Blog do Romilson Cuiabá, 08 de Dezembro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Segurança Pública

Assaltantes provocam pânico em municípios; "força" policial se vê impotente e humilhada

    Quadrilhas especializadas em assalto a banco têm provocado pânico em várias regiões, principalmente em Paranatinga (Leste) e Canarana (Vale do Araguaia). Com metralhadoras e fuzis, cujo uso só é permitido pelas Forças Armadas,  bandidos já fizeram dois assaltos a agências bancárias de Paranatinga num intervalo de três meses. Na primeira ação, levaram mais de R$ 1 milhão. Cercaram a cidade, com vários reféns e incendiram veículos. Chegaram por volta de 9 horas na agência e atiraram contra a vidraça para entrar. O assalto durou cerca de 30 minutos e três funcionários foram levados como reféns. A polícia correu.

   Na última terça (5), um grupo com 12 homens armados com fuzis invadiu e assaltou a agência do Banco do Brasil de Canarana. Os bandidos levaram malotes contendo dinheiro e duas caminhonetes, depois de terem rendido funcionários e clientes do banco e formado escudo humano para praticar assalto. Além de distantes da Capital, esses municípois não dispõem de estrutura do seu aparelho policial para confronto com os assaltantes. Quase sempre recorrem a Cuiabá. O problema é que, quando chega reforço, os ladrões já estão distantes de onde fizeram estragos, deixando para trás vítimas fatais e/ou traumatizadas e prejuízos incalculáveis.

    A população virou refém de bandidos. Essas organizações agem diante da incapacidade de um Estado cada vez mais inoperante e impotente para contê-las. A secretaria de Justiça e Segurança Pública disponibiliza, por exemplo, revólveres e viaturas velhas que deixam seus policiais em condições humilhantes diante de bandidos, que exibem armamentos pesados. A insegurança pública e violência atingem a todos os municípios, trazendo pânico a seus habitantes.

   Nos últimos 12 meses, assaltantes invadiram não só agências em Paranatinga e Canarana, mas também em bancos em Nova Xavantina (Araguaia) e Alto Taquari (Sul) e tentaram fazer igual em Nova Mutum e Lucas do Rio Verde (Médio-Norte).

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • vivaldo marcorio | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 20h00
    2
    0

    Se policiamento trabalhase de verdade isso era café pequeno pra esse aparato que esta ai

  • Wagner Souza | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 18h39
    1
    2

    Fico triste em ver um comentário de uma pessoa mal informada como o Sr. Silva, quando o edital foi aberto para que fizesse a minha inscrição, nele dizia que em minha cidade só haveria 60 vagas para concorrer. Consegui passar em 47º no meio de mais de 2500 inscrito, por isso vejo o direito de reclamar sim da transferência. Consegui passar com muitas dificuldades na época até para permanecer na minha profissão. O Estado não cobra daqueles que são responsáveis por conduzir a instituição de uma forma democrática e sim pelo abuso de poder que é dado ao Comando Geral. Não vou falar da má estrutura que temos, ela não impede de nós trabalharmos com o que temos, vamos com fé e coragem para trazer segurança à sociedade. Seja de qualquer forma que é imposta, o Sr. Silva deixa ainda bem claro no seu comentário poderá ser transferido, para isso a um critério a ser respeitado: voluntário, antiguidade, casado, residência fixa, faculdade, etc... Para construir uma casa leva se tempo, agora imagina você construir trabalhando na segurança pública.

