Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

EFEITO-ARARATH

À revista Veja, ex diz que denunciou Júnior Mendonça após conseguir levantar provas

Por 01/06/2014, 16h:34 - Atualizado: 01/06/2014, 17h:10

A colunista social Kharina Nogueira volta a fazer novas denúncias e revelações polêmicas, agora em entrevista à Veja desta semana. Na coluna Panorama da maior revista do país, ela responde a 10 perguntas. Conta que recebeu ameaças de morte do ex-marido Júnior Mendonça, investigado por usar empresas para atuar como banco clandestino na prática de crimes contra administração pública e lavagem de dinheiro, com envolvimento de vários empresários, profissionais liberais e autoridades dos Poderes Constituídos. A ex do delator, cujas denúncias levadas à Polícia Federal já resultaram em cinco operações, destaca que jamais agiu com desejo de vingança é que só procurou as autoridades policiais depois que sofreu ameaças de morte e conseguiu juntar provas. No último dia 22, em entrevista ao vivo ao RDTV, Kharina também sustentou denúncias graves, inclusive envolvendo políticos - confira aqui.

Reprodução

kharina nogueira

Entrevista de Veja desta semana com colunista Kharina Nogueira, ex do empresário Júnior Mendonça

 Eis, abaixo, a íntegra da matéria de Veja com Kharina

O pesadelo dos ex-maridos

Em 2006, ela se separou de um empresário de Cuiabá e contou à polícia sobre fraudes que suspeitava que ele operasse. A denúncia gerou uma megaoperação da Polícia Federal que hoje abarca deputados e senadores

Ex-mulher é para sempre?
Não, já tive outros ex. Depois que me separei do Gércio Mendonça Júnior, namorei um juiz, tive um casamento de um ano e namorei outro rapaz, que se suicidou.

Houve o desejo de vingar uma traição?
Jamais. Minha desconfiança em relação ao Júnior começou quando tentei engravidar por dois anos, sem que ele me contasse que era vasectomizado. Quando descobri, fui atrás para saber o que mais ele me escondia.

Que luxos tinha com ele?
Viajávamos a cada dez dias. Cheguei a fazer uma compra na Daslu de 100 000 reais. Contas de restaurantes não saíam por menos de 3 000 reais.

Por que o denunciou só depois de separada?
Ouvia ligações em que ele pedia ou repassava 500 000 reais. Quis entender e ele disse para não me meter e me ameaçou de morte. Eu o denunciei quando consegui juntar provas.

Identifica-se com Rosane Collor?
Não. Rosane ficou com o dela, né? Processou o ex-marido e levou parte do patrimônio. Antes de me casar, os bens do Júnior já estavam no nome de um tio. Minha situação financeira é péssima.

Casou por amor?
Sim. Ele não era rico. Tinha duas lojas de venda de pneus. E, quando pedi a separação, ainda o amava. Mas ele mentiu para mim todo o tempo, pois estava envolvido em processos ilícitos.

Como se “lavam” 500 milhões de reais, segundo a PF acredita que seu ex fez?
Com agiotagem. Eu te dou 500 milhões a 1,5% de juros ao mês e você repassa aos seus clientes a 10% ao mês, mas me devolve o valor a 1,5%. Ele também abriu empresas hoje acusadas de ser bancos clandestinos. Senadores e deputados estão envolvidos.

Como a sociedade de Cuiabá está reagindo?
Eu era colunista social de um jornal, ao qual Júnior repassava valores todo mês, e fui demitida. Hoje trabalho com mídias sociais. Não perdi contatos. As pessoas sabem que eu sou decente.

Esposas que desfrutam as vantagens de um marido corrupto também são eticamente condenáveis?
Júnior escondia tudo de mim. Nem telefone fixo havia em casa. As transações ilícitas dele com os capangas eram só via celular. 

Qual ex-mulher a senhora gostaria que contasse tudo?
Patrícia Toledo, que ainda é mulher do Fernando Mendonça, dono de um atacado em Cuiabá. Ele é beneficiário do esquema do Júnior, e o patrimônio da Patrícia quintuplicou.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • LUIZ FERNANADO | Segunda-Feira, 02 de Junho de 2014, 09h42
    2
    0

    LUIZ FERNANADO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Andre | Segunda-Feira, 02 de Junho de 2014, 03h52
    1
    1

    Andre, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Medonho Mendonça | Domingo, 01 de Junho de 2014, 18h48
    19
    2

    Bem, Fernando Mendonça é o maior financiador da Candidatura de Pedro Taques... Muvuca tem razão!

ELEIÇÃO AO SENADO

Julinho prestes a jogar a toalha

Por 26/05/2020, 16h:59 - Atualizado: 7min atrás

Rodinei Crescêncio/Rdnews

julio campos 680

Julio Campos (DEM) não admite publicamente, mas, em conversa reservada com os mais próximos, já fala em jogar a tolha sobre eleição suplementar ao Senado.

