Blog do Romilson Cuiabá, 04 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Câmara aprova e Prefeitura de Cuiabá deve pagar verba indenizatória à Força Municipal

Por 15/04/2014, 18h:09 - Atualizado: 15/04/2014, 18h:12

A Câmara de Cuiabá em meio à polêmica da cassação ou não do vereador João Emanuel (PSD), aprovou hoje (15) o projeto do Executivo que autoriza a indenização por desempenho, a ser paga aos militares que atuarão na Força Municipal de Segurança da Capital. O pagamento vai ser efetuado por meio de Verba Indenizatória, prevista no orçamento da secretaria municipal de Apoio à Segurança Pública.

A Força Municipal é o resultado de um termo de cooperação assinado entre a Prefeitura de Cuiabá, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil. Estará apta a atuar nas unidades de saúde, escolas públicas, feiras livres e grandes eventos, como a Copa do Mundo. O efetivo passará a atuar assim que o decreto for assinado pelo prefeito Mauro Mendes (PSB).

Com este projeto aprovado, o oficial Militar e delegado, por exemplo, vão receber R$ 20 por hora trabalhada nos dias de semana. Nos feriados e finais de semanas receberão R$ 24, limitando a 8 horas/dia e 90 horas/mês. A princípio, 10 viaturas personalizadas estarão à disposição da Força Municipal. As equipes serão formadas por policiais militares e civis, além de bombeiros, que se voluntariarem a trabalhar em seu período de folga, sendo remunerados pela prefeitura.

De acordo com a proposta, a remuneração dos outros agentes de segurança será feita da seguinte maneira: aos subtenentes e sargentos militares e escrivães de polícia, o pagamento de R$ 16 por hora trabalhada nos dias de semana, e R$ 18 aos finais de semana e feriados, limitado a 8 horas/dia e 90 horas/mês. Aos cabos e soldados militares e aos investigadores de polícia, serão R$15 por hora trabalhada nos dias de semana e R$ 17 nos finais de semana e feriados. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Neto | Quinta-Feira, 17 de Abril de 2014, 20h54
    0
    0

    Tem uma grave distorção na matéria, porque não se trata de uma força municipal e sim do pagamento de uma migalha para os policiais militares ESTADUAIS, que já trabalham em uma carga horária sobrecarregada. Mas com o salário atual da PM que é uma vergonha certamente haverá muitos dispostos a fazer este "bico institucionalizado". Depois se o PM tomar decisões equivocadas em razão do excesso de carga horária se lembrem que a Prefeitura de Cuiabá tem participação nisso... Mauro Mendes sou teu fã, mas dessa vez vc está errado...

  • domicio | Terça-Feira, 15 de Abril de 2014, 20h04
    1
    1

    O TCE , O MPE, não vao se pronunciar sobre esse absurdo que foi aprovado na casa do dos horrores 2014?. não e legal e mto menos e imoral. onde esta o direito do descanso do poilcia.

DESENVOLVIMENTO

Um pool de novas indústrias em Primavera; 7 anunciam fábricas

Por 04/06/2020, 12h:09 - Atualizado: 02h atrás

primavera do leste vista a�rea 680

No ranking de quinta economia do Estado e com quase 100 mil habitantes, Primavera do Leste está recebendo sete novas indústrias, mesmo em meio à pandemia da Covid-19, agravada com crises sanitária e econômica em praticamente todo o mundo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Francisco Assis roo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 13h17
    0
    0

    é isso mesmo Léo busca emprego e renda para essa cidade bonita e pugante que vc está tendo a oportunidade de administrar não fica nessa só de fazer praça e coisa e tal igual um prefeito que eu conheço na nossa região

INICIATIVA INÉDITA

Reeducandos em Cuiabá produzem saneantes e álcool em gel

Por 04/06/2020, 10h:42 - Atualizado: 03h atrás

deiver ifmt producao 680

Cerca de 30 reeducandos em Cuiabá estão fabricando saneantes, substâncias destinadas à higienização e desinfecção, como água sanitária, detergente e desinfetantes, e ainda álcool em gel para distribuição nos presídios.

Postar um novo comentário

REPERCUSSÃO

Governo e AL vão decretar luto oficial; Adriano sonhava ser prefeito

Sem velório, corpo será transladado a Cáceres nesta 5ª e direto para cemitério

Por 03/06/2020, 21h:44 - Atualizado: 03/06/2020, 22h:04

adriano silva 680

O governador Mauro Mendes vai decretar luto oficial de três dias pelo falecimento nesta quarta do ex-reitor da Unemat, professor Adriano Silva, que presidia a Fapemat, fundação vinculada à secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. A Assembleia Legislativa também fará igual.

Postar um novo comentário

PODER SEM PODER

Mesmo sem mandato, Selma quer manter controle de cargos federais

Por 03/06/2020, 19h:13 - Atualizado: 03/06/2020, 19h:19

selma arruda 680

A briga entre o senador tampão Carlos Fávaro (PSD) e a cassada Selma Arruda (Pode) tem um novo round. Nos bastidores, Selma tenta impedir que Fávaro assuma o controle de "seus" cargos federais.

Postar um novo comentário

CARGO VITALÍCIO

Botelho deve ir mesmo para o TCE

Por 03/06/2020, 16h:16 - Atualizado: 03/06/2020, 22h:11

Maurício Barbant

eduardo botelho 680

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), que na próxima semana será reeleito para mais dois anos de gestão no Legislativo, deve mesmo ir para o TCE.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • alexandre | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 08h20
    4
    0

    não precisa gastar com campanha eleitoral, 70 mil de proventos e verbas...

  • Janio carlos | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 16h40
    7
    1

    Senhor prefeito de Primavera do Leste, se as condições se sua cidade está ótima por que os moradores com covid está vindo para Rondonópolis tem alguma coisa errada.

EFEITO-PANDEMIA

Prefeito de Primavera reage e afirma que Pátio é omisso e mentiroso

Por 03/06/2020, 16h:00 - Atualizado: 03/06/2020, 16h:06

leonardo bortolini 1200

Leonardo Bortolini, de Primavera do Leste, reage às críticas de Zé do Pátio, de Rondonópolis, sobre leitos de UTI

O prefeito Leonardo Bortolini (MDB) se mostrou indignado com as declarações do colega de Rondonópolis, Zé do Pátio (SD), que afirmou que municípios vizinhos não estão dando respaldo às vítimas da Covid-19 e citou, como exemplo, Primavera do Leste.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Joaquim Silva | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 20h02
    3
    0

    Zé Carlos, vergonha alheia tem limites. Procura se informar melhor antes de proferir um disparate desses, certas coisas é muito fácil checar.

  • Adaildon E M Costa | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 16h12
    10
    3

    Esse José Carlos do Pátio é um trapalhão. Fico imaginando como que o povo esclarecido de Rondonópolis vota num sujeito populista como Esse.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2552