  • Renato Junqueira Vilela | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 17h08
    1
    1

    Mediante essa onda de assaltos,violencias,assasinatos,e insegurança total hoje campeando no Estado de Mato Grosso, só resta uma solução: Convocar o ex-Governador JULIO CAMPOS, e o seus xerifes de l983 a l987,como Desembargados Oscar Travasssos,na Secretaria de Segurança Pública,Coroneis Silverio e Evangelista,no Comando da Policia Militar,e Delegado João Capetinga,no Comando da Policia Civil de MT,(se é que esses cidadãos estejam ainda vivos),para assumirem o Governo do Estado de Mato Grosso,e seus aparatos da segurança da população do nosso Estado.Porque no tempo do Governo Julio Campos,tinhamos paz,chegavamos a andar pelas ruas e até dormir com total tranquilidade.Pois Bandido,Criminosos,Assaltante eram tratados como mereciam,ou seja na base da Borrachada e pauladas no lombo do cretino.É uma pena que hoje Mato Grosso esteja desses jeito.O Policial deixou de ser valorizado,vive acuado,e nós povo que pagamos impostos e trabalhamos somos refem em nossos lares. Reaja Governador Blairo.E que saudades que tenho do Governo Julio Campos.

  • Nelson Bonfim | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 14h49
    4
    0

    A culpa é de quem coloca a disposição de uma Cidade inteira, apenas 02 PMs de serviço. É assim que tratam a população. São quase 70 minicípios que tem 02 PMs de serviço por dia. Sendo que o correto deveria ser 10 PMs só para o serviço Operacional, excluindo cadeia, fórum..... A improbidade é de quem????? Vai ocorrer muito mais assaltos nessas 70 Cidades, podem esperar, ou em aquelas que tem menos de 10 PMs por dia de serviço.

  • Silva | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 14h36
    2
    0

    Muitos policiais protestam contra as transferências para cidades do interior de Mato Grosso, mas é justa e oportuna a decisão do comando geral ao em enviar mais policiamento porque é cada vez mais comum a onda de crimes onde o efetivo é precário. A partir do momento que se faz o concurso para entrar na polícia deveria deixar bem claro no edital com letras maiúsculas e garrafais, que a pessoa poderá ser transferida para qualquer lugar e também a questão da obediência ao comando, deixando também bem claro as punições no caso de desobediência. Isso para depois evitar algum mal entendido. O interior do Estado está carente de policiamento, não é por acaso que as quadrilhas estão se aproveitado dessa falha.

  • Eder | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 12h45
    2
    0

    É isso que dá colocar a PM pra enfrentar bandido de fuzil 5.56 e 7.62! Nenhum policial vai enfrentá-los de revolver 38 e carabina em punho! As autoridades precisam acordar, estamos em guerra no Brasil, e as vítimas somos nós cidadãos... E na guerra, vence quem é melhor equipado e preparado. Elementar...

  • Alysson oliveira | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 12h41
    2
    0

    O governo do estado já que não tem capacidade de colocar um grande efetivo de policiais em cada um dos 141 municípios de MT deveria ser mais racional e equipar pelo menos os postos policiais de estradas fazendo com que forme fortazelas no meio das rodovias. ex: se vc vai de Sj do Rio Claro a Nova mutum rodivia MT 235 parece-me que não existe nenhum posto de policia avançado nessa rodovia e há alguns meses tivemos um grande assalto em Lucas. acredito que se o governador criar "grupamentos de fronteira nas rodovias" facilmente esses policiais poderiam dar um grande suporte nas cidades circunvizinhas, além de fiscalizar mais ostensivamente a travesia de drogas pelas estradas de MT. Obs: o Posto da PM em Acorizal está jogado as Traças lá a policia nunca está presente. Obs 2: Para quem já foi para SC em balneário camboriú a PM nas rodovias ficam constantemente com Barricadas e cercas de arame farpado fiscalizando dia e noite drogas e outros entorpecentes nas rodovias, o governador poderia copiar essa idéia lá do sul.

  • Marco | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 09h34
    2
    0

    Romilson. É preocupante! Parece que MT virou terra de ninguém. É tanta gente sem princípios que viramos reféns da própria sorte. De um lado, os bandidos. Dou outro a Polícia cada vez mais corporativista e corrupta. Todas as vezes que precisei da PM não fui atendido, ou fui mal atendido ou queriam suborno. Na última vez precisei ligar no 190 (um domingo de Dezembro, ao meio-dia) a atendente, por sinal muito mal educada, tentou me enrolar e simplesmente não pôde me atender. Tive que resolver o problema por conta própria. Olha a situação que nos encontramos. É, meu amigo... voltamos ao período medieval, onde quem mandava era o rei. À plebe só cabia pagar os impostos.

