Blog do Romilson Cuiabá, 25 de Junho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

fora das ruas

36 militares da ativa cedidos ao TCE

Por 21/05/2019, 15h:15 - Atualizado: 21/05/2019, 20h:34

tce fachada 680

 

O Tribunal de Contas do Estado tem nos seus quadros, cedidos pelo governo, 36 militares, sendo 4 oficiais e 32 praças.

Eles poderiam estar hoje no trabalho ostensivo e repreensivo nas ruas, mas atuam na segurança de todo o complexo do TCE que avança para quase a metade de uma quadra do Centro Político Administrativo, incluindo o Ministério Público de Contas. E todos são da ativa.

No MPE são 75 militares à disposição, 28 da ativa e 47 da reserva remunerada. No Judiciário, há outros 290 policiais cedidos.

Postar um novo comentário

Comentários (22)

  • Geisiane Lopes | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 18h39
    2
    1

    Mauro Mendes meu voto foi para vc Governador, não acho justo ter 36 militares a disposição do Tribunal de Contas , vc tem que colocar esses policiais nas ruas, não estamos tendo segurança nas ruas.

  • Antonia | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 08h09
    9
    4

    Acho equivocado colocar a situação da quantidade de militares cedidos ao TCE com os comentários relativos às recepcionistas, que nem é objeto da matéria. Parece mesmo que trata-se de assunto pessoal de quem comentou sobre elas. As servidoras são sempre educadas e solícitas. Sem existe número maior do que o necessário, isso não é culpa delas. Se a segurança não funciona, não é culpa delas. Se tem colaborador que trabalha por 6 horas, deve ter um contrato que assim determina. Vamos olhar o próprio rabinho antes de vir a público tentar prejudicar quem não tem nada a ver com a história.

  • vão procurar serviço | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 06h17
    8
    4

    Fiquei lendo esses comentários e imaginando o que tem a ver a matéria com as recepcionistas e seguranças da Dss? Você que tem tempo fica mudando o seu nome insistindo na mesma tecla tem detalhes sobre números e sobre até mesmo quem está dentro do gabinete fazendo venda imagino que deva ser um daqueles servidores que vão lá falam bom dia quando falam e volta pra casa e no final da tarde vai lá dá um tchauzinho.Se está preocupado com o que eles ganham ou com o valor que o tribunal está gastando pede pra tirar de vez a V.I daqueles que não precisam ser indenizados pois nao ficam nem pra cumprir sua carga horária e quer fala dos outros..Me poupe...Se poupe...Nos poupe...

  • Carlos R. | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 16h09
    11
    5

    Acho uma discrepância esses tipos de comentários denegrindo as imagens das recepcionado órgão em questão! Eu que sou um frequentador assíduo falo por mim a educação, cordialidade e ótimo atendimento prestado pelas meninas do Edifício em que ficam os conselheiros, sempre parabenizo as mesmas pelo atendimento. É muito fácil perceber a qualidade do serviço prestado quando se compara as recepcionistas com outras de outros órgãos do Estado! Está parecendo uma caça às bruxas, e está parecendo que é uma única pessoa que está escrevendo todos os comentários. Deixo registrada aqui minha indignação.

  • Kaique Silva | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 06h34
    17
    9

    Aonde será que ficam esses 36 militares no TCE? Porque a venda nos corredores e gabinetes estão correndo solto, eles não estão obedecendo a portaria que o Dr Isaías conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de MT baixou alguns meses atrás, Presidente Domingos Neto devolve esses policiais para as ruas, estamos precisando de segurança é na RUA, e não dentro de Gabinete, dentro de plenário, dentro dos corredores do Tribunal de Contas? Temos que denunciar estes fatos seja neste site, na TV, nos rádios ou até mesmo na Ouvidoria do Estado de MT.

  • REVOLTADO TAMBEM | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 06h24
    16
    8

    KKKK ESSA VAI PRA VC "REVOLTADOS" que como vc mesmo diz, 23 anos de tribunal, só mamando no dinheiro publico, porque vc bem sabe que vcs, funcionario do tribunal de faz de contas não tem moral pra discursar sobre moralismo. Um orgão que se fechar ninguem sentiria a falta a não ser voces que mamam essa verba indenizatoria que isso assim alem de receberem altos salarios ainda recebem essa " tar" de VI que, me de papai tambem essa VI

  • Os aposentados | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 22h05
    18
    3

    Só resta saber se esses militares batem ponto? Porque no TCE os cargos comissionados não batem ponto, somente os efetivos e contratados, cadê o Ministério público que não enxergou essa situação ainda? Os Conselheiros exigem dos Gestores públicos a lista de presença até dos médicos das policlinicas , eles precisam ser exemplos para os Gestores públicos e baixar uma portaria e obrigar os comissionados bater ponto, porque tem tantos funcionários e cumprir a carga horária não querem, aproveitando que estamos falando deste órgão fiscalizador presidente do Tribunal de Contas precisa acabar com as mamatas das diárias, está nítido que tem servidores que só querem trabalhar mediante diárias, já pensou se essa onda pega?

