Blog do Romilson Cuiabá, 27 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ARTICULAÇÃO

Aliado a Taques, Wilson diz que oposição presta serviço ao rejeitar os republicanos

Por 17/05/2014, 10h:20 - Atualizado: 18/05/2014, 07h:52

Rdnews

wilson_interna_blog.jpg

Ex-prefeito de Cuiabá Wilson Santos avalia cenário e conjectura sobre o PR

O ex-prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) é uma das lideranças que rejeitam a adesão do PR ao bloco oposicionista formado por PDT, PSDB, DEM, PSB, PPS, PV para sustentar a pré-candidatura do senador Pedro Taques (PDT) ao Governo. O tucano também afirma que a possibilidade dos republicanos ingressarem na aliança foi praticamente sepultada na reunião das lideranças, realizada na última segunda (12). “Eu não estava presente, mas fui informado que a maioria dos partidos é contra a presença do PR no grupo. Os republicanos devem ficar na base governista, onde estão desde o descobrimento do Brasil”, dispara.

Para Wilson, ao rejeitar o PR, o bloco de oposição acaba prestando um serviço aos republicanos. Isso porque impede que assumam um posicionamento profundamente incoerente e percam o respeito das diversas forças políticas. O tucano ainda considera que o PR precisa parar de flertar com a oposição e a base governista ao mesmo tempo, e permanecer com seus aliados tradicionais. Caso contrário, Wilson acredita que a sigla corre o risco de ser rejeitada até mesmo pelo bloco situacionista. “Se continuar assim, daqui a pouco nem os governistas querem mais o PR. Nós não queremos porque aliança incoerente significa derrota. O principal exemplo é Júlio Campos e Carlos Bezerra em 98”.

Segundo o tucano, a adesão do PR à pré-candidatura de Taques também descredencia o discurso oposicionista. Ele ainda lembra que os republicanos ajudaram a eleger e ocupam diversos cargos no governo do peemedebista Silval Barbosa.

Ocorre que o PSB, do prefeito de Cuiabá Mauro Mendes, defende a adesão do PR ao grupo pró-Taques e se movimenta para atraí-lo, inclusive sinalizando com a vaga de senador na chapa majoritária para o deputado federal Wellington Fagundes. A articulação contraria os interesses do DEM, que trabalha para garantir a reeleição do senador Jayme Campos.

O choque de interesses gerou troca de farpas entre democratas e socialistas, colocando em risco a própria manutenção da aliança. Na semana passada, o presidente estadual do DEM, deputado federal Júlio Campos, declarou que Mauro não tem capacidade de costurar uma aliança política. O PSB reagiu e divulgou nota acusando o parlamentar de corrupto e autoritário.

Neste caso, Wilson considera o conflito natural já que reflete a briga por espaço na chapa majoritária. O embate entre os aliados, em sua opinião, serve para construir uma chapa competitiva e formada por pessoas capacitadas para ingressar na disputa eleitoral. “Depois do conflito, as coisas voltam ao normal e todos passam a falar a mesma língua”.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • FERREIRA | Domingo, 18 de Maio de 2014, 22h10
    0
    3

    Parabéns WILSON, vc e um político de coragem e não fica em cima do muro e gosta dos MATO-GROSSENSES, TAQUES esta com um ótimo aliado político. estamos com vcs

  • marcus vinicius | Domingo, 18 de Maio de 2014, 16h24
    2
    0

    dexa de besteira homi ta falando cagas dágua..o PR é um monstruoso partido dentro do MT ..agora vc q tem q tomar cuidado q seu partido é minusculo aq no Mt e corre risco de se eleger para deputado..O PR tem nada mais nada menos que a maior bancada de deputado da AL e todos nao sao bobos..nois temos a carta na mao..quem viver verá...

  • Joana | Sábado, 17 de Maio de 2014, 15h12
    6
    0

    O Taques vomita em cima do Silval para justificar que ele é oposição, mas todo partido dele é da situação, e muitos seus correligionários aqui de em Mato Grosso até o final do ano passado eram simpáticos ao governo Silval. Isso é incoerência. E W S não é a pessoa mais indicada pra argumentar nesse sentido.

QUEBRA DE DECORO

CIP em Poconé intima governador e chefes do MPE e TCE para depor

Por 27/05/2020, 10h:43 - Atualizado: 01h atrás

marcio marcinho pocone 680

Uma investigação sobre suposta quebra de decoro de dois vereadores em Poconé acabou sobrando para autoridades do Executivo e Judiciário estadual, além do TCE e do MPE. O presidente da Comissão de Investigação e Processantes (CIP), Márcio Fernandes Pereira, o Marcinho (MDB), só faltou convocar o presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Eleitor | Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 11h52
    0
    0

    Uma vergonha esses vereadores de pocone cada um nenhum fizeram nada , nos 4 anos agora querem aparecer , tem vereador que só vive pescando, outros aí que nem compensa comentar, Que a hora vai chegar às verdades vão aparecer no momento certo vereadores mudança 100 % do legislativo de Poconé, acha que o povo é burro esses vereadores que não fizeram nada agora querem aparecer kkkk.

  • João plenario | Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 11h48
    0
    0

    Vereadores, o voto é livre, as palavras no calor da emoção, fazem parte da política, as desavenças acontecem dos simples citações, a mais alta corte ou poder, vejo essa vou, como perseguição política, e não o zelo com pela coisa pública. Isso é uma vergonha.