CONFRATERNIZAÇÃO

Blairo junta 3 grupos, governador e 4 ex e avisa que não será candidato

Por 07/12/2019, 17h:59 - Atualizado: 07/12/2019, 18h:07

ex-governadores osvaldo, blairo mauro julio feltrin

Os ex-governadores Osvaldo Sobrinho, Blairo Maggi, Mauro Mendes, Júlio Campos e Moisés Feltrin, neste sábado

Blairo Maggi reuniu neste sábado, numa confraternização em sua chácara, em Cuiabá, cerca de 100 pessoas, incluindo quatro que ocuparam, mesmo que por alguns dias, a cadeira de governador (Júlio Campos, Moisés Feltrin, Oswaldo Sobrinho e o próprio Blairo), e ainda o atual Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

VÁRZEA GRANDE

Hazama de volta ao jogo pra prefeito

Por 07/12/2019, 14h:00 - Atualizado: 07/12/2019, 09h:19

jose hazama 680

O empresário e vice-prefeito José Hazama (PRTB) voltou à bolsa de aposta dos Campos como uma das poucas opções do grupo à sucessão da prefeita Lucimar Campos (DEM).

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

3 do agro derrotados querem nova disputa e só recuam se Blairo entrar

Por 06/12/2019, 20h:19 - Atualizado: 06/12/2019, 20h:29

blairo maggi 680

Os três candidatos que dividiram o agronegócio e amargaram derrota ao Senado em 2018, sendo eles Carlos Fávaro (PSD), Nilson Leitão (PSDB) e Adilton Sachetti (PRB), voltaram a se movimentar nesta semana, disposto a concorrer de novo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos | Sábado, 07 de Dezembro de 2019, 11h44
    0
    0

    Está é sua hora Gisela, você merece.

  • Davi | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 22h13
    9
    1

    Blairo Maggi já começou a percorrer o Estado alegando pré-campanha ao senado. Mas todos próximos já sabem que ele será candidato ao governo chancelado pelo clã Campos que quer garantir apoio à prefeitura de VG e ao senado e já desconfiam da grande perda de capital político do Mauro Pinóquio. A base do governador já começa a demonstrar sinais de desgaste e tende a aguardar o momento certo para o esfacelamento, como aconteceu com o Pedro Taques.

EM NORTELÂNDIA

Presidente da AMM deixa PSD e vai disputar prefeitura contra ex-aliado

Por 06/12/2019, 12h:53 - Atualizado: 06/12/2019, 12h:59

neurilan 680

O presidente da AMM Neurilan Fraga oficializou hoje sua saída do PSD em caráter irrevogável e irretratável. Protocolou o comunicado na 17ª Zona Eleitoral de Nortelândia e também junto ao diretório municipal.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • SEVERO GOMES SANTOS | Sábado, 07 de Dezembro de 2019, 11h17
    1
    0

    MT mais transparente, quem é esse WALDOMIRO?, temos sim, fazer um limpa no EXECUTIVO e no LEGISLATIVO, no Executivo tem assessor que ja está a mais de 15 anos, só serve pra fazer FUXICO e ficar na Porta da Prefeitura e no LEGISLATIVO tem vereador que já vai aposentar sem exercer realmente a função do VEREADOR, fiscalizar, e outros parecem que ganharam na Loteria, reforma e construção de casa, carro novo, etc.......

  • MT mais transparente | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 22h58
    1
    0

    E hora de mudança, pra nossa cidade Waldomiro este sim fará mudança e parcerias visando modernizar município. Viabilizar polo do IFMT ou unemat no município.

  • MT mais transparente | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 19h52
    3
    0

    Acredito que está hora de outras opções como por exemplo senhor Waldomiro em nortelândia. Vamos la pessoal compartilhar com amigos e nas redes queremos Waldomiro na prefeitura.

