Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ESTADO

Após 4 anos de sua morte, Dante continua recebendo homenagens

Dante de Oliveira   O ex-governador Dante de Oliveira é lembrado por mato-grossenses e brasileiros nesta terça (6), data em que completa 4 anos de seu falecimento. Ex-prefeito de Cuiabá por dois mandatos incompletos (85-87 e 93-94), Dante ganhou notoriedade política em 1983, quando ocupava o cargo de deputado federal. À época, ele apresentou um projeto que visava a fixação das eleições diretas para presidente. A emenda, que levava seu nome, gerou a campanha "Diretas Já" e ganhou grande apoio popular. Apesar da PEC ter sido rejeitada pelos deputados em plenário na primeira apresentação, o movimento mobilizou a nação e, posteriormente, ajudou a encerrar a ditadura que governava o país. Antes de falecer, Dante chegou a afimar durante as comemorações dos 20 anos da campanha das "Diretas", que esse foi o marco político da sua carreira.

   Ele comandou o Estado por dois mandatos consecutivos (1995-2002), sendo derrotados nas urnas apenas em 2002, quando tentou, sem sucesso, uma vaga no Senado. Um de seus feitos enquanto governador foi a emancipação do município de Feliz Natal. Dante faleceu aos 54 anos por infecção generalizada, resultado de complicações pulmonares e diabete, meses antes de tentar disputar mais um mandato como deputado federal. Ele é lembrado por políticos, até mesmo os de oposição, que o homenageiam. Um dos sinais de respeito e consideração que foi prestado para Dante foi a mudança do nome da avenida dos Trabalhadores para avenida Governador Dante Martins de Oliveira.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • paulo | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 13h57
    0
    0