  • Funcionários públicos | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 21h52
    15
    10

    Já pensaram tem 36 militares no TCE e nós sem segurança alguma nas ruas, será que dentre esses 36 militares nenhum deles já presenciou uma servidora comissionada do gabinete do Conselheiro Moiseis Maciel vendendo jóias nos setores deste órgão? Cadê a segurança que se tem neste órgão? Presidente do Tribunal de Contas corta de vez esses militares, está ficando feio a situação dentro do Tribunal, para que tanto militar assim? Além deles tem os auxiliares da empresa DSS que dão suporte e trabalham somente meio período, porque tem tantos funcionários que se colocar para trabalhar o dia todo vai ter super lotação, cadê a secretária, a administração desse órgão que não vê isso? Será que somente nós funcionários que visualizamos essa disparidade de servidores da segurança e recepção? Para que tanta gente se o atendimento é péssimo? Sem segurança e sem melhoria no atendimento... .

  • Servidores da Casa | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 21h42
    16
    9

    Domingos Neto presidente do Tribunal de Contas devolve esses militares apadrinhados dos conselheiros afastados, fica somente com militares para sua segurança, além desses militares tem mais de 20 funcionários da DSS que auxiliam na segurança deste Tribunal e não se tem segurança no TCE, tem também as recepcionistas que são desta mesma empresa DSS que liberam a entrada para qualquer um, ficam só na internet, fazem lanche na recepção, até maquiagem, ficam de cabeça para baixo e não comprimenta m nem nós servidores da Casa imagina os visitantes

  • Maria da Glória | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 21h34
    11
    6

    36 militares no TCE, a maioria é herança dos antigos conselheiros, eu acho um desperdício tudo isso sem fazer nada, tem até um bombeiro que se acha lá dentro e segurança que é bom nada, tem até a Major Jussara irmã do Novacki que fica só dentro do seu gabinete, ninguém tem controle da entrada do restaurante de lá de dentro do Tribunal, vão no caixa eletrônico, no prédio aonde fica a presidência nem crachá tem as recepcionistas anotando em um caderno está ultrapassado esse órgão fiscalizador precisa atualizar, as recepcionistas ficam só de bate papo, é preciso fazer um curso para as mesmas, não tem postura, quem será que toma conta dessa recepção que está largada, entra quem quer e sai quem quer também, Conselheiros vcs estão sem segurança alguma, fica a dica devolvam esses militares e substitui essas recepcionistas porque a recepção está péssima o atendimento

TAXAS

OSCIP terá de devolver R$ 1,9 mi superfaturado e perde 10 contratos

Por 25/06/2019, 19h:04 - Atualizado: 26min atrás

joao batista tce 680

 

O TCE-MT está acabando com a farra das OSCIPs, que têm faturado alto diversas prefeituras usando o trunfo de parcerias para cobrar taxas administrativas com valores elevados.

Postar um novo comentário

PROTELAÇÃO

Por que o TRE veloz na cassação de Selma agora não julga embargos?

Por 25/06/2019, 14h:13 - Atualizado: 05h atrás

Geraldo Magela

selma arruda tre 680

 

Pergunta que não quer calar:

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Joaquim Nabuco Miranda de Carvalho | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h22
    3
    3

    Doutora Selma foi uma decepção. Deveria pedir pra sair e abandonar a vida pública.

  • mauricio souza | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h21
    3
    1

    Gostei da definição: tartaruga com câimbra. Bem isso. kkkk

  • A. Carlos | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 14h42
    5
    0

    Com a palavra, o TRE-MT.

CARGO FEDERAL

Ex-secretário assume o Ibama-MT

Por 25/06/2019, 09h:30 - Atualizado: 25/06/2019, 00h:24

gibson costa junior 680 ibama tenente-coronel

 

O tenente-coronel PM Gibson Almeida Costa Júnior, que comandou a Sema por alguns dias no final do ano passado, é o novo superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jose carlos dos santos | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 11h52
    2
    1

    exponencial de alta capacidade técnica e de operacionalização. Ótima escolha.