  • Gutemberg Abreu | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 15h23
    4
    0

    não quer largar o osso!

  • Birma | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 14h01
    0
    1

    Oi...em caso de uma dívida grande renegociada...não paga em tempo e novamente acumulada, e então tendo pago mais da metade da dívida...que juram não renegociar mais, pode_ se cortar a luz sabendo-se que na casa há criança pequena e um casal de idoso já com bastante limitações? O que resta da dívida precisa mesmo, obrigatoriamente, ser pago de forma integral? Estou tentando ajudar uma amiga...mas os argumentos não me convencem...e gostaria de entender melhor como funciona! Obrigada.

ARMAÇÃO DOCUMENTADA

Quem é a mulher da falsa denúncia que mobilizou a polícia e os políticos

Por 05/12/2019, 22h:57 - Atualizado: 05/12/2019, 23h:04

elizabete 300

 

Esta é Elizabete Maria de Almeida, falsa testemunha de um escândalo narrado por ela, mas que não existiu. Enquanto não foi desmascarado por uma semana, fez estragos.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Thiago | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 20h21
    0
    0

    Thiago, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Thiago | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 20h20
    0
    0

    Thiago, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ronaldo | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 18h49
    6
    3

    Deu ruimmmmm pra Abílio. Essa senhora poderá ser presa e consequentemente entregará os envolvidos. Mentir para o GAECO é muito amadorismo. A casa caiu Xomano

  • Luiz | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 14h57
    11
    0

    Pelo que vi as imagens mostram o encontro entre a testemunhas e algumas pessoas. É possível a partir daí saber o conteúdo da conversa? É possível saber que estavam tramando uma denúncia falsa, arquitetada pelo Vereador Abílio? Temos o áudio da conversa? Pra este periódico fazer essas graves acusações deve ter todas estas provas, do contrário terão, por certo, alguns problemas.

  • Gilson | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 12h57
    17
    6

    Quem disse que a denuncia é falsa??????

  • jUCA | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 12h36
    13
    7

    Julgam a pessoa por ser evangélica e não pelo seu ato. É o fim dos tempos mesmo.

  • Só na observação | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 11h10
    14
    6

    Evangélico, sendo evangélico. Após a disseminação dessas seitas de crentes neo-pentecostais no nosso país, se misturando com a politica, o que vemos é um cenário de terra arrasada. Os pobres cada vez mais pobres, alienados, e ignorantes, pagando para entrar no céu; e gente tipo Edir Maucedo, Silas Malacheia , Valdemiro Santotrago e afins, cada vez mais poderoso . Triste Brasil. Tudo isso porque na nossa Constituição Federal o Brasil é um estado laico.

  • Gilston | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 10h32
    7
    3

    Será que ela teria então, recebido este material da denúncia de outra pessoa que efetivamente esteve lá na casa do vereador, e que está traindo a confiança do Juca, e teria repassado as informações para esta sra Elizabete fazer o estrago?

  • Luciano | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 08h42
    17
    3

    Não entendi, vai lá no presídio do Carumbé que tá cheio de evangélico...

  • Cuiabano | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 07h29
    27
    21

    Sinceramente não vi nada nestes vídeos que comprovem que ela tenha mentido. Aliás, esta sangria em querer tirar a credibilidade dela, só aumenta minha crença que tem mais coisa escondida aí envolvendo esses vereadores e o prefeito.

INVESTIGAÇÃO

TCE afirma que verbas secretas no Gaeco foram aplicadas legalmente

Por 05/12/2019, 16h:45 - Atualizado: 05/12/2019, 16h:54

luiz henrique 680

Dois meses depois do procurador-geral de Justiça do Estado, promotor José Antonio Borges, solicitar ao TCE-MT abertura de uma auditoria para apurar e checar a legalidade ou não da prestação de contas das chamadas verbas secretas do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado de Mato Grosso, o relator Luiz Henrique Lima já emitiu parecer.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2457