Blog do Romilson Cuiabá, 21 de Janeiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Eleições

Azambuja vê abandono de Eraí ao PP

Por 12/03/2014, 16h:47 - Atualizado: 12/03/2014, 16h:47

Marcela Machado

erai maggi

Rei da soja Eraí Maggi estaria afastado dos debates no PP rumo as eleições

O deputado estadual Antonio Azambuja (PP) encara o afastamento do empresário do agronegócio, Eraí Maggi (PP), das discussões políticas como uma espécie de “abandono” do partido. O presidente do diretório regional da sigla, Ezequiel Fonseca, no entanto, ainda não descarta a possibilidade de que Eraí concorra a algum cargo nas eleições de outubro e ameniza a situação.

Azambuja sustenta que, antes de viajar recentemente para os Estados Unidos, Eraí comunicou às lideranças do PP que, quando voltasse, iria se reunir com a Executiva estadual para discutir o cenário, mas que isso não ocorreu. “Acho que ele não tem mais pretensão. Se tivesse ia se reunir conosco, teria se manifestado. É que tem essa questão dele com empresas”, declara.

Eraí chegou a ser cotado para concorrer ao governo, mas, para isso, precisaria se desincompatibilizar como pessoa física e jurídica do Grupo Bom Futuro do qual é proprietário. Em seus negócios, o progressista tem 36 fazendas em território mato-grossense.

Segundo Antonio Azambuja, desde os primeiros encontros internos com o PP, Eraí trouxe a questão para ser debatida. “Ele disse que entrou pensando numa coisa e depois viu que não tinha condições de fazer. Apesar de continuar a ser um nome importante para o partido, não vamos depender dele para escolher o caminho que vamos seguir”, acrescenta.

Ezequiel Fonseca, por sua vez, defende que o nome de Eraí não seja excluído do processo e que o PP tenha candidato à majoritária. Para ele, o empresário ainda é uma opção não só para o governo, mas também para vice ou até mesmo ao Senado.

O presidente regional da legenda não vê o afastamento do empresário como negativo. Argumenta, mesmo nessa situação, a presença do rei da soja contribuiu para o crescimento do partido.

Alianças

Dirigentes do Partido Progressista (PP) aguardam uma posição do governador Silval Barbosa (PMDB) sobre a permanência ou não no comando do Palácio Paiaguás até o final do mandato. Embora ele seja cotado para o Senado, a tendência é que ele não renuncie. O prazo final para que deixe o Palácio Paiaguás, caso pretenda concorrer, é 5 de abril, ou seja, daqui a 24 dias. 

Hoje o PP está “no muro”. Seu apoio não é contabilizado nem pela ala oposicionista, nem pela governista. Ezequiel avalia que o momento é de conversar com os dois blocos formados por PMDB, PT, PSD, PR, Pros, PRB, PSC e PCdoB, que hoje tem o médico Lúdio Cabral (PT) como principal pré-candidato e PDT, PSB, PSDB, DEM, PPS e PV, liderados pelo senador Pedro Taques (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Dornele$ | Quinta-Feira, 13 de Março de 2014, 08h39
    0
    0

    É bugrada, a hora de apear do poder esta chegando. Dia 31 de Dezembro já bate na porta. A copa já é um fiasco. Por sinal mui caríssima. Conselho de amigo, abram fugas, enquanto hã tempo!

  • marcos | Quarta-Feira, 12 de Março de 2014, 18h08
    1
    2

    maggi e esse primo dele, agora vão ver o que é ser pelego agora o piveta vai financiar o pedro taques ai nã otem lugar para os maggi...

  • Charles Dias | Quarta-Feira, 12 de Março de 2014, 12h55
    0
    0

    Caro Governador Acredito que o senhor deva desconhecer esse fato, solicito que quando o Exceleticimo Sr. Governador dispor de tempo que de uma olhada nesta matéria. MPF questiona resposta do Indea sobre uso de agrotóxico em MT. http://carollinasalle.jusbrasil.com.br/noticias/113892095/mpf-questiona-resposta-do-indea-sobre-uso-de-agrotoxico-em-mt?ref=home#comments Caro amigos do MPF, oque vocês precisam fazer é dar uma lida na matéria noticiada no dia 12/09/2012 no link http://g1.globo.com/.../transporte-de-madeira-e-suspenso... O sistema que controlava o transito de madeira e comércio/transito/aplicação e devolução de embalagens de agrotóxicos foi desativado por nossa empresa por falta de pagamento, e estamos até hoje sem receber. O sistema era hospedado na estrutura da nossa empresa. O INDEA não possui essas informações para poder fornecer. O Sistema que controlava a parte de ENTRA/SAIDA/APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS e IDENTIFICAÇÃO de Madeira tinha se tornado referência nacional, inclusive vários outros Institutos de Defesa de outros estados já estavam interessados em conhecer os Sistemas. Protocolamos vários documentos no INDEA e na SEDRAF tentando buscar um entendimento, sendo os mesmos cruzaram os braços por motivos pessoais e politicos. São 10 (DEZ) Anos de trabalho E MUITO DINHEIRO jogado no lixo. Então Exceleticimo Sr. Governador ficam ai algumas perguntas: Porque deixar chegar ao ponto de termos que destivar um sistema que gerava uma receita mensal de R$ 350 Mil para o INDEA e 1 Milhão para o FETHAB e que vinha fechando as portas para o comércio ilegal de madeira no estado? Como é que fica as multas aplicas na época para as revendas e fabricantes que não estavam em dia com o INDEA.? Maiores Informações (65) 8445-6878

