Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

FORÇA DA MÁQUINA

Após PPS e SD, Taques luta para "amarrar" o PSD

Governador tem planos para esvaziar PSD, caso Fávaro se torne adversário

Por 25/02/2018, 18h:13 - Atualizado: 26/02/2018, 09h:30

Francisco Alves

pedro taques governador 345

Governador Pedro Taques  joga nos bastidores para atrair lideranças à reeleição, nem que tenham de mudar de partido

Após “laçar” o PPS para o seu arco de composições na corrida à reeleição, numa "costura" nacional, o governador Pedro Taques já conseguiu, na mesma toada, puxar o Solidariedade do prefeito rondonopolitano Zé do Pátio, que administra o terceiro maior colégio eleitoral do Estado. Essas legendas, somando-se ao PSDB, se firmam como tripé para a pré-largada da recandidatura do tucano. E, na trincheira, Taques monitora a movimentação de outras agremiações.

Este Blog apurou que, se perceber que perderá alguns partidos, como PSD, PP e DEM, o governador vai agir com a força de quem detém o poder da máquina para motivar desfiliações e arrastar esses aliados para o seu palanque. A janela partidária deste mês de março terá esse ingrediente a mais, contribuindo para o troca-troca, envolvendo principalmente deputados estaduais.

Na dúvida se terá o PSD, cujo presidente regional e vice-governador Carlos Fávaro vive flertando com líderes que caminham para oposição, o governador montou um plano que prevê enfraquecimento do partido. Caso Fávaro rompa mesmo com Taques, este tem pretensão de tirar parlamentares do PSD, como Wagner Ramos, Nininho, Leonardo Albuquerque, Gilmar Fabris e Pedro Satélite. Praticamente acabaria com a bancada social-democrata na Assembleia. E esses deputados migrariam para, por exemplo, o SD.

O governador tem mantido diálogo nessa linha com a cúpula nacional e até recebeu em seu gabinete recentemente o presidente nacional, deputado Paulinho da Força. O reflexo desse entendimento tem vindo nas palavras de alguns deputados, como Leonardo, Fabris e Satélite, que defendem o PSD dentro do projeto de reeleição do governador tucano.

A cinco meses para as convenções, o cenário à sucessão estadual se tornou uma incógnita. Alguns nomes são mencionados como virtuais candidatos, mas nem todos assumem essa condição, a exceção de Taques, como o senador Wellington Fagundes (PR), o ex-prefeito da Capital Mauro Mendes, que deve trocar o PSB pelo DEM, o vice Fávaro, o ex-prefeito de Sorriso Dilceu Rossato (PSL), o deputado estadual Zeca Viana (PDT) e o conselheiro afastado do TCE Antonio Joaquim, que deve se filiar ao PTB.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Carlos Nunes | Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2018, 18h56
    1
    0

    Pro bem do Brasil e de Mato Grosso...novo presidente da república, novo governador, novos senadores e novos deputados federal e estadual. Tem que ZERAR TUDO, passar a régua, e começar vida nova na política, com uma nova safra de pessoas. Aí, a gente acompanha a atuação dos novos eleitos, se não derem conta do recado, ou decepcionarem, a gente, através do voto, DEMITE TODO MUNDO em 2022. Cuidado com a escolha dos senadores, pois esses poderão ser demitidos só em 2026. Somente pela renovação contínua o processo democrático é aperfeiçoado cada vez mais. Eleição é igual Departamento de Pessoal, podemos Demitir e Contratar pessoas pra nos representar, elas são só nossos empregados. Quem queremos que nos represente?

  • Paulo Barth | Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2018, 11h28
    1
    0

    Até onde vai essa barca furada!

  • Eleitores..OTARIOS | Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2018, 08h18
    7
    0

    Esse PSD...SAO TODOS VIÚVAS DO REIDUCANDO RIVA...TEM QUE FICAR E JUNTO DO DITADOR P.TAQUES MESMO...SE COMPLETA..

ACORDÃO

Gisela no PDT para apoiar Pivetta ao Senado e ser apoiada à prefeita

Por 23/02/2020, 18h:15 - Atualizado: 12min atrás

gisela simona 680

A suplente de deputada federal Gisela Simona confirmou para Nilson Leitão (PSDB) a intenção de trocar o Pros pelo PDT.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Um cacique descarta apoiar o outro

Por 23/02/2020, 08h:30 - Atualizado: 22/02/2020, 19h:40

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

julio campos 680

Conversando com todos os grupos, inclusive com possíveis adversários nas urnas de 26 de abril para o Senado, Júlio Campos sentou-se à mesa com Carlos Bezerra, que comanda o MDB-MT com mão de ferro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Santos Neto | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h21
    0
    0

    Não é verdade, estou acompanhando diariamente uma sua movimentação politica o futuro Senador Julio Campos, e o unico encontro queo Dr Julio teve com o Dep. Bezerra, foi no dia da sua oficialização como candidato na ante-sala do Gabinete do Governador, e cordialmente marcaram uma conversa partidaria para depois do carnaval, tres unicos partidos com quem o pre-candidato do DEM vem conversando sempre é o PP (Nery Geller e Blairo), o PSDB ( Leitão e Avalone),e o PSB do Deputado Max, do MDB apenas tem conversado com o Prefeito Emanuel Pinheiro, que integra o frente pról Baixada Cuiabana. Esta noticia não é verdadeira.

