Blog do Romilson Cuiabá, 20 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Alta Floresta

Adversários, Romoaldo e Brunetto devem dividir palanque na campanha à reeleição

Por 23/02/2014, 13h:15 - Atualizado: 23/02/2014, 14h:20

Rodinei Crescêncio

romoaldo_brunetto_barranco_izaura.jpg

Romoaldo Junior,  Brunetto e Valdir Barranco disputar eleição, Izaura descarta

Adversários políticos em Alta Floresta e dentro da Assembleia, o presidente da Mesa, Romoaldo Júnior (PMDB), e o deputado Ademir Brunetto (PT) voltam a se enfrentar nas urnas, desta vez na briga pela reeleição. Em 2012, Romoaldo levou a melhor, quando seu apadrinhado Asiel Bezerra (PMDB) venceu eleição para prefeito, numa disputa com a mulher do petista, Lucimara Brunetto.

Na atuação no Legislativo, ambos adotam posturas distintas. Desde o ano passado, Brunetto intensificou a oposição ao governo Silval Barbosa (PMDB), mesmo contrariando o partido, que não só pertence a base, como ocupa cargo no secretariado por meio da secretaria de Educação.

Já Romoaldo, é defensor do chefe do Executivo, tanto que, mesmo depois de deixar o posto de líder de Silval, compra a briga para blindar o correligionário. O “problema” é que ambos tendem estar no mesmo palanque, já que PT e PMDB caminham juntos não só na Capital como nacionalmente e buscam lutar unidos pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

A disputa entre representantes de Alta Floresta à Assembleia, contudo, não deve se limitar aos dois parlamentares. O superintendente do Incra, Valdir Barranco (PT), deverá deixar o posto no órgão para concorrer. Por serem do mesmo partido, Brunetto e Barranco devem dividir os votos na região. O deputado, no entanto, afirma não haver ciumeira. Por outro lado, lembra que o correligionário teve contas rejeitadas e por isso pode ser barrado como candidato. “Tem voto pra todo mundo. Assim como faço muito voto lá, ele também pode fazer”, afirmou Brunetto.

Já a ex-prefeita da cidade, Maria Izaura Dias Alfonso (PDT), mesmo tendo o nome lembrado pelo pré-candidato ao governo do Estado, senador Pedro Taques (PDT), afirma que não irá pleitear cargo nas eleições de outubro. “O Taques esteve na região e disse que meu nome é bom para a Assembleia. Eu vou estar na campanha dele, mas não sou candidata”, garante.

Maria Izaura deixou o Executivo com boa avaliação. Por isso, seria forte para disputar cadeira na Assembleia e ser pedra no sapato de Romoaldo e Brunetto. Ela ressalta, porém, que tomou a decisão por considerar que não irá resolver os problemas de Alta Floresta no Legislativo, além não acreditar que tem perfil de legisladora. “Eu vou apoiar candidato que confio, mesmo que seja de Cuiabá, de outra base. Penso na jornalista Adriana Vandoni. Vou fazer campanha pra ela”, revela.

Romoaldo começa a contabilizar a votação das eleições passadas. Além disso, o presidente diz já ter apoio declarado de lideranças da região norte. “Lá eu sempre tive votação fantástica. Os prefeitos de Alta Floresta, Apiacás, Colíder, Paranaíba, Monte Verde, Juruena, Cotriguaçú e Aripuanã disseram que estão comigo no meu projeto de me reeleger deputado”, garante.

Brunetto deve sair em vantagem na disputa. Isso porque o apadrinhado de Romoaldo, prefeito Asiel, não faz boa gestão. Embora não assuma, o presidente do Legislativo já vem se afastando do prefeito para não ser prejudicado pelo desgaste. 

