Blog do Romilson Cuiabá, 19 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Segurança Pública

Assaltantes provocam pânico em municípios; "força" policial se vê impotente e humilhada

    Quadrilhas especializadas em assalto a banco têm provocado pânico em várias regiões, principalmente em Paranatinga (Leste) e Canarana (Vale do Araguaia). Com metralhadoras e fuzis, cujo uso só é permitido pelas Forças Armadas,  bandidos já fizeram dois assaltos a agências bancárias de Paranatinga num intervalo de três meses. Na primeira ação, levaram mais de R$ 1 milhão. Cercaram a cidade, com vários reféns e incendiram veículos. Chegaram por volta de 9 horas na agência e atiraram contra a vidraça para entrar. O assalto durou cerca de 30 minutos e três funcionários foram levados como reféns. A polícia correu.

   Na última terça (5), um grupo com 12 homens armados com fuzis invadiu e assaltou a agência do Banco do Brasil de Canarana. Os bandidos levaram malotes contendo dinheiro e duas caminhonetes, depois de terem rendido funcionários e clientes do banco e formado escudo humano para praticar assalto. Além de distantes da Capital, esses municípois não dispõem de estrutura do seu aparelho policial para confronto com os assaltantes. Quase sempre recorrem a Cuiabá. O problema é que, quando chega reforço, os ladrões já estão distantes de onde fizeram estragos, deixando para trás vítimas fatais e/ou traumatizadas e prejuízos incalculáveis.

    A população virou refém de bandidos. Essas organizações agem diante da incapacidade de um Estado cada vez mais inoperante e impotente para contê-las. A secretaria de Justiça e Segurança Pública disponibiliza, por exemplo, revólveres e viaturas velhas que deixam seus policiais em condições humilhantes diante de bandidos, que exibem armamentos pesados. A insegurança pública e violência atingem a todos os municípios, trazendo pânico a seus habitantes.

   Nos últimos 12 meses, assaltantes invadiram não só agências em Paranatinga e Canarana, mas também em bancos em Nova Xavantina (Araguaia) e Alto Taquari (Sul) e tentaram fazer igual em Nova Mutum e Lucas do Rio Verde (Médio-Norte).

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • vivaldo marcorio | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 20h00
    2
    0

    Se policiamento trabalhase de verdade isso era café pequeno pra esse aparato que esta ai

  • Wagner Souza | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 18h39
    1
    2

    Fico triste em ver um comentário de uma pessoa mal informada como o Sr. Silva, quando o edital foi aberto para que fizesse a minha inscrição, nele dizia que em minha cidade só haveria 60 vagas para concorrer. Consegui passar em 47º no meio de mais de 2500 inscrito, por isso vejo o direito de reclamar sim da transferência. Consegui passar com muitas dificuldades na época até para permanecer na minha profissão. O Estado não cobra daqueles que são responsáveis por conduzir a instituição de uma forma democrática e sim pelo abuso de poder que é dado ao Comando Geral. Não vou falar da má estrutura que temos, ela não impede de nós trabalharmos com o que temos, vamos com fé e coragem para trazer segurança à sociedade. Seja de qualquer forma que é imposta, o Sr. Silva deixa ainda bem claro no seu comentário poderá ser transferido, para isso a um critério a ser respeitado: voluntário, antiguidade, casado, residência fixa, faculdade, etc... Para construir uma casa leva se tempo, agora imagina você construir trabalhando na segurança pública.

  • Renato Junqueira Vilela | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 17h08
    1
    1

    Mediante essa onda de assaltos,violencias,assasinatos,e insegurança total hoje campeando no Estado de Mato Grosso, só resta uma solução: Convocar o ex-Governador JULIO CAMPOS, e o seus xerifes de l983 a l987,como Desembargados Oscar Travasssos,na Secretaria de Segurança Pública,Coroneis Silverio e Evangelista,no Comando da Policia Militar,e Delegado João Capetinga,no Comando da Policia Civil de MT,(se é que esses cidadãos estejam ainda vivos),para assumirem o Governo do Estado de Mato Grosso,e seus aparatos da segurança da população do nosso Estado.Porque no tempo do Governo Julio Campos,tinhamos paz,chegavamos a andar pelas ruas e até dormir com total tranquilidade.Pois Bandido,Criminosos,Assaltante eram tratados como mereciam,ou seja na base da Borrachada e pauladas no lombo do cretino.É uma pena que hoje Mato Grosso esteja desses jeito.O Policial deixou de ser valorizado,vive acuado,e nós povo que pagamos impostos e trabalhamos somos refem em nossos lares. Reaja Governador Blairo.E que saudades que tenho do Governo Julio Campos.

