Blog do Romilson Cuiabá, 16 de Junho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

TROCO NAS URNAS

Sob gozação de “senador sem voto”, Medeiros sai das urnas como o 2º mais voto a federal por MT

Com 82.528 votos, parlamentar silencia os críticos e surpreende os céticos

Por 27/10/2018, 16h:20 - Atualizado: 28/10/2018, 11h:49

Desacreditado pelas lideranças e boicotado antes e durante praticamente todo processo eleitoral, zombado por petistas que, numa campanha sistemática para queimá-lo, chamavam-no de “senador sem voto” e de “sem noção”, além de acusá-lo de “fraudar ata”, José Medeiros emergiu das urnas como uma força política autônoma. Calou a boca dos críticos e surpreendeu os céticos.

jose medeiros 250

Deputado eleito José Medeiros em carreata

Sem estrutura de campanha e concorrendo pelo nanico Podemos, Medeiros foi o segundo mais votado em Mato Grosso, conquistando cadeira de deputado federal com 82.528. Os chamados votos espontâneos “brotaram” de todos os 141 municípios. Quase todos de eleitores que querem renovação na política e passaram a admirá-lo pela retidão, pela postura firme no Senado, especialmente no combate à quadrilha que se formou em torno do PT que, sob Lula e Dilma no Planalto, quebrou e afundou o país na corrupção. Milhares acompanham suas atividades nas redes sociais.

Na primeira tentativa a cargo eletivo, em 2006, Medeiros só obteve 8.175 votos à Câmara Federal, pelo PPS. Policial Rodoviário Federal em Rondonópolis, ele passou a atuar nas articulações políticas como membro da Executiva da legenda socialista. Em 2010, foi indicado primeiro-suplente de Pedro Taques ao Senado. A chapa saiu vitoriosa e, quatro anos depois, Taques renuncia para se tornar governador, levando Medeiros a ganhar de presente os quatro anos de mandato. E se tornou uma das poucas vozes no Congresso a enfrentar o petismo. Conviveu com briga jurídica fraticida com o empresário de Sinop, Paulo Fiúza (PV), que alega ser dono da primeira-suplência e sustenta tese de fraude na ata de 2014, com alternância dos nomes na hora da homologação do documento na Justiça Eleitoral. Já na pré-campanha à reeleição ao Senado, Medeiros é surpreendido com a decisão do TRE-MT, que cassou o seu mandato e mandou empossar Fiúza de imediato. Abatido, desistiu da recandidatura e apostou as fichas na disputa à Câmara. Em outra frente, recorreu ao TSE e conseguiu suspender a decisão do TRE, prosseguindo no cargo até hoje.

Votação

As maiores votações de Medeiros, defensor intransigente do presidenciável Bolsonaro, vieram justamente dos três principais colégios eleitorais, sendo Cuiabá (17.436), Rondonópolis (17.131) e Várzea Grande (7.239). Mesmo em municípios não visitados pelo senador no decorrer na campanha, obteve-se boa votação.

Proporcionalmente, Medeiros “abocanhou” mais votos em Guiratinga, no Sul do Estado. Ali, na origem, chegou aos 1.570, o que representa 32,9%. Explica-se: hoje aos 48 anos, o potiguar de Caicó não nega a infância de garoto pobre e sofrido. Viveu parte da infância no distrito de Vale Rico, em Guiratinga.

Medeiros também conquistou 11% dos votos válidos (170) na vizinha Tesouro. Até mesmo do Araguaia, o senador do Podemos saiu com votação expressiva. Em Barra do Garças obteve 1.150 e outros 1.238 em Nova Xavantina.

Em vários municípios, contabilizou acima de mil voto, como em Campo Verde (1.093), Jaciara (1.865), Juína (1.168), Lucas do Rio Verde (1.099), Nova Mutum (1.285) e Pontes e Lacerda (1.048).