ELEIÇÃO AO SENADO

Julinho prestes a jogar a toalha

Por 26/05/2020, 16h:59 - Atualizado: 26/05/2020, 17h:03

Rodinei Crescêncio/Rdnews

julio campos 680

Julio Campos (DEM) não admite publicamente, mas, em conversa reservada com os mais próximos, já fala em jogar a tolha sobre eleição suplementar ao Senado.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Janjao | Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 08h10
    2
    0

    Esse é o Julinho tá parecendo mais o "Dom Corleone" nessa foto!

  • Filpo | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 20h53
    7
    11

    Por duas razões o grupo de jc acha que ele não deve tirar o time de campo: primeiro é que ele está bem pontuado e, segundo, eles acham os principais competidores são relativamente fracos, irão dividir votos no nortão, e perderão nas principais das demais regiões para ele. São favas contadas.

  • Leonardo | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 18h42
    20
    5

    Tá igual o irmão dele, só monta em cavalo já arriado! Kkkkk

MESA DA ASSEMBLEIA

Negociação de Bezerra para Max abrir caminho à Janaina Riva

Por 26/05/2020, 10h:42 - Atualizado: 26/05/2020, 10h:47

carlos bezerra 680

O cacique do MDB, deputado Carlos Bezerra, entrou no circuito para convencer Max Russi (PSB) a desistir de vez da disputa à Primeira-Secretaria da próxima Mesa da Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Observador | Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 07h27
    4
    3

    EU DIVIDO QUE O RUSSI SE VENDERIA A TROCO DE APOIO POR CONTA DO MDB E DO BEZERRA. O CARGO NÃO É PARA FAZER POLITICAGEM E PARA TRABALHAR PELO POVO. SE ELE FIZER ISSO VAI SE QUEIMAR A PONTO DE NEM PARA VEREADOR SER ELEITO MAIS

  • Lulu | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 18h26
    10
    6

    E José Riva volta a ser o ordenador de despesas da Casa Cidadã....

  • Critico | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 16h33
    2
    1

    Critico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

ARTICULAÇÃO

A investida de um suplente para se tornar secretário de Estado

Por 25/05/2020, 18h:27 - Atualizado: 25/05/2020, 18h:30

oscar bezerra 680

Com a desistência de Faissal Calil do comando da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação e retorno à cadeira na Assembleia, o primeiro-suplente Oscar Bezerra perdeu espaço e ficou sem perspectiva para viabilizar sua candidatura a prefeito de Juara.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Roberto | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 09h06
    5
    6

    Efa Forte, comente sobre a gestão desta família aí em Juara. Luciane Bezerra fez um bom trabalho a frente da Prefeitura?

  • Efa Forte | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 07h53
    11
    1

    Esse cidadão acabou com a carreira política da sua esposa. Nem sei como consegui dormir. Agora quer ser prefeito novamente. É brincadeira esse nosso Mato Grosso. E ainda vai ganhar, pois são muito ricos.

  • Comentarista | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 19h13
    3
    3

    E eu achando que era o adjunto que queria ser

Rondonópolis

Vice nega elo com ex-filiado que denuncia prefeito e vereadores

Por 25/05/2020, 11h:32 - Atualizado: 25/05/2020, 11h:42

ubaldo vice-prefeito 680

O vice-prefeito de Rondonópolis, empresário Ubaldo Tolentino de Barros, que já está no quarto partido em menos de 10 anos de vida pública, tratou de se antecipar, aplicando "vacina" em si próprio,  sobre uma denúncia grave feita pelo radialista e apresentador de TV, Waldemir Costa, contra o prefeito Zé do Pátio e vereadores.

Postar um novo comentário

INSTITUTO FEDERAL

Na disputa à Reitoria, uma ameaça à hegemonia de um antigo grupo

Por 24/05/2020, 22h:39 - Atualizado: 25/05/2020, 07h:33

deiver alessandro ifmt 680

Apoiado pelas chamadas bases de servidores com sentimentos de mudanças, o professor Deiver Alessandro Teixeira, diretor-geral do Campus do IFMT Cuiabá Bela Vista, se tornou uma ameaça à hegemonia do grupo do reitor Willian de Paula, que comanda o Instituto Federal de Mato Grosso há mais de duas décadas, ainda da época da escola técnica e CEFET.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Augusto | Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 01h25
    1
    0

    Excelente nome do prof Deiver, a ser analisado nesse possível cenário político do IFMT, se assim confirmar como candidato. Venho acompanhando o trabalho do Campus Bela Vista, principalmente diante dessa Pandemia. Parabenizo o campus na pessoa do Prof Deiver pelas iniciativas como produção e distribuição de álcool gel em parceria com Prefeitura, CRQ, Polícia Civil e etc.

  • Giuliano Robledo | Terça-Feira, 26 de Maio de 2020, 21h18
    2
    1

    Sempre ouvi falar muito bem do trabalho do Professor Deiver e da Equipe do Bela Vista e tenho comprovado toda a boa fama nas mídias e redes sociais e a notoriedade entre os colegas conhecidos. Parabéns Professor Deiver pela iniciativa de pré-candidatura!

  • Carlos Costa | Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 23h55
    0
    0

    Carlos Costa, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2547