Postar um novo comentário

MESA DA ASSEMBLEIA

Negociação de Bezerra para Max abrir caminho à Janaina Riva

Por 26/05/2020, 10h:42 - Atualizado: 06h atrás

carlos bezerra 680

O cacique do MDB, deputado Carlos Bezerra, entrou no circuito para convencer Max Russi (PSB) a desistir de vez da disputa à Primeira-Secretaria da próxima Mesa da Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • DE OLHO | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 15h25
    4
    1

    O FRUTO NÃO CAI LONGE DO PÉ !! vejam quem é o pé da JANAINA.

  • Valter | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 15h17
    3
    1

    Será porque a Deputada Janaina Riva está "brigando" para ocupar o cargo da Primeira-Secretaria da assembléia Legislativa? Nesse mato tem coelho,

  • Ze da roça | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 15h15
    2
    0

    A ARMA PODEROSA PRA EXTINGUIR POLÍTICO MUSEU É A NOSSA CONSCIÊNCIA ESTABELECENDO UM CRITÉRIO DE ESCOLHA QUE ELIMINA QUEM JÁ ASSUMIU CADEIRA NO LEGISLATIVO E EXECUTIVO NÃO VOTANDO EM FILHO SOBRINHO AFILHADO DE POLÍTICOS NÃO VENDENDO O PRÓPRIO VOTO POR EMPREGOS E BENS

ARTICULAÇÃO

A investida de um suplente para se tornar secretário de Estado

Por 25/05/2020, 18h:27 - Atualizado: 25/05/2020, 18h:30

oscar bezerra 680

Com a desistência de Faissal Calil do comando da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação e retorno à cadeira na Assembleia, o primeiro-suplente Oscar Bezerra perdeu espaço e ficou sem perspectiva para viabilizar sua candidatura a prefeito de Juara.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Roberto | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 09h06
    3
    2

    Efa Forte, comente sobre a gestão desta família aí em Juara. Luciane Bezerra fez um bom trabalho a frente da Prefeitura?

  • Efa Forte | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 07h53
    6
    0

    Esse cidadão acabou com a carreira política da sua esposa. Nem sei como consegui dormir. Agora quer ser prefeito novamente. É brincadeira esse nosso Mato Grosso. E ainda vai ganhar, pois são muito ricos.

  • Comentarista | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 19h13
    1
    1

    E eu achando que era o adjunto que queria ser

Rondonópolis

Vice nega elo com ex-filiado que denuncia prefeito e vereadores

Por 25/05/2020, 11h:32 - Atualizado: 25/05/2020, 11h:42

ubaldo vice-prefeito 680

O vice-prefeito de Rondonópolis, empresário Ubaldo Tolentino de Barros, que já está no quarto partido em menos de 10 anos de vida pública, tratou de se antecipar, aplicando "vacina" em si próprio,  sobre uma denúncia grave feita pelo radialista e apresentador de TV, Waldemir Costa, contra o prefeito Zé do Pátio e vereadores.

Postar um novo comentário

INSTITUTO FEDERAL

Na disputa à Reitoria, uma ameaça à hegemonia de um antigo grupo

Por 24/05/2020, 22h:39 - Atualizado: 25/05/2020, 07h:33

deiver alessandro ifmt 680

Apoiado pelas chamadas bases de servidores com sentimentos de mudanças, o professor Deiver Alessandro Teixeira, diretor-geral do Campus do IFMT Cuiabá Bela Vista, se tornou uma ameaça à hegemonia do grupo do reitor Willian de Paula, que comanda o Instituto Federal de Mato Grosso há mais de duas décadas, ainda da época da escola técnica e CEFET.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • gislaine.costa2022 | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 22h38
    7
    2

    E vamos de Deiver! A eleição não será fácil. A máquina sempre jogou pesado nas eleições. Olhem as portarias. Tem remoção de servidor acontecendo mesmo com as atividades suspensas! Vamos ficar de olho.

  • Adriana.velas@hotmail.com | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 22h27
    7
    2

    Votar em Júlio é votar em Glaucia, Marcus Taques e Adriano Breuning. Mais 4 anos de retrocesso! PRECISAMOS DE MUDANÇA

  • sabinoafranio2018@gmail.com | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 21h47
    7
    0

    Trabalhei com o professor Deiver em Cáceres. Muito bom ele ter colocado o nome a disposição. Sempre foi muito firme e sério. Não temos reitoria hoje. Já pedi agenda com o reitor duas vezes e sempre dizem que está viajando e se quero falar com a vice reitora. Precisamos de mais respeito com nossa instituição. Na última eleição votei no professor Rui, mesmo não o conhecendo, votei pq ele era da oposição. E nessa eleição, se o professor Deiver dor candidato mesmo terá meu voto e meu apoio.

EFEITO-PANDEMIA

Coronavírus vai matar reeleição de muitos prefeitos

Por 24/05/2020, 21h:27 - Atualizado: 24/05/2020, 22h:57

z� do patio 680

A Covid-19 deve matar o projeto de reeleição de muitos prefeitos, seja por causa de denúncias de irregularidades e má aplicação dos recursos à saúde, seja pela postura adotada em relação à pandemia. 

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2546