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Maria Elizabeth Freitas | Quarta-Feira, 09 de Janeiro de 2019, 14h48
    0
    0

    Ele é muito bom mesmo, vai melhorar, vai ficar ótimo

  • Paulo Costantin Nopla. | Terça-Feira, 30 de Outubro de 2018, 14h22
    2
    0

    Sem "Puxa saquismo". O Zé Medeiros mereceu ser eleito. Foi um excelente estrategista. Viu que seria muito dificil,sua eleição como senador, então optou humildemente,descer um degraú,e se candidatar a uma vaga de dep.federal. Foi tiro na mosca. Foi eleito com sobra. Vai continuar com visibilidade,por mas 04 anos,podendo até,e com muita moral,concorrer a vaga de prefeito de Rondonópolis,com chances de ser eleito. Essa HUMILDADE,faltou ao gov. Pedro Taques.Que mesmo vendo sua imagem muito arranhada,mesmo assim foi tentar a reeleição a governador do estado. Deu a lógica! não foi eleito. Talvez se tentasse, a dep.federal,teria chance de se eleger,e continuar na atividade politica,e em Brasilia.

  • Iracema Pereira da Silva | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 16h33
    7
    2

    Esse tem todo o meu respeito. Parabéns Deputado.

  • Marinalva | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 13h24
    4
    2

    Excelente matéria. O Brasil precisa de políticos assim.

  • Gutemberg Gomes de Abreu | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 11h24
    6
    4

    votei nele porque acompanhei o seu trabalho no senado que merece elogios porque enfrentou os caciques do congresso é sério e competente

  • Joilza | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 07h56
    4
    3

    Acompanhei seu trabalho. Fez um excelente trabalho com com bravura e desempenho. Nos representou, ouviu nossa voz, responde nos perguntas. Parabéns. Meu muito obrigada!🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Continue nos representando. Se tiver um bom trabalho, o meu voto para governo é seu. Meu trabalho é de graça.

  • mariane F. de Flores | Domingo, 28 de Outubro de 2018, 00h21
    11
    5

    Medeiros, de fato, me representa. É um político de postura. E só de ser contra o PT já tem o meu apoio

  • Manuel Alexandre Barão | Sábado, 27 de Outubro de 2018, 23h15
    12
    4

    Esse cara, ele veio para acrescentar, novo, com caráter, inteligente e forte!!! Vai nos representar muito bem!!!!

  • Beto Indignado | Sábado, 27 de Outubro de 2018, 20h34
    11
    3

    Parabéns, Romilson. Show de artigo.

CELEBRAÇÃO

Mil convidados ilustres para 2 festas

Por 16/06/2019, 21h:49 - Atualizado: 02h atrás

cidinho marli padre alessandro

Casal Marli Becker e Cidinho Santos e o padre sertanejo Alessandro Campos, em show ontem, em Nova Marilândia

Um dos políticos e empresários do agronegócio mais bem articulados do Estado, Cidinho Santos vai receber mil convidados na próxima quarta, no Buffet Leila Malouf, em Cuiabá, para comemorar o aniversário de 50 anos e celebrar Bodas de Prata com a também empresária Marli Becker.

Postar um novo comentário

RUMO A 2020

106 prefeitos aptos a tentar reeleição

Por 16/06/2019, 10h:21 - Atualizado: 16/06/2019, 10h:23

Rodinei Crescêncio/Rdnews

prefeitos primeiro mandato 680

Cento e seis prefeitos dos 141 do Estado (75%) estão aptos a concorrer à reeleição. Destes, oito são de cidades pólos, incluindo o emedebista Léo Bortolin, que está com apenas um ano e meio de mandato em Primavera do Leste.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Marilda Campos | Domingo, 16 de Junho de 2019, 18h40
    1
    0

    Aqui na Chapada estamos fazendo campanha de oração pra que a Thelma sai candidata!Queremos dar uma lavada de votos em cima dela que vai perder até o rumo pra Cuiabá;Maior decepção pro povo da Chapada essa gestãoe ainda vai deixar dívidas mostruossoas

  • Raimundo Trindade | Domingo, 16 de Junho de 2019, 12h07
    0
    2

    Vila Rica não apareceu nessa estatística.