CONVITE

Desconfortável no DEM, Mauro namora novo partido de Bolsonaro

Por 22/02/2020, 15h:00 - Atualizado: 23/02/2020, 09h:12

mauro mendes rodrigo maia 680

Governador Mauro Mendes e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que o vem "segurando" no DEM

Mauro Mendes voltou a ser convidado para comandar o Aliança em Mato Grosso. O partido está sendo criado pelo presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Francismar | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h26
    1
    0

    Nós da ALIANÇA futuro Partido do Presidente Jair Bolsonaro, quero AVISAR antecipadamente o cidadão Mauro Mendes Ferreira, e sua equipe de Governo (secretário,diretores e assesores dos orgão), que estão VETADOS a ingressar em nossa Legenda, que quer ser limpa, honesta, e de bem como os empresários,servidores publicos e o povo simples de Mato Grosso, pois fiquem em seus partidos atuais, DEM,PSD,MDB,PP,PDT,PSC,PSB, e tambem Nelson Barbudo.

  • Flávio | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 11h47
    0
    0

    A família campo$ tem o DEM como se fosse da sua propriedade, essa é a verdade.

  • pedro vasconcelos | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 07h47
    6
    1

    mauro mendes quer colocar cabresto nos filiados mas nos campos ele caiu do cavalo, mauro não é politico age como se tivesse em uma empresa, e não é bem assim, chegando a politica eleiçoes o bicho pega, ainda mais com os 14% tirados dos servidores ativos inativos... tem que ir atras de quem furtou a previdencia depois do saudoso DANTE, pq foi de pois do governo dante que a previdencia faliu.

LIGAÇÕES DE VIDA

Ex-deputado diz que PSL nasceu doente e que se casou donzelo veja

Por 22/02/2020, 10h:15 - Atualizado: 22/02/2020, 16h:11

victorio galli 680

O ex-federal Victorio Galli, evangélico da Assembleia de Deus, disse que a melhor camisinha para se prevenir de doenças é abster-se do sexo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • naldo | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 10h58
    0
    2

    Este é um zero à esquerda.... Quer mídia para sua igreja!

NEGOCIATAS NA SINFRA

Empresário delata no MPF e compromete em cheio deputado

Por 21/02/2020, 19h:45 - Atualizado: 22/02/2020, 10h:25

carlos avalone 680

O empresário Pierre François Amaral fechou acordo de delação junto ao MPF. E compromete em cheio o deputado Carlos Avalone (PSDB) em negociata milionária, passando pela Sinfra, pelas mãos do então secretário-adjunto da Valdísio Viriato, no Governo Silval.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Angelo | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 13h53
    0
    0

    Gostaria muito de ver esse Avalone na cadeia !

  • Edson | Sábado, 22 de Fevereiro de 2020, 13h24
    5
    1

    Quanto tempo precisa para trancafiar esse pessoal? Parece que os processos não têm fim e a impunidade sempre acaba prevalecendo.

  • Reginaldo Pinheiro | Sábado, 22 de Fevereiro de 2020, 11h53
    3
    1

    Via de regra, onde tiver muito dinheiro público sempre teve corrupção, a boa nova é que, da lava jato para cá, os órgãos de controle e a sociedade está mais vigilante...Continuemos assim.

Articulação

Leitão busca convencer adversários a recuar da disputa para senador

Por 21/02/2020, 16h:25 - Atualizado: 21/02/2020, 16h:45

Gilberto Leite

Leit�o-680-blog

O ex-deputado federal Nilson Leitão, que se articula para disputar a eleição suplementar ao Senado com aval das cúpulas Estadual e Nacional do PSDB,  está atuando nos bastidores para convencer outros candidatos a recuar. Com domicílio eleitoral em Sinop, o tucano argumenta que a Baixada Cuiabana e a região Sul já estão representadas  com  Jayme Campos (DEM)  e Wellington Fagundes (PL) e por isso, o Nortão precisa ocupar um das três cadeiras de senador por Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Hernane | Sábado, 22 de Fevereiro de 2020, 20h45
    1
    0

    Esse cara não tá com nada e pousa de estrela de 1° grandeza da politica de MT. Mal consegue ser Vereador em Sinop, pois se quiser ser Prefeito, perde para o Juarez Costa de 3 por 1, então no maximo vai conseguir uma Suplencia de Senador.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2496