  • luiz carlos | Quarta-Feira, 12 de Março de 2014, 12h13
    1
    1

    Não é só o Eraí que abandonou o PP, tomou mundo abandonou o PP. So estes dois caras o AZAMBUJA e EZEQUIEL que não viram isso. quem quer ficar do lado de quem com o mensaleiro preso PEDRO HENRY só fizeram burrada, faliram a Saúde Mato Grosso e sempre tiveram agarrados nas tetas do poder. Só falta o resultado das as urnas em outubro, para literalmente serem expurgados da politica Matogrossense. Esse tipo de gente tem que ser abandonados pelo POVO, e nâo só pelo Eraí.

ADVOCACIA

Cria de Blairo se torna lobista no DF

Por 21/01/2020, 19h:49 - Atualizado: 03h atrás

novacki 680

Aos 46 anos e já aposentado como coronel PM-MT, recebendo proventos de R$ 30 mil, Eumar Novacki, hoje advogado, vai montar um escritório em Brasília, onde já reside há mais de 10 anos.

Postar um novo comentário

CONTESTAÇÃO

Taques reage e diz não ser ladrão

Por 21/01/2020, 11h:54 - Atualizado: 02h atrás

pedro taques 680

Como um leão que acaba de acordar de um sono profundo, o hoje advogado Pedro Taques (PSDB), que deixou a cadeira de governador há um ano, decidiu partir pra cima e contrapor quem lhe vincular à corrupção. Afirma que ficou um ano sabático e só apanhando. Agora, reagirá.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • jediel lemes | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 19h23
    2
    0

    Experimentando uma dose do seu próprio veneno ex. promotor Pedro Taques.

EM SORRISO

Rossato tem 5 opções e deve lançar ex-vereador para duelo com prefeito

Por 21/01/2020, 11h:44 - Atualizado: 21/01/2020, 11h:52

rossato 680 sorriso

Dilceu Rossato (centro) e aliados Cesar Schevinski, Silvana Faccio, Alei Fernandes, Cláudio Oliveira e Ilton Polizello

O ex-prefeito de Sorriso, empresário Dilceu Rossato, não vai à reeleição, para pretende mergulhar na campanha do aliado que definir para o confronto nas urnas com o prefeito Ari Lafin (PSDB), que buscará novo mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • RICARDO BRAZ | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h56
    0
    0

    QUEM É O CANTO SERTANEJO, O PRIMEIRO DA FOTO?

  • CARLOS | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h53
    1
    0

    CERTINHO MEU LÍDER ROSSATO, SOMENTE A SILVANA QUE NÃO DEVE SER CANDIDATA NÃO FEZ NADA QUANDO FOI SUA SECRETÁRIA, BORA DE #CLAUDIO

EDUCAÇÃO

MEC credencia 3 faculdades de MT

Por 21/01/2020, 09h:00 - Atualizado: 21/01/2020, 01h:02

curso mec 680

Em sessão no mês passado, a Câmara de Educação Superior, vinculada ao MEC, aprovou o credenciamento da Faculdade Saber de Cuiabá (FASC), a ser instalada na rua Tenente Thogo da Silva Pereira. O relator Francisco Cesar de Sá se manifestou contra, mas foi voto vencido.

Postar um novo comentário

FRAUDES E CASSAÇÃO

Ex-vereador alertou Selma ainda no início da campanha sobre cassação

Por 20/01/2020, 20h:13 - Atualizado: 20/01/2020, 20h:20

Rdnews/arquivo

yuri bastos 680

O ex-vereador por Cuiabá, ex-diretor da extinta Secopa e ex-presidente do MT Saúde, Yuri Bastos Jorge, uma figura emblemática, encrencada com a Justiça e que hoje está entregue ao ostracismo político, foi o primeiro a alertar Selma Arruda sobre o risco de cassação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Big John | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h45
    3
    0

    Com um conselheiro desse, se fosse agora... seria depois a cassação.

  • Ramon | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 07h08
    8
    0

    Com um " conselheiro" como Yuri , pode- se ter em mente uma série de equívocos.

TRIBUNAL DE CONTAS

2 desafios de Maluf na presidênica

maluf 680 tce

Com menos de um ano no quadro vitalício de conselheiro, Guilherme Maluf está determinado a cumprir, na presidência do Tribunal de Contas do Estado, dois grandes desafios. E inicia este trabalho já na próxima semana.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2478