QUEDA-DE-BRAÇO

Resta ao Sintep uma saída honrosa

Por 15/06/2019, 22h:03 - Atualizado: 15/06/2019, 22h:10

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

valdeir sintep 680

 

Na queda-de-braço com o governo, o Sintep, comandado por Valdeir Pereira, foi a nocaute. Segue empurrando parte dos profissionais da Educação do Estado para a greve, que dura 20 dias, mas, internamente, já busca uma saída honrosa.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Margareth | Domingo, 16 de Junho de 2019, 20h36
    3
    0

    Gostaria de saber pq está midiazinha local não faz uma matéria sobre a arrecadação e toda a mentira que Sr. Governador ...deveria investigar TB qual a condição em que as escolas se encontram nas dimensões infraestrutura e pedagógica, os professores estão comprando materiais para poder ajudar os alunos....que imprensa é esta que se coloca contra a educação....

  • J.M. Educação | Domingo, 16 de Junho de 2019, 15h59
    7
    3

    Apesar de tudo isso, a imprensa deveria cobrar respeito às leis por parte dos governantes. Vê-se que as desculpas dos governos continuam as mesmas. Entretanto, no passado os acordos não eram cumpridos porque diziam que não eram leis. E, agora temos a leis que não são cumpridas? Será mesmo que o judiciário irá determinar o cumprimento das leis?

  • Márcio | Domingo, 16 de Junho de 2019, 13h41
    0
    3

    Márcio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Márcio | Domingo, 16 de Junho de 2019, 13h40
    0
    3

    Márcio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Leandro | Domingo, 16 de Junho de 2019, 12h19
    7
    2

    E depois disso o STF aprova a redução nos salários de servidores públicos. E, se Mauro Mendes continuar alegando que estamos em estado de calamidade, podemos esperar uma redução salarial aí, porque se estiver em estado de calamidade ele pode. Não duvido nada. Só uma questão de tempo e de manter os braços cruzados, se assim alguns desejarem. Aí quero ver se vai ter alguém que não lutou trabalhando por 1 salário mínimo. Eu amo o que faço, já estou até com saudades, mas quando vou ao mercado fazer compras eu não consigo pagá-las com amor. Olha aí, a mídia não para de falar sobre o caos/calamidade --> https://www.folhamax.com/economia/mt-explode-gastos-com-pessoal-em-9-e-aposta-no-stf-para-nao-chegar-ao-caos-em-setembro/213998 Como começar a resolver o caos? Diminuindo o salário dos professores, claro. Eu tb estou precisando MUITO do dinheiro, quase não estou dormindo, mas... Basta voltarmos sem ter ganho nada que vai dar fôlego até pro STF aprovar a redução nos salários de servidores públicos. E, se Mauro Mendes continuar alegando que estamos em estado de calamidade, podemos esperar uma redução salarial aí, porque se estiver em estado de calamidade ele pode. Não duvido nada. Só uma questão de tempo e de manter os braços cruzados, se assim alguns desejarem. Aí quero ver se vai ter alguém que não lutou trabalhando por 1 salário mínimo. *Eu amo o que faço, já estou até com saudades, mas quando vou ao mercado fazer compras eu não consigo pagá-las com amor.* Olha aí, a mídia não para de falar sobre o caos/calamidade --> https://www.folhamax.com/economia/mt-explode-gastos-com-pessoal-em-9-e-aposta-no-stf-para-nao-chegar-ao-caos-em-setembro/213998 _Como começar a resolver o caos?_ Diminuindo o salário dos professores, óbvio! 😱 *Sem denegrir profissão alguma*, mas, se aceitarmos voltar sem ganhar nada, muito em breve você terá uma renda melhor como gari, manicure, chaveiro, entregador iFood, frentista, etc... do que como professor. Profissões estas que vc não precisa passar 4 anos graduando. Passou 4 anos estudando (no mínimo) pra acabar nisso?! *VERGONHA* Temos que estar cientes disso. ⚠️🚫 Chega da classe que mais estuda ser tapeada. Estudamos pra quê, oras?!

