Blog do Romilson Cuiabá, 18 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rondonópolis

Câmara falha e prefeito paga R$ 1,4 mi por obra do Legislativo

   Informações desencontradas levaram ao atraso no pagamento da construtora responsável pela reforma do prédio da Câmara Municipal de Rondonópolis. A obra está orçada em R$ 1,4 milhão. Segundo o secretário de Finanças do terceiro maior município do Estado, Adão Nunes, o atraso se deu porque, ao invés de fazer a intervenção financeira de transferência, a Câmara efetuou um pagamento de parte da devolução. Assim, foi necessário corrigir o erro e fazer o depósito na conta específica. O prefeito Zé do Pátio (PMDB) garante que ainda nesta quinta (14), quando ocorre a abertura do orçamento de 2010, fará o repasse. O peemedebista tem se esforçado para agradar os vereadores e evitar oposição dura como a que enfrentou no primeiro ano de mandato. Ele elevou o duodécimo mensal do Legislativo de R$ 650 mil R$ 916, mil.

   Segundo Adão, a Câmara precisa fazer a devolução do recurso para o Executivo, em forma de intervenção financeira, porque não pode se responsabilizar pela obra em prédio do município. Assim, o recurso deve ser depositado numa conta específica, aberta junto à Caixa Econômica. Após debater o assunto, os técnicos da Câmara resolveram efetuar o pagamento em Documento de Arrecadação Municipal (DAM). O dinheiro entrou como receita na conta da prefeitura, junto ao Banco do Brasil. O secretário diz ter adotado as medidas necessárias para corrigir o erro, com estorno do recurso e depósito na conta da Câmara.

   As obras de adequação tiveram início no mês passado. Entre sendo feitas troca de todo o telhado, já que a cada chuva os parlamentares são surpreendidos por goteiras, principalmente na área de gabinetes e administrativa. Estão sendo feitas mudanças no saguão, sala de imprensa, no auditório e adequações à Lei de Acessibilidade. Para fazer a obra, a Mesa Diretora guardou em caixa R$ 180 mil mensais do duodécimo. Devido à reforma, as sessões, que serão retomadas em 20 de janeiro, vão ser realizadas no anfiteatro da unidade do Sesc/Senat. A previsão é que o local abrigue os parlamentares por pelo menos 60 dias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Rodrigo Pinheiro | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 11h34
    0
    0

    Silvio Fidelis não é o mesmo que foi diretor da Prosol no inico da gestão do governador Blairo Maggi e que foi investigado pelo MPE por irregularidades na Prosol, envolvendo licitações fraudulentas e utilização de superfaturamento e empresas-fantasmas? Agora, Wilson Santos quer colocar esse mesmo Silvio para comandar a área social da capital. Isso demonstra uma total falta de respeito e de compromisso do prefeito com a população de Cuiabá. E Wilson ainda acha que pode ser governador. Fala sério.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Bloco centro-esquerda terá pesquisa como critério por nome ao Senado

Por 17/02/2020, 22h:42 - Atualizado: 09h atrás

bloco patio max 680

Reunião nesta 2ª com representantes partidários, como Pátio, Barranco, Max, Lúcia, Gisela, Paola, Miranda e Aluízio

Isolados ou em grupos, autorizados ou não por seus partidos, militantes estão intensificando as reuniões em busca de alianças e definição de candidaturas à eleição fora de época, para o Senado, em 26 de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Mariano Silva | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 08h08
    0
    0

    O mais engraçado disso e ver o Max como Centro esquerda. Kkkk rico, produtor rural, empresário. O que virou os partidos politicos? Tem que mudar essa legislação, acabar com vínculo partidário obrigatório para candidatura. Só palhaçada.

GUERRA POR AUDIÊNCIA

TV Vila Real dá o troco e busca novo apresentador por R$ 80 mil

Por 17/02/2020, 20h:05 - Atualizado: 09h atrás

alexandre mota 680

Alexandre Mota se torna o apresentador mais bem pago da televisão mato-grossense. A Vila Real de Cuiabá, afiliada da Record, o contratou por R$ 80 mil mensais, além de ajuda de custos, para apresentar o tradicional programa policial Cadeia Neles!.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil vai mesmo encarar Senado

Por 17/02/2020, 15h:55 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:01

carlos abicalil 680

O PT vai mesmo lançar o ex-federal Carlos Abicalil à suplementar ao Senado marcada para 26 de abril. Seu nome será oficializado no próximo dia 28.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Jovenil campos (do glória) | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 06h39
    1
    1

    " esse daí não ganha nem pra porteiro de cemitério, que diga-se de passagem é uma profissão digna"

  • jj | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 17h09
    8
    3

    ave maria!

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h37
    8
    14

    Melhor nome

PESO PRESIDENCIAL

Bolsonaro chega de carreta na BR-163 e sob aplausos veja

Por 17/02/2020, 10h:16 - Atualizado: 17/02/2020, 10h:28

bolsonaro 163 680

Não é à toa que os principais pré-candidatos ao Senado brigam pelo apoio de Jair Bolsonaro. Quem o atrair para o palanque, transformando-o no principal cabo eleitoral na suplementar de abril, terá dado passo importante à vitória.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h38
    5
    13

    Oportunista...inaugurando obra de outros governos...

  • Tcha | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h42
    9
    8

    Levando claque , qualquer ganha aplauso.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h53
    14
    10

    Porque que o lula não fez ?

Câmara de Cuiabá

Abílio aposta últimas fichas no relatório da CCJ e tenta se salvar

Por 17/02/2020, 10h:05 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:46

Rodinei Crescêncio

abilio_junior

Com a corda no pescoço, o vereador Abílio Júnior aposta suas últimas fichas no parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Lá, entende ter dois aliados, na batalha para não ser cassado, Kero Kero (PSL)  e  Lilo Pinheiro (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • kamila Araújo | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h46
    11
    4

    Abilio, que decepção, perdi meu voto...decepção geral, moleque, uma criança mimada, agora volta de novo pro Grande Templo e receber aquele salario grande que recebia. e pior ne paga com nossos dizimos,

  • eleitor cuiabano | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h25
    3
    2

    Juca do guaraná????que tiveram rusgas esses dias??? Adilson levante que é irmão de Oséas Machado...??? vixxi...Apela por AQUELE lá de cima bem melhor.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Contra tese de Lúdio, majoritário petista tenta levar Abicalil à disputa

Por 16/02/2020, 18h:01 - Atualizado: 17/02/2020, 11h:50

carlos abicalil 680

Em resolução política assinada hoje, após encontro do diretório estadual, o PT decidiu por candidatura ao Senado e a tendência é que seja o ex-federal Carlos Abicalil.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Alberto | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h02
    1
    0

    Alberto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Reginaldo Pinheiro | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h25
    4
    8

    Vai perder porque é do PT. Candidato bom para Mato Grosso é candidato comprometido com o movimento " MUDA SENADO". O que é bom para Wellington, para os Campos e para Abicaliu com certeza não é bom para Mato Grosso. Taques não é o melhor candidato, mas, é melhor que qualquer um desses, se não foi bom governador, mas, foi excelente senador.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 08h45
    12
    4

    vai perder de qualquer jeito..

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2492