Blog do Romilson Cuiabá, 25 de Fevereiro DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Concurso

Comissão tenta pagar servidores

29/01/2010, 11h:08 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

   A dois dias de uma nova tentativa de realização do maior concurso público do Estado, a comissão do certame ainda busca contato com 3.964 colaboradores que trabalharam no dia 22 de novembro e não receberam. Uma lista de 38 folhas com todos os nomes e motivos pelo não pagamento foi divulgada nesta sexta (29), no site da secretaria de Estado de Comunicação - veja aqui. A orientação para quem está nesta situação é que entre em contato com a comissão do concurso.

   Conforme informações da Comissão de Pagamento da Unemat, a falta de pagamento ocorreu por inconsistências de dados bancários, CPF, PIS, falta de assinatura de recibo, dados pessoais com equívocos ou erros de digitação. Para finalizar o pagamento dos colaboradores do dia 22 de novembro, a comissão entrou em contato com os prestadores de serviço para corrigir os dados e realizar o pagamento. Na lista consta o pólo, estabelecimento onde trabalhou, nome do colaborador, função, motivos de incorreção dos dados e contato para regularizar a situação.

   Neste domingo (31), onde 75.131 mil candidatos de todo o Estado e também de outras regiões do país concorrerão a 2 mil vagas para o nível fundamental, já há número de fiscais definidos entre servidores do governo e contratados. A assessoria de imprensa da secretaria de Administração ainda não tem o número total de quantos destes colaboradores são contratados e receberão R$ 60,00, e quantos são servidores voluntários, que ganharão dia de folga como pagamento. A informação é que isto seja divulgado no fim desta primeira etapa.  A primeira prova do concurso será realizada no domingo, às 13h, em 162 estabelecimentos de ensino de 17 cidades de Mato Grosso. Desse montante, 68 estabelecimentos estão localizados na capital e 29 em Várzea Grande.  

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Joaquim | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 15h28
    0
    0

    Ah, e tem mais... uma comprovação de má-fé da UNEMAT e da SAD é que deram preferência para ser fiscal nessa próxima etapa os que optaram por receber. Ora, conheço uma centena de servidor que se inscreveu para ser fiscal do concurso e optou por folga e não por receber (o que traria onus para o estado) e foram preteridos. Um monte de gente mesmo.

  • Ezequiel | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 14h54
    0
    0

    ATENÇÃO AI...PODE ACONTER O CANCELAMENTO NOVAMAMENTE DO CONCURSO....AQUELES VOLUNTÁRIOS QUE AI NÃO RECEBERAM PELO TRABALHO FISCAL DO CANCELAMENTO ANTERIOR....IRÃO BOICOTAR AGORA O CONCURSO....É ESPERAR PRA COMPROVAR..

  • Joaquim | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 14h46
    0
    0

    Senhor Governador, Senhor Secretario de Administração, Magnífico Reitor, peço, por favor, que liguem no número 3221-0511 (falar com Juliana) na UNEMAT, conforme esta dizendo a relação dos colaboradores que não receberam, e tentem falar. Chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama E NINGUÉM ATENDE. Na verdade essa é mais uma armação dessa patota para que tentemos ligar e por não conseguir falar, tb não receberemos. Daqui uns dias vem o DeusVito na TV e fala: "Olha, tá tudo certo, o negócio é que o povo não quer receber, demos o número e ninguém ligou".

EM PEDRA PRETA

Justiça destitui mais uma tabeliã e lacra cartório

Por 25/02/2021, 14h:34 - Atualizado: 08h atrás

cartorio primeiro oficio pedra preta 680

Mais uma tabeliã é destituída do cargo em Mato Grosso por diversas irregularidades.  Desta vez, a punição é para a interina Carmem Aparecida Monteiro,  responsável pelo Cartório do 1º Ofício de Notas e Registro de Títulos e Documentos de Pessoas Jurídicas de Pedra Preta.

Postar um novo comentário

NA ASSEMBLEIA

De volta pela 5ª vez nesta legislatura

Por 25/02/2021, 09h:15 - Atualizado: 25/02/2021, 09h:18

romoaldo junior 680

Aos 60 anos, 40 deles de vida pública, Romoaldo Júnior está de volta, pela quinta vez nesta legislatura, à cadeira de deputado. Aliás, nos últimos 24 meses, ele só ficou 20 dias na reserva, mesmo derrotado nas urnas de 2018.

Postar um novo comentário

APOIOS EXTERNOS

Queda-de-braço entre deputados na eleição da Ucmmat

Por 24/02/2021, 20h:07 - Atualizado: 24/02/2021, 20h:07

bruno rios ucmmat 680

O processo eleitoral na Ucmmat, que terminou hoje com a vitória à presidência do vereador e advogado Bruno Rios (PSB), por uma diferença de 13 votos, se transformou numa queda-de-braço entre deputados estaduais e federais.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Robson Oliveira | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 11h55
    0
    1

    O maior cabo eleitoral do Edcley foi o Deputado Leonardo. Inexpressivo e traira

  • fabinn | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 11h51
    1
    0

    Perdeu porque fez um péssima gestão

  • Marcelo | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 11h44
    0
    0

    Perdeu com Riva pai e Riva filha juntos, no mesmo pacotão e de quebra deu um tapa na cara de WF, Neri Gueller e Emanuelzinho

PROJEÇÃO POLÍTICA

Investida no novo presidente da AL

Por 24/02/2021, 16h:25 - Atualizado: 24/02/2021, 16h:25

Rdnews/arquivo

max russi 680

Agora presidente da Assembleia, Max Russi (PSB), que se identifica como "deputado social", aos 45 anos, quer chegar a postos mais importantes na vida pública.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Bainho | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 08h43
    1
    0

    Agnello, indicar para uma pessoa estudar é preconceito? Como? Aposto que vc seja de ideologias da esquerda.

  • Heleno | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 19h28
    6
    4

    Primeiro tem estudar, como vai ser governador sem estudo?

CONTRATO EMERGENCIAL

Governo freta avião para transportar indígenas em MT

Por 24/02/2021, 12h:59 - Atualizado: 24/02/2021, 12h:59

indios kayapo 680

Quem pensa que índios da etnia Kayapó, na região de Colíder (Nortão), não viajam de avião está enganado. Com autorização do Ministério da Saúde, um monomotor, às custas da União, está agora à disposição dos indígenas para atender casos emergenciais de saúde.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Chico Bento | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 15h34
    4
    0

    Enquanto isso o trabalhador que produz e paga impostos, tem de viajar durante mais de 24 horas num busão para se deslocar de sua cidade à Cuiabá atrás de um atendimento no hospital de Câncer, ortopedia, exames que só fazem na capital, etc.

INFRAESTRUTURA

Mais 2 mil km de concessão de rodovias

Por 23/02/2021, 14h:54 - Atualizado: 23/02/2021, 14h:55

Mayke Toscano

mauro mendes 680

O governo estadual já promoveu a concessão de quase mil km de rodovias e planeja entregar, até final do próximo ano, mais dois mil km à iniciativa privada.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Realista mais realista que o rei | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 08h46
    8
    1

    "Bão demax" isso! O estado entra com a realização da obra paga com os impostos de nos contribuintes, e depois passa para alguém lucrar horrores cobrando mais uma vez desse contribuinte tão surrupiado. Brasil acorda!

  • Caio junior | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 07h59
    8
    1

    REFAZENDO COMENTARIO: MAURO PEDAGIO MENDES.

  • Caio junior | Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2021, 16h43
    2
    0

    Caio junior, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2674