  • Alessandra | Domingo, 16 de Junho de 2019, 12h11
    10
    2

    Quanta injustiça e maldade nessa matéria e alguns comentários. Nossa luta não é partidária. Convido vocês a visitarem as escolas. Fiquem um dia em sala de aula com um professor. Conheçam antes de julgar.

  • André | Domingo, 16 de Junho de 2019, 10h30
    3
    0

    André , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pedro | Domingo, 16 de Junho de 2019, 10h29
    11
    5

    A valorização da educação é primordial em um governo sério. No entanto, enquanto os professores não se organizarem e estirparem as lepras petistas, continuarão sem moral perante o governo e a sociedade. Enquanto em seu meio tiver gente estúpida disposta a empunhar bandeiras vermelhas e bradar Lula livre, continuarão a receber o ranço da sociedade. Acho que os professores sérios e comprometidos com a educação, deveriam no mínimo organizar uma associação independente, apartidária, que busque tão somente as melhorias para a educação, incluso aí o plano de carreira dos mestres. Todo o meu apoio, respeito e admiração aos professores. Mas há que se reformular a maneira de fazer representação sindical, ou continuarão a perecer.

  • Jorge | Domingo, 16 de Junho de 2019, 10h29
    13
    4

    Tendencioso, principalmente se considerarmos que os professores não receberam reajuste por falta de dinheiro do estado, mas, o salario do legislativo(políticos) foi aumentado e dos judiciário também, se falava dinheiro esses 2 poderes não poderiam ter recebido reajuste, tendenciosas falas...

  • Fala o que pensa | Domingo, 16 de Junho de 2019, 10h28
    2
    4

    Fala o que pensa, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

NO JUDICIÁRIO

Empresa recebe R$ 121 mil do TJ-MT, torra o dinheiro e é condenada

Por 15/06/2019, 19h:35 - Atualizado: 15/06/2019, 19h:45

celia vidotti 680

Célia Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, condena a empresa quatro anos depois

Em mais uma das demandas jurídicas curiosas e inusitadas, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso condenou na quarta passada, dia 12, a Amorim Auditoria e Perícia Contábil, que recebeu um “presentão” do próprio TJ-MT e não mais o devolveu.

Postar um novo comentário

FUNDO DE APOIO

Funajuris acumula R$ 250 milhões

Por 15/06/2019, 07h:58 - Atualizado: 14/06/2019, 10h:45

tribunal de justi�a 680 fachada

 

O Fundo de Apoio ao Judiciário (Funajuris) tem hoje um saldo de R$ 250 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • alexandre | Sábado, 15 de Junho de 2019, 08h49
    4
    0

    obras, palacios de cristal...

INFRAESTRUTURA

2 novos viadutos vão custar R$ 30 mi

Por 14/06/2019, 22h:53 - Atualizado: 14/06/2019, 23h:29

viaduto beira rio 680

Projeção de como ficará o viaduto da avenida Beira Rio com a Doutor Paraná, uma obra orçada em R$ 13,9 milhões

O projeto para construção de dois viadutos nas avenidas Beira Rio e das Torres, vias hoje com fluxos intensos de veículos, lançado pelo prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro no ano passado, enfim, começa a sair do papel.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eleitora | Sábado, 15 de Junho de 2019, 06h03
    0
    0

    Parabéns prefeito esses viadutos irão melhorar muito o trânsito

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2376