ 30 mil, Eumar Novacki, hoje advogado, vai montar um escritório em Brasília, onde já reside há mais de 10 anos.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maria Figueiredo Gonçalves | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 23h36
    0
    0

    De fato, o Novacki é um privilegiadíssimo. Coronel PM aposentado aos 46 anos e ganhando R$ 30 mil. Isso é que é privilégio.

  • Francisco Assis roo | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 21h56
    0
    0

    Francisco Assis roo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • alex | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 21h39
    0
    0

    alex, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 04h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jorge kurassaki | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 21h31
    0
    0

    Então reage Lulu; au au ! Então reage gatinho; miiaauu! Reage Pedrinho; pau- pau ; OBA!!!

  • jediel lemes | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 19h23
    2
    0

    Experimentando uma dose do seu próprio veneno ex. promotor Pedro Taques.

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 21/01/2020, 11h:52

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • RICARDO BRAZ | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h56
    0
    0

    QUEM É O CANTO SERTANEJO, O PRIMEIRO DA FOTO?

  • CARLOS | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h53
    1
    0

    CERTINHO MEU LÍDER ROSSATO, SOMENTE A SILVANA QUE NÃO DEVE SER CANDIDATA NÃO FEZ NADA QUANDO FOI SUA SECRETÁRIA, BORA DE #CLAUDIO

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478