  • Nelson Bonfim | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 14h49
    4
    0

    A culpa é de quem coloca a disposição de uma Cidade inteira, apenas 02 PMs de serviço. É assim que tratam a população. São quase 70 minicípios que tem 02 PMs de serviço por dia. Sendo que o correto deveria ser 10 PMs só para o serviço Operacional, excluindo cadeia, fórum..... A improbidade é de quem????? Vai ocorrer muito mais assaltos nessas 70 Cidades, podem esperar, ou em aquelas que tem menos de 10 PMs por dia de serviço.

  • Silva | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 14h36
    2
    0

    Muitos policiais protestam contra as transferências para cidades do interior de Mato Grosso, mas é justa e oportuna a decisão do comando geral ao em enviar mais policiamento porque é cada vez mais comum a onda de crimes onde o efetivo é precário. A partir do momento que se faz o concurso para entrar na polícia deveria deixar bem claro no edital com letras maiúsculas e garrafais, que a pessoa poderá ser transferida para qualquer lugar e também a questão da obediência ao comando, deixando também bem claro as punições no caso de desobediência. Isso para depois evitar algum mal entendido. O interior do Estado está carente de policiamento, não é por acaso que as quadrilhas estão se aproveitado dessa falha.

  • Eder | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 12h45
    2
    0

    É isso que dá colocar a PM pra enfrentar bandido de fuzil 5.56 e 7.62! Nenhum policial vai enfrentá-los de revolver 38 e carabina em punho! As autoridades precisam acordar, estamos em guerra no Brasil, e as vítimas somos nós cidadãos... E na guerra, vence quem é melhor equipado e preparado. Elementar...

  • Alysson oliveira | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 12h41
    2
    0

    O governo do estado já que não tem capacidade de colocar um grande efetivo de policiais em cada um dos 141 municípios de MT deveria ser mais racional e equipar pelo menos os postos policiais de estradas fazendo com que forme fortazelas no meio das rodovias. ex: se vc vai de Sj do Rio Claro a Nova mutum rodivia MT 235 parece-me que não existe nenhum posto de policia avançado nessa rodovia e há alguns meses tivemos um grande assalto em Lucas. acredito que se o governador criar "grupamentos de fronteira nas rodovias" facilmente esses policiais poderiam dar um grande suporte nas cidades circunvizinhas, além de fiscalizar mais ostensivamente a travesia de drogas pelas estradas de MT. Obs: o Posto da PM em Acorizal está jogado as Traças lá a policia nunca está presente. Obs 2: Para quem já foi para SC em balneário camboriú a PM nas rodovias ficam constantemente com Barricadas e cercas de arame farpado fiscalizando dia e noite drogas e outros entorpecentes nas rodovias, o governador poderia copiar essa idéia lá do sul.

  • Marco | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 09h34
    2
    0

    Romilson. É preocupante! Parece que MT virou terra de ninguém. É tanta gente sem princípios que viramos reféns da própria sorte. De um lado, os bandidos. Dou outro a Polícia cada vez mais corporativista e corrupta. Todas as vezes que precisei da PM não fui atendido, ou fui mal atendido ou queriam suborno. Na última vez precisei ligar no 190 (um domingo de Dezembro, ao meio-dia) a atendente, por sinal muito mal educada, tentou me enrolar e simplesmente não pôde me atender. Tive que resolver o problema por conta própria. Olha a situação que nos encontramos. É, meu amigo... voltamos ao período medieval, onde quem mandava era o rei. À plebe só cabia pagar os impostos.

SEM RESPALDO

Barbudo agora terá de sobreviver politicamente longe de Bolsonaro

Por 18/10/2019, 18h:24 - Atualizado: 08h atrás

nelson barbudo 680

Embora esteja no início do mandato, Nelson Barbudo, o mais votado em 2018 junto ao eleitorado mato-grossense à Câmara Federal, enfrenta agora um grande desafio, o de sobreviver politicamente desgarrado de Bolsonaro.

Postar um novo comentário

TRANSIÇÃO

MTI vai à extinção e a tecnologia do governo ficará sob empresa privada

Por 18/10/2019, 13h:03 - Atualizado: 08h atrás

mti 680

O governador Mauro Mendes vai mesmo extinguir a Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - antigo Cepromat). O processo anda a passos largos.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Luiz Junior | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 17h47
    11
    1

    A MTI presta tem uma excelente infraestrutura de rede com equipe de primeira linha para manutenção da rede e uma excelente equipe de desenvolvimento. Possui uma excelente equipe para fazer o diferencial pena que passou por gestões que sucateou a empresa.

  • Silva Marcondes | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 17h04
    4
    18

    Melhor coisa, sou servidor do estado a muitos anos e nunca vi essa empresa prestar um bom serviço, cobrando sempre absurdo, salários altíssimos, todos reclamam. Não generalizando, tem alguns ótimos profissionais, mas infelizmente os bons levam a fama dos ruins. Parabéns Governador!!!