  • Tukinha Netto de Cuiabá-MT | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 11h37
    2
    1

    parabéns pela escolha . É operacional tem estudo e técnico tem visão e desejo de mudança em todas as áreas que passou deixou portas abertas . Muito feliz por mais este amigo do bem , sempre bem . Eu Sou Tukinha Netto De Cuiabá-MT

  • José Carlos | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 10h09
    4
    1

    Ganham o Ibama, o Meio Ambiente, Mato Grosso e servidores. Parabéns Presidente E Ministro, ótima escolha, pessoa séria, competente e comprometida com servir o público.

  • Malu Mendes Silva | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 09h50
    5
    1

    Time bom, é time que prospera!

QUEDA-DE-BRAÇO

Todos perdem no duelo grevistas inoportunos x governo turrão

Por 24/06/2019, 23h:02 - Atualizado: 24/06/2019, 23h:10

greve 680

Profissionais da Educação, em assembleia-geral nesta segunda, quando decidiram pela continuidade da greve

De um lado, o Sintep, empurrando os educadores para uma greve num momento inoportuno e que completa um mês na próxima quinta, dia 27. De outro, o governador Mauro Mendes turrão, não dando trégua e nem abertura para negociação.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • claudir | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 10h00
    4
    0

    Vazam desses sindicatos pelegos, procurem sua sombra, tem tantas opções por aí, esqueçam o governo, deixa o contratador procurar profissionais para propostas condizentes com a classe. Enquanto tiver esse monte de gente aí se oferecendo para trabalhar, não vai mudar, é a lei da concorrência, diminua a oferta que aumenta a procura, simples de resolver, procurem suas sombras e saem dessa humilhação aí, vocês tão fazendo o jogo do sindicato, não funciona mais, sindicato é entidade vencida, obsoleto, inútil, não devolve o custo, lixo.... saiam disso...

  • alexandre | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 09h27
    2
    0

    não tem dinheiro, não tem limite da LRF, pode fazer 100 anos de greve..

  • Roberto | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 07h42
    4
    5

    Como você bem disse Romilson, os profissionais estão sendo ignorados pelo Governador. Quem sabe, quando a Educação for prioridade neste governo, as coisas mudam!!!

  • gilton | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 06h59
    4
    1

    Ontem o STF em liminar deferiu o pedido do Estado, pra vir mais recurso porem, o Mauro Mendes vai usar o mesmo discurso de que está no limite responsabilidade fiscal, Ou seja, ora MM FALA QUE NÃO TEM RECURSO E QUANDO TEM USA A LEIS DE RESPONSABILIDADE FISCAL PRA NÃO CONCEDER OS REAJUSTO. MM é falastrão mesmo, é só blablabla.

  • Milena | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 01h59
    6
    2

    Greve é uma resposta a esse" governo de mentiras".

  • Francisco de Assis | Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 23h59
    13
    7

    Chega de greve. Vamos trabalhar, gente.

  • Fernando J. Mendonça | Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 23h58
    13
    3

    Enquanto os professores continuarem sendo massa de manobra do Sintep, estaremos ferrados. O Sintep partidariza a discussão e aí o movimento perde força.

  • Glauber | Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 23h41
    10
    12

    Inoportuno nada, temos as piores Cony de trabalho do estado, o pior salário. E temos nosso reajuste retirado de dorma ilegal. Enquanto temos a farra das renúncias fiscais. Mauzinho mentes só enchendo o bolso dos grandes empresários e agricultores.

NOS TRIBUNAIS

Delator vai enfrentar "enxurrada" de ações; Taques e Brustolin, primeiros

paulo brustolin 680

 

Apontado como um dos líderes de um esquema criminoso que desviou milhões dos cofres da Educação do Estado, o empresário Alan Malouf passa a enfrentar os tribunais ainda como réu, mas em ações movidas por suas vítimas.

Postar um novo comentário

CÁCERES E O FIPE-2019

Baixa do rio pode complicar largada das embarcações motorizadas

Por 24/06/2019, 10h:03 - Atualizado: 24/06/2019, 10h:21

junior trindade 680

 

A jogada estratégica do secretário de Turismo e Cultura de Cáceres, Júnior César Trindade, de transferir a edição do FIPE-2019 de maio ou junho para o período de 10 a 14 de julho, inicialmente para resolver um problema, que seria ter mais tempo para conseguir recursos, está correndo risco de arrumar um outro.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2381