Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Maio DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Agro MT e Expoagro ainda incertos no calendário deste ano em Cuiabá

Por 18/04/2019, 17h:05 - Atualizado: 18/04/2019, 17h:18

Edson Rodrigues/arquivo

parque jonas pinheiro 680

Vista aérea do parque de exposições Jonas Pinheiro, com 170 mil metros quadrados, na região central de Cuiabá

A diretoria do Sindicato Rural, que não viu prosperar o projeto de construção de um novo parque de 40 hectares numa área doada pelo Estado, fora do centro de Cuiabá, decide na próxima semana se realiza ou não neste ano o Agro MT, que entrou no calendário de eventos da Capital no ano passado, e também se retoma a Expoagro, interrompida em sua 53ª edição. Uma reunião foi convocada para debater o assunto.

É que as obras do novo plano diretor dentro do parque de exposições Jonas Pinheiro, com 170 mil m2, estão em ritmo lento, por causa do período chuvoso. Com recursos de um fundo mantido pelo setor e do Ministério da Agricultura, estão sendo feitas mudanças de pavilhão e reformas em geral.

Existe temor dessas obras não ficarem prontas dentro dos próximos dois meses, o que levaria a diretoria a acabar de vez com a Expoagro e suspender a 2ª edição do Agro MT,  feira que junta tecnologias, balcão de negócios e ciclo de palestras mais focados nos assuntos da agropecuária. Nesse caso, ficam em segundo plano eventos mais populares, como shows com artistas nacionais, trunfo corriqueiro nas feiras agropecuárias para atrair milhares de visitantes.

Postar um novo comentário

primeiro escalão

6 secretários têm salário superior ao do governador; um deles, R$ 42 mil

Por 26/05/2019, 09h:05 - Atualizado: 11min atrás

Christiano Antonucci

Emerson Hayashida 680

Emerson Hayashida, que conduz CGE, ganha R$ 42,4 mil, incluindo VI e a vantagem por ocupar cargo comissionado

Seis secretários de Estado, incluindo controlador e procurador-geral, ganham mais que o governador Mauro Mendes, que recebe bruto R$ 20,2 mil mensais. Três entre os 16 do primeiro escalão têm vencimento dobrado em relação ao chefe do Executivo.

Postar um novo comentário

A importância do sorriso

Por 26/05/2019, 00h:14 - Atualizado: 25/05/2019, 20h:29

Dayanne Dallicani

Colunista Jackelyne Pontes

 

Fato inegável: o sorriso é o nosso cartão de visitas.  

Postar um novo comentário

23 de maio: marco histórico para o Brasil

Por 26/05/2019, 00h:01 - Atualizado: 25/05/2019, 09h:52

Rodrigues Souza

Rodrigues Souza

23 maio de 2019 tornou-se marco histórico para o Brasil e o Movimento de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT). Data em que o Supremo Tribunal Federal (STF) obteve a maioria dos votos de seus ministros para criminalizar o ato de ódio e repulsa a população LGBT. Mesmo com o adiamento do julgamento, o processo já é simbolicamente vinculante e com efeitos normativos para o ordenamento jurídico brasileiro.

Postar um novo comentário

CERCO A INDÚSTRIAS

Mauro e desafio de cortar incentivos

Por 25/05/2019, 18h:14 - Atualizado: 25/05/2019, 18h:19

Christiano Antonucci

mauro mendes 680

 

Enquanto a Assembleia suspende as investigações da CPI dos Incentivos Fiscais, com promessa de retomada quando tiver equipe técnica no auxílio dos parlamentares, o governo segue reclamando de prejuízos milionários por causa de benefícios concedios ilegalmente no passado a várias empresas.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João | Sábado, 25 de Maio de 2019, 19h11
    3
    0

    Essa eu quero ver...

Enfim, aberta licitação do transporte

Por 25/05/2019, 10h:46 - Atualizado: 25/05/2019, 10h:54

onibus 680

 

A Prefeitura de Cuiabá, enfim, abre em 15 de julho a tão esperada licitação, em quatro lotes, para o transporte coletivo de passageiros, cuja concessão será por 20 anos, podendo prorrogá-la por mais 10.

Postar um novo comentário

A reforma administrativa não efetiva

Por 25/05/2019, 08h:40 - Atualizado: 25/05/2019, 08h:45

Nilson

Nilson Batista

Os dados do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) do 1º bimestre do exercício de 2019 do estado de Mato Grosso, publicado no site da Secretaria de Estado de Fazenda (SEFAZ), mostra que as receitas correntes arrecadadas somaram R$ 2,52 bilhões. Se adicionarmos o valor das receitas intraorçamentárias, o valor total aumenta para R$ 2,79 bilhões. O mesmo relatório mostra que as despesas correntes empenhadas, que inclui pessoal, somaram R$ 2,13 bilhões. Se adicionarmos as despesas intraorçamentárias, o valor total aumenta para R$ 2,41 bilhões.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2776