Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Novembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

INVESTIGAÇÃO

Cassados concluem os mandatos sem punição e querem reeleição

16/01/2010, 23h:47 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

   Todos os 24 deputados estaduais eleitos e/ou reeleitos respondem a algum tipo de processo na Justiça Eleitoral, seja na 1ª ou 2ª Instância, revela A Gazeta deste domingo. Entre as acusações estão compra de votos, propaganda ilegal ou irregularidades na prestação de contas da campanha. O jornal lembra que "boa parte dessas ações ainda tramita na 1ª Instância, onde a Justiça é mais lenta devido à necessidade de produção de provas, oitiva de testemunhas e possibilidade de recursos a cada decisão judicial."

    Além de poderem recorrer de eventuais sentenças de primeiro grau, os parlamentares ainda possuem foro privilegiado, o que tranca e torna mais lenta o julgamento dos processos. Assim, devem concluir os mandatos sem risco de cassação. Os democratas Gilmar Fabris e Chica Nunes (ex-PSDB), por exemplo, tiveram os registros cassados por crimes eleitorais, mas recorreram ao TSE e obtiveram liminares que seguram-nos na cadeira na Assembleia. O deputado federal Pedro Henry (PP) também vive a mesma situação. Eles já estão na reta final do mandato de quatro anos e se movimenta em pré-campanha à reeleição.

    Marcos Henrique Machado, da 55ª Promotoria Eleitoral, admite, em entrevista para A Gazeta, que "é comum políticos concluírem seus mandatos sem serem julgados" e lamenta que alguns recorrem a expedientes para protelar a ação como, por exemplo, pedir para a Justiça ouvir determinada testemunha e depois orientá-la a fugir, de modo a não ser localizada.

------------------------------
Leia matéria completa aqui (exige-se cadastro)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • carlos jose | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 15h50
    0
    0

    O tj e tre é uma verdadeira piada, será que esses grandes estudantes que sentaram no banco escola se recordam dos conhecimentos que receberam, os acordões também ocorrem ainda hoje, tudo isso são legados que a história plantou, alguns ainda nao captaram a mensgaem e continuam no passado, os beneficios sempre serão pessoais, títulos, vaidades e outros que só a era humana é capaz de ofercer, uma vergonha para os filhos dos filhos, netos dos conselheiros do tj, tre dos juízes, que formadores de opiniões estão criando, será que o ciclo dará contunidade em futuro que já está tão próximo!? Esse é o País Democrático, onde as leis criadas são todas cumpridas, os lideres são totalmente a favor do Estado de um apequena minuria que possa retribuílo o mesmo... Parabéns Romilson pelo quadro.. Obrigado

  • Paulo Roberto | Domingo, 17 de Janeiro de 2010, 09h14
    0
    0

    As decisões do TJ são uma piada de mau gosto!! Eu acho que são por conviniências. Veja o caso do ex-deputado Valter Rabelo, foi cassado rapidinho! Porque se- rá??? Todas decisões do TJ em relação a politícos e gestores públicos são questio- náveis!! Me prove o contrário...... Mas, quando é um ladrão de varal! Ele sente o peso da borduna....

DESGASTE

Gisela e o abraço da morte política

Por 29/11/2020, 20h:23 - Atualizado: 29/11/2020, 20h:25

gisela simona abilio 680

Junto com Abílio Júnior, morre também politicamente, ao menos pelos próximos dois anos, a advogada Gisela Simona (Pros), terceira colocada no primeiro turno na disputa à Prefeitura da Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • André Ribeiro | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h34
    6
    0

    Essa Gisela tá igual ao Mike Jagger, o barco que ela entra afunda!!! Affe

  • ELEITOR | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h31
    5
    0

    ABILIO VC MORREU PELA BOCA. EU ESTAVA PERTO DE VOTAR EM VC. MAS A SUA BOCA ME FEZ VOTAR EP. A UNICA COISA QUE PEÇO AGORA A EMANUEL PINHEIRO NÃO DAR SECRETARIA E NEM CARGO PARA TONINHO DE SOUZA. SO ISSO

  • Luiz Carlos | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h13
    0
    0

    Luiz Carlos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

DERROTA NAS URNAS

Despreparado, Abílio foi longe demais

Por 29/11/2020, 18h:56 - Atualizado: 29/11/2020, 18h:58

abilio derrota 680

Abílio Júnior foi longe demais na vida pública. É um político oco, inconsistente, arrogante, dissimulado, oportunista, contraditório e que soube, sob os artifícios das redes sociais, atacar e se vitimizar ao mesmo tempo.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Luiz Carlos | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h10
    5
    12

    Muito triste a reeleição de alguém que imagens provam a sua conduta.

