Blog do Romilson Cuiabá, 20 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Senado

Cheguei no limite, não vou me candidatar, diz Sobrinho

   Após exercer o cargo de senador por 121 dias, o ex-deputado estadual e ex-secretário de Governo de Cuiabá Osvaldo Sobrinho (PTB) se diz desiludido com a vida política. Ele figura em todas as pesquisas de intenções de votos ao Senado, mas garante que não disputará cargo eletivo em 2010. “Cheguei ao meu limite. Vou me dedicar à minha vida pessoal”, desconversa.

   Segundo suplente do senador Jayme Campos (DEM), Sobrinho assumiu em setembro devido à desistência do primeiro suplente Luiz Antônio Pagot em deixar o comando do Dnit para se dedicar aos trabalhos no Senado. Em 1º de fevereiro, o democrata volta a atuar no Congresso, enquanto Sobrinho pretende se dedicar à campanha do prefeito Wilson Santos (PSDB) ao governo do Estado. “Vou ajudar os amigos. Foi muito bom, valeu à pena, mas não dá mais”, diz.

    Se por um lado Sobrinho se mostra totalmente desiludido com a política, de outro demonstra empolgação ao falar dos projetos e pronunciamentos feitos no Senado. Ele pretende divulgar nos próximos dias um balanço de sua atividade parlamentar, que considera extremamente positiva. “Tivemos uma produtividade muito boa, vamos até divulgar um balanço com todos os dados”.

   Nos quatro meses em que ficou no Congresso, o petebista embolsou salário de praticamente R$ 16 mil. Ele também recebe R$ 11,5 mil como governador, apesar de ter assumido o comando do Estado por menos de 15 dias. Sobrinho era vice do então governador Jaime Campos (ex-PFL atual DEM).
 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • maria amelia | Domingo, 03 de Janeiro de 2010, 12h20
    0
    0

    Até q enfim..., ja vai tarde!!!!!

  • Alex Vieiraa | Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2009, 02h27
    0
    0

    Uma pena, realmente uma perda, a desistencia da vida publica do Prof. Osvaldo, sempre etico e humilde, valorizou a categoria de professores quando foi delegado e secretario de educação.O brasileiro tem uma mania de generalizar a qualificaçao da vida publica dos politicos. Criticas tem e deve ser pontuadas, mas com embasamento.

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2009, 00h50
    0
    0

    Gostaria que o sr. Osvaldo Sobrinho, me ensinase a fazer a ficar rico da noite para o dia, ou será o contrário? O cara era um simples professor, de repente tem várias emissora de rádio, fazendas, etc. O homem tem o toque de midas.

JOGO PESADO

Júlio, "vidente"; Jayme, "chantagista"

julio jayme campos 680

Irmãos Júlio, que já foi senador e quer disputar de novo, e Jayme Campos, ocupando cadeira no Senado pela 2ª vez

O folclórico e populista Júlio Campos, animado com sua pré-candidatura ao Senado, comandou uma roda de conversa durante almoço com cerca de 20 pessoas na mesa no último sábado, no restaurante Di Parma, em Cuiabá.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Cidadania aguarda consulta do TRE para lançar Taques ao Senado

Por 19/02/2020, 13h:41 - Atualizado: 19/02/2020, 13h:42

pedro taques 680

Pedro Taques não está morto politicamente. Ressurge como opção de candidatura ao Senado, na suplementar de abril, e não pelo PSDB, mas sim pelo Cidadania, que é comandado no Estado pelo seu ex-secretário de Educação, advogado Marco Marrafon.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Reginaldo Pinheiro | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 19h45
    1
    2

    Realmente, Taques fez um governo problemático, quem dera se ele tivesse sido no governo o que fora no senado, aliás no senado ele gozava de uma respeitabilidade em âmbito nacional.

  • Amaral de souza | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 19h22
    3
    1

    Taques e Leitao vão para o caldeirão. Ridiculos.

  • Davi | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 16h20
    10
    3

    Esse cuspiu no prato que comeu. Todos os servidores o apoiaram ao senado e depois ao governo com a intenção de retirar figuras envolvidas em escândalos de corrupção e quando foi eleito governador elegeu os servidores como alvo de perseguição.

Efeito-carnaval

Deputados terão 13 dias seguidos de folga

Por 19/02/2020, 10h:57 - Atualizado: 19/02/2020, 11h:19

eduardo botelho 680

Os deputados limpam a pauta hoje (19) e só voltam a participar das sessões ordinárias em março.

Postar um novo comentário

Chá revelação

Deputada será mãe de um menino e faz homenagem ao pai - vídeo

Por 19/02/2020, 10h:08 - Atualizado: 19/02/2020, 14h:28

jana_charevelacao680

A deputada Janaína Riva, única mulher da Assembleia, está grávida de um menino. A descoberta aconteceu em chá revelação realizado em sua casa, na Capital. O nome do bebê será Diógenes, assim como o pai Diógenes Fagundes, filho do senador Wellington Fagundes.

Postar um novo comentário

viralizou na web

Em Barra o vale tudo para levar gente para motel

Por 19/02/2020, 08h:56 - Atualizado: 19/02/2020, 11h:54

Reprodução

motel_barra_publicidade

Imagens de uma campanha publicitária do Império Motel, em Barra do Garças, viralizaram nas redes sociais. Isso porque elas dão dupla interpretação e mexem com a imaginação dos clientes.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Henrique | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 17h38
    0
    0

    Vocês não viram então os anúncios do Millenium Motel de Sinop. Tem cada um mais engraçado que o outro. kkk

COMANDO LEGISLATIVO

Deputados aprovam hoje PEC que permite antecipar eleição da Mesa

Por 19/02/2020, 07h:20 - Atualizado: 19/02/2020, 07h:34

Fablício Rodrigues

assembleia fachada 680

Os deputados votam hoje e vão aprovar, por maioria absoluta (ao menos 19), a PEC que permite antecipar a eleição da Mesa Diretora. Esta será a última sessão ordinária antes do Carnaval.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JOAO IRES | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 08h18
    2
    0

    e pensar que falavam do Riva , né botelho? ta se tornando pior , lembre se pra onde esse poder todo o levou .

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2494