Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Assembleia deve votar MT Prev até final do mês para o Estado não ficar inadimplente

Por 06/06/2014, 08h:35 - Atualizado: 09/06/2014, 12h:49

A Comissão Especial da Assembleia que discute a implantação do sistema único de previdência no Estado, o MT Prev, deve concluir os trabalhos em duas semanas. Para isso, os representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e judiciário, além dos sindicatos têm até a próxima quarta (11) para apresentar as sugestões ao texto do substitutivo.

O relator da Comissão, deputado estadual Alexandre César (PT), afirma que após a conclusão do substitutivo, o texto será apresentado ao Colégio de Líderes e encaminhado à Mesa Diretora, que deverá colocar em pauta para discussão, emendas e votação. “Acredito que até o final deste mês as discussões já devem ser iniciadas no Plenário”, explica o petista em entrevista ao RDTV.

O Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP) emitido pelo ministério da Previdência vence em 12 de julho. Caso o MT Prev não seja criado dentro do prazo, o governo estadual poderá ficar inadimplente e com isso impossibilitado de realizar e executar convênios com a União. Contudo, existe um pedido do Fórum Sindical para colocar as discussões em pauta nas eleições deste ano.

O Fórum também salienta que é preciso ampliar as discussões com realizações de mais audiências públicas, além de debate com especialistas e técnicos que pudessem tratar deste tema. Diante disso, Alexandre afirma que essas reivindicações foram levadas à Comissão e ficou decidido que o projeto já vem sendo discutido há muito tempo e que os debates foram oportunizados a todos os interessados.

O relator da Comissão afirma ainda que houve avanço significativo do judiciário e das instituições autônomas quanto ao custo do MT Prev. Neste sentido, segundo Alexandre, existe um entendimento de que essa conta tem que ser bancada pelo Executivo, que detém a responsabilidade e o  poder sobre o Tesouro. “Então nada mais justo que os pagamentos das aposentadorias sejam bancadas pelo governo”, conclui.

MT Prev tem o intuito de unir todos os fundos previdenciários do Executivo, Legislativo e Judiciário. Hoje, cada um tem suas próprias regras de aposentadoria. A multiplicidade de classes envolvidas é justamente o motivo da demora em se chegar a um consenso. O governo, por sua vez, corre contra o tempo devido ao vencimento do ultimato do governo federal. Já era para ter sido votado no final do ano passado, mas a União prorrogou o prazo. O Executivo acredita que, com a reunião dos poderes na mesma previdência, vai reduzir o déficit existente. Só em Mato Grosso, são 20 mil aposentados e 7 mil pensionistas, o que totaliza R$ 94 milhões na folha de pagamento. Em contrapartida, o governo recebe aproximadamente R$ 70 milhões dos ativos, de forma que precisa retirar R$ 24 milhões da Fonte 100 para cobrir a despesa.

Imóveis “fictícios” serão as garantias previdenciárias 

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Emerson Soares | Sexta-Feira, 06 de Junho de 2014, 12h43
    2
    0

    A conta da ingerência dos poderes e órgãos autônomos vai pro executivo. Queremos saber o valor do passivo desses poderes para que eles banquem o passivo com seus próprios orçamentos. Assim fica fácil, os poderes não fazem poupança para pagar seus aposentados, e passa a conta toda para o executivo. Repassam também esse gasto de pessoal para o poder executivo impedindo que os servidores do executivo possam buscar melhorias para suas carreiras em detrimento das benécias dos poderes e órgãos. Queremos buscar o equilíbrio financeiro e atuarial de forma a não prejudicar as lutas dos servidores do poder executivo. Dessa forma esta fácil para os poderes, inclusive para o relator que é efetivo em carreira cuja aposentadoria pelo teto máximo da carreira esta garantida na constituição federal, como os magistrados e procuradores. Fácil repassar a conta e administrarem seus orçamentos livre desse ENCARGO. E nós servidores do poder executivo, o que temos com isso? Reflitamos, e busquemos nossos direitos nesse momento, porque os maiores interessados construíram a garantia de seus benefícios, e para gerí-los não permitem que tenhamos a gestão e nem paridade. Servidor, abra o olho, movimente-se!

EM SINOP

Pré-candidato passa por cirurgia

Por 30/05/2020, 20h:07 - Atualizado: 25min atrás

roberto dorner 680

Aos 72 anos, o empresário e pré-candidato a prefeito de Sinop, Roberto Dorner, está hospitalizado. Se recupera de uma cirurgia.

Postar um novo comentário

EM RONDONÓPOLIS

10 metros de pizza em protesto à Câmara por não abrir investigação

Por 30/05/2020, 19h:01 - Atualizado: 01h atrás

protesto cei rondonopolis 680

Saiu mesmo a pizza de 10 metros de comprimentos e servida em praça pública em Rondonópolis, neste sábado.

Postar um novo comentário

EFEITO-PANDEMIA

Prefeitos e as máscaras sem licitar

Por 30/05/2020, 10h:32 - Atualizado: 09h atrás

francis maris 680

Na correria para adquirir equipamentos e produtos de proteção, em tempos de pandemia, prefeitos partiram para compras com dispensa de licitação. E estão amparados por leis.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Adão Gomes | Sábado, 30 de Maio de 2020, 19h25
    0
    0

    O povo morrendo

  • Monica Santos | Sábado, 30 de Maio de 2020, 19h23
    0
    0

    Vergonhoso essas compras sem licitação e nada que melhora a saúde

HOMENAGEM

Turma do Pedal e 64 anos de Blairo

Por 29/05/2020, 19h:48 - Atualizado: 29/05/2020, 19h:54

pedal blairo 680

Mesmo fora da vida pública, Blairo Maggi continua bastante prestigiado, carrega conceito de bom gestor e se tornou referência para muitos políticos de MT.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Henrique Dias | Sábado, 30 de Maio de 2020, 15h29
    0
    0

    Quando que esse super-corrupto do Blairo Maggi vai ser preso ? Aprontou demais como Governador de MT, continuou aprontando como Senador e Ministro da Agricultura, e até hoje tá solto. Realmene no Brasil, a Justiça só PUNE os pobres,pretos,e desqualificados. Os ricos nunca são punidos, MORO nelle.

  • Neto | Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020, 22h42
    7
    1

    Matéria Lamentável .

Rondonópolis

Ato anti-vereadores por enterro de CEI terá pizza de 10 metros

Por 29/05/2020, 17h:45 - Atualizado: 29/05/2020, 17h:53

cei rondonpolis 10

Vereadores de Rondonópolis, uma das cidades mais politizadas do Estado, enterraram no último dia 22 um pedido de investigação contra o prefeito Zé do Pátio e, com isso, provocaram a ira do Movimento Popular, que neste sábado realiza um ato de protesto na praça Brasil.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • jao | Sábado, 30 de Maio de 2020, 09h08
    0
    0

    É o Zé que o povo quer. Tapinha nas costas, Lulista, demagogo, populista, anti empresariado, enfim, roo cada vez mais indo pro buraco. Literalmente.

LEGISLATIVO

Deputados perdem tempo com projetos inconstitucionais

Por 29/05/2020, 11h:47 - Atualizado: 29/05/2020, 11h:51

Fablício Rodrigues

assembleia fachada 680

Vários deputados têm se debruçados em propostas que, ao final, resultam em nada de concreto. Não se atentam à constitucionalidade dos projetos, mesmo tendo à disposição corpo jurídico.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2549