  • Cuiabano | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 08h52
    8
    14

    Infelizmente a grande maioria dos Cuiabanos aceitam a corrupção é a triste realidade

  • JEFERSON SILVA DE MATOS | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 08h44
    17
    7

    Votei no Emanuel sim e não me arrependo. Abílio ( KURIRIN ) é louco e despreparado. Emanuel pode ser o cara do paletó, mas pelo menos sabe administrar uma cidade. Contra a vontade da mídia parcial e corrupta de nosso estado, venceu o menos pior.

REPRESENTATIVIDADE

Com Cuiabá, MDB se torna a maior força partidária de MT - confira

Por 29/11/2020, 18h:09 - Atualizado: 29/11/2020, 18h:10

mdb prefeitos 680

Com a vitória em Cuiabá, marcada pela reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro, somando 23 prefeituras, o MDB se torna a maior força partidária de Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ricardoefferson | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h16
    1
    0

    Democrata fadado ao ostracismo político

  • Rico | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h14
    1
    0

    Senador Jaime peça orientação ao Bezerra dê como administra um partido político

CÂMARA DE CUIABÁ

A derrota com "sabor" de vitória

Por 29/11/2020, 12h:13 - Atualizado: 29/11/2020, 12h:16

bruno magalhaes 680

O empresário Bruno Zancanaro Magalhães, de 30 anos, jogou pesado, em termo de estrutura logística, na candidatura a vereador pela Capital, mas não conquistou a cadeira.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Narciso Mello | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 00h30
    0
    1

    Humm, 1.652 é maior do que 2037. Ta sertu (certo)

MUNICIPALISMO

Prefeitos revoltados com manobras na AMM

Por 28/11/2020, 13h:46 - Atualizado: 28/11/2020, 13h:50

adair 680

Prefeitos eleitos e/ou reeleitos estão inconformados com a manobra arquitetada por Neurilan Fraga, de não só prolongar de dois para três anos o mandato de presidente da AMM, como antecipar o pleito de janeiro para dezembro, o que impossibilita de votar 87 gestores recém-eleitos.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Gutemberg Abreu | Domingo, 29 de Novembro de 2020, 09h51
    8
    1

    Basta que os prefeitos não votem nessa cara! chega de tanta treta! O dinheiro do povo merece RESPEITO! recorram ao MP contra essa vergonhosa manobra, ele não se elege nem a vereador em Nortelandia!

  • Nota de repúdio | Domingo, 29 de Novembro de 2020, 09h10
    5
    2

    Socorro MP Qual é razão de se associar a uma entidade privada e ainda tirar dos cofres públicos esse valores, venho aclamar ao ministério público estadual sobre a legalidade de repasse de dinheiro público a uma associação, algo estranho e essa denúncia produzida pelo rdnews, e pior de tudo e permitir ex prefeito a concorrer ao pleito, qual é esse amparo legal que permite ex se candidatar. Socorro MP tá hora de apurar essa denúncia e conduta, se um entidade que representa prefeitura ex prefeito não representa mais.

  • EZEQUIEL ALVES | Domingo, 29 de Novembro de 2020, 08h37
    11
    0

    E simples os prefeito que não poderão votar...e só desfiliar da AMM aí fecha...

RUMO A 2022

Fortalecidos em Várzea Grande, Tião e Frical vão concorrer a deputado

Por 27/11/2020, 21h:00 - Atualizado: 27/11/2020, 21h:04

flavio vargas tiao da zaeli 680

Ex-prefeito várzea-grandense Tião da Zaeli e Flávio Vargas, que foi bem votado, agora vão a deputado estadual

O empresário Flávio Vargas, o Frical, que saiu bastante fortalecido das eleições para prefeito de Várzea Grande, está disposto a encarar outro desafio eleitoral e, desta vez, em parceria com seu coordenador da campanha, o ex-prefeito Tião da Zaeli.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Beatriz | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 07h27
    1
    0

    está se achando o candidato forte, sabe de nada o inocente, a ganância dele vai ser sua maior ruina pois o carma já começou a retornar quem planta seu Flavio colhe e seu plantio foi caprichado, aguarde.

  • Juca lemos da Silva | Domingo, 29 de Novembro de 2020, 06h28
    1
    1

    Quero ver esse prefeito tirar os sanguessuga colocados e apradinhados pela prefeita , principalmente aqueles que vivem na secretaria de serviços públicos.

  • Kleber Gonçalves | Sábado, 28 de Novembro de 2020, 12h50
    1
    3

    Esse povo de vc, juntos com esse (maninho )tem que sofrer mesmo ñ desgruda da turma dos Campos

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2634