Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

4 anos depois de punição por compra de voto, TSE absolve ex-deputada Chica Nunes

Por 20/03/2014, 21h:56 - Atualizado: 20/03/2014, 22h:31

Quatro anos após ser punida pela Justiça Eleitoral por compra de voto, no pleito de 2010, Chica Nunes consegue a absolvição. Em sessão nesta quinta à noite, o Pleno do Tribunal Superior Eleitoral, por unanimidade, deu provimento ao recurso impetrado pela ex-vereadora por Cuiabá e ex-deputada estadual, representada pela banca de Ricardo Almeida Associados, uma das poucas no Estado especialista em direito eleitoral. O relator foi o ministro Dias Toffoli. Agora, Chica não está mais inelegível, embora não demonstre mais interesse de concorrer a cargo eletivo, após o desgaste por ter se envolvido em escândalos, especialmente acerca de rombo financeiro das contas da Câmara Municipal de Cuiabá quando foi presidente.

Chica trocou o PSDB pelo DEM. Hoje atua como assessora do deputado federal Júlio Campos. Em 2010, ainda no cargo de deputada, ela tentou a reeleição, mas não obteve êxito. Chegou a 9.467 votos.

Widson Maradona

chica nunes

Ex-vereadora por Cuiabá e ex-deputada Chica Nunes não está mais inelegível, após a decisão do TSE

O processo em que a ex-parlamentar foi absolvida se refere a um flagrante feito a uma pessoa dentro de uma residência no distrito de Joselândia, em Barão de Melgaço, onde o marido de Chica, Marcelo Ribeiro, era prefeito na época. Havia sido apreendidos notas de R$ 10 e R$ 20 reais, um caderno com nomes de eleitores e "santinhos" de Chica. O Ministério Público Eleitoral a denunciou por compra de voto. Em decisão, a Justiça Eleitoral condenou a então deputada, que foi à reeleição sob judice porque havia sido punida em outro processo junto com o ex-deputado federal Pedro Henry.

A defesa de Chica, sob a condução de Luiz Alberto Vilalba, da banca de Ricardo Almeida, sustentou que não havia prova nos autos acerca da acusação do MPE, pois ela não deu anuência para supostamente ter havido compra de voto e muito menos participado na negociata. O Pleno do TSE, por unanimidade, acatou a tese da defesa e absolveu Chica Nunes.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dornele$ | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 12h36
    1
    1

    Esse mesmo tribunal, inocentou Riva. Qual a novidade em fazer o mesmo com a dona Tchica?

  • Daniel | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 07h34
    10
    1

    Isso é notícia ou comercial de escritório de advocacia?

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 03h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 07h atrás

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Mauro inicia 2º ano sem trocar staff; Taques mudou 7 no mesmo período

Por 20/01/2020, 10h:18 - Atualizado: 20/01/2020, 10h:27

mauro mendes posse 680

Mauro Mendes (DEM) entra o segundo ano de mandato sem promover uma mudança no secretariado. Todos 16, incluindo os que tocam a PGE e a Controladoria, estão nos postos desde 1º de janeiro de 2019.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • andreia | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 15h19
    3
    5

    Jesus não agradou todo mundo, mas a sec. marioneide, vem desenvolvendo um trabalho, não é facil pegar as escolas todas arrebentada, aos poucos vai se arrumando, temos que ter esperança.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478