No município, que é um dos principais da região norte, a disputa eleitoral é tão grande que, no período de campanha, cabos eleitorais e moradores engajados na política evitam usar camisetas da cor do partido opositor ao que apoiam.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 02h atrás

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Mauro inicia 2º ano sem trocar staff; Taques mudou 7 no mesmo período

Por 20/01/2020, 10h:18 - Atualizado: 20/01/2020, 10h:27

mauro mendes posse 680

Mauro Mendes (DEM) entra o segundo ano de mandato sem promover uma mudança no secretariado. Todos 16, incluindo os que tocam a PGE e a Controladoria, estão nos postos desde 1º de janeiro de 2019.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • andreia | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 15h19
    0
    0

    Jesus não agradou todo mundo, mas a sec. marioneide, vem desenvolvendo um trabalho, não é facil pegar as escolas todas arrebentada, aos poucos vai se arrumando, temos que ter esperança.

EFEITO-CASSAÇÃO

Selma, casarão em Chapada e risco de ficar mais pobre do que entrou

Por 19/01/2020, 19h:16 - Atualizado: 19/01/2020, 19h:20

casa selma chapada 680

Casarão de Selma Arruda, no Bom Clima, em Chapada dos Guimarães, avaliado por ela, em 2018, por R$ 600 mil

A senadora cassada Selma Arruda, dona de três imóveis, entre eles uma mansão em Chapada dos Guimarães, pode ficar mais pobre do que entrou na vida pública se tiver que pagar solidariamente, com os dois suplentes, pelos custos da eleição suplementar, que acontece em 26 de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • jj | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 09h43
    14
    0

    isso ai deveria valer pra todos os politicos, quantos e quantos faz o que ela fez e ta bem ai de boa, e os 5 conselheiros do tribunal de faz de contas, que estao afastados entre aspas e recebendo altos salarios, isso tbem é uma vergonha.

  • Fernandes | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 09h35
    18
    1

    Nós servidores públicos devemos nos unir e votar em candidatos que não são do agro, pois eles defendem a isenção fiscal dos seus amigos e parceiros , e a conta disso tudo recai sobre nós servidores com alíquotas que já beiram 14,25%, recebendo nossa remuneração parcelada e em atraso!

  • Gilston | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 08h03
    19
    3

    Tem que ser no rigor da leis, não era assim que ela agia? Então ela tem que pagar esta despesa que ela mesma fez ao cometer seu crime. Não o povo.

BR-163

Governo fecha em 2021 todo trecho duplicado Cuiabá-Rondonópolis

Por 19/01/2020, 11h:21 - Atualizado: 19/01/2020, 11h:32

br-163 680

Mesmo com o trecho da BR-163, entre Cuiabá e Rondonópolis, entregue à concessionária Rota do Oeste, inclusive com três praças de pedágio, o governo federal segue o trabalho de duplicação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • JHOY | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 18h00
    0
    0

    NÓÓÓÓÓSSA. ESSA DUPLICAÇÃO COMEÇOU NO SÉCULO, NO MILÊNIO PASSADO.

  • Juscelino Ribeiro | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 12h39
    6
    0

    E O Trecho do Distrito Industrial de Cuiabá até o Rosário Oeste, é de responsabilidade de quem duplicar ?. Lá também se cobra pedágio e a rodovia é muito ruim.

GOVERNO DE MT

Após reformas, outra pauta-bomba

Por 18/01/2020, 18h:06 - Atualizado: 18/01/2020, 18h:14

Tchelo Figueiredo

mauro mendes 680

Vem mais uma pauta-bomba aí.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Luciano | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 16h13
    1
    0

    Alencar seja menos ingênuo. Esse governador não faz nada de graça. Ele trabalha para lobistas. Nesse angu tem caroço.

  • Alencar | Domingo, 19 de Janeiro de 2020, 07h58
    2
    3

    Tem que aprovar. Estão acabando com os peixes do nossos rios.

  • Davi | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h45
    10
    3

    Aí tem coisa. Quem vai vender peixe no estado? Quem está por trás do governador?

  • Davi | Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 19h44
    12
    3

    MM só trabalha para lobistas. Já tem uma empresa amiga para fornecer peixe no Estado a "convite" do MM.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478