    HONORÁVEIS BANDIDOS : Tudo o que Palmério Dória publicou em seu livro sobre Dante de Oliveira e seu irmão, que o jornalista chama de “Armandinho Nova República”. A polêmica continua. Honoráveis Bandidos No dia 18 de dezembro, derradeiros dias de 2009, no meu modesto Blogue João Bosquo, postei uma quase resenha sobre o livro “Honoráveis Bandidos”, do jornalista Palmério Dória (Geração Editorial, 2009; 207 páginas; R$ 29,90), e registrei, quase no final do artigo que “O livro é uma reportagem. Como toda reportagem – por mais que gostaria os seus autores – não pode se estender, detalhar às minúcias, alguma coisa tem que passar de forma rápida, quase superficial, senão o livro não acaba nunca. Por isso os personagens mato-grossenses, Dante de Oliveira e seu primeiro-irmão, Armando Martins de Oliveira, que no livro é citado o epípeto “Armandinho Nova República”, são citados três vezes apenas. Porém de forma contundentes.” O livro, apesar de ter como foco a Família Sarney, faz um apanhado histórico de quase todas as grandes fraudes do país nos últimos, ligados direta ou indiretamente à família Sarney, por isso a citação de Armando de Oliveira, irmão do ex-governador Dante de Oliveira. O empresário Armando de Oliveira é citado em primeiro plano, no capítulo 4, no qual Palmério Dória, descreve o “primeiro pé” do tripé que formou a imensurável fortuna dos Sarney, que é a energia. Dória narra como Fernando Sarney começa a dominar o setor energético do país, e, meio que anpassant, mas não tanto, o jornalista descreve: “Nesse emaranhado entra um irmão de Dante de Oliveira, ex-governaor de Mato Grosso, autor da emenda por eleições diretas em 1984 que detonou o movimento Diretas Já. Falamos de Armando Martins de Olviera, o Armandinho Nova República, funcionário público que fez carreira no terceiro escalão das Centrais Elétricas de Mato Grosso e depois transformou-se no mais rico empresário do Estado, com a Ampér (sic).” Depois de citar o nome da empresa o autor faz a perguntinha capciosa: “Sabe quem é o outro sócio da empresa?“, para em seguida responder: “Fernando Sarney, irmão de Roseana e cunhado de Jorge Murad“. Como vemos, Armando de Oliveira entra como uma espécie de quadjuvante, para ilustrar (o deslustrar) a tragetória de Fernando Sarney, um dos personagens principais do livro, Honoráveis Bandidos. Dante de Oliveira só vai parcipar da narrativa de forma efetiva no capítulo 8, que tem o título “O lado feminino (capítulo rosa-choque)”, que fala mais específicamente da governadora Roseana Sarney. Dória diz que o pai, José Sarney, é “Fascinado pela herdeira. [...] nunca deixou de escutar seus conselhos políticos. E ela, vaidosa, sempre se considerou uma expert no assunto. Ministros foram feitos por sua vontade. Dante de Oliveira [...] teve a sorte de trocar a prefeitura de Cuiabá, onde enfrentava índices assombrosos de desaprovação, por um Ministérioo da Reforma Agrária. Inócuo, mas um Ministério.“ Mas é no capítulo seguinte, o nono, no qual fala dos famosos R$ 1,350 milhão, em montes de notas de cinquenta reais que apareceram no Jornal Nacional e detonou a candidatura de Roseana pelo PFL, a presidência da república, que vem a acusação mais contudente contra o homem das Diretas Já. Dória descreve a reunião do Conselho Delebirativo da Sudam, em dezembro de 200, integrado pelos governadores da região Amazônica. Dante, todos se lembram, fazia parte desse conselho. Roseana e seu marido, além de outros projetos já aprovados, queriam aprovar também a liberação de recursos paa a Usimar, uma fabriqueta de autopeças orçada em mais de R$ 1,38 bilhão. Isso mesmo, mais de um bilhão e 38 milhões de reais. Dória escreve “Roseana presidia a reunião, auxilidada pelo governador tucano de Mato Grosso, seu velho amigo, e íntimo amigo, cuja ascensão ao Ministério da Reforma Agrária no governo Sarney foi obra dela – e talvez um pouco por causa dela, Dante de Oliveira deixou ao morrer um conta na Suíça com US$ 42 milhões.” [grifo nosso]. Se você amigo leitor deste blogue não entenda como se consegue tanto dinheiro, em tão pouco tempo de carreira política, o próprio autor do livro, dá uma pequena pista: “Se você quiser entender como se amealha tamanha fortuna, rememore, no Capítulo 4, o papel exercito por Armando Martins de Oliveira. Armandinho Nova República, o funcionário público de terceiro escalão das Centrais Elétricas de Mato Grosso que se tornou o mais rico empresário do Estado, sócio de uma construtora e de Fernando Sarney“, volto a repetir um dos personagens centrais do livro “Honoráveis Bandidos”. Essa informação de que Dante de Oliveira teria deixado uma conta no exterior não é nova. Ela foi publicada pela primeira vez na revista Caros Amigos, edição de março do ano passado, na coluna do jornalista Palmério Dória: “Dante de Oliveira, autor da emenda das Diretas e ex-governador do Mato Grosso, deixou uma conta no exterior de 42 milhões de dólares. A deputada tucana Telma de Oliveira, num gesto de generosidade, chamou as irmãs e a mãe dele pra dizer que abria mão de 12 milhões, ficando com 30. Todas ficaram encantadas com a decisão da deputada. O Ministério Público também quer ficar enternecido, porque o dinheiro que saiu da viúva saiu de outra viúva. (Palmério Dória, a Caros Amigos, março de 2009).” Thelma de Oliveira disse que iria processar a revista e o jornalista. Parece que nada disso aconteceu pois o jornalista Palmério Dória volta a dizer, em seu livro, que os US$ 42 milhões existem e sua origem está nos laços que Dante de Oliveira manteve com a família Sarney

  • JOSE FELICIO | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 13h56
    0
    0

    Grande companheiro, amigo leal, corajoso, bravo e ao mesmo tempo sóbrio. Estadista por natureza. Com certeza o melhor governador de toda a história de MT: ENERGIA, FERROVIA,MORADIA,RODOVIAS (via FETHAB) INCENTIVOS FISCAIS , HOSPITIAS REGIONAIS, BID PANTANAL; CETRO DE EVENTOS, PADIC ,PRODEI, PROALMAT, PARQUE MÃE BONIFÁCIO, NEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS CONSIDERADAS IMPAGÁVEIS; ATUALIZAÇAÕ SALARIAL , VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES PRINCIAPALMENTE DA EDUCAÇÃO, INCLUSIVE COM A DEMOCRATIZAÇÃO NA GESTÃO DA EDUCAÇÃO VIA ELEIÇÃO PARA DIRETORES; EXPANÇÃO DA UNEMAT; GAZODUTO, TERMOELEÍTRIA, MANSO.ETC,ETC, ETC, ....VIVA DANTE ....COM MUITAS SAUDADES ......