  • Homem da verdade | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 16h50
    19
    0

    O governador achou uma forma de legitimamente captar/pagar fundos de campanha. A ábaco vai pagar um salário absurdo para manter o que existe hoje funcionando e o Estado que vai pagar.... achando ainda que está fazendo coisa boa.

  • Almyr souza vieira | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 16h36
    14
    1

    Em epoca de interesses, o estado deixou de ser um servidor social de seu povo, agora´a saída e privatizar para obter lucro de quem e para quem? na politica tudo é possivel, quando ha interesse oportuno...!

  • Alberto | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h19
    7
    36

    Demorou. Maior parte dos serviços da MTI já são contratados da iniciativa privada, acabando o governo pagando mais caro. Então demita esse pessoal e a iniciativa privada contrata, e ainda agrada o parça da Ábaco.

  • Mr. Santos | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h16
    31
    6

    MTI nunca cruzou os braços para o estado.

  • GOIANO | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h11
    1
    2

    GOIANO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • joao grandao | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h06
    1
    2

    joao grandao, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 14h00
    35
    3

    Phust.. de novo com esta conversa...deixa a mti em paz gov.

PRÁTICAS CRIMINOSAS

Denunciado pelo MPE, promotor já é processado por desembargador

Por 17/10/2019, 20h:02 - Atualizado: 17/10/2019, 20h:08

marcos machado 680

O próprio Ministério Público Estadual concluiu, em investigação conduzida pelo NACO, que o ex-chefe do Gaeco, promotor Marco Aurélio de Castro, expôs, de forma criminosa, o desembargador Marcos Machado, que integrou os quadros do MPE por mais de 20 anos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Crítico | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h24
    4
    3

    FALAR A VERDADE É CRIME OU INVERSAO DE VALORES!

  • Crítico | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h24
    2
    3

    FALAR A VERDADE É CRIME OU INVERSAO DE VALORES!

EM POCONÉ

Prefeito e secretário são multados; auditor interno é impedido de atuar

Por 17/10/2019, 19h:13 - Atualizado: 17/10/2019, 20h:17

tata amaral 680

Após denúncia do controlador-geral de Poconé, Ademar Vivan Júnior, o TCE detectou uma série de irregularidades na prefeitura e multou o prefeito Tatá Amaral e o seu secretário de Finanças, Acy Nunes de Siqueira.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Pantaneira | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 13h36
    0
    0

    Coitado do prefeito ou prefeita que for assumir essa prefeitura de Poconé das mãos desse Tatá e dessa Joelma!!!!Tem que fazer uma AUDITORIA SÉRIA pra mostrar pra população o tamanho do BURACO que deixaram!!!!

  • OLHO VIVO | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h26
    0
    1

    Tatá não tem mais condições de governar o município de Poconé....os comentários nas ruas são de cair o queixo....tá igual a gestão de Luiz Vicente com Ornela...SÓ DEUS NA CAUSA!!!!

  • Pedrosa Pedreira | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 22h21
    0
    0

    Só esse?Tá pouco em vista das improbidades que esse Tatá vem cometendo nessa gestão de FAZ DE CONTA!!!O BICHO É MAIS CABELUDO!!!!

PRÉ-SAL E FEX

União vai liberar R$ 2 bi ao Estado

Por 17/10/2019, 13h:05 - Atualizado: 17/10/2019, 13h:08

Tchélo Figueiredo

mauro mendes 680 governador

Após uma série de medidas amargas adotadas nos primeiros meses para tentar ajustar o caixa do Estado, o governador Mauro Mendes reune agora as condições, com ajuda do governo federal, para fechar o primeiro ano de mandato sem déficit.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcos balboa | Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019, 05h49
    0
    0

    Marcos balboa, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Alencastro

Prefeito ganha camisa do Flamengo e sanciona PCCS de servidores - veja

Por 17/10/2019, 09h:55 - Atualizado: 17/10/2019, 10h:05

Davi Valle

Emanuel Pinheiro

Emanuel Pinheiro recebe a camisa do flamengo em reunião. Vereadores Adevair Cabral e Luis Cláudio acompanham

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) deve ter comemorado a vitória de virada do Flamengo sobre o Fortaleza em pleno Castelão, com a camisa 10 do rubro negro que recebeu de presente dos servidores da área administrativa após sancionar a lei complementar  número  474,  que dispõe sobre o Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) desses profissionais. O ato foi realizado, nessa quarta (16), horas antes do jogo vencido por 2 a 1 pelo time do coração do emedebista, que segue na liderança  isolada do Brasileirão.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2437