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 12h10
    0
    0

    E os 50 milhoes de dolares que DANTE deixou em paraiso fiscal (conforme o jornalista Palmerio disse)... Dante não deixou saudade, doou a CEMAT, interrou o BEMAT... e ainda deixou o crime organizado tomar conta do estado. E o caso SECOMGATES?????!!! até hoje abafado pelo judiciário....

TUDO DE NOVO

Nova votação do relatório da CPI na 5ª e base do prefeito tem desfalque

Por 22/09/2020, 20h:31 - Atualizado: 04h atrás

chico 2000

A nova votação em plenário do relatório da CPI do Paletó pode acontecer já na quinta (24) e, desta vez, em pleno período eleitoral e sob risco do prefeito investigado Emanuel Pinheiro ter um voto a menos entre os vereadores. É que Chico 2000 saiu de licença e o substituto Ralf Leite está impedido pela Justiça de assumir a cadeira.

Postar um novo comentário

SAINDO DA RESERVA

3 vice das maiores cidades agora querem cadeira de titular

Por 22/09/2020, 17h:44 - Atualizado: 07h atrás

welinton marcos 680

Três vice-prefeitos que ocupam mandatos entre as 10 maiores cidades mato-grossenses agora querem a cadeira de chefe do Executivo, com ou sem apoio dos atuais prefeitos.

Postar um novo comentário

PATRIMÔNIO

Os bens do milionário Júlio Campos

Por 22/09/2020, 06h:39 - Atualizado: 22/09/2020, 06h:42

julio campos 680

O folclórico e populista Júlio Campos, candidato a primeiro-suplente ao Senado na chapa de Nilson Leitão, costuma dizer, quando perguntado sobre bens patrimoniais, que "não é pobre, graças a Deus".

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Dra Consolação Morada do Ouro | Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020, 15h13
    14
    0

    Continue sendo manso d votando nesse milionário que tá se lixando com menos afortunados.

  • Beto | Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020, 15h05
    10
    0

    E o q ainda quer mexer com política. Vai jogar dama.

  • marta | Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020, 14h41
    6
    2

    vou dizer não gostei na epoca que jaime coligou com blairo maggi pra ajudar ele a ganhar , rolou muito coisa, blairo regassou cuiaba com chico galindo, ai agora a população esta mais atenta, blairo sumiu, junto com pagot, novack, o eder esta ai tentando se livrar, assim é a politica fora silval delação premiada, sumiu de mt, foi curtir pra são paulo,

Rondonópolis

Maior número de candidaturas dos últimos 20 anos beneficia Pátio

Por 21/09/2020, 19h:41 - Atualizado: 21/09/2020, 19h:46

ze do patio 680

Com 8 no páreo, Rondonópolis registra o maior número de candidaturas a prefeito dos últimos 20 anos. A maior quantidade de concorrentes nestas duas décadas se deu em 2004 e 2016, em ambos pleitos com quatro na disputa ao Executivo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Francisco Assis roo | Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020, 09h05
    1
    1

    Rondonópolis tem um istorico de não reeleger prefeito sendo assim Zé corre grande risco de não ganhar as eleição fica a dica e tem 3 candidato de esquerda pode dificultar pro Zé

VÁRZEA GRANDE

Após leilão, ex-prefeito anuncia apoio a Kalil

Por 21/09/2020, 17h:17 - Atualizado: 21/09/2020, 17h:19

wallace 680

Depois de se lançar a prefeito, valorizar o passe e entrar num verdadeiro leilão, o ex-prefeito varzea-grandense, médico Wallace Guimarães (PV), enfim, anunciou quem vai apoiar ao Executivo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Everaldo | Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 19h24
    5
    1

    Não foi Jaime Campos, coisa alguma que convenceu o Dr.Wallace Guimarães, ex-Prefeito e ex-Deputado e ex-Vereador a apoiar o candidato do MDB Kalil Baracat,oque de fato pesou foi que Kalil foi Vereador e apoiou a gestão de Wallace entre 2013/15 e eram do mesmo partido PMDB,hoje MDB. Coincidentemente o habil Kalil conseguiu o apoio do DEM e da Prefeita Lucimar Campos, que realmente vem fazendo uma excelente admistração em VG. E isso...ok

NA ASSEMBLEIA

Esforço e pressão de um suplente pra não perder foro

Por 21/09/2020, 14h:44 - Atualizado: 21/09/2020, 14h:46

romoaldo 680

Encrencado na Justiça, com várias ações criminais no lombo ainda da época em que presidiu e foi ordenador de despesas da Assembleia, o suplente Romoaldo Júnior tem feito esforço para não deixar a cadeira de deputado.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2604